Dispositivos Especiais - Logística

1.510 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dispositivos Especiais - Logística

  1. 1. Movimentação de Materiais Dispositivos Especiais ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  2. 2. DEFINIÇÃO  Dispositivos especiais são projetos feitos de acordo com as necessidades específicas. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  3. 3. EXEMPLOS ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI Dispositivo para garfo de empilhadeira. Dispositivo de pneu. Travessão H com ligas.
  4. 4. ROBÓTICA  Um robô é uma máquina que simula movimentos humanos e pode ser programado por microprocessadores para executar uma ou mais atividades. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  5. 5. UNIMATE ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI O Unimate foi o primeiro robô industrial a ser criado, mantendo funções nas linhas de produção da General Motors em 1961.
  6. 6. ROBÔS PALETIZADORES  Os robôs paletizadores são máquinas que garantem rapidez e precisão na finalização do processo de uma linha de produção. Estes equipamentos substituem as paletizadoras universais cartesianas, apresentando vantagens como melhor desempenho e menor utilização de espaço físico na planta. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  7. 7. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  8. 8. TRANSELEVADOR  O transelevador é um equipamento guiado por trilhos superiores e inferiores para movimentação e armazenagem de cargas unitizadas em paletes de madeira, plástico ou metal, skids, fardos, contenedores metálicos, cestos e caixas plásticas. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI Transelevador telescópio de dupla profundidade.
  9. 9. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  10. 10. BRAÇO MECÂNICO - GUINDASTE  É uma máquina usada para erguer, movimentar e baixar materiais pesados. Um guindaste é basicamente constituído de uma torre equipada com cabos e roldanas e é amplamente utilizado na construção civil e nas industrias de equipamentos pesados. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  11. 11. GUINDASTE TELESCÓPIO  É um tipo de equipamento, cuja lança consiste em certo número de tubos, cada tubo dentro de outro tubo. Um mecanismo hidráulico (geralmente um pistão) estende ou retrai os tubos aumentando ou diminuindo o comprimento da lança. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  12. 12. GUINDASTE ARTICULADO/CARGA  Consiste basicamente de um braço hidráulico articulado. Este braço hidráulico pode ter numerosas seções articuladas que podem ser dobradas em um pequeno espaço quando o guindaste não esta em uso. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  13. 13. GUINDASTE TORRE  Guindaste de torre oferece a melhor combinação de altura e capacidade, e são usados frequentemente na construção de edifícios altos. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  14. 14. GUINDASTE DE TERRENOS DIFÍCEIS  Montado sobre quatro pneus de borracha ele foi desenhado para operações do tipo, pegar e carregar, e para aplicações fora de estrada. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  15. 15. GUINDASTE FLUTUANTE  São usados para a carga e descarga ocasional de cargas especialmente pesadas ou inábeis para os pórticos. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  16. 16. ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI
  17. 17. TRUCKCRANE, GUINDAUTO, RODOVIÁRIO OU MUCK ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI Usados para a movimentação de cargas na Construção Civil, descarga de maquinário, montagem de estruturas e movimentação de tanques e silos.
  18. 18. PICK-BY-VOICE(SEPARAÇÃO POR VOZ) ESTER R. DE CAMARGO, CAMILA OLIVEIRA E GIAN SARTORELI  Sem utilização de papel maximizar a produtividade, eficiência e precisão nas separações de ordens e pedidos.

×