SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
O Que é Plágio
O plágio é o ato de assinar ou apresentar uma obra intelectual de
qualquer natureza
(texto, música, obra pictórica, fotografia, obra audiovisual, etc)
contendo partes de uma obra que pertença a outra pessoa sem colocar
os créditos para o autor original. No acto de plágio, o plagiador
apropria-se indevidamente da obra intelectual de outra
pessoa, assumindo a autoria da mesma.
Tipos De Plágio
1. Direto ou Integral - Segundo Ken Kirkpatrick, "consiste em copiar uma fonte palavra por palavra sem
indicar que é uma citação e sem fazer referência ao autor."3
2. Parcial - Segundo Lécio Ramos, o plágio parcial é a "‘colagem’ resultante da seleção de parágrafos ou
frases de um ou diversos autores, sem menção às obras."4
3. Conceitual: Para Lécio Ramos, é a "utilização da essência da obra do autor expressa de forma distinta da
original."4
4. Plágio Mosaico - Para Ken Kirkpatrick esse é o tipo de plágio mais comum. Ele explica que "este plágio

acontece quando o "plagiador" não faz uma cópia da fonte diretamente, mas muda umas poucas palavras em
cada frase ou levemente reformula um parágrafo, sem dar crédito ao autor original. Esses parágrafos ou
frases não são citações, mas estão tão próximas de ser citações que eles deveriam ter sido citados ou, se
eles foram modificados o bastante para serem classificados como paráfrases, deveria ter sido feito
referência à fonte.3
5. Autoplágio - Por definição, "consiste na apresentação total ou parcial de textos já publicados pelo mesmo
autor, sem as devidas referências aos trabalhos anteriores".5
Plágio No Brasil
No Brasil o plágio é considerado crime e sua principal referência é a lei
9.610. Todavia, a lei 9.610 é voltada para a proteção de obras comerciais.
Segundo essa lei seria possível copias "pequenos trechos", o que é
inadmissível em um trabalho acadêmico. Para fins de trabalho
acadêmico é mais adequado seguir-se as normas da ABNT, que não
admitem exceções para textos copiados.
O Que é Blog

Um blog ou blogue1 2 3 (contração do termo inglês web log,
"diário da rede") é um site cuja estrutura permite a
atualização rápida a partir de acréscimos dos
chamados artigos, ou posts. Estes são, em geral,
organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco
a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um
número variável de pessoas, de acordo com a política
do blog.
História do blog
O termo weblog foi criado por Jorn Barger5 em 17 de dezembro de 1997. A abreviação blog, por sua
vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a
frase we blog ("nós blogamos") na barra lateral de seu blog Peterme.com, em abril ou maio
de 1999.6 7 8 Pouco depois, Evan Williams do Pyra Labs usou blog tanto
como substantivoquanto verbo (to blog ou "blogar", significando "editar ou postar em um weblog"),
aplicando a palavra blogger em conjunção com o serviço Blogger, da Pyra Labs, o que levou à
popularização dos termos.9
O Blog Hoje Popularmente
A mensagem passou a modelar o meio, quando no início de 2000,
o Blogger introduziu uma inovação – o permalink, conhecido em
português como ligação permanente ou apontador permanente–
que transformaria o perfil dos blogs. Os permalinks garantiam a
cada publicação num blog uma localização permanente - uma URL –
que poderia ser referenciada. Anteriormente, a recuperação em
arquivos de blogs só era garantida através da navegação livre
(ou cronológica). O permalink permitia então que os blogueiros
pudessem referenciar publicações específicas em qualquer blog.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.
Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.
Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.Daianne Pinho
 
Confissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraConfissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraVitor Germano
 
Deficiente visual com cão guia modulo gráfico
Deficiente visual com cão guia    modulo gráficoDeficiente visual com cão guia    modulo gráfico
Deficiente visual com cão guia modulo gráficoIgorNT
 
