Palestra SEO grátis online - Paulo Sebin

398 visualizações

Publicada em

Muitos usuários pesquisam conteúdos sobre SEO grátis. De fato, a web conta com diversos conteúdos, mas poucos contam com alta qualidade. Por isso, o jornalista e analista de SEO Paulo Sebin apresentou em novembro 2014, em evento de marketing digital de Portugal, conteúdo relacionado a alterações do Google que interferem diretamente nos posicionamentos nos resultados de pesquisas.

Essa apresentação foi usada no vídeo apresentado no vídeo, que pode ser assistido no site oficial http://www.paulosebin.com.br/2015/01/curso-de-seo-gratis-online-palestra.html

Tanto no vídeo como nessa apresentação, você poderá aprender muita coisa de SEO e melhor, grátis. Conteúdo de alto nível que vai abordar os seguintes assuntos:

- Básico de SEO: ações básicas para quem não tem conhecimento avançado.
- Mudanças no algoritmo: as principais alterações que o Google realizou.
- Ações de Off Page - muitos critérios do mecanismos de busca foi alterado.
- Sistema ideal - tem sistemas de sites que são problemas na hora de executar ações de SEO.

E tem muitos outros temas. Acompanhe e estude.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Loja virtual (descrições produtos e categorias. Não copiar de fornecedores); blogs (postagens); Institucionais (novas matérias exclusivas. Nunca deixar site parado)
  • Assinaturas em fóruns; links em locais fixos e replicados em blogs; diretórios de links
  • Assinaturas em fóruns; links em locais fixos e replicados em blogs; diretórios de links
  • Assinaturas em fóruns; links em locais fixos e replicados em blogs; diretórios de links
  • Assinaturas em fóruns; links em locais fixos e replicados em blogs; diretórios de links
  • Assinaturas em fóruns; links em locais fixos e replicados em blogs; diretórios de links
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Mostrar vantagens de Open Source e desvantagens de plataformas alugadas no Brasil.
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Como otimizar vídeos no Youtube
  • Palestra SEO grátis online - Paulo Sebin

