2                                                            SIGNIFICADO DO SANTUÁRIO                                     ...
3                                   RCÊ  DO M An uA R BAt tiS ti, PO R ME  DE DE uS E DA SAn tA iGR  EJA                  ...
4       SANTUÁRIO DE SANTA RITA DE CÁ SANTUÁRIO (do Latim sanctuarium, de sanctus), no conceito religioso, é um local sagr...
5ÁSSIA                       A bela história                            da Santa                            das causas    ...
6Benefícios deum SantuárioO ser humano presta culto a Deus por meio de orações,louvores e sacrifícios. Por isso o lugar on...
7           PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA            BALANCETE REFERENTE MÊS DE                  AGOSTO/2011EntRADASDIZIMO...
8
Jornal  Vinde de Outubro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Vinde de Outubro

848 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal Vinde de Outubro

  1. 1. 2 SIGNIFICADO DO SANTUÁRIO O Conselho Pontifício para a Pastoral dos migran- levar em conta as prioridade conforme o Plano da tes orienta que: “Sob o nome de santuário, entende- Ação Evangelizadora da Arquidiocese. Por isso que se a igreja ou outro lugar sagrado, aonde os fiéis os trabalhos se multiplicam, dependendo do fluxo em grande número, por algum motivo especial de de peregrinos que vem diuturnamente em visita piedade, fazem peregrinações, com a aprovação do ao Santuário. Deverá estar aberto todos os dias e Ordinário local” (3). No santuário, o encontro com o contar com pessoas da comunidade para acolher, Deus vivo é proposto através da experiência vivifi- bem como a presença do Sacerdote para celebrar os cante do Mistério proclamado, celebrado e vivido: sacramentos. “Nos santuários, oferecem-se aos fiéis meios de sal- Ao constituir este Santuário de Santa Rita de Cás- vação mais abundantes, anunciando com diligência sia, recordo que: Os responsáveis da pastoral dos a palavra de Deus, incentivando adequadamente a santuários prestem uma constante atenção às devo- vida litúrgica, principalmente com a Eucaristia e a ções, a fim de que as diversas expressões da piedade celebração da penitência, e cultivando as formas mariana se integrem na vida litúrgica, que é o centro aprovadas de piedade popular”. Assim, “os santuá- e a definição do santuário. Do encontro comunitário rios são como pedras miliares que orientam o cami- e pessoal com Maria, “estrela da evangelização”, e nho dos filhos de Deus sobre a terra”, promovendo a os Santos, os peregrinos serão impelidos, como os experiência de convocação, encontro e construção Apóstolos, a anunciar com a palavra e o testemunho da comunidade eclesial. de vida “as maravilhas de Deus” (At 2, 11). No caso concreto deste Santuário de Santa Rita, que também é Paróquia, além de todos os serviços Dom Anuar BattistiArcebispo Dom Anuar Battisti mencionados, as pastorais e movimentos, devem Arcebispo de Maringá Maringá, 6 de maio de 2011 devotos de Santa Rita de Cássia, que pedem a cria- ção de um Santuário Arquidiocesano. Exmo. e Revmo. Sr. - A paróquia já tem atividades religiosas concer- Dom Anuar Battisti nentes a atividade de Santuários, tais como: todo DD. Arcebispo Metropolitano dia 22 de cada mês novena de Santa Rita, bem como Maringá – Pr missas às 9h; 15h e 20h. Atendimento de confissões dos devotos de Santa Rita. Também com a graça de Exmo. Sr. Deus no dia 22 de maio foi abençoada a Gruta de Santa Rita, a qual é um lugar de oração, por isso, as Venho, através