O gótico

306 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O gótico

  1. 1. * O GóticoUMA NOVA SENSIBILIDADEARTÍSTICA:Catedral de OrviettoEscola Básica e Secundaria do Baixo BarrosoProfessora: Cristina RamôaDisciplina: História 10º AnoAno Lectivo: 2011/2012Realizado Por Raul Carvalho nº19
  2. 2. A experiência Urbana No século XIII a cidade fervilha de inovaçõesabrindo as portas ao futuro, desencadeandoprofundadas mudanças nos mais diversos sectores,no ordenamento social, na vivência religiosa e aténa cultura.
  3. 3.  A burguesia muito orgulhosa de si própria e da suacidade, de cuja existência depende estreitamente.Contribui com exorbitantes quantias para asgrandes construções urbanas, como muralhas,igrejas, palácios e até portas monumentais. Deforma a se superiorizarem ás cidades vizinhas,sendo uma espécie de “patriotismo local”.
  4. 4. Surgimentodo Gótico A par das inovações dos centros urbanos, surge umnovo estilo artístico, denominado de Gótico, queimplementa a combinação engenhosa de elementosarquitectónicos, que permitem construções góticas aalturas nunca antes vistas, contrariando as construçõesde até então. Podendo assim serem deslumbradas delonge, transmitindo imponência . A arte gótica ficou inteiramente ligada á arquitecturareligiosa, porém tendo também as vertentes daescultura, pintura e artes decorativas. Sendo a catedralonde se realçou mais.
  5. 5. Catedral como impulsionadorado Gótico As catedrais góticas são logo distinguidas pela suaelevação e verticalidade, com um exteriorimponente e profundamente decorado. Ásemelhança apresenta interiores amplos, elevadose luminosos, devido á grandeza das janelas,adornadas de magníficos vitrais, transpassandouma luz coada. Sendo assim formasarquitectónicas graciosas e leves.Catedral de Siena
  6. 6. Elementosconstrutivos Este estilo, na arquitectura têm potenciaiscaracterísticas que o distinguem dos restantes.Características fundamentais como o arcoquebrado, a abóbada de cruzamento de ogivase o arcobotante.
  7. 7.  Elementos constituintes deuma catedral.
  8. 8. ARCOBOTANTES
  9. 9. Bibliografia: Couto, Célia Pinto e Rosas, Maria AntóniaMonterroso; “O TEMPO DA HISTÓRIA”- História10ºano; Porto Editora; S.D.; Porto. http://www.slideshare.net/JDLIMA/idade-mdia-gtico

×