SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
TEXTO ÁUREO: Salmos 17.5
Quanto a mim contemplarei a
tua face na justiça; eu me
satisfarei da tua semelhança
quando acordar.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
NOTA BEP-CHAVE:
Neste versículo, a recompensa do povo de Deus é resumida
como o desfrutar da sua presença :
Sl 16.11: Far-me às ver a vereda da vida; na tua presença há
abundância de alegrias; à tua mão direita há delícias
perpetuamente.
1João 3.2: Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda
não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que
quando se manifestar, seremos semelhantes a ele. Porque
assim como é o veremos.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Ap 21.3: E ouvi um grande voz do céu que dizia: Eis aqui o
tabernáclo de Deus com os homens, pois com eles habitará,
e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e
será o seu Deus.
Ap 22.3,4: E ali nunca mais haverá maldição contra alguém;
e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus
servos o servirão. E verão o seu rosto, e na sua testa estará
o seu nome.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
- Esta recompensa é um resultado da graça de Deus,
independente de qualquer merecimento do homem:
Lo
Mt 20.14:
Toma o que é teu e retira-te eu quero dar a este derradeiro tanto
como a ti.
João 14.1-3:
Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede 1.também
em mim.
2.Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim,
eu vo-lo teria dito, pois vou preparar lugar.
3.E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei
para mim mesmo, para que, onde eu estiver estejais vós
também.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Rm 2.7: a saber: a vida eterna aos que, com perseverança
em fazer bem, procuram glória, e honra, e incorrupção.
Cl 3.22-24: Vós, servos, obedecei em tudo a vosso senhor
segundo a carne, não servindo na aparência como para
agradar aos homens, mais em simplicidade de coração,
temendo a Deus. E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o
coração, como ao Senhor não aos homens. Sabendo que
recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo
o Senhor, servis.
Nota BEP: Paulo exora os cristãos a considerar toda toda
mão-de-obra executada, como um serviço prestao ao Senhor.
Devemos trabalhar como se Cristo fosse nosso patrão,
sabendo que todo o trabalho realizado ao SENHOR um dia
receberá seu galardão.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Hebreus 11.16: mas, agora, desejam uma melhor, isto é a
celestial. Pelo que também Deus não se envergonha deles,
de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade.
Nota BEP: aqueles que honraram a Deus, vivendo como
peregrinos e forasteiros. Desejando uma pátria melhor, Deus
os honrará, chamando a si mesmo o seu Deus. Ele não se
envergonhará de chamá-los seu próprios filhos.
todos aqueles cujos nomes estão escrito no Livro da Vida do
Cordeiro vivenciarão esta bem aventurança. Nas Escritura,
isto é chamado de
“estar com Deus” (João 12.26). Se alguem me serve, siga-
me; e, onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se
alguém me servir, meu Pai o honrará.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Ver a sua glória 17.24:
Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver,
também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória
que me deste; porque tu me há amado antes da criação do
mundo.
Ser glorificado com ele: Rm 8.17,18:
E, se nós somos filhos, somos logo, herdeiros também,
herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo
que com ele padecemos, para que também com ele sejamos
glorificados. 18. Porque para mim tenho por certo que as
aflições deste tempo presente não são para comparar com a
glória que em nós há de ser revelada.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Todos os santos que estão na terra (sl 16.3) reinação com Cristo, e se assentarão em juizo, atém mesmo acima dos
anjos.
Dn 7.22)
Até que veio o ancião de dias, e foi dado o juízo aos santos do Altíssimo, e chegou o tempo em que os santos possuirão o
reino.
Mt 19.28
E Jesus disse-lhes: em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do Homem se
assentar no trono de sua glória, também vos assentarão sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.
1 Co 6.3
2 Tm 2.12
Ap 22.5
E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o SENHOR Deus os alumiará, e
reinarão para todo o sempre.
Esta expectativa do crente é chamada de herança, e já está assegurada no céu.
Mt 25.34
Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está
preparado desde a fundação do mundo.
At 20.32
Agora, pois, irmãos, encomentod-vos a Deusw e À PLAVRA DA SUA GRAÇA: A ELE, QUE É PODEROSO PARA VOS
EDIFICAR E DAR HERANÇA ENTR TODOS OS SANTIFICADOS.
Rm 8.17
Hebreus 9.15
I Pedro 1.4: pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes
da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Cristo recompensará aqueles que realizarem serviço com
notável com coroas incorruptível de justiça, vida e glória.
1 Co 9.25
2 Tm 4.8
Tg 1.12
I Pe 5.4
Esta esperança assegurada é uma “âncora da alma”
Hebreus 6.19:
A QUAL TEMO COMO ÂNCORA DA ALMA SEGURA E FIRME E
QUE PENETRA ATÉ AO INTERIOR DO VÉU.
20. ONDE JESUS, NOSSO PRECURSOSR, ENTROU POR NÓS,
FEITO ETERNAMENTE SUMO SACERDOTE, SEGUNDO A
ORDEM DE MELQUISEQUE.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA
Esta verdade, não deve levar o homem a complacência, mas na
realidade, deve desafiá-lo a persistir e suportar as dificuldades
por amor a Cristo .
2 Co 4.16
Fp 3.14
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus
em Cristo Jesus.
2 Tm 2.1
Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.
Ap 2.10
Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo
lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e
tereis uma tribulação de dez dias. Ser fiel até à morte, e dar-
tei-ei a coroa da vida.
A ANCORA DA NOSSA
ALMA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGR
Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGRCristo, a lei e as alianças_1022014_GGR
Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGRGerson G. Ramos
 
