i
Ismael Marques Omar
Projeto de Construção da Ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha
(Praia Madalena)
Univercidade Pedagógic...
ii
Índice
Introdução ........................................................................................................
3
Introdução
O presente projeto pretende ilustrar a imagem do desenvolvimento da zona norte de
Moçambique concretamente a ...
4
Um problema que persistia, qualquer que fosse o revestimento, era a dificuldade de garantir
uma injeção isenta de fissur...
5
A ponte projetada e construída deverá ser capaz de vencer um vão livre de 1 m, com peso não
superior a 750 g para satisf...
6
da masse para que o Governo do Distrito de Nacala consideri indispensável ponte ao nível da
monumentalidade com que Naca...
7
Cronograma
ATIVIDADES 15/M 16/M 17/M 18/M 19/M 20/M 21/M 22/M
Escolha do tema
Encontros com o
orientador
Pesquisa biblio...
8
Conclusão
Au concluir meu projecto de pesquisa, notei que em cada época deixa-se uma marca no
espaço com uma ponte difer...
9
Referencias
BELL, Judith. Projeto de pesquisa : guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e
ciências sociais...
10
Anexos
Fonte: Satélite Vista em estudo para a construção da ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha
11
12
13
Fonte: satélite (4 apoius)
14
Fonte: satélit (area em estudo no globo da pesquisa)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projecto de Construção da Ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha (Praia Madalena)

297 visualizações

Publicada em

ajuda aos estudantes numa área de pesquisa.

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
297
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projecto de Construção da Ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha (Praia Madalena)

