SlideShare uma empresa Scribd logo
A Arca de Noé
Ruth Rocha
Ilustrações
Cláudio Martins
Essa história é muito, muito
antiga. Eu li num livrão grande
do papai, que se chama Bíblia.
É a
história de um homem chamado
Noé.
Um dia, Deus chamou Noé. E
mandou que ele construísse
um barco grande. Não sei por
quê, mas todo mundo
chamava esse barco de Arca
de Noé. Deus mandou que
ele pusesse dentro do barco
um bicho de cada qualidade.
Um bicho, não. Dois. Um leão e
uma leoa...Um macaco e uma
macaca...Um caititu e
uma caititoa... Quer dizer,
caititoa não, que eu nem sei se
isso existe. E veio tudo o que
foi bicho. Girafa, com um
pescoço do tamanho de um
bonde...
Tinha tigre de Bengala.
Papagaio que até fala.E
tinha onça-pintada. Arara
dando risada, que era ver
uma vitrola! E um casal de
tatu-bola...
Bicho d’ água, isso não
tinha, nem tubarão, nem
tainha, procurando por
abrigo, Nem peixe-boi nem
baleia, nem arraia nem
lampreia, que não corriam
perigo...
E a zebra, que parece cavalo de pijama...E
pavão, que parece galo fantasiado pra
baile de carnaval. E cobra, jacaré,
elefante... E paca, tatu e cutia também. E
passarinho de todo jeito. Curió, bem-te-vi,
papa-capim...
E inseto de todo tamanho. Formiga, joaninha,
louva-a-deus... Eu acho que Noé devia deixar
de fora tudo o que é bicho enjoado, como
pulga, barata e pernilongo, que fazem
fiuuummmm no ouvido da gente.
Mas ele não deixou.
Levou tudo que foi
bicho.
Tinha peru, tinha pato.
Tinha vespa e carrapato.
Avestruz, carneiro, pinto...
Tinha até ornitorrinco. Urubu,
besouro, burro. Gafanhoto, grilo,
gato. Tinha abelha, tinha rato...
Quando a bicharada estava toda
embarcada, e mais a família do
Noé todinha, começou a cair uma
chuvarada. Mas não era uma
chuvarada dessas que caem
agora. Você já viu uma cachoeira?
Pois era igualzinho a uma
cachoeira caindo, caindo, que não
acabava mais.
Parecia o Rio Amazonas despencado. E
aquela água foi cobrindo tudo, tudo. Cobrindo
as terras, cobrindo as plantas, cobrindo ás
árvores, cobrindo as montanhas. Só mesmo a
Arca de Noé, que boiava em cima das águas,
é que não ficou coberta.
E mesmo depois que
passou a tempestade ficou
tudo coberto de água. E
passou muito tempo. Todo
mundo estava enjoado de
ficou preso dentro da Arca,
sem poder sair nem um
bocadinho
Os bichos até começaram a brigar.
Que nem criança, que fica muito
tempo dentro de casa e já começa
a implicar com os irmãos. O gato
e o rato começaram a brigar nesse
tempo e até hoje não fizeram as
pazes.
Até que um dia...
Veio vindo um ventinho
lá longe. E as águas
começaram a baixar.
E foram baixando,
baixando...
E Noé teve uma idéia. Mandou o
pombo dar uma volta lá fora pra
ver como estavam as coisas.
Os pombos são ótimos para
isso. Eles sabem ir e voltar dos
lugares, sem se perder, nem
nada
Por isso é que Noé escolheu
o pombo para esse trabalho.
O pombo foi e voltou com
uma folhinha no bico.
E Noé ficou sabendo que as
terras já estavam aparecendo.
E as águas foram baixando
mais e mais...
Então a Arca pousou
sobre um monte. E todo
mundo pôde sair e todo
mundo ficou contente.
E todos se abraçaram e
cantaram.
E Deus pendurou no
céu um arco colorido,
todo de listras.
E esse arco queria dizer que Deus era
amigo dos homens, e que nunca mais ia
chover assim na terra. Você já viu,
depois da chuva, o arco-íris
redondinho no céu? Pois é pra sossegar a
gente. Pra gente nunca mais ter medo da
chuva!
Efeitos Especiais
Bibliotecária: Janice V. Fagundes
EMEF Maurício Cardoso
Novembro/2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reconto escrito da obra joão e o pé de feijão
Reconto escrito da obra    joão e o pé de feijãoReconto escrito da obra    joão e o pé de feijão
Reconto escrito da obra joão e o pé de feijão
Hugo Ferreira
 
