SlideShare uma empresa Scribd logo
“ Os olhos de quem vê”
U m dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres.
O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde cedo passar esses valores  para  seu herdeiro.
Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo.
Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho: - E aí, filhão, como foi a viagem para você ? - Muito boa, papai, respondeu o pequeno. - Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza ? - Sim pai ! Retrucou o filho,  p ensativamente. - E o que você aprendeu, com tudo o que viu nesses dias, naquele lugar tão paupérrimo  ?
O menino respondeu: -  É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.
Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu. Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha. Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas !
O filho suspirou e continuou: - E além do mais papai, observei que eles rezam antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios, dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto !
No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.
Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós.  Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.
Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefato, sem graça e envergonhado. O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou: -  Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres !
MORAL DA HISTÓRIA  Não é o que você é, o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto !  Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza.
Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas ,  então...
Você tem tudo!             Desconheço a Autoria

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Marcadores de Natal
Marcadores de Natal Marcadores de Natal
Marcadores de Natal
Maria Meinedo
 
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhosHistoria do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Alice Lirio
 
Feliz dia dos pais
Feliz dia dos paisFeliz dia dos pais
Feliz dia dos pais
Marcelo De Oliveira
 
DèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo HqDèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo Hq
guest579fa6
 
Homenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos PaisHomenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos Pais
Eduk On
 
Avo&avo
Avo&avoAvo&avo
Avo&avo
Andre Lenz
 

Mais procurados (6)

Marcadores de Natal
Marcadores de Natal Marcadores de Natal
Marcadores de Natal
 
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhosHistoria do filho_prodigo_com_desenhos
Historia do filho_prodigo_com_desenhos
 
Feliz dia dos pais
Feliz dia dos paisFeliz dia dos pais
Feliz dia dos pais
 
DèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo HqDèBora Tonomundo Hq
DèBora Tonomundo Hq
 
Homenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos PaisHomenagem ao dia dos Pais
Homenagem ao dia dos Pais
 
Avo&avo
Avo&avoAvo&avo
Avo&avo
 

Destaque

Mantenimiento de personal de empreas
Mantenimiento de personal de empreasMantenimiento de personal de empreas
Mantenimiento de personal de empreas
JHONATANDOTA77
 
เบญจพร
เบญจพรเบญจพร
เบญจพร
aom34
 
Energize Advery April 2012 - YSM
Energize Advery April 2012 - YSMEnergize Advery April 2012 - YSM
Energize Advery April 2012 - YSM
sport_dev
 
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel AsturiasEjemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
Nombre Apellidos
 
Photosynthesis
PhotosynthesisPhotosynthesis
Photosynthesis
nasreenn
 
Gründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
Gründen ist ... eine Flatrate für GlücksgefühleGründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
Gründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
Elaspix
 
Osgaúchos
OsgaúchosOsgaúchos
Osgaúchos
CARLOS CAVALLINI
 
Google +
Google +Google +
Google +
Tamara Cabrera
 
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
carinemottier
 
Vida Nbsp Feliz
Vida Nbsp FelizVida Nbsp Feliz
Vida Nbsp Feliz
CARLOS CAVALLINI
 
El sustantivo
El sustantivoEl sustantivo
El sustantivo
Javier Sanchez
 
CorbinGroup Ad3_120214
CorbinGroup Ad3_120214CorbinGroup Ad3_120214
CorbinGroup Ad3_120214
Carolyn Corbin
 
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerableL'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
Creu Roja a Catalunya
 
Assimcomovocesom
AssimcomovocesomAssimcomovocesom
Assimcomovocesom
CARLOS CAVALLINI
 
Molly Ringwald Autographed Memorabilia
Molly Ringwald Autographed MemorabiliaMolly Ringwald Autographed Memorabilia
Molly Ringwald Autographed Memorabilia
petlik998
 
Kultkino Janvier Fevrier 2014
Kultkino Janvier Fevrier 2014Kultkino Janvier Fevrier 2014
Kultkino Janvier Fevrier 2014
Bâle Région Mag
 
