Comunicando direito
Adriana Torres
TEMPO DE MATAR
COMUNICAR
COMUNICAR
“Da realidade com que se relaciona, o discurso recebe e dá.
O discurso não é simples transmissor; não é a simple...
MAPA DA VIOLÊNCIA 2013
MAPA DA VIOLÊNCIA 2013
 O número de vítimas brancas caiu de 18.867 em
2002 para 13.895 em 2011, o que representou um
sign...
O número de homicídios de jovens brancos caiu de
6.596 em 2002 para 3.973 em 2011: queda de
39,8%, bem maior que a do con...
DISCURSO...
PRÁTICA
PRÁTICA X DISCURSO
DISCURSO
PRÁTICA
PRÁTICA X DISCURSO...
DISCURSO, PRÁTICA, DISCURSO...
DISCURSO
PRÁTICA
DISCURSO
DISCURSO, PRÁTICA, DISCURSO...
DISCURSO
PRÁTICA
ENQUANTO ISSO, A MÍDIA...
Enquanto Isso, A Mídia...
ENQUANTO ISSO, A MÍDIA...
FAZENDO DIFERENTE. E DIFERENÇA.
FAZENDO DIFERENTE. E DIFERENÇA.
ÉTICA DO CUIDADO
“A linguagem é a chave para saber quem somos como
indivíduos. Nós somos nossas conversas: quando mudamos
...
Comunicando Direito
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comunicando Direito

226 visualizações

Publicada em

Palestra realizada no Seminário de Oratória do UNI-BH em maio de 2014.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicando Direito

  1. 1. Comunicando direito Adriana Torres
  2. 2. TEMPO DE MATAR
  3. 3. COMUNICAR
  4. 4. COMUNICAR “Da realidade com que se relaciona, o discurso recebe e dá. O discurso não é simples transmissor; não é a simples transposição verbal do que rodeia o falante; Portanto, não é algo passivo e neutro” (Luiz Costa Lima) “O discurso não é simplesmente o que traduz as lutas ou os sistemas de dominação, mas aquilo por que, aquilo pelo que se luta, o poder de que se procura se apoderar” (Michel Foucault)
  5. 5. MAPA DA VIOLÊNCIA 2013
  6. 6. MAPA DA VIOLÊNCIA 2013  O número de vítimas brancas caiu de 18.867 em 2002 para 13.895 em 2011, o que representou um significativo decréscimo: 26,4%.  Já as vítimas negras cresceram de 26.952 para 35.297 no mesmo período, isto é, um aumento de 30,6%.  Assim, a participação branca no total de homicídios do país cai de 41% em 2002 para 28,2% em 2011. Já a participação negra, que já era elevada em 2002: 58,6% cresce mais ainda, vai para 71.4%.
  7. 7. O número de homicídios de jovens brancos caiu de 6.596 em 2002 para 3.973 em 2011: queda de 39,8%, bem maior que a do conjunto da população que foi de 26,4%. Já as vítimas negras entre os jovens cresceram de 11.321 para 13.405, isto é, um aumento de 24,1%. Assim, a participação dos jovens brancos no total de homicídios juvenis do país cai de 36,7% em 2002 para 22,8% em 2011. Por sua vez, a participação dos jovens negros, que já era muito elevada em 2002: 63% ,cresce ainda mais, indo para 76,9% MAPA DA VIOLÊNCIA 2013
  8. 8. DISCURSO...
  9. 9. PRÁTICA
  10. 10. PRÁTICA X DISCURSO
  11. 11. DISCURSO
  12. 12. PRÁTICA
  13. 13. PRÁTICA X DISCURSO...
  14. 14. DISCURSO, PRÁTICA, DISCURSO...
  15. 15. DISCURSO
  16. 16. PRÁTICA
  17. 17. DISCURSO
  18. 18. DISCURSO, PRÁTICA, DISCURSO...
  19. 19. DISCURSO
  20. 20. PRÁTICA
  21. 21. ENQUANTO ISSO, A MÍDIA...
  22. 22. Enquanto Isso, A Mídia...
  23. 23. ENQUANTO ISSO, A MÍDIA...
  24. 24. FAZENDO DIFERENTE. E DIFERENÇA.
  25. 25. FAZENDO DIFERENTE. E DIFERENÇA.
  26. 26. ÉTICA DO CUIDADO “A linguagem é a chave para saber quem somos como indivíduos. Nós somos nossas conversas: quando mudamos nossa forma de ser, mudamos nossas conversas e quando mudamos a forma de conversar, mudamos a forma de ser. A linguagem nos constrói.” (Bernardo Toro)

×