marcelo , marmelo, martelo
marcelo , marmelo, martelomarcelo , marmelo, martelo
marcelo , marmelo, martelo
mariaelidias
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_ClaraConto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
Clara Sousa
 
Historia palhaço geométrico
Historia palhaço geométricoHistoria palhaço geométrico
Historia palhaço geométrico
Ines Martins
 
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rochaQuem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
Dhebora Sales
 
Se as coisas fossem mães
Se as coisas fossem mãesSe as coisas fossem mães
Se as coisas fossem mães
Marcia Panzarin
 
Cada um mora onde pode
Cada um mora onde podeCada um mora onde pode
Cada um mora onde pode
PamellaSilveira3
 
A casinha do tatu
A casinha do tatuA casinha do tatu
A casinha do tatu
kessy cadela
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
Marisa Seara
 
Livro Bichodário
Livro BichodárioLivro Bichodário
Livro Bichodário
Ivanilda Milfont
 
A descoberta da joaninha
A descoberta da joaninhaA descoberta da joaninha
A descoberta da joaninha
Gi Barbosa - Ideia Criativa
 
A Zebrinha Preocupada
A Zebrinha PreocupadaA Zebrinha Preocupada
A Zebrinha Preocupada
adriana.25
 
O coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudarO coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudar
Marisa Seara
 
A verdadeira-história-do-natal
A verdadeira-história-do-natalA verdadeira-história-do-natal
A verdadeira-história-do-natal
Bertilia Madeira
 
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo BuchweitzA ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
MARIANE SUZARTE
 
Marcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
Marcelo Marmelo Martelo Ruth RochaMarcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
Marcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
Nadia Gal Stabile
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
weleslima
 
Até as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam PumAté as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam Pum
mariaelidias
 
Um amor de família
Um amor de famíliaUm amor de família
Um amor de família
Emef Madalena
 

Mais procurados (20)

Reconto escrito da obra joão e o pé de feijão
Reconto escrito da obra    joão e o pé de feijãoReconto escrito da obra    joão e o pé de feijão
Reconto escrito da obra joão e o pé de feijão
 
marcelo , marmelo, martelo
marcelo , marmelo, martelomarcelo , marmelo, martelo
marcelo , marmelo, martelo
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Adivinhas
 
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_ClaraConto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
 
Historia palhaço geométrico
Historia palhaço geométricoHistoria palhaço geométrico
Historia palhaço geométrico
 
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rochaQuem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
Quem tem medo do ridículo? de Ruth rocha
 
Se as coisas fossem mães
Se as coisas fossem mãesSe as coisas fossem mães
Se as coisas fossem mães
 
Cada um mora onde pode
Cada um mora onde podeCada um mora onde pode
Cada um mora onde pode
 
A casinha do tatu
A casinha do tatuA casinha do tatu
A casinha do tatu
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
 
Livro Bichodário
Livro BichodárioLivro Bichodário
Livro Bichodário
 
A descoberta da joaninha
A descoberta da joaninhaA descoberta da joaninha
A descoberta da joaninha
 
A Zebrinha Preocupada
A Zebrinha PreocupadaA Zebrinha Preocupada
A Zebrinha Preocupada
 
O coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudarO coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudar
 
