SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS

                                 Índice

                                 Amarra Diagonal                                        7
                                 Amarra Paralela                                        7
                                 Amarra Quadrada                                        7
                                 Ancoragens                                            10
                                 Balso pelo Seio                                        6
                                 Carioca                                                6
                                 Catau                                                  6
                                 Costura Curta                                          9
                                 Costura em Alça                                        9
                                 Estacas e Espeques                                    12
                                 Falcaça com Agulha                                     8
                                 Falcaça de Veleiro                                     8
                                 Falcaça do Ocidente                                    8
                                 Falcaça Inglesa                                        9
                                 Falcaça Simples                                        8
                                 Içamentos e Multiplicação de Força                    13
                                 Introdução                                             3
                                 Lais de Guia Espanhol                                  6
                                 Lais de Guia                                           6
                                 Nó de Ajuste                                           5
                                 Nó de Arnez                                            4
                                 Nó de Boca de Saco                                     5
                                 Nó de Caçador                                          5
                                 Nó de Cadeira de Bombeiro                              6
                                 Nó de Cirurgião                                        4
                                 Nó de Escota Duplo                                     5
                                 Nó de Escota                                           5
                                 Nó de Pescador                                         5
                                 Nó Direito Alceado                                     4
                                 Nó Direito                                             4
                                 Nó em Oito Duplo                                       4
                                 Nó em Oito                                             4
                                 Volta Corrediça                                        7
                                 Volta Redonda com Cotes                                5
                                 Volta Sobre Cabo                                       5
União dos Escoteiros do Brasil




                                 Anotações:




       2
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS

                                 INTRODUÇÃO

                                 Todo o escoteiro deve saber fazer nós. Eles são essenciais para o acampamento e também para a
                                 vida do dia a dia.

                                 Um nó, para ser considerado bom deve satisfazer as seguintes condições:
                                 - Simplicidade em ser feito
                                 - Apertar à medida que o esforço sobre ele aumentar.
                                 - Facilidade em ser desatado

                                 A melhor forma de aprender a fazer nós é pedindo a alguém, que saiba, que te ensine. Depois a
                                 prática fará o resto. Da perfeição de um nó pode depender uma vida.

                                 Existem muitos nós, cada um com a sua utilidade diferente. Vamos aqui abordar alguns deles que
                                 podemos classificar do seguinte modo:
União dos Escoteiros do Brasil




                                 Anotações:




       3
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 NÓ DIREITO                               NÓ DIREITO ALCEADO
                                 É um nó simétrico e plano que mesmo      Variação do Nó Direito, tem como
                                 quando submetido a grandes tensões       característica principal o fato de poder
                                 pode ser facilmente desfeito.            ser desfeito facilmente.




                                 NÓ DE CIRURGIÃO                          NÓ EM OITO
                                 De utilização semelhante à do nó         Recebe o nome em função do seu
                                 direito, se mostra mais adequado         formato. Além de ser utilizado como nó
                                 quando utilizado em cabos de materiais   de arremate, é útil para que o cabo não
                                 sintéticos mais escorregadios.           escorregue de uma polia ou guia.




                                 NÓ EM OITO DUPLO                         NÓ DE ARNEZ
União dos Escoteiros do Brasil




                                 Muito utilizado em montanhismo,          Fornece uma alça pelo seio do cabo ou
                                 proporciona uma alça firme. A figura     da corda.
                                 3 ilustra o método de se fazer
                                 o nó quando deva ser aplicado
                                 a uma argola.

       4
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 NÓ DE CAÇADOR                              NÓ DE AJUSTE
                                 Utilizado em cabos rígidos ou              Empregado para unir cabos de qualquer
                                 escorregadios.                             material e de diâmetros semelhantes.




                                 NÓ DE ESCOTA                               NÓ DE ESCOTA DUPLO
                                 Recomendado para unir cabos de             Mesma utilização do Nó de Escota,
                                 diferentes diâmetros ou fixação em         proporcionando, entretanto mais firmeza
                                 argolas.                                   da união.