desta requerer a V. Excia Revmo. visitas à mesma são de muitas pessoas. a Criação do Santuário Arquidiocesano “Santa Rita de Cássia”, o qual funcionará anexo à Paróquia - assim, por esses e outros motivos, a criação do “Santa Rita de Cássia”, nesta cidade. Santuário favorecerá ainda mais à evangelização Os motivos que me levam a fazer este pedido das pessoas que frequentam nossa Paróquia. são: Assim sendo, aguardando que esse nosso pedido - O Conselho Paroquial desta paróquia aprova seja atendido com carinho, esta solicitação; - Há confrontantes apelos dos fiéis de nossa Subscreve – se, atenciosamente. paróquia que anseiam por esta graça; Pe. Rogério Diesel - A nossa paróquia recebe grande fluxo de fiéis, Pároco Paróquia Santa Rita de Cássia Diretor Presidente: Pe. Rogério Diesel Fones: 44 3266-3589 e 3025-3181 Editor: Pe. Rogério Diesel Av. AnelViário Pref. Sincler Revisão: Venira Manzatti Sambatti, 1065 Fotos: Suzana Paganini e Sandra Adami Parque Itaipu - Maringá - PR Diagramação: Andréa Tragueta e Welington Vainer e-mail: psrcassia@amari.org.br Coordenação da PASCOM: Anselmo Manzatti Impressão: Gráfica Grafinorte S/APARóquiA SAntA RitA DE CáSSiA site: www.vinde.org.br Tiragem: 3.000 exemplares Distribuição: gratuita
  2. 2. 3 RCÊ DO M An uA R BAt tiS ti, PO R ME DE DE uS E DA SAn tA iGR EJA MA Rin Gá AR CEB iSP O ME tRO PO LitAn O DE dos fiei s e lev and o em Vis and o o ma ior bem esp irit ual óqu ia San ta Rita de Cás sia,con ta a anu ênc ia do Pároco da Parde Ma ring á, DEC REtA sen te dat a, o San tuá rio 1º - FIC A CRI AD O, a par tir da pre ring á, nes ta Arq uid io- Ma“Sa nta Rita de Cás sia”, na Cid ade de 0-1 234 ;ces e, de aco rdo com os Cân one s 123 sem pre o Pár oco da Pa- 2º - O REI TOR des se San tuá rio será ring á;róq uia San ta Rita de Cás sia, de Ma 3° - O REF ERI DO SAN TUÁ RIO est ará ane xad o à Par óqu ia pel as me sma s Nor ma s Ar- San ta Rita de Cás sia e ser á reg ido ias, isto é, terá o me smo DE CAPELA A SANTUÁRIO EM 11 ANOS qui dio ces ana s, refe ren tes às par óqu selh o de Ass unt os Eco nô- CNPJ e será adm inis trad o pel o Con mic os da refe rida paróqu ia; o cân on 123 3, aos fiei s 4° - CON CED EM OS, de aco rdo com e San tuá rio e nel e se ess que dev ota me nte freq üen tare m - “Sonhos que sonhamos juntos se transformam em realidade”, e con fess are m, o priv ileg io de sere m rem ido s das pen as e cen , rese rva das a Sé Apo stó lica melhor, muito rápido! Os ensinamentos da sabedoria popular sur as esta bel ecid as por lei e não nunca foram tão assertivos como demonstra a história de nossa con form e o Cân on 135 5 §§ 1 e 2; querida Paróquia Santa Rita de Cássia. do Santuário e aos Sacer- - POR ISSO, concedemos ao Reitor lda de de perdoa r ( no foro dot es que a ele aju darem , a facu ncio nad as; Há onze anos e alguns meses ainda éramos uma capela, pequena em infraestrutura inte rno e ext ern o) as pen as acim a me mas grande em espiritualidade e através do esforço e comunhão de muitos braços conseguimos muitos feitos grandiosos: aquisição do antigo terreno da lanchonete da tuá rio “ofe reç a-se aos 5° - DET ERM INA MO S que nes se San s”; seja anu nci ada “ esquina (hoje nosso centro de apoio), aquisição do terreno entre o centro de apoio e a nda nte fiei s me ios de salv açã o ma is abu ntiv ada “ad equ a- igreja, ampliação da igreja, cobertura, troca dos bancos, gesso, pintura interna e exter- com dili gen cia a pal avr a de Deu s”; seja ince na, melhoria das instalações do centro de apoio, construção da Gruta de Santa Rita ,e alm ent e com a Euc aris tia e dam ent e a vid a litú rgic a, prin cip m cul tiva das “as form as já estamos bem encaminhados para o início das obras do Centro Catequético, além de a cel ebr açã o da Pen iten cia” ; e seja Cân . 