    1. 1. Os desafios de SEO para 2015 A evolução do algoritmo do Google Analista de SEO: Paulo Sebin Agência K2 Comunicação – http://k2comunicacao.com.br E-mail: paulo@k2comunicacao.com.br Skype: pauloaugustosebin@gmail.com Facebook: https://facebook.com/pauloaugustosebin Twitter: http://twitter.com/paulosebin Blog: http://www.paulosebin.com.br http://www.seoguru.com.br
    2. 2. Conteúdo da apresentação • Conceitos básicos de SEO • SEO 4.1: novas atualizações do Google • O SEO Off Page no Panda 4.1 • Existe uma plataforma de site ideal? • SEO Vertical • SEO Local • Como aproveitar Google Webmaster Tools
    3. 3. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Google Adwords – http://adwords.google.com
    4. 4. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Google Adwords – http://adwords.google.com
    5. 5. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Sugestões de palavras-chave - http://ubersuggest.org/
    6. 6. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Sugestões de palavras-chave
    7. 7. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Google Trends – http://www.google.com.br/trends/explore
    8. 8. Conceitos básicos de SEO – pesquisas de palavras Google Trends – http://www.google.com.br/trends/explore
    9. 9. Conceitos básicos de SEO – Títulos e Descrições
    10. 10. Conceitos básicos de SEO – Títulos e Descrições
    11. 11. Conceitos básicos de SEO – Títulos e Descrições
    12. 12. Conceitos básicos de SEO – Conteúdos Conteúdo de qualidade x palavras-chave  Até meados de 2012, repetir várias vezes a palavra-chave alvo no conteúdo dava resultado.  O lado negativo de repetir demais os termos é baixar a qualidade do texto. Ruim para leitura.  O Google Panda veio para melhorar o algoritmo e identificar textos que priorizam mais os usuários e nem tantos os mecanismos de pesquisas.  É possível criar texto otimizado e com mais qualidade mesmo com essa nova “regra interpretativa” do Google.
    13. 13. Conceitos básicos de SEO – Conteúdos
    14. 14. Conceitos básicos de SEO – Conteúdos
    15. 15. Conceitos básicos de SEO – Conteúdos Se não pode trabalhar com muitas repetições de palavras-chave alvo, com poucas citações é o suficiente? SIM SEMÂNTICAS E SINÔNIMOS. Vamos falar sobre isso mais tarde
    16. 16. Conceitos básicos de SEO – Conteúdos EM OUTROS TEMPOS, O CONTEÚDO TERIA NO MÍNIMO 10 CITAÇÕES DA PALAVRA-CHAVE ALVO, NO CASO, “SEO NO JORNALISMO”
    17. 17. Conceitos básicos de SEO – Sitemap e Robots Uso correto do sitemap.xml e robots.txt
    18. 18. Conceitos básicos de SEO – Sitemap e Robots O que é Sitemap.xml ?? É um arquivo formato XML que tem como objetivo indicar páginas do site. Segue um padrão para cada linha. Cabe ao sistema do site gerar corretamente esse arquivo. Cada página removida ou adicionada, precisa ser atualizado no arquivo.
    19. 19. Conceitos básicos de SEO – Sitemap e Robots O que é Sitemap.xml ??
    20. 20. Conceitos básicos de SEO – Sitemap e Robots O que é Robots.txt ?? É um arquivo de texto simples com comandos para robôs de busca. Basicamente, indica páginas que podem ou não podem ser indexadas. Segue modelo padrão de comandos. Não é necessário programação. Sempre na raiz do site. Exemplo: www.seusite.com.br/robots.txt
    21. 21. Conceitos básicos de SEO – Sitemap e Robots O que é Robots.txt ??
    22. 22. Conceitos básicos de SEO – Canonical Foi criado para ajudar sites e webmasters e evitar conteúdos duplicados gerados pelo sistema. Dependendo do sistema e da linguagem de programação do site, pode ocorrer a existência de um mesmo conteúdo distribuído em mais de uma URL. Exemplo prático: www.seusite.com.br/celulares/sony/xperia-z3 - Entrada principal www.seusite.com.br/celulares/sony/xperia-z3?cor=preto – Modelo Z2 www.seusite.com.br/celulares/sony/xperia?cor=branco – Modelo Z3 São página com descrições iguais ou semelhantes. Canonical indica qual versão é original.
    23. 23. Conceitos básicos de SEO – Canonical
    24. 24. Conceitos básicos de SEO – Canonical
    25. 25. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada • Organização das páginas e URL´s amigáveis • Links internos (relacionados e citações nos conteúdos) • Pleno funcionamento do canonical • Pense no usuário. Facilite a vida dele para encontrar o que procura
    26. 26. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada
    27. 27. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada
