Quando este meu corpo, inerte,Baixar à vil sepultura,Deixando esta vida impura,Assim qual tomba um cipreste,Espero ouvir d...
Todos contritos, orando,E a marcha fúnebre ouvindo.E neste quadro tão lindo,Não quero ninguém chorando.João Pessoa, PB, 11...
Música: Andre RieuIl Silenzio (Trompette.)Imagens: Internetinesdedes@gmail.com
Silenzio
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Silenzio

302 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
229
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Silenzio

  1. 1. Quando este meu corpo, inerte,Baixar à vil sepultura,Deixando esta vida impura,Assim qual tomba um cipreste,Espero ouvir das alturas,Enquanto o meu corpo desce:“SILENZIO”, que me enternece.A marcha fúnebre, pura.
  2. 2. Todos contritos, orando,E a marcha fúnebre ouvindo.E neste quadro tão lindo,Não quero ninguém chorando.João Pessoa, PB, 11/11/12.
  3. 3. Música: Andre RieuIl Silenzio (Trompette.)Imagens: Internetinesdedes@gmail.com

×