123 4 § 1). todas as melhorias realizadas nas capelas de nossas comunidades. nf. aprova das de pie dad e pop ula r” (co Primeiramente é fundamental darmos crédito Aquele que sustenta a nossa fé. Não olit ana de Ma ring á, sob o fosse as bênçãos de Deus, as vitórias acima enumeradas não seriam possíveis, pois atra- Dad o e pas sad o, na Cúr ia Me trop vés Dele e inspirados por Ele, algumas pessoas sonharam este futuro, outras planejaram, Sin al e o Selo de nos sas Arm as, ainda outras ajudaram a construir. Não citarei nomes para não correr o risco de esquecer- aos 18 de Set em bro de 201 1 me de alguém e cometer grande injustiça, mas em face ao desafio que há muito tempo nos foi posto e agora se faz realidade, o Santuário Santa Rita de Cássia anexo a Paróquia Dom Anu ar Bat tist i Santa Rita de Cássia, um novo ciclo se inicia. Arc ebi spo de Ma ring á Estas fases de crescimento comunitário não teriam razão de ser se não fossem pelos inúmeros peregrinos que por aqui transitam, sejam para participação nas missas de Pro t. Nº / 201 1 Santa Rita todos os dias 22, sejam pela visitação à gruta da padroeira. Tudo começou com Reg. à fl. do livro com pet ent e alguns poucos visitantes que vinham em alguns ônibus e vans, hoje temos uma parti- ___ , Cha nce ler cipação massiva, tanto presencialmente, como pelas transmissões da Rádio Colmeia e E eu, ___ ___ ___ ___ ___ ___ ___ ___ pela TV Terceiro Milênio, milhares de corações se unem nesta fé. do arce bisp ado a sub scre vi. Desejo agradecer a todos os padres que por aqui passaram; Geraldo Schineider, Antonio Mo ns. Ma rco s Aurélio R. Leit e Bento, Luís Knupp, Milton Bossani e Edmilson Mendes, pois acreditaram na força de nossa gente , lançaram grandes desafios e nos ensinaram a construir grandes conquistas. Quero agradecer aos padres Rogério Diesel e Nelson Luis Martins, pois chegaram e de imediato as- sumiram esta grande empreita e continuam alimentando nosso espírito empreendedor. A comunhão que nos fez prosperar como comunidade, ajudando-nos a vencer todas as nossas barreiras e limitações, será muito importante neste momento, pois ser Santu- ário não é apenas uma“marca”diferenciada, mas traz consigo muitas responsabilidades e trabalhos, pois esta obra não pertencerá somente a paróquia, mas terá amplitude arquidiocesana... Meus irmãos, daqui para frente teremos muito trabalho, mas com certeza continuaremos a construir nossa história, como temos feito até agora... Louvemos a Deus por isso!!! Marcelo Davanço
  3. 3. 4 SANTUÁRIO DE SANTA RITA DE CÁ SANTUÁRIO (do Latim sanctuarium, de sanctus), no conceito religioso, é um local sagrado, de fé, de espiritualidade para onde por devoção, acorrem peregrinos de diversas regiões e que os fiéis têm a oportunidade de fazer um encontro com o Cristo. O termo também pode ser usado em sentido figurado: significa o que há de mais sublime. A criação do Santuário de Santa Rita de Cássiasem dúvida, para nós paroquianos, é uma gran-de conquista. Mas diante de tal feito, levantei aseguinte questão.De quem é a responsabilidadede levar a frente todos ostrabalhos de um santuário? Sem hesitar, fui buscar a resposta na Palavrade Deus. E entre as mais de trezentas citaçõesbíblicas, que encontrei sobre santuário, escolhia