    28. 28. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada Tags Head Artigos e até estruturas de páginas em lojas virtuais são melhores visualizados se forem divididos por títulos e intertítulos secundários. • Para títulos mais importantes, como nomes de categorias, nome do site, título de um artigo, entre outros, use H1. • Para títulos menos importantes, como nomes de produtos ou intertítulos de uma reportagem, use H2. • Para chamadas ainda menos importantes, como títulos em rodapé ou final de artigos, use H3.
    29. 29. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada Entenda o que são as Tags Head
    30. 30. Conceitos básicos de SEO – Estrutura otimizada Entenda o que são as Tags Head
    31. 31. DÚVIDAS ATÉ O MOMENTO ??? E-mail: paulo@k2comunicacao.com.br Skype: pauloaugustosebin@gmail.com
    32. 32. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Semântica de palavras-chave  Houve um tempo que o Google visava a quantidade de palavras-chave  Agora, ter várias repetições de palavras não significa conteúdo de qualidade  O algoritmo consegue avaliar as semânticas e sinônimos das palavras-chave principais do conteúdo e da página.
    33. 33. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Semântica de palavras-chave
    34. 34. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Semântica de palavras-chave Uso de sinônimos e termos similares também é importante para o Google.
    35. 35. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Semântica de palavras-chave Imagine quebrar a palavra-chave ao meio Se o conteúdo de uma determinada página oferecer a palavra-chave alvo “O que é marketing digital” • Conteúdo com 600 palavras • Cita a palavra exata “O que é marketing digital” no título do artigo e mais uma vez no meio do texto • Cita uma vez em determinado trecho do texto somente “O que é”. • Cita uma vez em determinado trecho do texto somente “marketing digital”. Exemplo: “Muitas pessoas ainda não sabem o que é e como funciona na prática o marketing digital”
    36. 36. SEO 4.1 – novas prioridades do Google HTTPS: navegação com segurança para os usuários  Desde setembro de 2014 o Google colocou HTTPS como fator de relevância.  O Google descobriu que as pessoas estão mais preocupadas com as navegações seguras. Sendo assim, nada mais justo do que melhorar posições de sites que contam com navegação criptografada funcional.  As páginas oficiais do Google, por exemplo, trabalham com HTTPS.  Seu site precisa indicar no canonical e também nos links internos navegação com HTTPS.
    37. 37. SEO 4.1 – novas prioridades do Google E SE SEU SITE NÃO OFERECE NAVEGAÇÃO SEGURA HTTPS? Não adianta chorar. Você precisa contratar empresa especializada em módulo de navegação segura. Sim, gastar dinheiro com isso.
    38. 38. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites Sites que mais ganharam posições após novo algoritmo Panda 4.1 • Portais de notícias • Sites de artigos inéditos (que contam com jornalistas e editores) • Sites de download de programas que contam com avaliações e resenhas próprias Portais sempre publicam novas matérias inéditas, conteúdo exclusivo O mesmo podemos dizer de sites de artigos
    39. 39. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites Sites que mais perderam posições e relevâncias • Sites de letras de músicas • Sites de jogos (Só com sinopse de games ou resenhas semelhantes a outros sites) Letras de músicas são sempre iguais, então, sites copiam muitos conteúdos. Sites de jogos geralmente possuem as mesmas sinopses, mesmos detonados.
    40. 40. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites LOJAS VIRTUAIS Descrições de produtos NUNCA utilize descrições de fornecedores ou sites de terceiros. Crie sua própria descrição, mantendo informações térmicas, utilizando marketing de conteúdo. Na descrição, convide o usuário a conhecer categorias relacionadas. Se seu site trabalha com renovação de produtos, sempre cadastre novos produtos e mantenha o site atualizado.
    41. 41. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites Descrições de produtos
    42. 42. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites BLOGS Existem dois tipos de blogs: 1. Os produtores de conteúdos inéditos e com qualidade 2. Os que copiam conteúdos ou partes dos conteúdos de outros sites, como notícias, artigos e até postagens de outros blogs.
    43. 43. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites BLOGS QUAL BLOG TEM MAIS CHANCE DE BOAS POSIÇÕES NO GOOGLE? Obviamente que é o blog que produz postagens inéditas, com boa escrita, informações bem apuradas, com conteúdo embutido e boa abordagem de palavras-chave.