                                 NÓ DE PESCADOR                             VOLTA SOBRE CABO
                                 Empregado para unir cabos escorregadios.   Bastante útil quando se deseja unir dois
                                                                            cabos pelos seus seios.
União dos Escoteiros do Brasil




                                 VOLTA REDONDA COM COTES                    NÓ DE BOCA DE SACO
                                 Útil para que se fixe um cabo à uma        Também conhecido como “Nó de
                                 estaca.                                    Bagagem de Marinheiro”.


       5
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 CATAU                                     CARIOCA
                                 Utilizado para se encurtar uma corda ou   Também conhecido como Nó de Caminhoneiro,
                                 isolar uma parte esgarçada ou             Cardenal, etc, serve para esticar cordas ou
                                 enfraquecida do mesmo.                    cabos..




                                 CADEIRA DE BOMBEIRO                       LAIS DE GUIA ESPANHOL
                                 Proporciona duas alças para içamento      A mesma finalidade da cadeira de bombeiro.
                                 ou descida de uma pessoa.
União dos Escoteiros do Brasil




                                 LAIS DE GUIA                              BALSO PELO SEIO
                                 Útil em salvamentos, ou em casos em       Também conhecido como Lais de Guia
                                 que se deseja uma alça não corrediça.     Duplo utilizado em ações de salvamento.


       6
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 AMARRA DIAGONAL                         AMARRA QUADRADA
                                 Utilizada para se unir duas travessas   Utilizada para se fixar duas travessas que
                                 que estejam afastadas.                  não estejam afastadas entre si.




                                 AMARRA PARALELA                         VOLTA CORREDIÇA
União dos Escoteiros do Brasil




                                 Fixação de duas varas lado-a-lado.      Útil como esticador, porém difícil de ser
                                                                         desfeita quando submetida a grandes
                                                                         tensões.



       7
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 FALCAÇA SIMPLES                       FALCAÇA COM AGULHA
                                 De fácil confecção, tem como única    De execução um tanto complexa, dá um
                                 condição a escolha do fio com a       ótimo acabamento ao conjunto.
                                 resistência adequada ao trabalho.
União dos Escoteiros do Brasil




                                 FALCAÇA DE VELEIRO                    FALCAÇA DO OCIDENTE
                                 Como o próprio nome diz, é usada em   Seu trançado dá muita firmeza ao
                                 marinharia e proporciona grande       arremate do cabo.
                                 firmeza e bom acabamento aos cabos.
       8
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS




                                 FALCAÇA INGLESA
                                 De todos os procedimentos é o que propicia o melhor acabamento e firmeza. A complexidade
                                 de execução é compensada pelo ótimo resultado.




                                 COSTURA CURTA
                                 É a melhor forma de se emendar cordas trançadas, já que além de permitir um acabamento
                                 impecável, permite que a ligadura seja mais forte do que a corda original.
União dos Escoteiros do Brasil




                                 COSTURA EM ALÇA
                                 Utilizada em cordas de atracamento de embarcações, tem uma alça firme.



       9
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS

                                 ANCORAGENS
União dos Escoteiros do Brasil




10
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS
União dos Escoteiros do Brasil




11
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS

                                 ESTACAS E ESPEQUES
União dos Escoteiros do Brasil




12
CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS

                                 IÇAMENTOS E MULTIPLICAÇÃO DE FORÇA
União dos Escoteiros do Brasil




13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

(Série Ar Livre) - Nós e Amarras
(Série Ar Livre) - Nós e Amarras(Série Ar Livre) - Nós e Amarras
(Série Ar Livre) - Nós e AmarrasGECS
 
Manual Técnico de Nós e Amarras
Manual Técnico de Nós e AmarrasManual Técnico de Nós e Amarras
Manual Técnico de Nós e AmarrasSérgio Amaral
 
Manual de nós (manual escoteiro 3)
Manual de nós (manual escoteiro 3)Manual de nós (manual escoteiro 3)
Manual de nós (manual escoteiro 3)Ismael Rosa
 
Instrução Voltas e Nós
Instrução Voltas e NósInstrução Voltas e Nós
Instrução Voltas e NósDeise
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasIsmael Rosa
 
Aprenda como fazer os melhores nós
Aprenda como fazer os melhores nósAprenda como fazer os melhores nós
Aprenda como fazer os melhores nósDiego Zwang
 
