Capítulo I - A Liga de Urântia

291 visualizações

Publicada em

Diagramação do livro A Liga de Urântia

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capítulo I - A Liga de Urântia

  1. 1. Julio Cesar de Castro Ferreira Ilustrações de Daiana Araújo Martins
  2. 2. Júlio César de Castro Ferreira CAPITULO i ´ Descendo pela toca
  3. 3. Descendo pela toca (horário local) - Christian acorda assustado com o aviso de apertar cintos anunciado pela aeromoça. Com os olhos semiabertos, observa pela janela do avião enquanto boceja demoradamente. À sua direita, Jaqueline, sua irmã mais velha, já estava preparada para o pouso. Depois de se certificar que ele já havia acordado, o cutuca para que se apresse. Christian preferia ter viajado sozinho, mas como ele era menor de idade a presença de um responsável infelizmente era obrigatória. E neste caso, entre a irmã mais velha e a mãe, o mico era menor com a irmã mais velha. Foi Jaqueline quem influenciou Christian a gostar de videogame on-line, ela também era muito entendida, apesar de não ter tido a mesma projeção que o irmão mais novo. Jaqueline tinha uma personalidade marcante, e a julgar pelas suas atitudes parecia ser mais velha do que realmente era. Dotada de maturidade e responsabilidade acima da média para a sua idade, sempre passava confiança a todos com quem se relacionava, e, por isso, a sua mãe confiava totalmente em deixá-la acompanhar Christian como sua responsável. 19h15 Fisicamente os dois se pareciam muito: pele clara, cabelos castanhos e lisos, e olhos cor de mel. Christian usava os cabelos curtos, apresentava estatura mediana, e, embora magro, era dotado de um corpo bem definido, resultado da carreira esportiva juvenil. Jaqueline também tinha uma estatura média. Seus cabelos eram lisos
  4. 4. Júlio César de Castro Ferreira e longos até a cintura. Ao contrário de Christian, não gostava muito de atividades físicas. Ela não tinha o corpo tão atlético, mas ainda assim era muito atraente dentro dos padrões sociais de beleza. Depois de mais outro longo bocejo, Christian se endireita na cadeira e finalmente afivela o cinto de segurança. Apesar do cansaço da longa viagem, ele estava ansioso pelo que estava por acontecer e mal podia esperar para participar do evento que fora convidado. Christian jogava um dos mais famosos games de RPG on-line do mercado, chamado Solaris. Após a sua participação no campeonato mundial e estar entre os seis melhores jogadores do mundo,ele recebera o convite de testar uma inovadora versão de MMORPG. A empresa Acheron Games, idealizadora do projeto, selecionou cinco jogadores com características consideradas ideais para o evento. Eles foram convidados a serem os primeiros a testar as características únicas desse novo jogo on-line. Depois do demorado desembarque no aeroporto internacional de Washington, Christian e sua irmã são identificados pelos representantes do evento e imediatamente encaminhados ao hotel. Era a primeira vez que ele estava visitando a capital dos Estados Unidos da América, e o rápido passeio pelas ruas de Washington foi suficiente para deixar Christian de boca aberta, impressionado com a beleza da arquitetura dos prédios. Devidamente acomodados em seus quartos de hotel, eles são Game(s): Do inglês, jogo(s). Atualmente muito usado para se referir aos jogos virtuais. RPG: Role Playing Game, jogo de interpretação de papéis. MMORPG: Massively ou Massive Multiplayer Online Role-Playing Game ou Multi massive online Role-Playing Game, jogo de interpretação de personagem online e em massa para múltiplos jogadores. Urântia: Nome original do planeta Terra de acordo com o Livro de Urântia. (1928/1934)
  5. 5. Descendo pela toca encaminhados para um saguão onde estão os outros participantes do teste de jogabilidade. Christian observa que todos são bem jovens, entre 14 e 17 anos. Outro fato que lhe chama atenção é o de só haver uma menina no grupo. Um dos diretores da Acheron Games, eleito como responsável direto do projeto e do evento, toma a palavra e depois das devidas apresentações inicia as necessárias explicações. Quando ele começa a falar, Christian mantém a sua atenção focada nos outros participantes. Sua curiosidade sobre eles era prioridade naquele momento, especialmente sobre a linda jovem chamada Miriam. Os olhos azuis dela eram como um pedacinho do céu de tão lindos, e seus cabelos loiros e lisos exalavam um perfume que tomava todo o ambiente. “Como já é de conhecimento de todos, este é um evento que tem como objetivo apresentar o início de uma nova fase no mercado de videogames on-line, que simulam mundos virtuais. Esta nova geração de jogos terá como marco inicial os testes que estamos prestes a realizar, e só foi possível chegarmos a este resultado final graças a uma parceria com a maior empresa de tecnologia, realidade virtual e inteligência artificial do mundo, a Columbia Softwares e Tecnologia. Ainda pudemos contar com o apoio do Google e da NASA, para que a IA(Inteligência Artificial) tivesse uma potente base de dados para trabalhar. Por este motivo, o evento está sendo muito visado pela imprensa mundial. É fundamental que não aconteçam falhas de organização durante a sua execução. Por isso vamos repassar todos os detalhes agora.
