SlideShare uma empresa Scribd logo
NÃO QUERO MAIS SER EVANGÉLICO
Gilson Souto Maior Junior
Não estou brincando! A indignação toma conta de meu ser, pois não dá mais. Evangélico no Brasil virou
sinônimo de movimento financeiro religioso, algo meio sem ética – ou totalmente se preferir – em que se
rouba e depois ora pedindo perdão a Deus. O “mensalão” de Brasília revela não apenas o que há de pior na
política brasileira, mas algo cheira mal na fé evangélica também (ou plagiando o filme, “Fé de mais não
cheira bem”). Como é possível alguém orar e dizer que o “financiador” é uma bênção para a cidade? A
verdade é que hoje a cristandade está com a síndrome de Geazi, servo do profeta Eliseu (2Reis 5:20-27).
Correndo atrás dos tesouros de Naamã, a cristandade gananciosa (2Reis 5:20) mente e camufla
situações para justificar seus pecados (2Reis 5:22); pior, esconde o pecado (2Reis 5:24), mostrando a
hipocrisia em que vivem (2Reis 5:25). Desta vez foi a gota d’água, ver um pastor, que é deputado distrital –
o que já é incoerente, pois ou é pastor ou deputado – e o presidente da Câmara, orando e pedindo a Deus
pelo gestor das
fraudes, chamando-o de “instrumento de bênção para nossas vidas e para a cidade”. Para a cidade de Brasília
eu não sei, mas parece que o gestor financeiro do mensalão foi uma “bênção” para outros.
Não é apenas isso (ou tudo isso), mas a Igreja Evangélica no Brasil virou um monstrengo, uma
colcha de retalhos, que mistura “alhos com bugalhos”, Bíblia com água e óleo ungido. Os pastores deixaram
de ser homens de reconhecida piedade para serem executivos da fé; jogaram no lixo a orientação de Paulo
para serem ministros de Cristo, que se ocupassem da leitura da Escritura, “à exortação e ao ensino”
(1Timóteo 4:12,13), para serem ministros de si
mesmo, onde a “escritura” agora é auto-ajuda, e a exortação e o ensino viraram barganha de promessas. Não
me escandalizo mais, pois o que sinto é uma revolta contra aqueles que “seguiram pelo caminho de Caim, e
por causa do lucro se lançaram no erro de Balaão...” (Judas 11).
Por isso não me chamem de “evangélico”, pois este termo implicava numa atitude baseada no Evangelho de
Cristo. Mas hoje isso virou um termo jocoso e maldoso. Não quero mais compactuar com pastores que
vendem e compram igrejas (isso mesmo!) como se fossem propriedades privadas, investimentos financeiros
lucrosos. Não quero mais saber deste evangelicalismo sem ética, sem doutrina e que está mandando milhares
para o inferno. Chega deste evangelho de faz-de-conta, em que Jesus é apresentado como um “amigão”,
mas nunca como Senhor. Chega deste “evangelho” sem cruz, sem vergonha e mentiroso. Com certeza,
Pedro está certo quando afirma pelo Espírito Santo: “... Tais homens têm prazer na luxúria à luz do dia...
enganam os inconstantes e têm o coração exercitado na ganância. São malditos. Eles se desviaram, deixando
o caminho reto e seguindo o caminho de Balaão, filho de
Beor, que amou o prêmio da injustiça” (2Pedro 2:13-15).
E agora? Onde estão os apóstolos que pedem dinheiro e se envolvem com as maracutaias religiosas? Onde
estão aqueles que oram pelo dinheiro sujo e pedem em nome de Deus que os abençoe? Onde estão aqueles
que vendem igrejas com membros e tudo mais? Que pedem “trízimo” (não estou brincando), ao Pai, ao
Filho e ao Espírito Santo? Onde estão os profetas com suas “profetadas” e palavras “ungidas”? Onde está a
Igreja que diz proclamar em alta voz que o Brasil é do Senhor Jesus? Ouçamos Isaías: “Ai dos que ao mal
chamam bem, e ao bem, mal; que transformam trevas em luz e luz em trevas, e ao amargo em doce, e o doce
em amargo!... Por isso a ira do SENHOR acendeu-se contra o seu povo, e o SENHOR estendeu a mão
contra ele e o feriu...” (Isaías 5:20,25a).
Aqui não é um julgamento. Que ninguém me venha com a falácia de “Não julgueis para não serdes
julgados”, pois isso é um simplismo de que se aproveitam muitos daqueles que são desonestos e usam a
Bíblia para justificar suas ações. Diante da injustiça não podemos nos calar, seja ela de um evangélico ou
não. Não me chamem de evangélico, pois não quero este evangelho mercadológico. Quero apenas ser
cristão, quero apenas seguir a Cristo e viver para Ele.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Chama do carmo_210
Chama do carmo_210Chama do carmo_210
Chama do carmo_210
Frei João
 