    44. 44. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites SITES INSTITUCIONAIS Imagine um site de advocacia. Provavelmente teria poucas páginas, como serviços, quem somos, contato, entre outras. Raramente teria atualização. Se tornaria um site de serviço congelado. Agora o Google prefere sites que sempre oferecem conteúdos novos e bons.
    45. 45. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Atualizações e conteúdos exclusivos para todos os tipos de sites SITES INSTITUCIONAIS E agora? Esse mesmo site de advocacia pode ter: Blog interno: com postagens sobre clientes atendidos, artigos lidos, novidades das leis. Módulo de notícia: conteúdo inédito (não copiado) informando usuários sobre justiça, novidades na advocacia, press release, ações da empresa, entrevistas com novos clientes, etc.
    46. 46. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Métricas Sociais Engajamentos sociais podem afetar posicionamentos. Rumores indicam que há parceria entre Google e Twitter. (Google identifica e contabiliza compartilhamentos de sites) O Google+ pode influenciar posições orgânicas (Fan pages, vinculadas com o site: quanto mais compartilhamentos e seguidores, mais influente seu site pode ser) Fonte: Livro A Arte de SEO
    47. 47. SEO 4.1 – novas prioridades do Google Google+ Ao criar uma fan page no Google+, há opção para vincular com um site ou blog. Quanto mais seguidores e engajamentos, melhor pode ser sua relevância geral no Google.
    48. 48. DÚVIDAS ATÉ O MOMENTO ??? E-mail: paulo@k2comunicacao.com.br Skype: pauloaugustosebin@gmail.com
    49. 49. SEO Off Page no Panda 4.1 Metodologias negativas para obtenção de backlinks
    50. 50. SEO Off Page no Panda 4.1 Cuidado com ações para obtenção de backlinks Assinaturas em fóruns de discussão Links em locais fixos e replicados em blogs - Blogroll Diretórios de links e agregadores de conteúdos Artigos e press releases iguais publicados em diversos sites
    51. 51. SEO Off Page no Panda 4.1 Cuidado com ações para obtenção de backlinks
    52. 52. SEO Off Page no Panda 4.1 Páginas de perfil em fóruns: possuem conteúdos de baixa qualidade. Evite colocar links de assinaturas automáticas
    53. 53. SEO Off Page no Panda 4.1 Diretórios de sites e blogs: pesquise se eles aparecem bem posicionados no Google e se contam com moderação nos cadastros.
    54. 54. Existe plataforma ideal? Plataforma ideal para SEO, sim. O Google privilegia determinadas plataformas? Não. Amigável para otimizar blogs e sites institucionais. Há diversas ferramentas que auxiliam a otimização, como SEO Yoast. Atende necessidades de SEO. Plataforma para e-commerce bem amigável para ações de SEO. Já conta com configurações padrões de canonical, meta tags, além de atender as necessidades de SEO.
    55. 55. Existe plataforma ideal? Exemplo da ferramenta de SEO no Wordpress – http://meuguru.com.br
    56. 56. Existe plataforma ideal? Exemplo da ferramenta de SEO no Wordpress – http://meuguru.com.br
    57. 57. Existe plataforma ideal? Exemplo de algumas funções no Magento Plugin da Yoast SEO instalado no Magento
    58. 58. Existe plataforma ideal? Exemplo de algumas funções no Magento
    59. 59. Existe plataforma ideal? Meta tags no Magento
    60. 60. Existe plataforma ideal? Plataformas que não facilitam ações de SEO Agências que criam sistemas próprios: geralmente não oferecem todas as soluções que SEO precisa. Geralmente o sistema é compartilhado para vários lojistas: cada site tem layout semelhante. Sistema de cadastro é igual. Isso impossibilita alterações de códigos personalizados sem afetar todos os lojistas. Sistema ASP: por experiência própria, é bem difícil ajustar o site com as indicações de SEO. Ao contratar plataformas alugadas, certificar se atende todas as recomendações de SEO e do algoritmo do Google.
    61. 61. DÚVIDAS ATÉ O MOMENTO ??? E-mail: paulo@k2comunicacao.com.br Skype: pauloaugustosebin@gmail.com
    62. 62. SEO Vertical: a otimização de vídeos Use os vídeos a seu favor! Palavra-chave: SEO Marketing Digital Apresentou um vídeo no resultado de busca
    63. 63. SEO Vertical: a otimização de vídeos Use os vídeos a seu favor!
    64. 64. SEO Vertical: a otimização de vídeos Link Building para o vídeo  Divulgue a página do vídeo nas redes sociais.  Indique a URL do vídeo nos fóruns de discussão relacionados.  Recomende o vídeo nos comentários de postagens em blogs (conteúdos relacionados).  Recomende por meio de Guest Post a criação de artigo com o vídeo para blogueiros.  Crie tutoriais e divulgue ou cadastre em sites especializados com links do vídeo. EXTRA !!! Crie vídeo realmente bom e que prenda o usuário pelo menos nos minutos iniciais. Vídeo de 30 minutos: se cada 100 acessos apenas 20 assistirem até o final, então o conteúdo é ruim.
