Conceitos Básicos de UML 
Faculdade JK de Tecnlologia 
TADS – Processo de Desenvolvimento de Software (PDS) 
Professor Geo...
Sumário 
● 1. Introdução 
● 2. Elementos UML 
– Itens 
– Relacionamentos 
– Diagramas 
● 3. Itens 
● 4. Relacionamentos 
●...
3 
1. Introdução UML 
● A UML é a linguagem padrão para visualizar, especificar, 
construir e documentar os artefatos de u...
4 
1. Introdução UML 
● Adequada para modelar: sistemas de informação corporativos 
distribuídos; aplicações baseadas em W...
5 
2. Elementos da UML 
Para formar um modelo conceitual da linguagem é necessário 
aprender três elementos principais: 
●...
6 
3. Itens 
Existem 4 tipos de itens na UML: 
● Itens Estruturais: partes mais estática do modelo (substantivos) 
● Itens...
7 
4. Relacionamentos 
Existem 4 tipos de relacionamentos na UML: 
● Dependência 
● Associação 
● Generalização 
● Realiza...
8 
4. Relacionamentos 
Dependência: é um tipo de relacionamento onde um elemento é 
dependente e o outro independente. Uma...
9 
4. Relacionamentos 
Associação: É um relacionamento estrutural que especifica que 
objetos de uma entidade são ligados ...
10 
4. Relacionamentos 
Generalização: um relacionamento de especialização/generalização, 
nos quais os objetos dos elemen...
11 
4. Relacionamentos 
Realização: É um relacionamento semântico entre classificadores, em 
que um classificador especifi...
12 
5. Diagramas 
Apresentações gráficas de um conjunto de elementos, 
geralmente representadas como gráficos de vértices ...
5. Diagramas de Classes 
Diagramas de classes são a espinha dorsal da maioria dos 
métodos orientados a objetos, inclusive...
5. Diagramas de Caso de Uso 
 Modelam a funcionalidade do sistema através de atores e casos 
14 
de uso. 
 Casos de uso ...
5. Diagramas de Caso de Uso 
15 
Ator : 
Um ator é representado por um boneco e um rótulo com o 
nome do ator. Um ator é u...
5. Diagramas de Caso de Uso 
16 
Caso de Uso : 
Um caso de uso é representado por uma elipse e um rótulo 
com o nome do ca...
5. Entendo o Diagrama de Caso de Uso 
O diagrama de casos de uso é um diagrama da UML cujo 
objetivo é representar um requ...
5. Entendendo o Diagrama de Caso de Uso 
Exemplo de um diagrama de casos de uso (sistema bancário): 
O ator cliente execut...
5. Diagramas de Objetos 
Representa um retrato, em tempo de execução, dos objetos 
19 
do software e seus inter-relacionam...
5. Diagramas de colaboração 
Representa uma coleção de objetos que trabalham em 
conjunto para atender algum comportamento...
5. Diagramas de Sequência 
Representa uma perspectiva, orientada por tempo, da 
21 
colaboração entre os objetos.
5. Diagramas de Atividade 
Representa o fluxo de tarefas que podem ser executadas 
22 
pelo sistema ou por um ator.
5. Diagramas de Estados 
Representa um conjunto de estados que um objeto pode 
estar e os “gatilhos” que estimulam a trans...
5. Diagramas de componentes 
Representa uma coleção de componentes de software e 
24 
seus inter-relacionamentos.
5. Diagramas de Pacotes 
Representa uma coleção de outros elementos de modelagem e 
diagramas. 
25
Referências Bibliográficas 
Guedes, Gileanes. UML: Uma Abordagem Prática. 2.ed. São Paulo: 
Novatec. , 2011. 488p. 
26 
UM...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho uml

