DESEJO
Não me pergunte como surgiu.
Surgiu como do parto surge a imortadalidade...Da dúvida a procura...Da paixão o desespero.
Não me pergunte como surgiu.
Surgiu como da pedra surge o pó...Da saudade a espera...Do amor o afeto
Surgiu como uma nuvem em tempestade,nebulando os meus dias, me escurecendo avisão.
Surgiu e só o imprevisto surge com tamanhaimpunidade.Surgiu e meus olhos não puderam te evitar.
Surgiu assim, tão somente para ferir meucoração.
Formatação: VerarduinTexto: Gilberto Vaz de MeloImagens: InternetVera.arduin@gmail.comwww.mensagensvirtuais.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desejo

707 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
707
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
556
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desejo

  1. 1. DESEJO
  2. 2. Não me pergunte como surgiu.
  3. 3. Surgiu como do parto surge a imortadalidade...Da dúvida a procura...Da paixão o desespero.
  4. 4. Não me pergunte como surgiu.
  5. 5. Surgiu como da pedra surge o pó...Da saudade a espera...Do amor o afeto
  6. 6. Surgiu como uma nuvem em tempestade,nebulando os meus dias, me escurecendo avisão.
  7. 7. Surgiu e só o imprevisto surge com tamanhaimpunidade.Surgiu e meus olhos não puderam te evitar.
  8. 8. Surgiu assim, tão somente para ferir meucoração.
  9. 9. Formatação: VerarduinTexto: Gilberto Vaz de MeloImagens: InternetVera.arduin@gmail.comwww.mensagensvirtuais.com.br

×