passagem de Números Cap 3,7“Eles cuidarão de todos os serviços de Aarãoe de toda a comunidade, diante da tenda dareunião, e exercerão as tarefas do santuário”. Trata-se de uma fala de Deus direcionada aMoisés. No entanto, o que chama a atenção écomo se inicia o versículo, “Eles”, pronome pes- Paroquial, do (CAE) Conselho de Assuntos trabalhar em espírito de comunhão e cor-soal , terceira pessoa do plural. Econômico, de todas as pastorais e mo- responsabilidade pastoral, para o maior Peçam Segundo o estatuto do CPP, é obrigação do vimentos, de todas as comunidades que bem espiritual dos fiéis peregrinos. Con- de SanConselho Pastoral Paroquial organizar e condu- compõem uma paróquia juntamente com cluo dizendo que a responsabilidade é dezir a ação evangelizadora de uma paróquia. sobre t o padre. Como lugar privilegiado de pas- todos nós, em levar os peregrinos a maior toral popular, o Santuário proporcionará comunhão e participação na vida e missão Bem av Mas em um Santuário deve-se ir muito mais abundantemente aos fiéis peregrinos os da Santa Igreja Católica, integrando-os na Santaalém, ou seja, não cabe direcionar todos os tra- meios de salvação. No desempenho de sua ação evangelizadora, em comunhãobalhos ao CPP ou ao reitor , que no caso será Pa- suas múltiplas responsabilidades o reitor com as diretrizes pastorais da Igreja deróco. Entendo que a responsabilidade de levar a será ajudado por outros sacerdotes, reli- Maringá e da Conferência Nacional dos Marcos Bfrente os trabalhos é do (CPP) Conselho Pastoral giosos e leigos, com os quais procurará Bispos do Brasil. Coorden
  4. 4. 5ÁSSIA A bela história da Santa das causas impossíveis Deus em sua infinita sabedoria, em 1831 deu iní- cio a uma comovente história de amor, coragem, fé e persistência, quando deu o presente mais valioso do que qualquer outro, a um casal de tenra idade, morador de Roccaporena, um pequeno povoado, próximo a Cássia. Receberam das mãos do Senhor a graça da paternidade e Amata Ferri deu à luz a pe- quena Marguerita, que mais tarde seria conhecida mundialmente por Santa Rita de Cássia. Sob a proteção Divina foi crescendo e ainda bebê, a pequenina Rita se viu rodeada por um enxame de abelhas brancas, que não lhe feriram, mais pareciam velar seu sono e a alimentar com mel. Foi crescendo recebendo educação cristã e voltando-se para Deus, alimentando em seu cora- ção a vontade de servir a Deus, tanto que seus pais lhe concederam um oratório, onde passava a maior parte do seu tempo. Aos 16 anos manifestou desejo de seguir a vida Imagens que retratam nascimento, o casamento, entrada no religiosa.No entanto, pela vontade de seus pais e convento e enfermidade de Santa Rita contra os seus sonhos, casou-se e teve dois lindos filhos. Foram dezoito anos de extrema ângústia e Comovida com o mar tírio de Jesus Cristo, em sofrimento, pois seu marido era um homem violen- oração,pediu que lhe fosse permitido compartilhar to.Entretanto, jamais deixou de ser esposa e mãe de seus sofrimentos, imediatamente recebeu um dos fiel, amorosa e cuidadosa, entregou sua família a espinhos da coroa de Cristo em sua fronte, o que cau- Deus e pediu a conversão do marido, graça que al- sou-lhe profunda dor, sofrimento e transtorno, pois cançou. Contudo, ele foi assassinado e seus filhos a ferida era repugnante e fétida. Ela, porém, jamais quiseram vingá-lo. Rita em uma coragem dada so- reclamou, ao contrário, sempre tinha um doce sorriso mente às mães, disse a Deus que era preferível ver e uma palavra de