03/11/2008
                                    Rodolfo Henrique Carvalho




                 Coding Dojo Rio

           ...
agradecimentos

                           •       Raphael Almeida

                           •       CEFET-RJ

         ...
motivação



                              Programadores não
                                   treinam!

                ...
origens

                           •       Kata → Coding Dojo
                           •       Definition: (http://codi...
princípios

                           •       Aprendizado Contínuo
                           •       Ambiente Seguro:
  ...
regras gerais

                           •       Computador + Projetor
                           •       Par + Platéia
 ...
retrospectiva

                           •       Ao final da sessão:
                                   •   O que aprende...
formatos

                           •       Kata
                                   •   Apresentação de
                 ...
formatos

                           •       Randori
                                   •   Programação em pares

        ...
objetivos

                           •       Praticar

                           •       Aprender

                     ...
o que não faremos

                           •       Correr para terminar o problema

                           •       ...
podemos

                           •       Experimentar novas idéias

                           •       Nos divertir

  ...
sugestões de problemas

                           •Ler o valor do cheque
                           •Amigo Oculto
       ...
Ler o valor do cheque

                           •       Converter um valor monetário para o texto
                      ...
Amigo Oculto

                           •       Entrada: lista de nomes e emails
                                       L...
Dama

                           •       O jogo de xadrez possui várias peças com
                                   movim...
Dama - entrada

                           •       A entrada contém vários casos de teste. A primeira
                    ...
Dama - saída

                           •       Para cada caso de teste da entrada seu programa
                         ...
website, blog, repositório do Dojo Rio

                           •       wordpress x blogspot x ???
                    ...
próximo encontro

                           •       Quando e onde?

                           •       Escolher linguagem...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Intro Dojo Rio

3.070 visualizações

Publicada em

Apresentação do Coding Dojo Rio utilizada na primeira sessão, realizada no CEFET-RJ, em 2008/12/03.

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.070
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Intro Dojo Rio

  1. 1. 03/11/2008 Rodolfo Henrique Carvalho Coding Dojo Rio Introdução Baseado nos slides de Danilo Sato groups.google.com/group/dojo-rio
  2. 2. agradecimentos • Raphael Almeida • CEFET-RJ • Todas as pessoas que colobaram para conseguirmos um espaço • Todos os presentes groups.google.com/group/dojo-rio
  3. 3. motivação Programadores não treinam! Por que não? groups.google.com/group/dojo-rio
  4. 4. origens • Kata → Coding Dojo • Definition: (http://codingdojo.org/) A Coding Dojo is a meeting where a bunch of coders get together to work on a programming challenge. They are there to have fun and to engage in deliberate practice in order to improve their skills. groups.google.com/group/dojo-rio
  5. 5. princípios • Aprendizado Contínuo • Ambiente Seguro: • Não-competitivo • Colaborativo • Inclusivo • Falha e Redundância • Passos de Bebê groups.google.com/group/dojo-rio
  6. 6. regras gerais • Computador + Projetor • Par + Platéia • TDD (vermelho → verde → refatoração) • Todos devem entender • Sempre começa do zero groups.google.com/group/dojo-rio
  7. 7. retrospectiva • Ao final da sessão: • O que aprendemos? • O que gostamos? • O que pode melhorar? • Comentários? groups.google.com/group/dojo-rio
  8. 8. formatos • Kata • Apresentação de uma solução • Todos devem conseguir reproduzir • Interrupções permitidas para tirar dúvidas groups.google.com/group/dojo-rio
  9. 9. formatos • Randori • Programação em pares • Turnos “time-boxed” • Após o turno (5-7 min.): • O co-piloto vira piloto • O piloto volta para a platéia • Um novo co-piloto é convidado da platéia • Comentários e críticas somente no verde • Silêncio no vermelho groups.google.com/group/dojo-rio
  10. 10. objetivos • Praticar • Aprender • Ensinar • Discutir com bases sobre código! groups.google.com/group/dojo-rio
  11. 11. o que não faremos • Correr para terminar o problema • Resolver problemas “reais” • Entrar em “flamewars” nas discussões • Competir com outros participantes • Deixar pessoas sem entender groups.google.com/group/dojo-rio
  12. 12. podemos • Experimentar novas idéias • Nos divertir • Começar logo! 18h30 – 19h00: preparativos 19h00 – 19h20: problema 19h20 – 20h30: programação 20h30 – 20h50: retrospectiva 20h50 – 21h00: encerramento groups.google.com/group/dojo-rio
  13. 13. sugestões de problemas •Ler o valor do cheque •Amigo Oculto •Dama groups.google.com/group/dojo-rio
  14. 14. Ler o valor do cheque • Converter um valor monetário para o texto correspondente • Exemplo: assertEquals(“quinze mil quinhentos e trinta e dois reais e catorze centavos”, str(Money(“15532.14”))) groups.google.com/group/dojo-rio
  15. 15. Amigo Oculto • Entrada: lista de nomes e emails Luke Skywalker <luke@theforce.net> Leia Skywalker <leia@therebellion.org> Toula Portokalos <toula@manhunter.org> Gus Portokalos <gus@weareallfruit.net> Bruce Wayne <bruce@imbatman.com> Virgil Brigman <virgil@rigworkersunion.org> Lindsey Brigman <lindsey@iseealiens.net> • Enviar um email para cada participante informando qual o seu amigo oculto • Restrição: o amigo oculto não pode ser da mesma família groups.google.com/group/dojo-rio
  16. 16. Dama • O jogo de xadrez possui várias peças com movimentos curiosos: uma delas é a dama, que pode se mover qualquer quantidade de casas na mesma linha, na mesma coluna, ou em uma das duas diagonais, conforme exemplifica a figura • Dada a posição de uma dama em um tabuleiro de xadrez vazio (ou seja, um tabuleiro 8 × 8, com 64 casas), de quantos movimentos, no mínimo, ela precisa para groups.google.com/group/dojo-rio chegar em outra casa do tabuleiro?
  17. 17. Dama - entrada • A entrada contém vários casos de teste. A primeira e única linha de cada caso de teste contém quatro inteiros X1, Y1 , X2 e Y2 (1 <= X1 , Y1 , X2 , Y2 <= 8). A dama começa na casa de coordenadas (X1 , Y1), e a casa de destino é a casa de coordenadas (X2 , Y2). No tabuleiro, as colunas são numeradas da esquerda para a direita de 1 a 8 e as linhas de cima para baixo também de 1 a 8. As coordenadas de uma casa na linha X e coluna Y são (X, Y). • O final da entrada é indicado por uma linha contendo quatro zeros. groups.google.com/group/dojo-rio
  18. 18. Dama - saída • Para cada caso de teste da entrada seu programa deve imprimir uma unica linha na saída, contendo um número inteiro, indicando o menor número de movimentos necessários para a dama chegar em sua casa de destino. • Exemplo: Entrada Saída 4462 1 3535 0 2 5543 0000 groups.google.com/group/dojo-rio
  19. 19. website, blog, repositório do Dojo Rio • wordpress x blogspot x ??? • google code x github x ??? • ??? groups.google.com/group/dojo-rio
  20. 20. próximo encontro • Quando e onde? • Escolher linguagem e problema? • Sugestões? groups.google.com/group/dojo-rio

×