6 torres e mastros
6   torres e mastros6   torres e mastros
6 torres e mastrosIsmael Rosa
 
Manual de nós (arte do marinheiro 1)
Manual de nós (arte do marinheiro 1)Manual de nós (arte do marinheiro 1)
Manual de nós (arte do marinheiro 1)Ismael Rosa
 
9 atividades e jogos com pioneirias
9   atividades e jogos com pioneirias9   atividades e jogos com pioneirias
9 atividades e jogos com pioneiriasIsmael Rosa
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasIsmael Rosa
 
Manual de nós (marinheiro)
Manual de nós (marinheiro)Manual de nós (marinheiro)
Manual de nós (marinheiro)Ismael Rosa
 
Manual de nós para técnicas verticais
Manual de nós para técnicas verticaisManual de nós para técnicas verticais
Manual de nós para técnicas verticaisEduardo Pereira
 
Manual de nós (bombeiros 1)
Manual de nós (bombeiros 1)Manual de nós (bombeiros 1)
Manual de nós (bombeiros 1)Ismael Rosa
 
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdf
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdfConhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdf
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdfgleisonbh2023
 
Nós e Amarrações
Nós e AmarraçõesNós e Amarrações
Nós e Amarraçõesagr740
 
Manual de nós (coleção tarrafa)
Manual de nós (coleção tarrafa)Manual de nós (coleção tarrafa)
Manual de nós (coleção tarrafa)Ismael Rosa
 

Mais procurados (20)

(Série Ar Livre) - Nós e Amarras
(Série Ar Livre) - Nós e Amarras(Série Ar Livre) - Nós e Amarras
(Série Ar Livre) - Nós e Amarras
 
Manual Técnico de Nós e Amarras
Manual Técnico de Nós e AmarrasManual Técnico de Nós e Amarras
Manual Técnico de Nós e Amarras
 
Manual de nós (manual escoteiro 3)
Manual de nós (manual escoteiro 3)Manual de nós (manual escoteiro 3)
Manual de nós (manual escoteiro 3)
 
Instrução Voltas e Nós
Instrução Voltas e NósInstrução Voltas e Nós
Instrução Voltas e Nós
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarras
 
Aprenda como fazer os melhores nós
Aprenda como fazer os melhores nósAprenda como fazer os melhores nós
Aprenda como fazer os melhores nós
 
6 torres e mastros
6   torres e mastros6   torres e mastros
6 torres e mastros
 
Manual de nós (arte do marinheiro 1)
Manual de nós (arte do marinheiro 1)Manual de nós (arte do marinheiro 1)
Manual de nós (arte do marinheiro 1)
 
9 atividades e jogos com pioneirias
9   atividades e jogos com pioneirias9   atividades e jogos com pioneirias
9 atividades e jogos com pioneirias
 
Nós
NósNós
Nós
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarras
 
nos e_amarracoes
nos e_amarracoesnos e_amarracoes
nos e_amarracoes
 
Manual de nós (marinheiro)
Manual de nós (marinheiro)Manual de nós (marinheiro)
Manual de nós (marinheiro)
 
Manual de nós para técnicas verticais
Manual de nós para técnicas verticaisManual de nós para técnicas verticais
Manual de nós para técnicas verticais
 
Trabalho nós
Trabalho   nósTrabalho   nós
Trabalho nós
 
Manual do escuteiro
Manual do escuteiroManual do escuteiro
Manual do escuteiro
 
Manual de nós (bombeiros 1)
Manual de nós (bombeiros 1)Manual de nós (bombeiros 1)
Manual de nós (bombeiros 1)
 
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdf
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdfConhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdf
Conhecendo Ramo Escoteiro - Período Introdutório.pdf
 
Nós e Amarrações
Nós e AmarraçõesNós e Amarrações
Nós e Amarrações
 
Manual de nós (coleção tarrafa)
Manual de nós (coleção tarrafa)Manual de nós (coleção tarrafa)
Manual de nós (coleção tarrafa)
 

Mais de tropantera

Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo EscoteiroEtapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteirotropantera
 
Promessa Com B P 2
Promessa Com B P 2Promessa Com B P 2
Promessa Com B P 2tropantera
 