amor. seus filhos junto a Ele do que vê-los se perdendo, assim ela foi atendida e os dois foram para junto Quando já não tinha mais forças, pediu a uma prima de Deus. que lhe trouxesse uma rosa, era inverno rigoroso, im- possível encontrar flores, mas a rosa estava exatamen- Rita se viu só e retomou seu antigo sonho, ser te no lugar onde dissera, e desta forma ela pode ter suamos a proteção religiosa. Foi até ao convento das Agostinianas por cela envolta pela beleza e o perfume daquela rosa.nta Rita de Cássia duas vezes, mas não foi aceita, por ser viúva. Ficou muito triste, mas não blasfemou e aceitou com re- Aos 22 de maio de 1457 Rita, rosa de Deus, foi colhida, todas essas vidas! signação . Até que em uma noite, misteriosamente, mas deixou no convento seu perfume, que exalou-se por venturada seja se viu dentro do Convento e então as irmãs admi- todo o local. Seu corpo se encontra intacto no Santuário Rita de Cássia! radas com o fato a aceitaram. de Cássia. E de junto de Deus ela continua exalando seu perfume, intercedendo por cada um de nós e con- Contudo, foi severamente testada, a pedido da seguindo das mãos do Criador graças incontestáveis e superiora, regou por um ano uma videira sem vida, ajudando-o a escrever muitas outras belas histórias.Boggo que milagrosamente floriu e até hoje continuanador Paroquial dando deliciosos frutos. Venira Maria da Silva Manzatti
  5. 5. 6Benefícios deum SantuárioO ser humano presta culto a Deus por meio de orações,louvores e sacrifícios. Por isso o lugar onde presta culto ésanto. Por conseguinte, Santuário significa lugar sagradopara onde se dirigem peregrinos. no Antigo testamentoos santuários eram erguidos, sobretudo nos lugares altos,ligados às manifestações de Deus aos patriarcas e profetas. Mais tarde, o edifício construído em lugar sagrado, ondese celebra o culto é o Templo, o qual é um santuário, poisfavorece o encontro com Deus. Da outra parte, no desertoo povo tinha como santuário uma tenda, que era uma es-pécie de santuário portátil. Salomão construiu o Templo de Neste sentido ousamos dizer que o Santuário imagem que simboliza a ternura e a proximidadeJerusalém para acolher a arca da aliança, que antes estava Santa Rita de Cássia será um lugar de encontro de Deus. O amor se detém, contempla o mistério,abrigada na tenda. pessoal e comunitário com o Deus da vida. Por- desfruta dele em silêncio. Também se comove, que, neste lugar tão nobre“(...), o peregrino vive derramando todo o peso de sua dor e de seus Já no Catolicismo, Santuário é uma igreja ou lugar a experiência de um mistério que o supera, não sonhos. A súplica sincera, que flui confiante, é aonde os fiéis frequentam atraídos por alguma especifi- só da transcendência de Deus, mas também da melhor expressão de um coração que renuncioucidade. Portanto, o primeiro beneficio que se tem com igreja, que transcende sua família e seu bairro. à auto-suficiência, reconhecendo que sozinhoa criação do santuário é a obtenção de um lugar privi- Nos santuários, muitos peregrinos tomam nada pode. Um breve momento condensa umalegiado para prestar culto a Deus. Outrossim,“o santu- decisões que marcam suas vidas” (Documento viva experiência espiritual”.