    65. 65. SEO Vertical: a otimização de vídeos O mesmo vídeo para canais diferentes e palavras-chave diversificadas No Youtube as palavras-alvo são: - O que é SEO - SEO Marketing Digital - Marketing Digital para pequenas empresas No UOL Mais palavras-alvo são: - SEO para Site - SEO para Pequena Empresa
    66. 66. SEO Vertical: a otimização de vídeos Apresentação de imagens nos resultados convencionais – palavra-chave “Links Patrocinados”  Trabalhe com o ALT das imagens: descrição de qualidade e fiel.  Resolução precisa ser de média ou alta qualidade.  Mas não deixe a imagem ficar muito grande em memória: mais de 400KB, por exemplo
    67. 67. SEO Vertical: a otimização de vídeos Apresentação de imagens nos resultados convencionais – palavra-chave “Links Patrocinados”
    68. 68. SEO Vertical: a otimização de vídeos Princípios básicos para otimizar uma imagem A imagem está envolvida por conteúdo com a presença de palavras-chave. O título do conteúdo também apresenta a palavra-chave.
    69. 69. SEO Vertical: a otimização de vídeos Princípios básicos para otimizar uma imagem O ALT da imagem tem descrição boa e relacionada. Seria incorreto usar apenas a palavra “links patrocinados” no ALT
    70. 70. SEO Vertical: a otimização de vídeos Princípios básicos para otimizar uma imagem O tamanho da imagem é 27,2 Kb e não perdeu a qualidade. Não poderia, nessas proporções, medir uns 200 KB. Detalhe: importante o nome do arquivo ter a palavra- chave alvo Claro que a página onde está a imagem precisa ter relevância como um todo: • Bem compartilhada nas redes sociais. • Backlinks de qualidade na web. • De preferência, uma página que tenha interação com o usuário.
    71. 71. SEO Local: Google Places Destaque no Google nas buscas na cidade sede, com palavras-chave importantes
    72. 72. SEO Local: Google Places Crie conta no Google Places – https://www.google.com/business
    73. 73. SEO Local: Google Places Crie conta no Google Places – https://www.google.com/business
    74. 74. SEO Local: Google Places Crie conta no Google Places – https://www.google.com/business
    75. 75. SEO Local: Google Places Divulgue a sua empresa local do Google Places  Divulgue a URL do Google Places nas redes sociais  Incentive usuários e clientes a comentarem serviços e produtos, fazer avaliação dentro do Google Places da sua loja  Interaja. Participe das comunidades, comente conteúdos e postagens dos usuários  Poste novidades de sua empresa e conteúdos e/ou artigos interessantes dentro do Google Places da loja.
    76. 76. Google Webmaster Tools Os principais dados que devemos prestar atenção https://www.google.com.br/webmasters/ Ferramenta que demonstra a relação do seu site com o robô do Google. Muitos dados servem para ajudar o SEO e encontrar problemas com o Google.
    77. 77. Google Webmaster Tools Impressões de páginas nos resultados de pesquisas do Google Aumento na impressão de páginas nos resultados significa que importantes palavras-chave estão sendo contempladas. Se houver queda, a relevância está caindo e algo de errado está acontecendo.
    78. 78. Google Webmaster Tools Resposta de servidor Evitar o surgimento de problemas de conexão com o site é importante. Contrate boa empresa e melhor plano de hospedagem.
    79. 79. Google Webmaster Tools Quantidade de sites que contam com backlinks Mostra a quantidade de outros sites ou blogs que possuem links para seu site. Quanto maior esse número, melhor. Caso tenha poucos backlinks, é necessário tornar o seu site mais conhecido e investir em ações de SEO Off Page.
    80. 80. Google Webmaster Tools Como o Google está entendendo o seu site Investigue como o Google está entendendo o seu site. Se as primeiras palavras não forem relacionadas ao conteúdo do site ou não forem palavras-chave mais importantes, é preciso melhorar os conteúdos do site.
    81. 81. Google Webmaster Tools O tempo de resposta do site não pode ser longo Esse gráfico não pode aumentar muito. Se estiver alto, significa que o site está lento. É preciso verificar o servidor, melhorar a memória do servidor para aguentar acessos simultâneos. Diminuir tamanho das imagens, arquivos CSS, entre outros, ajuda.
    82. 82. Analista de SEO – K2 Comunicação Agência K2 Comunicação – http://k2comunicacao.com.br Facebook: https://facebook.com/pauloaugustosebin Twitter: http://twitter.com/paulosebin Blog: http://www.paulosebin.com.br http://www.seoguru.com.br DÚVIDAS? Envie e-mail para: paulo@k2comunicacao.com.br Skype: pauloaugustosebin@gmail.com

    ×