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeus
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeusSaí de Babilônia, fugi de entre os caldeus
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeusEmerson Nascimento
 
Estudo20 dizimos oefertas
Estudo20 dizimos oefertasEstudo20 dizimos oefertas
Estudo20 dizimos oefertasHezir Henrique
 
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BJosé Lima
 
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano B
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano BLeituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano B
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano BJosé Lima
 
O Poder do Nome de Jesus
O Poder do Nome de JesusO Poder do Nome de Jesus
O Poder do Nome de JesusIBMemorialJC
 
10 qualidades da oferta perfeita jeff
10 qualidades da oferta perfeita  jeff10 qualidades da oferta perfeita  jeff
10 qualidades da oferta perfeita jeffRonaldo Loureiro
 
Riqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dançaRiqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dançaPetula
 
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"José Lima
 
As Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.
As  Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.As  Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.
As Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.Jair de Barros
 
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - EmbaixadoresDevocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - EmbaixadoresRaphael Antoniolli
 

Mais procurados (20)

Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGR
Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGRCristo, a lei e as alianças_1022014_GGR
Cristo, a lei e as alianças_1022014_GGR
 
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeus
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeusSaí de Babilônia, fugi de entre os caldeus
Saí de Babilônia, fugi de entre os caldeus
 
Estudo20 dizimos oefertas
Estudo20 dizimos oefertasEstudo20 dizimos oefertas
Estudo20 dizimos oefertas
 
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano B
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano BLeituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano B
Leituras: 4º Domingo da Quaresma - Ano B
 
Aula - Bodas do Cordeiro
Aula - Bodas do CordeiroAula - Bodas do Cordeiro
Aula - Bodas do Cordeiro
 
22 dízimos e ofertas
22   dízimos e ofertas22   dízimos e ofertas
22 dízimos e ofertas
 
O Poder do Nome de Jesus
O Poder do Nome de JesusO Poder do Nome de Jesus
O Poder do Nome de Jesus
 
Liturgia 25 de maio de 2014
Liturgia 25 de maio de 2014Liturgia 25 de maio de 2014
Liturgia 25 de maio de 2014
 
O deus único e verdadeiro
O deus único e verdadeiroO deus único e verdadeiro
O deus único e verdadeiro
 
10 qualidades da oferta perfeita jeff
10 qualidades da oferta perfeita  jeff10 qualidades da oferta perfeita  jeff
10 qualidades da oferta perfeita jeff
 
Riqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dançaRiqueza do ministério de dança
Riqueza do ministério de dança
 
Do fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucessoDo fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucesso
 
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
Leituras: 24° Domingo Tempo Comum - Ano C - "Evan. mais breve"
 
As Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.
As  Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.As  Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.
As Vontades de Deus nas Escritruas Sagradas da Bíblia Jair-jun-2017.
 