Cozinha Escoteira
Cozinha EscoteiraCozinha Escoteira
Cozinha Escoteiratropantera
 
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo EscoteiroEtapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteirotropantera
 
Etapas De Segunda Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Segunda Classe Ramo EscoteiroEtapas De Segunda Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Segunda Classe Ramo Escoteirotropantera
 
Etapas De NoviçO Ramo Escoteiro
Etapas De NoviçO Ramo EscoteiroEtapas De NoviçO Ramo Escoteiro
Etapas De NoviçO Ramo Escoteirotropantera
 
Sistema De Patrulhas (2)
Sistema De Patrulhas (2)Sistema De Patrulhas (2)
Sistema De Patrulhas (2)tropantera
 
Manual Do Escoteiro NoviçO
Manual Do Escoteiro NoviçOManual Do Escoteiro NoviçO
Manual Do Escoteiro NoviçOtropantera
 

Mais de tropantera (9)

Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo EscoteiroEtapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
 
Promessa Com B P 2
Promessa Com B P 2Promessa Com B P 2
Promessa Com B P 2
 
Cozinha Escoteira
Cozinha EscoteiraCozinha Escoteira
Cozinha Escoteira
 
Por2001
Por2001Por2001
Por2001
 
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo EscoteiroEtapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Primeira Classe Ramo Escoteiro
 
Etapas De Segunda Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Segunda Classe Ramo EscoteiroEtapas De Segunda Classe Ramo Escoteiro
Etapas De Segunda Classe Ramo Escoteiro
 
Etapas De NoviçO Ramo Escoteiro
Etapas De NoviçO Ramo EscoteiroEtapas De NoviçO Ramo Escoteiro
Etapas De NoviçO Ramo Escoteiro
 
Sistema De Patrulhas (2)
Sistema De Patrulhas (2)Sistema De Patrulhas (2)
Sistema De Patrulhas (2)
 
Manual Do Escoteiro NoviçO
Manual Do Escoteiro NoviçOManual Do Escoteiro NoviçO
Manual Do Escoteiro NoviçO
 

Último

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 

Último (20)