  1. 1. i Ismael Marques Omar Projeto de Construção da Ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha (Praia Madalena) Univercidade Pedagógica Nacala – Porto 2015
  2. 2. ii Índice Introdução ....................................................................................................................................3 Problema: .....................................................................................................................................3 Justificativa...................................................................................................................................4 Objetivos Gerais............................................................................................................................ 4 Objetivos Específicos .................................................................................................................... 4 Hipótese .......................................................................................................................................5 Fundamentação ou Referencial Teórico: ......................................................................................... 5 Metodologia..................................................................................................................................6 Cronograma ..................................................................................................................................7 Resultados Esperados:................................................................................................................... 7 Conclusão.....................................................................................................................................8 Referencias...................................................................................................................................9 Anexos....................................................................................................................................... 10
  3. 3. 3 Introdução O presente projeto pretende ilustrar a imagem do desenvolvimento da zona norte de Moçambique concretamente a Zona Economica Epecial caso Nacala-Porto a Nacala-a-Velha como sendo um dos distritos de Nampula. Nacala Porto é uma cidade portuária na província de Nampula, em Moçambique. A cidade é um dos 53 municípios de Moçambique, com um governo local eleito. De acordo com o Censo de 2007, Nacala tem uma população de 206.449 habitantes. Notando em Nacala levou-me a recorrer a este projecto para melhorar as vias de acesso no meio socia porque, Nacala-a-Velha apresenta uma região com maior produtividade e limite, isto é, a Norte com destrito de Memba, a Noroeste com distrito de Nacarôa, a Oeste com destrito de Monapo, a Sul com distrito de Mussuril, a Leste com o Municipio de Nacala (Nacala – Porto) e com oceano Indico. O procedimento a obter tende a iniciar para a melhoria da atravecção e fascilitação a trajetoria Nacala Porto a Nacala-a-Vela. Lembrando que as pontes são uma das estruturas mais antigas inventadas pelo homem. Após a revolução industrial, construir pontes se tornou essencial para fazer a economia acelerar, significando rapidez e economia de dinheiro. O tema do trabalho envolve a aplicação de ferramentas da qualidade (com foco nas ferramentas estatísticas) integradas à metodologia de projetos de contrução. O escopo do estudo engloba as grandes empresas no ramo de transporte de mercadorias. Atualmente é possível observar a grande evolução na construção de pontes. Antigamente construía-se mesmo sem cálculos e testes de materiais. Baseavam-se no raciocínio lógico e noserros das construções. A proposta da construção de pontes de macarrão, através de analises e pesquisas, é demonstrar passo a passo a construção, seus cálculos e o teste de resistência para verificara carga suportada. Esse nova forma de ensinamento vem sendo aplicada em diversas faculdades, como forma de aprendizado para os alunos da Engenharia Civil. Para desenvolvê-la, fizemos pesquisas,utilizamos nossos conhecimentos de física e matemática adquiridos até o momento, osso raciocínio lógico, experimentos e testes. Palavras chaves: construção, eficiência, ferramentas de qualidade Problema: A ponte resistirá 500 Toneladas de carga? Apesar de ser um projeto etudado internacionalmente, em particular como uma das primeiras pontes tensionadas a area de vias de acesso, alguns críticos consideram que a sua imagem representa uma ruptura no padrão da paisagem modernista da cidade, destacando-se excessivamente na paisagem.
  4. 4. 4 Um problema que persistia, qualquer que fosse o revestimento, era a dificuldade de garantir uma injeção isenta de fissuras para que a proteção contra a corrosão fosse efetiva. A injeção era realizada depois que todas as cargas permanentes estivessem aplicadas aos estais. Sendo assim, o material de injeção estaria sujeito à variação de tensões provocada pelas cargas variáveis. Ao longo do tempo várias obras concebidas desta forma apresentaram problemas. A barreira de proteção constituída pelo tubo não era efetiva, já que era comum o aparecimento de trincas na parede do revestimento. Também no caso da nata de injeção, a garantia de efetividade era questionada, seja por problemas na execução do serviço, seja pelas fissuras ocasionadas pelas ações dinâmicas atuantes na estrutura. Nessa ocasião, já era considerada obrigatória a utilização de fios galvanizados nos cabos. Justificativa Encontrar necessidades derivadas do cenário atual de globalização e concorrência e na eficiência comprovada da metodologia a ser aplicada no alcance desses objetivos. Em 2007, o Censo indicou uma população de 88 807 residentes. Com uma área de 967 km², a densidade populacional rondava os 91,84 habitantes por km².1 De acordo com o Censo de 1997, o distrito tinha 77 918 habitantes, daqui resultando uma densidade populacional de 80,6 habitantes por km². Achar o objetivo central no trabalho sob o tratamento de um ponto crítico do sistema. Objetivos Gerais Construção através da metodologia, segundo sua potencialidade de ganho e retorno para a empresa estudada. Objetivos Específicos Fazer a análise, o projeto, a construção e o teste de carga (levando à ruína através de um ensaio destrutivo) de uma ponte executada de massa do tipo espaguete e cola epóxi.
