SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
O ano de 2013 se encerrou e os índices inflacionários foram todos divulgados, 
inclusive aqueles que envolvem as discussões sobre a substituição da Taxa 
Referencial (TR) pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no 
âmbito das contas do FGTS. 
O cerne da discussão recai sobre o fato de que ao longo do tempo a TR 
deixou de remunerar as contas de FGTS dos trabalhadores de forma que não 
houvessem perdas inflacionárias. O tempo aqui tratado é de aceite 
unânime: ele se inicia no ano de 1999 uma vez que em anos anteriores os 
índices da TR superaram os do INPC. 
Historicamente a TR existe desde 1991 e o INPC desde 1979. Contudo, para 
entender as perdas é necessário fazer um exercício de comparação, ou 
seja, é necessário adotar o mesmo período de tempo para os dois 
indicadores e ver quem ganhou de quem. 
Para tanto elaborei algumas planilhas medindo os dois índices ao longo de 
períodos determinados e, para tanto, utilizei dados oficiais para aplicação 
dos cálculos (ver arquivo anexo) 
Tabela Comparativa nº 01 – TR X INPC 
Período: janeiro de 1995 até dezembro de 1998 
Período 
Porcentagem 
TR INPC 
janeiro/1995 dezembro/199 
5 31,62% 21,98% 
janeiro/1996 dezembro/199 
6 9,57% 9,12% 
janeiro/1997 dezembro/199 
7 9,79% 4,34% 
janeiro/1998 dezembro/199 
8 7,78% 2,49% 
Variação Acumulada 70,66% 42,33% 
Fonte dos Indicadores: Banco Central 
Cálculos e Tabulação: Autor 
A Tabela 1 apresenta os índices da TR e do INPC durante o período que se 
inicia em janeiro de 1995 e se encerra em dezembro de 1998. Nesse tempo a 
3
TR acumulou 70,66% enquanto o INPC acumulou 42,33%. Dito de outra forma, 
o INPC, quando comparado à TR, perdeu 16,60% entre 1995 e 1998. 
Tabela Comparativa nº 02 – TR X INPC 
Período: janeiro de 1999 até dezembro de 2013 
Período 
Porcentagem 
TR INPC 
janeiro/1999 dezembro/1999 5,73% 8,43% 
janeiro/2000 dezembro/2000 2,07% 5,27% 
janeiro/2001 dezembro/2001 2,27% 9,44% 
janeiro/2002 dezembro/2002 2,82% 14,74% 
janeiro/2003 dezembro/2003 4,65% 10,38% 
janeiro/2004 dezembro/2004 1,82% 6,13% 
janeiro/2005 dezembro/2005 2,83% 5,05% 
janeiro/2006 dezembro/2006 2,04% 2,81% 
janeiro/2007 dezembro/2007 1,45% 5,16% 
janeiro/2008 dezembro/2008 1,63% 6,48% 
janeiro/2009 dezembro/2009 0,71% 4,11% 
janeiro/2010 dezembro/2010 0,69% 6,47% 
janeiro/2011 dezembro/2011 1,21% 6,08% 
janeiro/2012 dezembro/2012 0,29% 6,20% 
janeiro/2013 dezembro/2013 0,19% 5,56% 
Variação Acumulada 34,90% 167,69% 
Fonte dos Indicadores: Banco Central 
Cálculos e Tabulação: Autor 
A Tabela 2 apresenta os índices da TR e do INPC durante o período que se 
inicia em janeiro de 1999 e se encerra em dezembro de 2013. Nesse tempo a 
TR acumulou 34,90% enquanto o INPC acumulou 167,69%. Dito de outra 
forma, o INPC, quando comparado à TR, ganhou 98,44% entre 1999 e 2013. 
Precisando de cálculos? 
Ligue para (19) 98176-0638 
Escreva para lctrevizam@terra.com.br 
Curta o facebook: Trevizam – Laudos Periciais 
4

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Cartaz semana da leitura
Cartaz semana da leituraCartaz semana da leitura
Cartaz semana da leitura
xanaocnarf
 
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficazA beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
benedito silva
 

Destaque (14)

Cartaz semana da leitura
Cartaz semana da leituraCartaz semana da leitura
Cartaz semana da leitura
 
O homem do Violão. Um conto musical.prrsoares
O homem do Violão. Um conto musical.prrsoaresO homem do Violão. Um conto musical.prrsoares
O homem do Violão. Um conto musical.prrsoares
 
5 años otoño 2
5 años otoño 25 años otoño 2
5 años otoño 2
 
Cordeiro plásticos
Cordeiro plásticosCordeiro plásticos
Cordeiro plásticos
 
Doc2
Doc2Doc2
Doc2
 
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficazA beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
A beleza da palavra de deus é que ela é viva e eficaz
 