A verdadeira-história-do-natal
A verdadeira-história-do-natalA verdadeira-história-do-natal
A verdadeira-história-do-natal
 
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo BuchweitzA ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
A ovelha rosa da Dona Rosa - Donaldo Buchweitz
 
Marcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
Marcelo Marmelo Martelo Ruth RochaMarcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
Marcelo Marmelo Martelo Ruth Rocha
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
 
Até as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam PumAté as Princesas Soltam Pum
Até as Princesas Soltam Pum
 
Um amor de família
Um amor de famíliaUm amor de família
Um amor de família
 

Semelhante a A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)

A arca de_noé
A arca de_noéA arca de_noé
A arca de_noé
Elia Rejany
 
A arca de noé Ruth Rocha ( Para colorir)
A arca de noé  Ruth Rocha (    Para colorir)A arca de noé  Ruth Rocha (    Para colorir)
A arca de noé Ruth Rocha ( Para colorir)
betania dias
 
Descritor 02.ppsx
Descritor 02.ppsxDescritor 02.ppsx
Descritor 02.ppsx
Marcos895089
 
050
050050
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
Alice Lirio
 
História - O coelho esperto
História -  O coelho espertoHistória -  O coelho esperto
História - O coelho esperto
Joaquina Rafael Barbosa
 
Arca de Noé 5º B
Arca de Noé   5º BArca de Noé   5º B
Arca de Noé 5º B
evazmila
 
Arca de noé 5º b
Arca de noé   5º bArca de noé   5º b
Arca de noé 5º b
evazmila
 
Livro abc do aprender
Livro abc do aprenderLivro abc do aprender
Livro abc do aprender
sbtvd
 
Diluvio universal
Diluvio universal  Diluvio universal
Diluvio universal
PAFB
 
Teatro maria castanha_duendes(2)
Teatro maria castanha_duendes(2)Teatro maria castanha_duendes(2)
Teatro maria castanha_duendes(2)
Mara Pinto
 
Mundo de lendas
Mundo de lendasMundo de lendas
Mundo de lendas
nacirbertini
 
Simulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º anoSimulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º ano
profronaldopompeu
 
Pdf contos
Pdf contosPdf contos
Pdf contos
leilatutora
 
A águia e a coruja
A águia e a corujaA águia e a coruja
A águia e a coruja
SusanaRodrigues438431
 
Estória aqui... estória ali...estória acolá !
 Estória aqui... estória ali...estória acolá ! Estória aqui... estória ali...estória acolá !
Estória aqui... estória ali...estória acolá !
Ministério da Educação
 
Arca de noé 5º B
Arca de noé   5º BArca de noé   5º B
Arca de noé 5º B
evazmila
 
Maria Castanha
Maria CastanhaMaria Castanha
O Peixinho Que Descobriu O Mar
O Peixinho Que Descobriu O MarO Peixinho Que Descobriu O Mar
O Peixinho Que Descobriu O Mar
Cristina Leão Braga da Cruz
 
Cartazes
CartazesCartazes

Semelhante a A arca de noé ( letra minúscula com efeitos) (20)

A arca de_noé
A arca de_noéA arca de_noé
A arca de_noé
 
A arca de noé Ruth Rocha ( Para colorir)
A arca de noé  Ruth Rocha (    Para colorir)A arca de noé  Ruth Rocha (    Para colorir)
A arca de noé Ruth Rocha ( Para colorir)
 
Descritor 02.ppsx
Descritor 02.ppsxDescritor 02.ppsx
Descritor 02.ppsx
 
050
050050
050
 
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
Historias infantis para evangelizacao espirita (autores diversos)
 
História - O coelho esperto
História -  O coelho espertoHistória -  O coelho esperto
História - O coelho esperto
 
Arca de Noé 5º B
Arca de Noé   5º BArca de Noé   5º B
Arca de Noé 5º B
 
Arca de noé 5º b
Arca de noé   5º bArca de noé   5º b
Arca de noé 5º b
 
Livro abc do aprender
Livro abc do aprenderLivro abc do aprender
Livro abc do aprender
 