Leuvoceeassim
LeuvoceeassimLeuvoceeassim
Leuvoceeassim
CARLOS CAVALLINI
 
2013 Stratego® YLD Early Season Application
2013 Stratego® YLD Early Season Application2013 Stratego® YLD Early Season Application
2013 Stratego® YLD Early Season Application
Stratego YLD Fungicide
 
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
jacygon gonzales
 

Destaque (20)

Mantenimiento de personal de empreas
Mantenimiento de personal de empreasMantenimiento de personal de empreas
Mantenimiento de personal de empreas
 
เบญจพร
เบญจพรเบญจพร
เบญจพร
 
Energize Advery April 2012 - YSM
Energize Advery April 2012 - YSMEnergize Advery April 2012 - YSM
Energize Advery April 2012 - YSM
 
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel AsturiasEjemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
Ejemplo Tarjeta Regalo Hotel Asturias
 
Photosynthesis
PhotosynthesisPhotosynthesis
Photosynthesis
 
Gründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
Gründen ist ... eine Flatrate für GlücksgefühleGründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
Gründen ist ... eine Flatrate für Glücksgefühle
 
Osgaúchos
OsgaúchosOsgaúchos
Osgaúchos
 
Google +
Google +Google +
Google +
 
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
Article dans la Voix du Nord, le 13 mars 2013
 
Vida Nbsp Feliz
Vida Nbsp FelizVida Nbsp Feliz
Vida Nbsp Feliz
 
El sustantivo
El sustantivoEl sustantivo
El sustantivo
 
CorbinGroup Ad3_120214
CorbinGroup Ad3_120214CorbinGroup Ad3_120214
CorbinGroup Ad3_120214
 
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerableL'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
L'Observatori - Les persones immigrades en situació vulnerable
 
Assimcomovocesom
AssimcomovocesomAssimcomovocesom
Assimcomovocesom
 
Molly Ringwald Autographed Memorabilia
Molly Ringwald Autographed MemorabiliaMolly Ringwald Autographed Memorabilia
Molly Ringwald Autographed Memorabilia
 
Kultkino Janvier Fevrier 2014
Kultkino Janvier Fevrier 2014Kultkino Janvier Fevrier 2014
Kultkino Janvier Fevrier 2014
 
Purgatorio
Purgatorio Purgatorio
Purgatorio
 
Leuvoceeassim
LeuvoceeassimLeuvoceeassim
Leuvoceeassim
 
2013 Stratego® YLD Early Season Application
2013 Stratego® YLD Early Season Application2013 Stratego® YLD Early Season Application
2013 Stratego® YLD Early Season Application
 
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
Alsace C[1].Bi Bi Diapo..
 

Semelhante a Osolhosdequemv

O rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoceO rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoce
Presentepravoce SOS
 
Mensagem riqueza e pobreza
Mensagem   riqueza e pobrezaMensagem   riqueza e pobreza
Mensagem riqueza e pobreza
Central Do Trabalho RH
 
Riqueza e-pobreza d+++
Riqueza e-pobreza  d+++Riqueza e-pobreza  d+++
Riqueza e-pobreza d+++
siaromjo
 
Riqueza na-pobreza
Riqueza na-pobrezaRiqueza na-pobreza
Riqueza na-pobreza
siaromjo
 
Riqueza e pobreza
Riqueza e pobrezaRiqueza e pobreza
Riqueza e pobreza
radioportal
 
Ensino religioso 2
Ensino religioso 2Ensino religioso 2
Ensino religioso 2
Atividades Diversas Cláudia
 
Riqueza
RiquezaRiqueza
Riqueza
Anjovison .
 
A Verdadeira Riqueza
A Verdadeira RiquezaA Verdadeira Riqueza
A Verdadeira Riqueza
JNR
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
ProfCalazans
 
Riqueza e Pobreza
Riqueza e PobrezaRiqueza e Pobreza
Riqueza e Pobreza
Alfweb Sistemas
 
Riqueza E Pobreza
Riqueza E PobrezaRiqueza E Pobreza
Riqueza E Pobreza
VVCX
 
Rezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em famíliaRezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em família
Fraternitas Movimento
 
A riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobrezaA riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobreza
Mensagens Virtuais
 