ário é, antes de tudo, lugar da memória da ação pode- de Aparecida, n. 261). Também neste local derosa de Deus na história, que está na origem do povo oração, sobretudo na gruta dedicada a ela é pos- Ademais, a criação do santuário segundoda aliança e da fé de cada um dos crentes”(COnSELHO sível contemplar um pouco da vida e da história as normas canônicas privilegia as pessoasPOntiFÍCiO PARA A PAStORAL DOS MiGRAntES E de Santa Rita, desde o seu nascimento, que foi que dele façam peregrinação para pagar suasitinERAntES, n. 4). uma benção aos seus pais, se estendendo até o promessas, fazer seus pedidos, buscar o sacra- nascimento para a eternidade. Tal contemplação mento da confissão e de acordo com as prescri- Assim, a motivação para a criação de um novo santuário ajudará o peregrino a vislumbrar que as bênçãos ções canônicas pode lucrar indulgências.é favorecer o crescimento espiritual das pessoas, tendo um de Deus são abundantes, que a vida é um domlocal e dinâmica que favoreça isso. Além disso, a criação do de Deus e os problemas que aparecem no dia Segundo o Código de Direito Canônico Cânonsantuário beneficiará ainda mais a participação das pesso- a dia são resolvidos com o esforço pessoal e as 992: “Indulgência é a remissão, diante de Deus,as na vida espiritual da Igreja. Pois, segundo o Catecismo da bênçãos de Deus. da pena temporal devida pelos pecados já per-Igreja Católica:“Os Santuários são para os peregrinos, em doados quanto hà culpa, que o fiel, devidamentebusca de suas fontes vivas, lugares excepcionais para viver Outro benefício que se tem com a criação disposto e em certas e determinadas condições,‘como Igreja’as formas da oração cristã”(CIC, n. 2691). do santuário é o fato de que nele são ofereci- alcança por meio da Igreja, a qual como dispen- Deste modo, o santuário favorece ao peregrino a con- dos meios de salvação abundantes, por meio sadora da redenção, distribui e aplica, com auto-templação da presença, memória e profecia do Deus vivo da celebração dos sacramentos, sobretudo a ridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dosque se revela à humanidade. Pois, no santuário o encontro Eucaristia e a Penitência, bem como através Santos”(CDC Can. 992).proposto se dá pelo aproximar-se do mistério revelado e das orações, novenas e bênçãos. Para lucrar indulgência é necessário que aproclamado. pessoa seja batizada, esteja em estado de graça Por conseguinte, a criação do ou obtenha isso por meio da confissão sacra- santuário ajudará as pessoas a cres- mental, comunhão eucarística e oração nas cer na fé, a testemunhá-la aos seus intenções do Sumo Pontífice, bem como pela familiares, amigos e comunidades, participação em outras atividades e orações como verdadeiros discípulos e propostas pela Igreja. missionários do Amor de Deus. Tais dimensões são apresentadas Enfim, a criação do Santuário favorecerá a com propriedade pelo Documento vivência espiritual, sacramental e eclesial dos de Aparecida no número 259: “A fiéis da Paróquia Santa Rita, bem como, dos pe- decisão de caminhar em direção regrinos e devotos de Santa Rita. isto porque, ao santuário já é uma confissão O santuário é um sinal visível da presença de de fé, o caminhar é um verdadeiro Deus, por isso, nele é possível crescer na espe- conto de esperança e a chegada é rança que Cristo seja tudo em todos (Cl 3,11). um encontro de amor. O olhar do peregrino se deposita sobre uma Pe. Rogério Diesel