Históricos
HistóricosHistóricos
HistóricosIgorNT
 
El origen de la vida y el origen
El origen de la vida y el origenEl origen de la vida y el origen
El origen de la vida y el origenjavier Mutenroy
 
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso.
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso. Trabalho de Conclusão de Curso Impresso.
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso. Lela Gomes
 
Catecismo de Heidelberg
Catecismo de HeidelbergCatecismo de Heidelberg
Catecismo de HeidelbergVitor Germano
 
презентация натальи корякиной 3
презентация натальи корякиной 3презентация натальи корякиной 3
презентация натальи корякиной 3panteranatasha
 
A grande viagem_do_espirito
A grande viagem_do_espiritoA grande viagem_do_espirito
A grande viagem_do_espiritoAriana Martins
 
No permito!!!
No permito!!!No permito!!!
No permito!!!anacjg
 
Solicitação de bike modulo gráfico
Solicitação de bike     modulo gráficoSolicitação de bike     modulo gráfico
Solicitação de bike modulo gráficoIgorNT
 

Destaque (20)

Alimentacion
AlimentacionAlimentacion
Alimentacion
 
Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.
Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.
Meu presente de 26 anos. Com Gabi, Felipe e Angela.
 
Aniversário cece
Aniversário ceceAniversário cece
Aniversário cece
 
Confissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da GuanabaraConfissão de fé da Guanabara
Confissão de fé da Guanabara
 
Deficiente visual com cão guia modulo gráfico
Deficiente visual com cão guia    modulo gráficoDeficiente visual com cão guia    modulo gráfico
Deficiente visual com cão guia modulo gráfico
 
Históricos
HistóricosHistóricos
Históricos
 
El origen de la vida y el origen
El origen de la vida y el origenEl origen de la vida y el origen
El origen de la vida y el origen
 
проектирование
проектированиепроектирование
проектирование
 
Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira   Formação territorial brasileira
Formação territorial brasileira
 
Michu
MichuMichu
Michu
 
Multimédia FVP AP-B Final
Multimédia FVP AP-B FinalMultimédia FVP AP-B Final
Multimédia FVP AP-B Final
 
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso.
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso. Trabalho de Conclusão de Curso Impresso.
Trabalho de Conclusão de Curso Impresso.
 
Aos professores
Aos professoresAos professores
Aos professores
 
Catecismo de Heidelberg
Catecismo de HeidelbergCatecismo de Heidelberg
Catecismo de Heidelberg
 
A santa ceia
A santa ceiaA santa ceia
A santa ceia
 
презентация натальи корякиной 3
презентация натальи корякиной 3презентация натальи корякиной 3
презентация натальи корякиной 3
 
A grande viagem_do_espirito
A grande viagem_do_espiritoA grande viagem_do_espirito
A grande viagem_do_espirito
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
No permito!!!
No permito!!!No permito!!!
No permito!!!
 
Solicitação de bike modulo gráfico
Solicitação de bike     modulo gráficoSolicitação de bike     modulo gráfico
Solicitação de bike modulo gráfico
 

Semelhante a O Que é Plágio e seus Tipos

Semelhante a O Que é Plágio e seus Tipos (20)

O que é plágio e o que é blog
O que é plágio e o que é blogO que é plágio e o que é blog
O que é plágio e o que é blog
 
O que é plágio
O que é plágio O que é plágio
O que é plágio
 
Blog e plágio
Blog e plágioBlog e plágio
Blog e plágio
 
Blog e plágio
Blog e plágioBlog e plágio
Blog e plágio
 
Blog e plágio
Blog e plágioBlog e plágio
Blog e plágio
 
Plágio
PlágioPlágio
Plágio
 
Plagio
PlagioPlagio
Plagio
 
Plagio
PlagioPlagio
Plagio
 
Direitos autorais e
Direitos autorais eDireitos autorais e
Direitos autorais e
 
O que é blog
O que é blogO que é blog
O que é blog
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1 pps marina e marta
Apresentação1 pps marina e martaApresentação1 pps marina e marta
Apresentação1 pps marina e marta
 