Ano das estrelas 01-08-2013
Ano das estrelas  01-08-2013Ano das estrelas  01-08-2013
Ano das estrelas 01-08-2013
Mãos Sem Fronteiras Brasil
 
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 2516827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
Ana Cristina Freitas
 
A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos
SabrinaVieira43
 
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
Ajudaris 2017   AE ArcozeloAjudaris 2017   AE Arcozelo
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
AEA-BE
 
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
Alice Lirio
 
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as criançasComo trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Maraiza Gomes Meireles
 
Relatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionáriaRelatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionária
Bruno Da Montanha
 

Semelhante a Osolhosdequemv (20)

O rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoceO rico e o pobre presentepravoce
O rico e o pobre presentepravoce
 
Mensagem riqueza e pobreza
Mensagem   riqueza e pobrezaMensagem   riqueza e pobreza
Mensagem riqueza e pobreza
 
Riqueza e-pobreza d+++
Riqueza e-pobreza  d+++Riqueza e-pobreza  d+++
Riqueza e-pobreza d+++
 
Riqueza na-pobreza
Riqueza na-pobrezaRiqueza na-pobreza
Riqueza na-pobreza
 
Riqueza e pobreza
Riqueza e pobrezaRiqueza e pobreza
Riqueza e pobreza
 
Ensino religioso 2
Ensino religioso 2Ensino religioso 2
Ensino religioso 2
 
Riqueza
RiquezaRiqueza
Riqueza
 
A Verdadeira Riqueza
A Verdadeira RiquezaA Verdadeira Riqueza
A Verdadeira Riqueza
 
A verdadeira riqueza
A verdadeira riquezaA verdadeira riqueza
A verdadeira riqueza
 
Riqueza e Pobreza
Riqueza e PobrezaRiqueza e Pobreza
Riqueza e Pobreza
 
Riqueza E Pobreza
Riqueza E PobrezaRiqueza E Pobreza
Riqueza E Pobreza
 
Rezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em famíliaRezar o Pai-Nosso em família
Rezar o Pai-Nosso em família
 
A riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobrezaA riqueza e a pobreza
A riqueza e a pobreza
 
Ano das estrelas 01-08-2013
Ano das estrelas  01-08-2013Ano das estrelas  01-08-2013
Ano das estrelas 01-08-2013
 
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 2516827866 Espiritismo Infantil Historia 25
16827866 Espiritismo Infantil Historia 25
 
A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos A arvore dos desejos em Quadrinhos
A arvore dos desejos em Quadrinhos
 
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
Ajudaris 2017   AE ArcozeloAjudaris 2017   AE Arcozelo
Ajudaris 2017 AE Arcozelo
 
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio( Espiritismo)   a irmazinha de mauricio
( Espiritismo) a irmazinha de mauricio
 
Como trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as criançasComo trabalhar a diversidade com as crianças
Como trabalhar a diversidade com as crianças
 
Relatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionáriaRelatório de missão da resistência missionária
Relatório de missão da resistência missionária
 

Mais de CARLOS CAVALLINI

Se Alguem Te Procurar
Se Alguem Te ProcurarSe Alguem Te Procurar
Se Alguem Te Procurar
CARLOS CAVALLINI
 
Precisamos Uns Dos Outros
Precisamos Uns Dos OutrosPrecisamos Uns Dos Outros
Precisamos Uns Dos Outros
CARLOS CAVALLINI
 
MúSi..
MúSi..MúSi..
Minhafamilia
MinhafamiliaMinhafamilia
Minhafamilia
CARLOS CAVALLINI
 
Sol E Lua
Sol E LuaSol E Lua
Sol E Lua
CARLOS CAVALLINI
 
Chocolate
ChocolateChocolate
Chocolate
CARLOS CAVALLINI
 
Almir Sater 20012008
Almir Sater 20012008Almir Sater 20012008
Almir Sater 20012008
CARLOS CAVALLINI
 
Lapomadita
LapomaditaLapomadita
Lapomadita
CARLOS CAVALLINI
 
ReflexãO
ReflexãOReflexãO
ReflexãO
CARLOS CAVALLINI
 
Sortilejo
SortilejoSortilejo
Sortilejo
CARLOS CAVALLINI
 
Mujeres Y El Matrimonio
Mujeres Y El MatrimonioMujeres Y El Matrimonio
Mujeres Y El Matrimonio
CARLOS CAVALLINI
 