Diluvio universal
Diluvio universal  Diluvio universal
Diluvio universal
 
Teatro maria castanha_duendes(2)
Teatro maria castanha_duendes(2)Teatro maria castanha_duendes(2)
Teatro maria castanha_duendes(2)
 
Mundo de lendas
Mundo de lendasMundo de lendas
Mundo de lendas
 
Simulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º anoSimulado spaece 1º ano
Simulado spaece 1º ano
 
Pdf contos
Pdf contosPdf contos
Pdf contos
 
A águia e a coruja
A águia e a corujaA águia e a coruja
A águia e a coruja
 
Estória aqui... estória ali...estória acolá !
 Estória aqui... estória ali...estória acolá ! Estória aqui... estória ali...estória acolá !
Estória aqui... estória ali...estória acolá !
 
Arca de noé 5º B
Arca de noé   5º BArca de noé   5º B
Arca de noé 5º B
 
Maria Castanha
Maria CastanhaMaria Castanha
Maria Castanha
 
O Peixinho Que Descobriu O Mar
O Peixinho Que Descobriu O MarO Peixinho Que Descobriu O Mar
O Peixinho Que Descobriu O Mar
 
Cartazes
CartazesCartazes
Cartazes
 

Mais de bibliopbi

Pinote, o fracote, janjão, o fortão
Pinote, o fracote, janjão, o fortãoPinote, o fracote, janjão, o fortão
Pinote, o fracote, janjão, o fortãobibliopbi
 
Historia galinha com dentes
Historia galinha com dentesHistoria galinha com dentes
Historia galinha com dentesbibliopbi
 
x.x.x.x.x
x.x.x.x.xx.x.x.x.x
x.x.x.x.x
bibliopbi
 
Feliz olhar novo
Feliz olhar novoFeliz olhar novo
Feliz olhar novo
bibliopbi
 
Os 10 amigos
Os 10 amigosOs 10 amigos
Os 10 amigos
bibliopbi
 
Tuiuiú
TuiuiúTuiuiú
Tuiuiú
bibliopbi
 
O pulo do gato
O pulo do gatoO pulo do gato
O pulo do gato
bibliopbi
 
A vaca mimosa
A vaca mimosaA vaca mimosa
A vaca mimosa
bibliopbi
 

Mais de bibliopbi (8)

Pinote, o fracote, janjão, o fortão
Pinote, o fracote, janjão, o fortãoPinote, o fracote, janjão, o fortão
Pinote, o fracote, janjão, o fortão
 
Historia galinha com dentes
Historia galinha com dentesHistoria galinha com dentes
Historia galinha com dentes
 
x.x.x.x.x
x.x.x.x.xx.x.x.x.x
x.x.x.x.x
 
Feliz olhar novo
Feliz olhar novoFeliz olhar novo
Feliz olhar novo
 
Os 10 amigos
Os 10 amigosOs 10 amigos
Os 10 amigos
 
Tuiuiú
TuiuiúTuiuiú
Tuiuiú
 
O pulo do gato
O pulo do gatoO pulo do gato
O pulo do gato
 
A vaca mimosa
A vaca mimosaA vaca mimosa
A vaca mimosa
 

Último

ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
2m Assessoria
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 

Último (10)

ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - ADSIS - ESTRUTURA DE DADOS II - 52_2024.docx
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 

A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)

