População brasileira

657 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

População brasileira

  1. 1. GEOGRAFIA DO BRASIL Aula: Dinâmica Populacional Brasileira. Curso Pré-vestibular Primeira Opção. UNESP/ASSIS Professor: Tom
  2. 2. O Estudo da população de qualquer área deve iniciar-se por duas informações quantitativas básicas: os valores de sua população absoluta e de sua população relativa (também denominada densidade demográfica.) População Absoluta - 201.032.714 habitantes População Relativa: é o produto da divisão da população absoluta de determinada área por sua extensão territorial.
  3. 3. População Absoluta Área Territorial Densidade Demográfica
  4. 4. • Áreas com elevadas densidades demográficas são consideradas como muito povoadas. • Áreas com pouca densidade demográfica, diz-se que há um vazio demográfico.
  5. 5. LISTA DE PAÍSES POR POPULAÇÃO 1. China - 1 354 040 000 2. Índia -1 210 569 573 3. Estados Unidos - 316 024 000 4. Indonésia - 245 613 043 5. Brasil - 201 032 714 6. Paquistão - 187 342 721 7. Nigéria - 170 901 000 8. Bangladesh - 152 518 015 9. Rússia - 143 400 000 10. Japão - 127 300 000
  6. 6.  O Brasil coloca-se entre os países menos povoados do Planeta!
  7. 7. PAÍSES MAIS POPULOSOS
  8. 8. LISTA DE PAÍSES POR POPULAÇÃO 1. China - 1 354 040 000 2. Índia -1 210 569 573 3. Estados Unidos - 316 024 000 4. Indonésia - 245 613 043 5. Brasil - 201 032 714 6. Paquistão - 187 342 721 7. Nigéria - 170 901 000 8. Bangladesh - 152 518 015 9. Rússia - 143 400 000 10. Japão - 127 300 000
  9. 9. Distribuição da População Brasileira
  10. 10. DISTRIBUIÇÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA • Herança Colonial • Exploração da Borracha em fins do século XIX e inicio do XX na Amazônia • Marcha do Café no Interior do estado de São Paulo e Norte do Paraná (fins do sec. XIX e inicio do XX) • Pós II Guerra Mundial & Juscelino Kubitschek (1956 -1960)  Esses dados atestam a influencia dos fatores históricos e econômicos na distribuição irregular da população brasileira.
  11. 11. POPULAÇÃO ABSOLUTA POR REGIÕES DO BRASIL ESTADO POPULAÇÃO Região Sudeste São Paulo 43.663.672 Minas Gerais 20.593.366 Rio de Janeiro 16.369.178 Espírito Santo 3.839.363 Região mais populosa do Brasil / Polo de atração populacional
  12. 12. Região Nordeste Bahia 15.044.127 Pernambuco 9.208.551 Ceará 8.778.575 Maranhão 6.794.298 Paraíba 3.914.418 Rio Grande do Norte 3.373.960 Alagoas 3.300.938 Piauí 3.184.165 Sergipe 2.195.662 Natalidade superior a mortalidade. Fatores Históricos.
  13. 13. Região Sul Rio Grande do Sul 11.164.050 Paraná 10.997.462 Santa Catarina 6.634.250 Imigrantes em fins do XIX. Migrantes Internos / 2° polo econômico do pais.
  14. 14. Região Norte Pará 7.969.655 Amazonas 3.807.923 Rondônia 1.728.214 Tocantins 1.478.163 Acre 776.463 Amapá 734.995 Roraima 488.072 Florestas muito fechadas, clima super úmido / Industrialização recente
  15. 15. Região Centro-Oeste Goiás 6.434.052 Mato Grosso 3.182.114 Distrito Federal 2.789.761 Mato Grosso do Sul 2.587.267 Pecuária / Lavoura comercial mecanizada / Expulsa população Nativa
  16. 16. Ranking por regiões: População absoluta Sudeste Nordeste Sul Norte Centro-Oeste
  17. 17. Ranking por Regiões: População Relativa ou Densidade Demográfica Sudeste Sul Nordeste Centro-Oeste Norte
  18. 18. CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA Ano População 1980 119.00.706 1991 146.845.475 2000 169.590.693 2005 184.184.284 2013 201.032.714
  19. 19. AS FORMAS DE CRESCIMENTO POPULACIONAL • Crescimento Natural ou Crescimento Vegetativo: Natalidade Industrialização/Urbanização Mortalidade
  20. 20. DIMINUIÇÃO DA TAXA DE NATALIDADE: • A maioria das pessoas se casam com idade mais elevada na cidade do que no meio rural • Custo de Criação dos filhos (educação, vestuário, transporte etc.) • A integração da mulher no mercado de trabalho, somada a falta de creches, impõe restrições a gravidez. • Acesso a métodos anticoncepcionais (pílulas, camisinhas)
  21. 21. DIMINUIÇÃO DA TAXA DE MORTALIDADE • Há mais centros de atendimento médico-hospitalar do que no campo – ou seja, a população tem mais acessos a assistência médica; • A difusão de campanhas de vacinação gratuita é mais fácil, propiciando o desenvolvimento da medicina preventiva; • O saneamento básico é mais eficiente do que nas áreas rurais – embora ainda seja deficiente mesmo em grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro.  Mortalidade Infantil no Brasil ainda é muito alta (crianças que morrem antes de completarem um ano de idade)  Expectativa de vida baixa se comparado a países desenvolvidos (Brasil 73 anos – Reino Unido UK – 80 anos)
  22. 22. PRÓXIMA AULA: • Continuação: • Estrutura etária da população • Estrutura por Atividade • População Economicamente Ativa • Estrutura étnica • Correntes de Imigração e migração interna • Migrações Pendulares.

×