Destino2008pc@Gb
Destino2008pc@GbDestino2008pc@Gb
Destino2008pc@Gb
CARLOS CAVALLINI
 
Cuando Creias
Cuando CreiasCuando Creias
Cuando Creias
CARLOS CAVALLINI
 
Dejalos Vivir 3328
Dejalos Vivir 3328Dejalos Vivir 3328
Dejalos Vivir 3328
CARLOS CAVALLINI
 
Consejos Para Un Hijo..
Consejos Para Un Hijo..Consejos Para Un Hijo..
Consejos Para Un Hijo..
CARLOS CAVALLINI
 
Adan Y Eva
Adan Y EvaAdan Y Eva
Adan Y Eva
CARLOS CAVALLINI
 
18y54
18y5418y54
VELAS GREGAS
VELAS GREGASVELAS GREGAS
VELAS GREGAS
CARLOS CAVALLINI
 
LINDO
LINDOLINDO

Mais de CARLOS CAVALLINI (20)

Se Alguem Te Procurar
Se Alguem Te ProcurarSe Alguem Te Procurar
Se Alguem Te Procurar
 
Precisamos Uns Dos Outros
Precisamos Uns Dos OutrosPrecisamos Uns Dos Outros
Precisamos Uns Dos Outros
 
MúSi..
MúSi..MúSi..
MúSi..
 
Minhafamilia
MinhafamiliaMinhafamilia
Minhafamilia
 
Sol E Lua
Sol E LuaSol E Lua
Sol E Lua
 
Chocolate
ChocolateChocolate
Chocolate
 
Almir Sater 20012008
Almir Sater 20012008Almir Sater 20012008
Almir Sater 20012008
 
Lapomadita
LapomaditaLapomadita
Lapomadita
 
ReflexãO
ReflexãOReflexãO
ReflexãO
 
Un Bonito Cuento Ch&C
Un Bonito Cuento Ch&CUn Bonito Cuento Ch&C
Un Bonito Cuento Ch&C
 
Sortilejo
SortilejoSortilejo
Sortilejo
 
Mujeres Y El Matrimonio
Mujeres Y El MatrimonioMujeres Y El Matrimonio
Mujeres Y El Matrimonio
 
Destino2008pc@Gb
Destino2008pc@GbDestino2008pc@Gb
Destino2008pc@Gb
 
Cuando Creias
Cuando CreiasCuando Creias
Cuando Creias
 
Dejalos Vivir 3328
Dejalos Vivir 3328Dejalos Vivir 3328
Dejalos Vivir 3328
 
Consejos Para Un Hijo..
Consejos Para Un Hijo..Consejos Para Un Hijo..
Consejos Para Un Hijo..
 
Adan Y Eva
Adan Y EvaAdan Y Eva
Adan Y Eva
 
18y54
18y5418y54
18y54
 
VELAS GREGAS
VELAS GREGASVELAS GREGAS
VELAS GREGAS
 
LINDO
LINDOLINDO
LINDO
 

Osolhosdequemv

  • 1. “ Os olhos de quem vê”
  • 2. U m dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres.
  • 3. O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde cedo passar esses valores para seu herdeiro.
  • 4. Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo.
  • 5. Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho: - E aí, filhão, como foi a viagem para você ? - Muito boa, papai, respondeu o pequeno. - Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza ? - Sim pai ! Retrucou o filho, p ensativamente. - E o que você aprendeu, com tudo o que viu nesses dias, naquele lugar tão paupérrimo ?
  • 6. O menino respondeu: - É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.
  • 7. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu. Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha. Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas !
  • 8. O filho suspirou e continuou: - E além do mais papai, observei que eles rezam antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios, dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto !
  • 9. No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.
  • 10. Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós. Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.
  • 11. Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefato, sem graça e envergonhado. O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou: - Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres !
  • 12. MORAL DA HISTÓRIA Não é o que você é, o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto ! Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza.
  • 13. Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas , então...
  • 14. Você tem tudo! Desconheço a Autoria