  • 1. A Arca de Noé Ruth Rocha Ilustrações Cláudio Martins
  • 2. Essa história é muito, muito antiga. Eu li num livrão grande do papai, que se chama Bíblia. É a história de um homem chamado Noé.
  • 3. Um dia, Deus chamou Noé. E mandou que ele construísse um barco grande. Não sei por quê, mas todo mundo chamava esse barco de Arca de Noé. Deus mandou que ele pusesse dentro do barco um bicho de cada qualidade.
  • 4. Um bicho, não. Dois. Um leão e uma leoa...Um macaco e uma macaca...Um caititu e uma caititoa... Quer dizer, caititoa não, que eu nem sei se isso existe. E veio tudo o que foi bicho. Girafa, com um pescoço do tamanho de um bonde...
  • 5. Tinha tigre de Bengala. Papagaio que até fala.E tinha onça-pintada. Arara dando risada, que era ver uma vitrola! E um casal de tatu-bola...
  • 6. Bicho d’ água, isso não tinha, nem tubarão, nem tainha, procurando por abrigo, Nem peixe-boi nem baleia, nem arraia nem lampreia, que não corriam perigo...
  • 7. E a zebra, que parece cavalo de pijama...E pavão, que parece galo fantasiado pra baile de carnaval. E cobra, jacaré, elefante... E paca, tatu e cutia também. E passarinho de todo jeito. Curió, bem-te-vi, papa-capim...
  • 8. E inseto de todo tamanho. Formiga, joaninha, louva-a-deus... Eu acho que Noé devia deixar de fora tudo o que é bicho enjoado, como pulga, barata e pernilongo, que fazem fiuuummmm no ouvido da gente.
  • 9. Mas ele não deixou. Levou tudo que foi bicho.
  • 10. Tinha peru, tinha pato. Tinha vespa e carrapato. Avestruz, carneiro, pinto... Tinha até ornitorrinco. Urubu, besouro, burro. Gafanhoto, grilo, gato. Tinha abelha, tinha rato...
  • 11.
  • 12. Quando a bicharada estava toda embarcada, e mais a família do Noé todinha, começou a cair uma chuvarada. Mas não era uma chuvarada dessas que caem agora. Você já viu uma cachoeira? Pois era igualzinho a uma cachoeira caindo, caindo, que não acabava mais.
  • 13.
  • 14. Parecia o Rio Amazonas despencado. E aquela água foi cobrindo tudo, tudo. Cobrindo as terras, cobrindo as plantas, cobrindo ás árvores, cobrindo as montanhas. Só mesmo a Arca de Noé, que boiava em cima das águas, é que não ficou coberta.
  • 15. E mesmo depois que passou a tempestade ficou tudo coberto de água. E passou muito tempo. Todo mundo estava enjoado de ficou preso dentro da Arca, sem poder sair nem um bocadinho
  • 16. Os bichos até começaram a brigar. Que nem criança, que fica muito tempo dentro de casa e já começa a implicar com os irmãos. O gato e o rato começaram a brigar nesse tempo e até hoje não fizeram as pazes.
  • 17. Até que um dia... Veio vindo um ventinho lá longe. E as águas começaram a baixar. E foram baixando, baixando...
  • 18. E Noé teve uma idéia. Mandou o pombo dar uma volta lá fora pra ver como estavam as coisas. Os pombos são ótimos para isso. Eles sabem ir e voltar dos lugares, sem se perder, nem nada
  • 19. Por isso é que Noé escolheu o pombo para esse trabalho. O pombo foi e voltou com uma folhinha no bico.
  • 20. E Noé ficou sabendo que as terras já estavam aparecendo. E as águas foram baixando mais e mais...
  • 21. Então a Arca pousou sobre um monte. E todo mundo pôde sair e todo mundo ficou contente. E todos se abraçaram e cantaram.
  • 22. E Deus pendurou no céu um arco colorido, todo de listras.
  • 23. E esse arco queria dizer que Deus era amigo dos homens, e que nunca mais ia chover assim na terra. Você já viu, depois da chuva, o arco-íris redondinho no céu? Pois é pra sossegar a gente. Pra gente nunca mais ter medo da chuva!
  • 24. Efeitos Especiais Bibliotecária: Janice V. Fagundes EMEF Maurício Cardoso Novembro/2010