O que é um blog
O que é um blogO que é um blog
O que é um blog
 
Apresentação blog
Apresentação blogApresentação blog
Apresentação blog
 
Direitos autorais e plagio Gleyce
Direitos autorais e plagio GleyceDireitos autorais e plagio Gleyce
Direitos autorais e plagio Gleyce
 
blogger
bloggerblogger
blogger
 
Blog 2 raphael
Blog 2 raphaelBlog 2 raphael
Blog 2 raphael
 
Apresentação bloq (1)
Apresentação bloq (1)Apresentação bloq (1)
Apresentação bloq (1)
 
Blog
BlogBlog
Blog
 

O Que é Plágio e seus Tipos

  • 1. O Que é Plágio O plágio é o ato de assinar ou apresentar uma obra intelectual de qualquer natureza (texto, música, obra pictórica, fotografia, obra audiovisual, etc) contendo partes de uma obra que pertença a outra pessoa sem colocar os créditos para o autor original. No acto de plágio, o plagiador apropria-se indevidamente da obra intelectual de outra pessoa, assumindo a autoria da mesma.
  • 2. Tipos De Plágio 1. Direto ou Integral - Segundo Ken Kirkpatrick, "consiste em copiar uma fonte palavra por palavra sem indicar que é uma citação e sem fazer referência ao autor."3 2. Parcial - Segundo Lécio Ramos, o plágio parcial é a "‘colagem’ resultante da seleção de parágrafos ou frases de um ou diversos autores, sem menção às obras."4 3. Conceitual: Para Lécio Ramos, é a "utilização da essência da obra do autor expressa de forma distinta da original."4 4. Plágio Mosaico - Para Ken Kirkpatrick esse é o tipo de plágio mais comum. Ele explica que "este plágio acontece quando o "plagiador" não faz uma cópia da fonte diretamente, mas muda umas poucas palavras em cada frase ou levemente reformula um parágrafo, sem dar crédito ao autor original. Esses parágrafos ou frases não são citações, mas estão tão próximas de ser citações que eles deveriam ter sido citados ou, se eles foram modificados o bastante para serem classificados como paráfrases, deveria ter sido feito referência à fonte.3 5. Autoplágio - Por definição, "consiste na apresentação total ou parcial de textos já publicados pelo mesmo autor, sem as devidas referências aos trabalhos anteriores".5
  • 3. Plágio No Brasil No Brasil o plágio é considerado crime e sua principal referência é a lei 9.610. Todavia, a lei 9.610 é voltada para a proteção de obras comerciais. Segundo essa lei seria possível copias "pequenos trechos", o que é inadmissível em um trabalho acadêmico. Para fins de trabalho acadêmico é mais adequado seguir-se as normas da ABNT, que não admitem exceções para textos copiados.
  • 4. O Que é Blog Um blog ou blogue1 2 3 (contração do termo inglês web log, "diário da rede") é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.
  • 5. História do blog O termo weblog foi criado por Jorn Barger5 em 17 de dezembro de 1997. A abreviação blog, por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a frase we blog ("nós blogamos") na barra lateral de seu blog Peterme.com, em abril ou maio de 1999.6 7 8 Pouco depois, Evan Williams do Pyra Labs usou blog tanto como substantivoquanto verbo (to blog ou "blogar", significando "editar ou postar em um weblog"), aplicando a palavra blogger em conjunção com o serviço Blogger, da Pyra Labs, o que levou à popularização dos termos.9
  • 6. O Blog Hoje Popularmente A mensagem passou a modelar o meio, quando no início de 2000, o Blogger introduziu uma inovação – o permalink, conhecido em português como ligação permanente ou apontador permanente– que transformaria o perfil dos blogs. Os permalinks garantiam a cada publicação num blog uma localização permanente - uma URL – que poderia ser referenciada. Anteriormente, a recuperação em arquivos de blogs só era garantida através da navegação livre (ou cronológica). O permalink permitia então que os blogueiros pudessem referenciar publicações específicas em qualquer blog.