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO CROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Misericordia
MisericordiaMisericordia
I domingo do advento ano c - tempo de esperança
I domingo do advento   ano c - tempo de esperançaI domingo do advento   ano c - tempo de esperança
I domingo do advento ano c - tempo de esperança
José Luiz Silva Pinto
 
Boletim Dezembro 2015
Boletim Dezembro 2015Boletim Dezembro 2015
Boletim Dezembro 2015
willams
 
C1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deusC1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deus
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
José Luiz Silva Pinto
 
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
José Luiz Silva Pinto
 
4 motivos para uma JMJ diferente
4 motivos para uma JMJ diferente4 motivos para uma JMJ diferente
4 motivos para uma JMJ diferente
João Carlos Nara Júnior
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano cRoteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Avisos de 10 a 16 de Agosto
Avisos de 10 a 16 de AgostoAvisos de 10 a 16 de Agosto
Avisos de 10 a 16 de Agosto
Nuno Bessa
 
C1215 a missao
C1215 a missaoC1215 a missao
C1215 a missao
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Boletim 457 - 15/11/15
Boletim 457 - 15/11/15Boletim 457 - 15/11/15
Boletim 457 - 15/11/15
stanaami
 
A perfeita Devoção
A perfeita DevoçãoA perfeita Devoção
A perfeita Devoção
Carlinhos Pregador
 
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas VocaçõesMesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
irmaspaulinas
 
As marcas da falsa religião
As marcas da falsa religiãoAs marcas da falsa religião
As marcas da falsa religião
Isaias Silva
 

Mais procurados (20)

Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
Comentário: 22° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Chama do carmo_210
Chama do carmo_210Chama do carmo_210
Chama do carmo_210
 
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO CROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
ROTEIRO HOMILÉTICO DO 5.º DOMINGO DA PÁSCOA - ANO C
 
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
Roteiro homilético do 19.º domingo do tempo comum – ano c (1)
 
Misericordia
MisericordiaMisericordia
Misericordia
 
I domingo do advento ano c - tempo de esperança
I domingo do advento   ano c - tempo de esperançaI domingo do advento   ano c - tempo de esperança
I domingo do advento ano c - tempo de esperança
 
Boletim Dezembro 2015
Boletim Dezembro 2015Boletim Dezembro 2015
Boletim Dezembro 2015
 
C1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deusC1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deus
 
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
 
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
 
4 motivos para uma JMJ diferente
4 motivos para uma JMJ diferente4 motivos para uma JMJ diferente
4 motivos para uma JMJ diferente
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano cRoteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
Roteiro homilético do 4.º domingo do advento – ano c
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
 
Avisos de 10 a 16 de Agosto
Avisos de 10 a 16 de AgostoAvisos de 10 a 16 de Agosto
Avisos de 10 a 16 de Agosto
 
C1215 a missao
C1215 a missaoC1215 a missao
C1215 a missao
 
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
 
Boletim 457 - 15/11/15
Boletim 457 - 15/11/15Boletim 457 - 15/11/15
Boletim 457 - 15/11/15
 
A perfeita Devoção
A perfeita DevoçãoA perfeita Devoção
A perfeita Devoção
 
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas VocaçõesMesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
Mesagem do Santo Padre para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações
 
As marcas da falsa religião
As marcas da falsa religiãoAs marcas da falsa religião
As marcas da falsa religião
 