04 as bodas do cordeiro 002
04   as bodas do cordeiro 00204   as bodas do cordeiro 002
04 as bodas do cordeiro 002
 
A Corsa Missionãria
A Corsa MissionãriaA Corsa Missionãria
A Corsa Missionãria
 
Escolhido para um propósito
Escolhido para um propósitoEscolhido para um propósito
Escolhido para um propósito
 
Sermão aliança
Sermão   aliançaSermão   aliança
Sermão aliança
 
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - EmbaixadoresDevocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
 

Semelhante a A ANCORA DA NOSSA ALMA

Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012Fábio Soares
 
A Divindade à Luz da Bíblia
A Divindade à Luz da BíbliaA Divindade à Luz da Bíblia
A Divindade à Luz da BíbliaSérgio Ventura
 
As três mensagens de apocalipse
As três mensagens de apocalipseAs três mensagens de apocalipse
As três mensagens de apocalipseBruno Da Montanha
 
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGR
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGRLição 1142015 - A aliança + textos_GGR
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGRGerson G. Ramos
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaJose Moraes
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AFeitosa Lima
 
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGRGerson G. Ramos
 
Sem Santificação Nenhum Céu
Sem Santificação Nenhum CéuSem Santificação Nenhum Céu
Sem Santificação Nenhum CéuSilvio Dutra
 
May 15, 2022 (final template Domingas).pptx
May 15, 2022 (final template Domingas).pptxMay 15, 2022 (final template Domingas).pptx
May 15, 2022 (final template Domingas).pptxMariadaSilva95
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassMariadaSilva95
 
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano B
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano BLeituras: Dia de Todos os Santos - Ano B
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano BJosé Lima
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtGerson G. Ramos
 
Good Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese MassGood Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese MassMariadaSilva95
 

Semelhante a A ANCORA DA NOSSA ALMA (20)

Quem Somos
Quem SomosQuem Somos
Quem Somos
 
A Divindade luz_biblia
A Divindade luz_bibliaA Divindade luz_biblia
A Divindade luz_biblia
 
Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012
 
A Divindade à Luz da Bíblia
A Divindade à Luz da BíbliaA Divindade à Luz da Bíblia
A Divindade à Luz da Bíblia
 
As três mensagens de apocalipse
As três mensagens de apocalipseAs três mensagens de apocalipse
As três mensagens de apocalipse
 
Esta escrito
Esta escritoEsta escrito
Esta escrito
 
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGR
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGRLição 1142015 - A aliança + textos_GGR
Lição 1142015 - A aliança + textos_GGR
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
 
A divindade luz_biblia
A divindade luz_bibliaA divindade luz_biblia
A divindade luz_biblia
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I A
 
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR
❉ Respostas 1142015 - A aliança_GGR
 
Sem Santificação Nenhum Céu
Sem Santificação Nenhum CéuSem Santificação Nenhum Céu
Sem Santificação Nenhum Céu
 
May 15, 2022 (final template Domingas).pptx
May 15, 2022 (final template Domingas).pptxMay 15, 2022 (final template Domingas).pptx
May 15, 2022 (final template Domingas).pptx
 
Liturgia 15 de junho de 2014
Liturgia 15 de junho de 2014Liturgia 15 de junho de 2014
Liturgia 15 de junho de 2014
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano B
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano BLeituras: Dia de Todos os Santos - Ano B
Leituras: Dia de Todos os Santos - Ano B
 
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odtA segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
A segunda vinda de Jesus_1332014_GGR.odt
 
Apostila discipulado
Apostila discipuladoApostila discipulado
Apostila discipulado
 
Good Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese MassGood Jesus Portuguese Mass
Good Jesus Portuguese Mass
 
Sunday Portuguse Mass
Sunday Portuguse MassSunday Portuguse Mass
Sunday Portuguse Mass
 

Último

Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfbragamoysesaline
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoCelimaraTiski
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxAntonioVieira539017
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreLeandroLima265595
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