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 

Materiais Ct Nos Amarras

  • 1.
  • 2. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS Índice Amarra Diagonal 7 Amarra Paralela 7 Amarra Quadrada 7 Ancoragens 10 Balso pelo Seio 6 Carioca 6 Catau 6 Costura Curta 9 Costura em Alça 9 Estacas e Espeques 12 Falcaça com Agulha 8 Falcaça de Veleiro 8 Falcaça do Ocidente 8 Falcaça Inglesa 9 Falcaça Simples 8 Içamentos e Multiplicação de Força 13 Introdução 3 Lais de Guia Espanhol 6 Lais de Guia 6 Nó de Ajuste 5 Nó de Arnez 4 Nó de Boca de Saco 5 Nó de Caçador 5 Nó de Cadeira de Bombeiro 6 Nó de Cirurgião 4 Nó de Escota Duplo 5 Nó de Escota 5 Nó de Pescador 5 Nó Direito Alceado 4 Nó Direito 4 Nó em Oito Duplo 4 Nó em Oito 4 Volta Corrediça 7 Volta Redonda com Cotes 5 Volta Sobre Cabo 5 União dos Escoteiros do Brasil Anotações: 2
  • 3. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS INTRODUÇÃO Todo o escoteiro deve saber fazer nós. Eles são essenciais para o acampamento e também para a vida do dia a dia. Um nó, para ser considerado bom deve satisfazer as seguintes condições: - Simplicidade em ser feito - Apertar à medida que o esforço sobre ele aumentar. - Facilidade em ser desatado A melhor forma de aprender a fazer nós é pedindo a alguém, que saiba, que te ensine. Depois a prática fará o resto. Da perfeição de um nó pode depender uma vida. Existem muitos nós, cada um com a sua utilidade diferente. Vamos aqui abordar alguns deles que podemos classificar do seguinte modo: União dos Escoteiros do Brasil Anotações: 3
  • 4. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS NÓ DIREITO NÓ DIREITO ALCEADO É um nó simétrico e plano que mesmo Variação do Nó Direito, tem como quando submetido a grandes tensões característica principal o fato de poder pode ser facilmente desfeito. ser desfeito facilmente. NÓ DE CIRURGIÃO NÓ EM OITO De utilização semelhante à do nó Recebe o nome em função do seu direito, se mostra mais adequado formato. Além de ser utilizado como nó quando utilizado em cabos de materiais de arremate, é útil para que o cabo não sintéticos mais escorregadios. escorregue de uma polia ou guia. NÓ EM OITO DUPLO NÓ DE ARNEZ União dos Escoteiros do Brasil Muito utilizado em montanhismo, Fornece uma alça pelo seio do cabo ou proporciona uma alça firme. A figura da corda. 3 ilustra o método de se fazer o nó quando deva ser aplicado a uma argola. 4
  • 5. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS NÓ DE CAÇADOR NÓ DE AJUSTE Utilizado em cabos rígidos ou Empregado para unir cabos de qualquer escorregadios. material e de diâmetros semelhantes. NÓ DE ESCOTA NÓ DE ESCOTA DUPLO Recomendado para unir cabos de Mesma utilização do Nó de Escota, diferentes diâmetros ou fixação em proporcionando, entretanto mais firmeza argolas. da união. NÓ DE PESCADOR VOLTA SOBRE CABO Empregado para unir cabos escorregadios. Bastante útil quando se deseja unir dois cabos pelos seus seios. União dos Escoteiros do Brasil VOLTA REDONDA COM COTES NÓ DE BOCA DE SACO Útil para que se fixe um cabo à uma Também conhecido como “Nó de estaca. Bagagem de Marinheiro”. 5
  • 6. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS CATAU CARIOCA Utilizado para se encurtar uma corda ou Também conhecido como Nó de Caminhoneiro, isolar uma parte esgarçada ou Cardenal, etc, serve para esticar cordas ou enfraquecida do mesmo. cabos.. CADEIRA DE BOMBEIRO LAIS DE GUIA ESPANHOL Proporciona duas alças para içamento A mesma finalidade da cadeira de bombeiro. ou descida de uma pessoa. União dos Escoteiros do Brasil LAIS DE GUIA BALSO PELO SEIO Útil em salvamentos, ou em casos em Também conhecido como Lais de Guia que se deseja uma alça não corrediça. Duplo utilizado em ações de salvamento. 6
  • 7. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS AMARRA DIAGONAL AMARRA QUADRADA Utilizada para se unir duas travessas Utilizada para se fixar duas travessas que que estejam afastadas. não estejam afastadas entre si. AMARRA PARALELA VOLTA CORREDIÇA União dos Escoteiros do Brasil Fixação de duas varas lado-a-lado. Útil como esticador, porém difícil de ser desfeita quando submetida a grandes tensões. 7
  • 8. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS FALCAÇA SIMPLES FALCAÇA COM AGULHA De fácil confecção, tem como única De execução um tanto complexa, dá um condição a escolha do fio com a ótimo acabamento ao conjunto. resistência adequada ao trabalho. União dos Escoteiros do Brasil FALCAÇA DE VELEIRO FALCAÇA DO OCIDENTE Como o próprio nome diz, é usada em Seu trançado dá muita firmeza ao marinharia e proporciona grande arremate do cabo. firmeza e bom acabamento aos cabos. 8
  • 9. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS FALCAÇA INGLESA De todos os procedimentos é o que propicia o melhor acabamento e firmeza. A complexidade de execução é compensada pelo ótimo resultado. COSTURA CURTA É a melhor forma de se emendar cordas trançadas, já que além de permitir um acabamento impecável, permite que a ligadura seja mais forte do que a corda original. União dos Escoteiros do Brasil COSTURA EM ALÇA Utilizada em cordas de atracamento de embarcações, tem uma alça firme. 9
  • 10. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS ANCORAGENS União dos Escoteiros do Brasil 10
  • 11. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS União dos Escoteiros do Brasil 11
  • 12. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS ESTACAS E ESPEQUES União dos Escoteiros do Brasil 12
  • 13. CURSO TÉCNICO – NÓS E AMARRAS IÇAMENTOS E MULTIPLICAÇÃO DE FORÇA União dos Escoteiros do Brasil 13