SlideShare uma empresa Scribd logo
ProtocolWith Timer(Protocolo com Temporizador)Carlos FranCleilson Gurgel
Protocolo com TemporizadorDesenvolvido e Mantido por:Kurt Jensen, Universidade de Aarhus, Dinamarca (kjensen@daimi.au.dk).
Protocolo com TemporizadorÉ um protocolo baseado em transmissão de dados, onde existe um emissor e um receptor.O protocolo é otimista, ele assume que cada pacote será recebido com sucesso e, portanto, imediatamente continua a enviar o pacote que lhe suceda.O “ProtocolWith Timer” possui algumas semelhanças com alguns outros protocolos como é o caso do “SimpleProtocol” e do “TimedProtocol”, mas não se engane, cada um tem caracteristicas distintas.
Protocolo com TemporizadorO modelo deste protocolo foi modelado em Redes de Petri Colorida utilizando a ferramenta CPNTools.
Protocolo Modelado com CPN
Declarações da Redecolset INT = int;colset DATA = string;colsetINTxDATA = product  INT * DATA;var n, k: INT;var p, str: DATA;Val stop = “########”;colset  Ten0 = intwhith 0..10;colset Ten1 = intwhith 1..10;var s:Ten0;var r: Ten1;fun OK(s:Ten0, r:Ten1) = (r<=s);
Lugares
Transições
Tipo(Colour Set)
Marcação Inicial
Protocol with Timer
Inscrições do Arco(n,p)snN+1k
Subdivisão da RedeRedeReceptorTemporizadorEmissor
Pacotes a ser enviadosINTxDATASend
ContadoresContadorContador
Dados Recebidos“ ”DATA
O Lugar SendA ligação<n=1,p="Modellin"> está habilitada.Quando a ligação ocorre  uma ficha é adicionada no lugar A.Isto representa que o pacote (1,"Modellin") é enviado para a rede.O pacote não é removido do lugar Send e o contador do lugar NextSend é incrementado indicando qual é o próximo pacote. No nosso caso, ligação<n=2,p=“g and An">
TransmitPacketTodas ligações habilitadas são:<n=1,p= "Modellin", s=8, r=...>onde    r ∈1. .10
A função “ ok ”A função Ok(s,r) checa se r ≤  s.Para r ∈1. .8, Ok(s,r)=true. A ficha é movida de A para B. Isto significa que o pacote é transmitido com sucesso.Para r ∈ 9. .10, Ok(s,r)=false. Nenhuma ficha é adicionada em B. Isto significa que o pacote é perdido.O simulador CPN faz escolhas aleatórias entre ligações: 80% de chance para transferir com sucesso.
Pacote RecebidoO número do pacote chegando  “n” e o número do  pacote esperado “k” são comparados.O dado no pacote é concatenado ao dado já recebido.O contador NextRec é incrementado em um.If n = k(n,p)Str^pIf n = k
Pacote PerdidoSe o pacote que chegou “n” é diferente do pacote esperado “k” o pacote é perdido.If n = k(n,p)If n = k
Envio do ACKDiferentemente do SimpleProtocolo ProtocolWith Time só envia o ACK quando envia o pacote de stop (8,“########") .Aqui ele testa se p=stop e n<k. Em caso verdadeiro envia uma ficha para o lugar C. e caso seja falso ele não envia nada.
Transmitindo o ACKO protocolo da rede também considera que o ACK também pode ser perdido.Neste caso é feito o teste com a função ok(s,r) no caso verdadeiro o ack é recebido, e nocaso de ser falso o ack também é perdido.
O TemporizadorQuando Send envia o ultimo  pacote (8,“########“), ele adiciona um token com o valor 0 em Count  (no temporizador), habilitando assim a transição Clock Tick.Fica esperando o recebimento do ACK.Cada ocorrência desse transição aumenta a contagem (ou seja, a contagem do valor do token). Quando a contagem atinge um limite pré-definido (no nosso caso”8”) de transição do Relógio Tickdeixa de ser habilitado.8
O TemporizadorQuando a contagem atinge o limite pre- estabelecido o alarme de transição torna-se habilitado, e se a confirmação ACK não tiver chegado.O Alarm dispara colocando o token com o valor 1 no lugar NextSend, ou seja, ele reinicia uma retransmissão de todo o conjunto de pacotes.Mas caso o ACK tiver chegado nesse periodo a trasnmissão é concluida.8Alarm1

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Aula 08
Aula 08Aula 08
Aula 09
Aula 09Aula 09
Circ ilum sinal
Circ ilum sinalCirc ilum sinal
Circ ilum sinal
Pedro Jac Silva
 
Circitos de iluminação
Circitos de iluminaçãoCircitos de iluminação
Circitos de iluminação
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
Circuitos de iluminação
Circuitos de iluminaçãoCircuitos de iluminação
Circuitos de iluminação
Casimiro Coelho
 
Simbologia eletrônica
Simbologia eletrônicaSimbologia eletrônica
Simbologia eletrônica
fgoliva
 
Apostila Visualg
Apostila VisualgApostila Visualg
Apostila Visualg
Nathanael Jorge
 