A ANCORA DA NOSSA ALMA

  • 1. A ANCORA DA NOSSA ALMA TEXTO ÁUREO: Salmos 17.5 Quanto a mim contemplarei a tua face na justiça; eu me satisfarei da tua semelhança quando acordar.
  • 2. A ANCORA DA NOSSA ALMA NOTA BEP-CHAVE: Neste versículo, a recompensa do povo de Deus é resumida como o desfrutar da sua presença : Sl 16.11: Far-me às ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente. 1João 3.2: Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que quando se manifestar, seremos semelhantes a ele. Porque assim como é o veremos.
  • 3. A ANCORA DA NOSSA ALMA Ap 21.3: E ouvi um grande voz do céu que dizia: Eis aqui o tabernáclo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. Ap 22.3,4: E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. E verão o seu rosto, e na sua testa estará o seu nome.
  • 4. A ANCORA DA NOSSA ALMA - Esta recompensa é um resultado da graça de Deus, independente de qualquer merecimento do homem: Lo Mt 20.14: Toma o que é teu e retira-te eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti. João 14.1-3: Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede 1.também em mim. 2.Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar lugar. 3.E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver estejais vós também.
  • 5. A ANCORA DA NOSSA ALMA Rm 2.7: a saber: a vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, e honra, e incorrupção. Cl 3.22-24: Vós, servos, obedecei em tudo a vosso senhor segundo a carne, não servindo na aparência como para agradar aos homens, mais em simplicidade de coração, temendo a Deus. E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor não aos homens. Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo o Senhor, servis. Nota BEP: Paulo exora os cristãos a considerar toda toda mão-de-obra executada, como um serviço prestao ao Senhor. Devemos trabalhar como se Cristo fosse nosso patrão, sabendo que todo o trabalho realizado ao SENHOR um dia receberá seu galardão.
  • 6. A ANCORA DA NOSSA ALMA Hebreus 11.16: mas, agora, desejam uma melhor, isto é a celestial. Pelo que também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade. Nota BEP: aqueles que honraram a Deus, vivendo como peregrinos e forasteiros. Desejando uma pátria melhor, Deus os honrará, chamando a si mesmo o seu Deus. Ele não se envergonhará de chamá-los seu próprios filhos. todos aqueles cujos nomes estão escrito no Livro da Vida do Cordeiro vivenciarão esta bem aventurança. Nas Escritura, isto é chamado de “estar com Deus” (João 12.26). Se alguem me serve, siga- me; e, onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.
  • 7. A ANCORA DA NOSSA ALMA Ver a sua glória 17.24: Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me há amado antes da criação do mundo. Ser glorificado com ele: Rm 8.17,18: E, se nós somos filhos, somos logo, herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados. 18. Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
  • 8. A ANCORA DA NOSSA ALMA Todos os santos que estão na terra (sl 16.3) reinação com Cristo, e se assentarão em juizo, atém mesmo acima dos anjos. Dn 7.22) Até que veio o ancião de dias, e foi dado o juízo aos santos do Altíssimo, e chegou o tempo em que os santos possuirão o reino. Mt 19.28 E Jesus disse-lhes: em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do Homem se assentar no trono de sua glória, também vos assentarão sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. 1 Co 6.3 2 Tm 2.12 Ap 22.5 E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o SENHOR Deus os alumiará, e reinarão para todo o sempre. Esta expectativa do crente é chamada de herança, e já está assegurada no céu. Mt 25.34 Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. At 20.32 Agora, pois, irmãos, encomentod-vos a Deusw e À PLAVRA DA SUA GRAÇA: A ELE, QUE É PODEROSO PARA VOS EDIFICAR E DAR HERANÇA ENTR TODOS OS SANTIFICADOS. Rm 8.17 Hebreus 9.15 I Pedro 1.4: pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo
  • 9. A ANCORA DA NOSSA ALMA Cristo recompensará aqueles que realizarem serviço com notável com coroas incorruptível de justiça, vida e glória. 1 Co 9.25 2 Tm 4.8 Tg 1.12 I Pe 5.4 Esta esperança assegurada é uma “âncora da alma” Hebreus 6.19: A QUAL TEMO COMO ÂNCORA DA ALMA SEGURA E FIRME E QUE PENETRA ATÉ AO INTERIOR DO VÉU. 20. ONDE JESUS, NOSSO PRECURSOSR, ENTROU POR NÓS, FEITO ETERNAMENTE SUMO SACERDOTE, SEGUNDO A ORDEM DE MELQUISEQUE.
  • 10. A ANCORA DA NOSSA ALMA Esta verdade, não deve levar o homem a complacência, mas na realidade, deve desafiá-lo a persistir e suportar as dificuldades por amor a Cristo . 2 Co 4.16 Fp 3.14 Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. 2 Tm 2.1 Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. Ap 2.10 Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Ser fiel até à morte, e dar- tei-ei a coroa da vida.
  • 11. A ANCORA DA NOSSA ALMA