Semelhante a Não quero mais ser evangélico

Seguidores de Balaão
Seguidores de BalaãoSeguidores de Balaão
Seguidores de Balaão
Pastor Robson Colaço
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
A avareza
A avarezaA avareza
A avareza
GOMESA72
 
Mendigos Esprituais
Mendigos EsprituaisMendigos Esprituais
Mendigos Esprituais
Pastor Robson Colaço
 
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
Carlos Almeida
 
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptxSlide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
AdriangeloLima
 
Teologia econômica financeira
Teologia econômica financeira Teologia econômica financeira
Teologia econômica financeira
Wilson Paulo de Santana Paulo
 
A igreja que deus deseja
A igreja que deus desejaA igreja que deus deseja
A igreja que deus deseja
Pedro Júnior
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
Leonam dos Santos
 
Download uma graca-que_poucos_desejam
Download uma graca-que_poucos_desejamDownload uma graca-que_poucos_desejam
Download uma graca-que_poucos_desejam
matias2016
 
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
RaphaelSanches9
 
Apostila 4
Apostila 4Apostila 4
Apostila 4
Joao Rumpel
 
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
O Evangelho da graça
O Evangelho da graçaO Evangelho da graça
O Evangelho da graça
Ailton da Silva
 
A organização de uma igreja local
A organização de uma igreja localA organização de uma igreja local
A organização de uma igreja local
Ailton da Silva
 
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada AquiBiblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
Jonas Martins Olímpio
 
Uma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejamUma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejam
Rogério Amaral
 
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAMUMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
Alessandro Mecol
 
Uma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejamUma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejam
Rogério Amaral
 
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Dangelo Nascimento
 

Semelhante a Não quero mais ser evangélico (20)

Seguidores de Balaão
Seguidores de BalaãoSeguidores de Balaão
Seguidores de Balaão
 
###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos  ###########14 estudos bíblicos
###########14 estudos bíblicos
 
A avareza
A avarezaA avareza
A avareza
 
Mendigos Esprituais
Mendigos EsprituaisMendigos Esprituais
Mendigos Esprituais
 
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
23235300 evangelico-dizimos-e-ofertas-para-analisar (1)
 
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptxSlide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
Slide - EBD ADEB 2023 Licao 01 3Trim.pptx
 
Teologia econômica financeira
Teologia econômica financeira Teologia econômica financeira
Teologia econômica financeira
 
A igreja que deus deseja
A igreja que deus desejaA igreja que deus deseja
A igreja que deus deseja
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
Download uma graca-que_poucos_desejam
Download uma graca-que_poucos_desejamDownload uma graca-que_poucos_desejam
Download uma graca-que_poucos_desejam
 
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
1 TIMÓTEO 3 - PRECISAMOS DE - BOA - DIACONIA.docx
 
Apostila 4
Apostila 4Apostila 4
Apostila 4
 
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
EBD CPAD Lições bíblicas 3°trimestre 2015 aula 11 A organização de uma igreja...
 
O Evangelho da graça
O Evangelho da graçaO Evangelho da graça
O Evangelho da graça
 
A organização de uma igreja local
A organização de uma igreja localA organização de uma igreja local
A organização de uma igreja local
 
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada AquiBiblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
Biblicamente Falando: Tem Alguma Coisa Errada Aqui
 
Uma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejamUma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejam
 
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAMUMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
UMA GRAÇA QUE POUCOS DESEJAM
 
Uma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejamUma graca que_poucos_desejam
Uma graca que_poucos_desejam
 
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
Lição 11 A Organização de uma Igreja Local 13 de Setembro de 2015 LIÇÕES BÍBL...
 