  5. 5. 5 A ponte projetada e construída deverá ser capaz de vencer um vão livre de 1 m, com peso não superior a 750 g para satisfazer as necessidades dos que nela atravessarem. A construção da ponte deverá ser precedida da análise de algumas opções possíveis de tipos de pontes e do projeto detalhado do tipo de ponte escolhida, com estimativa da carga de colapso. Hipótese O distrito está dividido em dois postos administrativos (Covo e Nacala-a-Velha), compostos pelas seguintes localidades: Posto Administrativo de Covo:  Covo Posto Administrativo de Nacala-a-Velha:  Micolene  Nacala-a-Velha  Namiope A ponte a ser construida dara via fascilitada para a trajetoria dos habitantes que reidem em Nacala velha para comercializarem seus produtos, notando que a maior parte da população comercializa seus produtos no mercado de venda (Nacala Porto). Aponte resistirá a uma carga de 𝑃 = 4999999𝑁. 𝑀 = 499999𝑘𝑔 menos 500𝑡. Fundamentação ou Referencial Teórico: A estrutura da ponte tera quatro apoios com pilares submersos na praia Madalena e os três vãos de 240 metros são sustentados por três arcos assimétricos e localizados em planos diferentes, com cabos tensionados de aço colocados em forma cruzada, o que geometricamente faz com que os cabos formem um plano parabólico. Com seus arcos assimétricos, a estrutura em três arcos, inspirados "pelo movimento de uma pedra quicando sobre o espelho d'água", é única no mundo, comparável em forma mas não em sistema estrutural. Sua beleza arquitetônica resultara após a execução do projeto estrutural, sobgrande complexidade, mas apesar dos custo adicional, a instituição tera que me acompanhar no relçar
  6. 6. 6 da masse para que o Governo do Distrito de Nacala consideri indispensável ponte ao nível da monumentalidade com que Nacala Porto a Nacala-a-Velha sera projectada. Metodologia Segundo WALTHER (1999), “registra a construção (1817) e o colapso (1818) da passarela de Dryburgh Abbey, na Escócia, cuja estrutura híbrida possuía vão central de 79,20 m e largura de 1,22 m. O autor atribui o colapso da estrutura à manifestação de uma instabilidade aerodinâmica. A passarela for reconstruída três meses após o colapso com algumas melhorias na estrutura.” A ponte deveria atravessar o rio em um salto. A nova passarela, portanto, não irá competir com o ambiente do cenário da cidade por ser extravagante ou berrante, mas complementá-lo com uma elegância jovem e ousada, que é possível através da utilização de novas tecnologias e conhecimentos. “Qualquer assunto que possa ser estudado pelo homem pela utilização do método científico e de outras regras especiais do pensamento.” Em Oliveira (2000, p. 49) O processo a seguir que dá maior controle sobre os recursos que serão utilizados no projeto. Controlando melhor o processo a equipe será mais eficiente pois entregará o projeto com maior grau de acerto em termos de prazos e custos. O bom uso de uma metodologia é importante porque permite evitar práticas que levam ao insucesso e com isso reproduzir o sucesso.
  7. 7. 7 Cronograma ATIVIDADES 15/M 16/M 17/M 18/M 19/M 20/M 21/M 22/M Escolha do tema Encontros com o orientador Pesquisa bibliográfica preliminar Leituras e elaboração de resumos Elaboração do projeto Entrega do projeto de pesquisa Revisão bibliográfica complementar Coleta de dados complementares Redação do projecto Revisão do trabalho Apresentação do trabalho Resultados Esperados: O enxugamento dos quadros de pessoal e o aumento da necessidade de especialização técnica têm levado muitas empresas a recrutar no mercado profissionais por período determinado apenas para a execução de projetos específicos. Neste contexto, entender o processo de gerenciamento de projeto tem se tornado vital para organizações a medida em que mais e mais novos negócios vão se revestindo da aura de projeto e passam a exigir um cabedal de técnicas gerenciais que nem sempre estão disponíveis nas empresas. Um projeto é um empreendimento temporário, com data de início e fim, cujo objetivo é criar ou aperfeiçoar um produto ou serviço. Gerenciar um projeto é atuar de forma a atingir os objetivos propostos dentro de parâmetros de qualidade determinados, obedecendo a um planejamento prévio de prazos (cronograma) e custos (orçamento). Ou seja, dadas as metas e as restrições de recursos e tempo, cabe ao gerente de projetos garantir que ele atinja os objetivos propostos.
  8. 8. 8 Conclusão Au concluir meu projecto de pesquisa, notei que em cada época deixa-se uma marca no espaço com uma ponte diferente. Portanto, a decisão sobre a escolha da construção da ponte e, assim, a sua imagem arquitetônica e simbólica teve como objetivo encontrar um objeto de vida útil longa com a viga da ponte mais fina possível. Por essa razao que com base em experiências didáticas similares relatadas em várias instituições de ensino, em moçambique necessita de tecnicos formados nas areas de construçao de grande porte.
  9. 9. 9 Referencias BELL, Judith. Projeto de pesquisa : guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008. BOOTH, Wayne C.; COLOMB, Gregory; WILLIAMS, Joseph. A arte da pesquisa. São Paulo: Martins Fontes, 2008. Etrutura de uma ponte em progresso disponivel em: [http://www.archdaily.com.br/br/759259/ponte-de-travessia-arhitektura-doo] FINCATO, Denise Pires. A pesquisa jurídica sem mistérios: do projeto de pesquisa à banca. Porto Alegre : Notadez, 2008. GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo : Atlas, 2010. KERLINGER, Fred N. Metodologia dapesquisa em ciências sociais: um tratamento conceitual. São Paulo: EPU, 1980. LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1993. LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas, 1991. LEVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Loyola, 1998. LUNA, Sergio Vasconcelos de. Planejamento de pesquisa: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1997. MARTINS, Gilberto de Andrade. Manual para elaboração de monografias e dissertações. São Paulo: Atlas, 1994.
  10. 10. 10 Anexos Fonte: Satélite Vista em estudo para a construção da ponte Nacala Porto a Nacala-a-Velha
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. 13 Fonte: satélite (4 apoius)
  14. 14. 14 Fonte: satélit (area em estudo no globo da pesquisa)

×