Desenho técnico eletrônico
Desenho técnico eletrônicoDesenho técnico eletrônico
Desenho técnico eletrônico
Fabio Curty
 
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumoDimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
Bruno Borges
 
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas ElétricosCurso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
Sala da Elétrica
 
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICOManual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
EcoHospedagem
 
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕESManual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
EcoHospedagem
 
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
Trabalhos de Fabrício Ramos
 
APOSTILA DE TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
APOSTILA DE  TRANSISTOR, POLARIZAÇÃOAPOSTILA DE  TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
APOSTILA DE TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
Isvaldo Souza
 
Manual do-eletricista-residencial
Manual do-eletricista-residencialManual do-eletricista-residencial
Manual do-eletricista-residencial
allan
 
Instalações elétricas prática - SENAI
Instalações elétricas   prática - SENAIInstalações elétricas   prática - SENAI
Instalações elétricas prática - SENAI
Leonardo Chaves
 
Guia do eletricista
Guia do eletricistaGuia do eletricista
Guia do eletricista
Dulciney Figueiredo
 

Destaque (17)

Aula 08
Aula 08Aula 08
Aula 08
 
Aula 09
Aula 09Aula 09
Aula 09
 
Circ ilum sinal
Circ ilum sinalCirc ilum sinal
Circ ilum sinal
 
Circitos de iluminação
Circitos de iluminaçãoCircitos de iluminação
Circitos de iluminação
 
Circuitos de iluminação
Circuitos de iluminaçãoCircuitos de iluminação
Circuitos de iluminação
 
Simbologia eletrônica
Simbologia eletrônicaSimbologia eletrônica
Simbologia eletrônica
 
Apostila Visualg
Apostila VisualgApostila Visualg
Apostila Visualg
 
Desenho técnico eletrônico
Desenho técnico eletrônicoDesenho técnico eletrônico
Desenho técnico eletrônico
 
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumoDimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
Dimensionamento de instalação elétrica pela demanda de consumo
 
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas ElétricosCurso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
Curso LIDE - Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos
 
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICOManual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR ANALÓGICO
 
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕESManual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
Manual do usuário TIMER TEMPORIZADOR DIGITAL - ATÉ 8 PROGRAMAÇÕES
 
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
Esquemas Uni-filares e Multi-filares dos vários Circuitos de Iluminação
 
APOSTILA DE TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
APOSTILA DE  TRANSISTOR, POLARIZAÇÃOAPOSTILA DE  TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
APOSTILA DE TRANSISTOR, POLARIZAÇÃO
 
Manual do-eletricista-residencial
Manual do-eletricista-residencialManual do-eletricista-residencial
Manual do-eletricista-residencial
 
Instalações elétricas prática - SENAI
Instalações elétricas   prática - SENAIInstalações elétricas   prática - SENAI
Instalações elétricas prática - SENAI
 
Guia do eletricista
Guia do eletricistaGuia do eletricista
Guia do eletricista
 

Mais de Carlos Fran

Regimento Mestrado Ciência da Computação UERN
Regimento Mestrado Ciência da Computação UERNRegimento Mestrado Ciência da Computação UERN
Regimento Mestrado Ciência da Computação UERN
Carlos Fran
 
Ideal de cada um
Ideal de cada umIdeal de cada um
Ideal de cada um
Carlos Fran
 
A India Da Tv E A India Real
A India Da Tv E A India RealA India Da Tv E A India Real
A India Da Tv E A India Real
Carlos Fran
 
Manias De Pober
Manias De PoberManias De Pober
Manias De Pober
Carlos Fran
 
Frases De Banheiro
Frases De BanheiroFrases De Banheiro
Frases De Banheiro
Carlos Fran
 
Brincando de chat
Brincando de chatBrincando de chat
Brincando de chat
Carlos Fran
 
Acidente Gol
Acidente GolAcidente Gol
Acidente Gol
Carlos Fran
 
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
Carlos Fran
 
Homenagem a Roberto Montero
Homenagem a Roberto MonteroHomenagem a Roberto Montero
Homenagem a Roberto Montero
Carlos Fran
 
Msn85
Msn85Msn85
Etica
EticaEtica
Slides Arroxe
Slides ArroxeSlides Arroxe
Slides Arroxe
Carlos Fran
 
Problemas
ProblemasProblemas
Problemas
Carlos Fran
 
Fazer Uma Mulher Feliz
Fazer Uma Mulher FelizFazer Uma Mulher Feliz
Fazer Uma Mulher Feliz
Carlos Fran
 

Mais de Carlos Fran (14)

Regimento Mestrado Ciência da Computação UERN
Regimento Mestrado Ciência da Computação UERNRegimento Mestrado Ciência da Computação UERN
Regimento Mestrado Ciência da Computação UERN
 
Ideal de cada um
Ideal de cada umIdeal de cada um
Ideal de cada um
 
A India Da Tv E A India Real
A India Da Tv E A India RealA India Da Tv E A India Real
A India Da Tv E A India Real
 
Manias De Pober
Manias De PoberManias De Pober
Manias De Pober
 
Frases De Banheiro
Frases De BanheiroFrases De Banheiro
Frases De Banheiro
 
Brincando de chat
Brincando de chatBrincando de chat
Brincando de chat
 
Acidente Gol
Acidente GolAcidente Gol
Acidente Gol
 
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
Aprenda 400 palavras em inglês em apenas 1 minuto!
 