Não quero mais ser evangélico

  • 1. NÃO QUERO MAIS SER EVANGÉLICO Gilson Souto Maior Junior Não estou brincando! A indignação toma conta de meu ser, pois não dá mais. Evangélico no Brasil virou sinônimo de movimento financeiro religioso, algo meio sem ética – ou totalmente se preferir – em que se rouba e depois ora pedindo perdão a Deus. O “mensalão” de Brasília revela não apenas o que há de pior na política brasileira, mas algo cheira mal na fé evangélica também (ou plagiando o filme, “Fé de mais não cheira bem”). Como é possível alguém orar e dizer que o “financiador” é uma bênção para a cidade? A verdade é que hoje a cristandade está com a síndrome de Geazi, servo do profeta Eliseu (2Reis 5:20-27). Correndo atrás dos tesouros de Naamã, a cristandade gananciosa (2Reis 5:20) mente e camufla situações para justificar seus pecados (2Reis 5:22); pior, esconde o pecado (2Reis 5:24), mostrando a hipocrisia em que vivem (2Reis 5:25). Desta vez foi a gota d’água, ver um pastor, que é deputado distrital – o que já é incoerente, pois ou é pastor ou deputado – e o presidente da Câmara, orando e pedindo a Deus pelo gestor das fraudes, chamando-o de “instrumento de bênção para nossas vidas e para a cidade”. Para a cidade de Brasília eu não sei, mas parece que o gestor financeiro do mensalão foi uma “bênção” para outros. Não é apenas isso (ou tudo isso), mas a Igreja Evangélica no Brasil virou um monstrengo, uma colcha de retalhos, que mistura “alhos com bugalhos”, Bíblia com água e óleo ungido. Os pastores deixaram de ser homens de reconhecida piedade para serem executivos da fé; jogaram no lixo a orientação de Paulo para serem ministros de Cristo, que se ocupassem da leitura da Escritura, “à exortação e ao ensino” (1Timóteo 4:12,13), para serem ministros de si mesmo, onde a “escritura” agora é auto-ajuda, e a exortação e o ensino viraram barganha de promessas. Não me escandalizo mais, pois o que sinto é uma revolta contra aqueles que “seguiram pelo caminho de Caim, e por causa do lucro se lançaram no erro de Balaão...” (Judas 11). Por isso não me chamem de “evangélico”, pois este termo implicava numa atitude baseada no Evangelho de Cristo. Mas hoje isso virou um termo jocoso e maldoso. Não quero mais compactuar com pastores que vendem e compram igrejas (isso mesmo!) como se fossem propriedades privadas, investimentos financeiros lucrosos. Não quero mais saber deste evangelicalismo sem ética, sem doutrina e que está mandando milhares para o inferno. Chega deste evangelho de faz-de-conta, em que Jesus é apresentado como um “amigão”, mas nunca como Senhor. Chega deste “evangelho” sem cruz, sem vergonha e mentiroso. Com certeza, Pedro está certo quando afirma pelo Espírito Santo: “... Tais homens têm prazer na luxúria à luz do dia... enganam os inconstantes e têm o coração exercitado na ganância. São malditos. Eles se desviaram, deixando o caminho reto e seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça” (2Pedro 2:13-15). E agora? Onde estão os apóstolos que pedem dinheiro e se envolvem com as maracutaias religiosas? Onde estão aqueles que oram pelo dinheiro sujo e pedem em nome de Deus que os abençoe? Onde estão aqueles que vendem igrejas com membros e tudo mais? Que pedem “trízimo” (não estou brincando), ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo? Onde estão os profetas com suas “profetadas” e palavras “ungidas”? Onde está a Igreja que diz proclamar em alta voz que o Brasil é do Senhor Jesus? Ouçamos Isaías: “Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem, mal; que transformam trevas em luz e luz em trevas, e ao amargo em doce, e o doce em amargo!... Por isso a ira do SENHOR acendeu-se contra o seu povo, e o SENHOR estendeu a mão contra ele e o feriu...” (Isaías 5:20,25a). Aqui não é um julgamento. Que ninguém me venha com a falácia de “Não julgueis para não serdes julgados”, pois isso é um simplismo de que se aproveitam muitos daqueles que são desonestos e usam a Bíblia para justificar suas ações. Diante da injustiça não podemos nos calar, seja ela de um evangélico ou não. Não me chamem de evangélico, pois não quero este evangelho mercadológico. Quero apenas ser cristão, quero apenas seguir a Cristo e viver para Ele.