702 visualizações

Publicada em

Conceitos Básicos sobre UML

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho uml

  1. 1. Conceitos Básicos de UML Faculdade JK de Tecnlologia TADS – Processo de Desenvolvimento de Software (PDS) Professor George Henrique R. E. Mendonça Alunos: Erika Azevedo, Letícia Teixeira, Rafael Costa Data: 19/09/2014
  2. 2. Sumário ● 1. Introdução ● 2. Elementos UML – Itens – Relacionamentos – Diagramas ● 3. Itens ● 4. Relacionamentos ● 5. Diagramas ● Referências
  3. 3. 3 1. Introdução UML ● A UML é a linguagem padrão para visualizar, especificar, construir e documentar os artefatos de um sistema intensamente baseado em software. ● Pode ser usada com todos os processos, durante todo o ciclo de desenvolvimento, e com diferentes tecnologias de implementação.
  4. 4. 4 1. Introdução UML ● Adequada para modelar: sistemas de informação corporativos distribuídos; aplicações baseadas em WEB; e até sistemas complexos embutidos de tempo real. ● UML é uma linguagem visual para especificação (modelagem) de sistemas orientados a objeto.
  5. 5. 5 2. Elementos da UML Para formar um modelo conceitual da linguagem é necessário aprender três elementos principais: ● Itens ● Relacionamentos ● Diagramas  Os itens são abstrações;  Os relacionamentos reúnem esses itens;  Os diagramas agrupam coleções interessantes de itens.
  6. 6. 6 3. Itens Existem 4 tipos de itens na UML: ● Itens Estruturais: partes mais estática do modelo (substantivos) ● Itens Comportamentais: partes dinâmica (verbos) ● Itens de Agrupamento: partes organizacionais dos modelos da UML (pacotes) ● Itens de Anotações: partes explicativas dos modelos da UML (notas)
  7. 7. 7 4. Relacionamentos Existem 4 tipos de relacionamentos na UML: ● Dependência ● Associação ● Generalização ● Realização
  8. 8. 8 4. Relacionamentos Dependência: é um tipo de relacionamento onde um elemento é dependente e o outro independente. Uma mudança no elemento independente afeta o dependente. Como a figura acima ilustra, uma dependência é exibida no editor de diagrama como uma linha tracejada com uma seta aberta que aponta do cliente para o fornecedor.
  9. 9. 9 4. Relacionamentos Associação: É um relacionamento estrutural que especifica que objetos de uma entidade são ligados a objetos de outra entidade. Dada uma associação entre duas classes, você pode relacionar objetos de uma classe a objetos de outra classe. No exemplo acima vemos um relacionamento entre as classes Cliente e Conta Corrente que se relacionam por associação
  10. 10. 10 4. Relacionamentos Generalização: um relacionamento de especialização/generalização, nos quais os objetos dos elementos especializados (filhos) são substituíveis por objetos do elemento generalizado (pais).
  11. 11. 11 4. Relacionamentos Realização: É um relacionamento semântico entre classificadores, em que um classificador especifica um contrato que outro classificador garante executar. É utilizado: no contexto de interfaces e no contexto de colaborações em casos de usos. Enviar Pedido Crédito Cliente Detectar Fraude Cartão Validar Transação Gerenciar Pedido Gerar Conta <<interface>> IAgentedaRegra AdicionarRegra() AlterarRegra() ExplicarRegra() RegrasDeContabilidade
  12. 12. 12 5. Diagramas Apresentações gráficas de um conjunto de elementos, geralmente representadas como gráficos de vértices (itens) e arcos (relacionamentos). Tipos: classes, objetos, pacotes, casos de uso, seqüências, colaborações, estados, atividades, componentes e implantação.
  13. 13. 5. Diagramas de Classes Diagramas de classes são a espinha dorsal da maioria dos métodos orientados a objetos, inclusive UML. • Descrevem a estrutura estática do sitema(entidade e 13 relacionamentos).
  14. 14. 5. Diagramas de Caso de Uso  Modelam a funcionalidade do sistema através de atores e casos 14 de uso.  Casos de uso são serviços ou funções fornecidas pelo sistema aos seus usuários.  O diagrama de Caso de Uso é representado por:  atores;  casos de uso;  relacionamentos entre estes elementos.
  15. 15. 5. Diagramas de Caso de Uso 15 Ator : Um ator é representado por um boneco e um rótulo com o nome do ator. Um ator é um usuário do sistema, que pode ser um usuário humano ou um outro sistema computacional.
  16. 16. 5. Diagramas de Caso de Uso 16 Caso de Uso : Um caso de uso é representado por uma elipse e um rótulo com o nome do caso de uso. Um caso de uso define uma grande função do sistema. A implicação é que uma função pode ser estruturada em outras funções e, portanto, um caso de uso pode ser estruturado.
  17. 17. 5. Entendo o Diagrama de Caso de Uso O diagrama de casos de uso é um diagrama da UML cujo objetivo é representar um requisito do sistema que será automatizado. Considere como requisito uma necessidade do sistema. • Simbologia de um caso de uso (requisito que será 17 automatizado): • Usamos atores para representar as entidades que interagem com o sistema. Podem ser usuários, máquinas, sensores, etc… Um ator representa um papel no sistema, mas um papel pode ser representando por vários atores.
  18. 18. 5. Entendendo o Diagrama de Caso de Uso Exemplo de um diagrama de casos de uso (sistema bancário): O ator cliente executará os casos de uso “realizar saque” e “consultar saldo”, enquanto o gerente poderá iteragir com os casos de uso “abrir conta” e “vender seguro”. 18
  19. 19. 5. Diagramas de Objetos Representa um retrato, em tempo de execução, dos objetos 19 do software e seus inter-relacionamentos.
  20. 20. 5. Diagramas de colaboração Representa uma coleção de objetos que trabalham em conjunto para atender algum comportamento do sistema. 20
  21. 21. 5. Diagramas de Sequência Representa uma perspectiva, orientada por tempo, da 21 colaboração entre os objetos.
  22. 22. 5. Diagramas de Atividade Representa o fluxo de tarefas que podem ser executadas 22 pelo sistema ou por um ator.
  23. 23. 5. Diagramas de Estados Representa um conjunto de estados que um objeto pode estar e os “gatilhos” que estimulam a transição do objeto de um estado para outro. 23
  24. 24. 5. Diagramas de componentes Representa uma coleção de componentes de software e 24 seus inter-relacionamentos.
  25. 25. 5. Diagramas de Pacotes Representa uma coleção de outros elementos de modelagem e diagramas. 25
  26. 26. Referências Bibliográficas Guedes, Gileanes. UML: Uma Abordagem Prática. 2.ed. São Paulo: Novatec. , 2011. 488p. 26 UML - http://www.uml.org Wikipédia - http://www.wikipedia.org

×