  6. 6. 7 PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA BALANCETE REFERENTE MÊS DE AGOSTO/2011EntRADASDIZIMO R$ 16.120,00COLETAS R$ 3.883,00DIZIMINHO R$ 164,15DOAÇÕES R$ 586,95CONTRIBUIÇÃO CLUBE DAS ABELHAS R$ 2.145,00CONTRIBUIÇÃO DAS COMUNIDADES R$ 3.118,00CONTRIBUIÇÃO SACRAMENTOS R$ 713,05PROMOÇÕES (Baile da familia) R$ 15.421,40 Capela Nossa Senhora Aparecida, de FlorianoPROMOÇÕES(frango assado) R$ 1.058,00RECUPERAÇÃO DE DESPESAS (lembrancinhas/biblias, cam.dizimo/crisma) R$ 3.190,10 Maria como discípula e missionária do amor de Deus, respondeu gene-PATROCINIO JORNAL VINDE R$ 50,00 rosamente à vocação de ser mãe do Verbo Encarnado, com isso se dispõeBAILE DA 3ª IDADE (renda bruta) R$ 408,25 a seguir uma nova estrada, participando das realizações, sofrimentos eCENTRO DE APOIO -DIA 22 -(renda bruta) R$ 2.131,75 esperanças de toda a humanidade. Como mãe participa integralmente daCOLETA DA SOLIDARIEDADE (Guajara-Mirim-RO) R$ 535,00TOTAL R$ 49.524,65 missão de seu Filho e caminha ao seu lado até o sacrifício da Cruz. Para aprofundar e celebrar esse itinerário, a Comunidade Nossa SenhoraDESPESAS Aparecida do Distrito de Floriano convida para a Novena de Nossa SenhoraSALÁRIOS R$ 4.841,74 Aparecida ,que acontecerá nos dias 3 a 11 de outubro, sempre às 20 horas.PLANOS DE SAUDE +CESET(medicina. e segurança no trabalho) R$ 1.127,28 Dia 12 grandiosa festa tendo início com carreata, saindo da Placa Pin-CÔNGRUAS(salários-Pe. Rogério e Pe. Nelson) R$ 3.270,00 guim, às 9h seguindo até a Comunidade, seguida de Santa Missa, 10h.VALE ALIMENTAÇÃO+ SEGURO DE VIDA (Sr. João Cardoso - pedreiro) R$ 331,17 11h30 almoço (churrasco, leitoa, frango, porco no tacho, arroz, saladas,CONTRIBUIÇÃO CONGREGAÇÃO CAVANIS (mensal) R$ 268,00 nhoque, doces).20h30 procissão luminosa até a gruta e apresentação deINSS PADRES R$ 218,00CURIA (Contr/Honor./Encargos /Mgá Missão/seminário.) R$ 6.358,22 teatro, danças e queima de fogos.DESPESAS CASA PAROQUIAL( alimentação e limpeza) R$ 187,41 Equipe PascomPROGRAMA PIO SYSTEMS R$ 89,83RENOVAÇÃO FOLHETOS MISSAS (O domingo)MANUTENÇÃO (Matriz/pastorais/secretaria) R$ 193,80 R$ 2.767,25 MiSSÃO JOVEMÁGUA E ESGOTO (5 imóveis) R$ 343,78ENERGIA ELETRICA (5 imóveis) R$ 1.003,38 “Enquanto o mudo gira a cruz permanece firme”TELEFONE GVT(matriz e OI mês 7) e CASA PAROQUIAL R$ 678,06ALUGUÉIS (Casa e Centro Pastoral) R$ 1.100,00 Nos últimos anos, nossa Arquidiocese tem a juventude como priorida-CONSÓRCIO ( 26ª PARCELA) R$ 864,05 de na ação evangelizadora.SEGURO CARRO 4/4 E MANUTENÇÃO (pneus) R$ 780,66DESPESAS DIA 22 (mussarela/carne moida/bebidas etc.) R$ 452,79 Entre os projetos da Assembleia de 2008, estava a ESCOLA MISSIONÁ-GRAFICA (rifa gincana/pastas matrim./sem.familia/cartão pais) R$ 894,00 RIA DA JUVENTUDE.DESPESAS (baile da familia) R$ 14.159,81 A partir desta escola pretendeu-se fazer uma MISSÃO JOVEM em todaRETIRO/ENCONTROS (Capelinha) R$ 230,00 a Arquidiocese no mês de outubro.REPASSE DA COLETA DA SOLIDARIEDADE(Guajará-Mirim) R$ 535,00 A proposta é muito simples!Realizar um grande mutirão de evangeli-COMBUSTIVEL (carro paróquia e pastorais) R$ 429,92 zação da juventude nas paróquias.WORLDNET/AMARI/UOL R$ 119,90 Ir ao encontro dos jovens e apresentar-lhes o rosto jovem de Jesus Cristo.MONITORAMENTO MATRIZ E OUTROS E MANUTENÇÃO R$ 200,00 Desta forma, nossa Paróquia Santa Rita de Cássia programou realizarCOMUNICAÇÃO (Rádio mês 7 e 8/jornal vinde ) R$ 2.805,38AJUDA DE CUSTO -( Pe. RogérioUEM ) R$ 290,00 a Semana Missionária Jovem de 02 a 08 de outubro. Todos os dias haveráMATERIAL LITURGICO (lembrancinhas/velas/particulas/camisetas/biblias) R$ 3.676,44 uma ação, desde a visitação nas escolas, Missas, palestras, acampamentoCONSTRUÇÕES (Depósito/ pedras gruta água) R$ 1.568,20 com atividades recreativas entre outras.DESPESAS BANCARIAS R$ 42,00 Marcos BoggotOtAL DAS DESPESAS R$ 49.826,07 Coordenador Paroquial
  7. 7. 8

×