Homenagem a Roberto Montero
Homenagem a Roberto MonteroHomenagem a Roberto Montero
Homenagem a Roberto Montero
 
Msn85
Msn85Msn85
Msn85
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Slides Arroxe
Slides ArroxeSlides Arroxe
Slides Arroxe
 
Problemas
ProblemasProblemas
Problemas
 
Fazer Uma Mulher Feliz
Fazer Uma Mulher FelizFazer Uma Mulher Feliz
Fazer Uma Mulher Feliz
 

Protocol with Timer

  • 1. ProtocolWith Timer(Protocolo com Temporizador)Carlos FranCleilson Gurgel
  • 2. Protocolo com TemporizadorDesenvolvido e Mantido por:Kurt Jensen, Universidade de Aarhus, Dinamarca (kjensen@daimi.au.dk).
  • 3. Protocolo com TemporizadorÉ um protocolo baseado em transmissão de dados, onde existe um emissor e um receptor.O protocolo é otimista, ele assume que cada pacote será recebido com sucesso e, portanto, imediatamente continua a enviar o pacote que lhe suceda.O “ProtocolWith Timer” possui algumas semelhanças com alguns outros protocolos como é o caso do “SimpleProtocol” e do “TimedProtocol”, mas não se engane, cada um tem caracteristicas distintas.
  • 4. Protocolo com TemporizadorO modelo deste protocolo foi modelado em Redes de Petri Colorida utilizando a ferramenta CPNTools.
  • 6. Declarações da Redecolset INT = int;colset DATA = string;colsetINTxDATA = product INT * DATA;var n, k: INT;var p, str: DATA;Val stop = “########”;colset Ten0 = intwhith 0..10;colset Ten1 = intwhith 1..10;var s:Ten0;var r: Ten1;fun OK(s:Ten0, r:Ten1) = (r<=s);
  • 14. Pacotes a ser enviadosINTxDATASend
  • 17. O Lugar SendA ligação<n=1,p="Modellin"> está habilitada.Quando a ligação ocorre uma ficha é adicionada no lugar A.Isto representa que o pacote (1,"Modellin") é enviado para a rede.O pacote não é removido do lugar Send e o contador do lugar NextSend é incrementado indicando qual é o próximo pacote. No nosso caso, ligação<n=2,p=“g and An">
  • 18. TransmitPacketTodas ligações habilitadas são:<n=1,p= "Modellin", s=8, r=...>onde r ∈1. .10
  • 19. A função “ ok ”A função Ok(s,r) checa se r ≤ s.Para r ∈1. .8, Ok(s,r)=true. A ficha é movida de A para B. Isto significa que o pacote é transmitido com sucesso.Para r ∈ 9. .10, Ok(s,r)=false. Nenhuma ficha é adicionada em B. Isto significa que o pacote é perdido.O simulador CPN faz escolhas aleatórias entre ligações: 80% de chance para transferir com sucesso.
  • 20. Pacote RecebidoO número do pacote chegando “n” e o número do pacote esperado “k” são comparados.O dado no pacote é concatenado ao dado já recebido.O contador NextRec é incrementado em um.If n = k(n,p)Str^pIf n = k
  • 21. Pacote PerdidoSe o pacote que chegou “n” é diferente do pacote esperado “k” o pacote é perdido.If n = k(n,p)If n = k
  • 22. Envio do ACKDiferentemente do SimpleProtocolo ProtocolWith Time só envia o ACK quando envia o pacote de stop (8,“########") .Aqui ele testa se p=stop e n<k. Em caso verdadeiro envia uma ficha para o lugar C. e caso seja falso ele não envia nada.
  • 23. Transmitindo o ACKO protocolo da rede também considera que o ACK também pode ser perdido.Neste caso é feito o teste com a função ok(s,r) no caso verdadeiro o ack é recebido, e nocaso de ser falso o ack também é perdido.
  • 24. O TemporizadorQuando Send envia o ultimo pacote (8,“########“), ele adiciona um token com o valor 0 em Count (no temporizador), habilitando assim a transição Clock Tick.Fica esperando o recebimento do ACK.Cada ocorrência desse transição aumenta a contagem (ou seja, a contagem do valor do token). Quando a contagem atinge um limite pré-definido (no nosso caso”8”) de transição do Relógio Tickdeixa de ser habilitado.8
  • 25. O TemporizadorQuando a contagem atinge o limite pre- estabelecido o alarme de transição torna-se habilitado, e se a confirmação ACK não tiver chegado.O Alarm dispara colocando o token com o valor 1 no lugar NextSend, ou seja, ele reinicia uma retransmissão de todo o conjunto de pacotes.Mas caso o ACK tiver chegado nesse periodo a trasnmissão é concluida.8Alarm1