Retoque fotográfico
Retoque fotográficoRetoque fotográfico
Retoque fotográfico
 
Janos carta
Janos cartaJanos carta
Janos carta
 
3802 3 xk
3802 3 xk3802 3 xk
3802 3 xk
 
Meu livro estratégia o jogo nas empresas
Meu livro estratégia o jogo nas empresasMeu livro estratégia o jogo nas empresas
Meu livro estratégia o jogo nas empresas
 
Sangre y agua
Sangre y agua Sangre y agua
Sangre y agua
 
Quer saber como será a minha festa
Quer saber como será a minha festaQuer saber como será a minha festa
Quer saber como será a minha festa
 
Morte por traumatismo crânio encefálico após queda de telhado
Morte por traumatismo crânio encefálico após queda de telhadoMorte por traumatismo crânio encefálico após queda de telhado
Morte por traumatismo crânio encefálico após queda de telhado
 
Eleições 2014 cedula frente e verso
Eleições 2014    cedula  frente  e  versoEleições 2014    cedula  frente  e  verso
Eleições 2014 cedula frente e verso
 

Tabelas tr x inpc

  • 1. O ano de 2013 se encerrou e os índices inflacionários foram todos divulgados, inclusive aqueles que envolvem as discussões sobre a substituição da Taxa Referencial (TR) pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no âmbito das contas do FGTS. O cerne da discussão recai sobre o fato de que ao longo do tempo a TR deixou de remunerar as contas de FGTS dos trabalhadores de forma que não houvessem perdas inflacionárias. O tempo aqui tratado é de aceite unânime: ele se inicia no ano de 1999 uma vez que em anos anteriores os índices da TR superaram os do INPC. Historicamente a TR existe desde 1991 e o INPC desde 1979. Contudo, para entender as perdas é necessário fazer um exercício de comparação, ou seja, é necessário adotar o mesmo período de tempo para os dois indicadores e ver quem ganhou de quem. Para tanto elaborei algumas planilhas medindo os dois índices ao longo de períodos determinados e, para tanto, utilizei dados oficiais para aplicação dos cálculos (ver arquivo anexo) Tabela Comparativa nº 01 – TR X INPC Período: janeiro de 1995 até dezembro de 1998 Período Porcentagem TR INPC janeiro/1995 dezembro/199 5 31,62% 21,98% janeiro/1996 dezembro/199 6 9,57% 9,12% janeiro/1997 dezembro/199 7 9,79% 4,34% janeiro/1998 dezembro/199 8 7,78% 2,49% Variação Acumulada 70,66% 42,33% Fonte dos Indicadores: Banco Central Cálculos e Tabulação: Autor A Tabela 1 apresenta os índices da TR e do INPC durante o período que se inicia em janeiro de 1995 e se encerra em dezembro de 1998. Nesse tempo a 3
  • 2. TR acumulou 70,66% enquanto o INPC acumulou 42,33%. Dito de outra forma, o INPC, quando comparado à TR, perdeu 16,60% entre 1995 e 1998. Tabela Comparativa nº 02 – TR X INPC Período: janeiro de 1999 até dezembro de 2013 Período Porcentagem TR INPC janeiro/1999 dezembro/1999 5,73% 8,43% janeiro/2000 dezembro/2000 2,07% 5,27% janeiro/2001 dezembro/2001 2,27% 9,44% janeiro/2002 dezembro/2002 2,82% 14,74% janeiro/2003 dezembro/2003 4,65% 10,38% janeiro/2004 dezembro/2004 1,82% 6,13% janeiro/2005 dezembro/2005 2,83% 5,05% janeiro/2006 dezembro/2006 2,04% 2,81% janeiro/2007 dezembro/2007 1,45% 5,16% janeiro/2008 dezembro/2008 1,63% 6,48% janeiro/2009 dezembro/2009 0,71% 4,11% janeiro/2010 dezembro/2010 0,69% 6,47% janeiro/2011 dezembro/2011 1,21% 6,08% janeiro/2012 dezembro/2012 0,29% 6,20% janeiro/2013 dezembro/2013 0,19% 5,56% Variação Acumulada 34,90% 167,69% Fonte dos Indicadores: Banco Central Cálculos e Tabulação: Autor A Tabela 2 apresenta os índices da TR e do INPC durante o período que se inicia em janeiro de 1999 e se encerra em dezembro de 2013. Nesse tempo a TR acumulou 34,90% enquanto o INPC acumulou 167,69%. Dito de outra forma, o INPC, quando comparado à TR, ganhou 98,44% entre 1999 e 2013. Precisando de cálculos? Ligue para (19) 98176-0638 Escreva para lctrevizam@terra.com.br Curta o facebook: Trevizam – Laudos Periciais 4