  6. 6. Júlio César de Castro Ferreira Esta versão de Solaris que será lançada tem duas características muito inovadoras, não só para o mercado de jogos eletrônicos, mas também para o setor de tecnologia. A primeira dessas características é a possibilidade de total imersão no ambiente virtual por intermédio de um capacete neural especial. Ao colocá-lo, é possível para os players controlarem mentalmente todas as funções do seu personagem do jogo, em primeira pessoa, como se realmente estivessem dentro do corpo deste herói virtual. E enquanto conectados, as funções motoras do corpo real ficam parcialmente adormecidas, como em um sonho. Por esse motivo, os players precisam estar confortavelmente deitados. Essas características proporcionarão para o usuário uma experiência muito realística em controlar um corpo digital, além de vivenciar uma imersão sem precedentes a um mundo criado virtualmente. A segunda característica é que esta versão dispõe de uma inteligência artificial, que torna o jogo muito mais dinâmico. O objetivo é que a própria plataforma faça novas atualizações periodicamente, podendo criar cenários variados, missões inéditas, e até atualizações automáticas de versões. Além disso, esta IA é capaz de criar missões e tarefas quase que exclusivas, de acordo com as características do personagem que está jogando, ou de acordo com os parâmetros que os players estabelecerem. Dessa maneira, esse sistema dispensa a intervenção humana no controle das regras e jogabilidade, porque é capaz de criar os seus próprios Game Masters (GM´s) virtuais, que executam esse papel .” A ansiedade estava evidente entre os participantes do grande teste. Eles mal podiam esperar para vivenciar aquela inovadora e empolgante experiência. Quando o representante da empresa
  7. 7. Descendo pela toca terminou as devidas explicações, os participantes foram encaminhados para o restaurante do hotel onde seria servido o jantar. Peter, demonstrando que estava faminto, foi o primeiro a se servir. A variedade e quantidade de comida que ele colocava no prato era impressionante, e ficava mais ainda ao se observar a ferocidade com que ele comia. Peter era um adolescente considerado acima do peso para os padrões sociais. Tinha o cabelo bem curto no estilo militar, olhos castanhos e pele clara. Dotado de personalidade simpática e brincalhona, era muito cordial e prestativo, certamente o mais emotivo do grupo. 21h 21h20 - (horário local) - Durante o jantar, as primeiras impressões foram se formando. Peter e Lucky se tornaram amigos quase que instantaneamente, e conversavam entusiasmadamente enquanto jantavam. Lucky, o mais jovem do grupo, também era muito comunicativo, apresentando uma personalidade que parecia ser pouco madura. Com estatura pequena e corpo magro, tinha longos cabelos afros penteados em trança, que combinavam com a sua cor bronzeada. Christian e Miriam também trocavam algumas palavras, porém com bem menos intensidade, assim como Jaqueline , irmã de Christian, estava fazendo com outros responsáveis e pais dos participantes. Aparentemente todos procuravam se socializar, menos Thomas que permanecia calado, apenas comendo e observando o Player(s): do inglês, jogador(es). Dentro do contexto dos jogos on-line, player é quem está por trás do personagem, aquele quem controla o ser digital. GM: Game Master - pessoa que atua como um organizador oficiante, árbitro e moderador de um multiplayer jogo.
  8. 8. Júlio César de Castro Ferreira grupo. Seus olhos negros pareciam estar vigiando por detrás de seus longos cabelos lisos e escuros, registrando todos os detalhes do que os outros conversavam. Ele tinha as feições bonitas, e sobrancelhas que chamavam a atenção, apesar de muito pálido e de aparentar pouca simpatia. Logo após o jantar, todos foram encaminhados para os seus quartos para o esperado descanso. Ao entrar em sua suíte, a primeira coisa que Christian faz é ligar o laptop e acessar suas redes sociais e mensagens pessoais. Jaqueline estava em uma suíte ao lado, e como conhecia bem o irmão resolve bater na porta do seu quarto e dar um recado usando certo tom de autoridade: ─ Vai logo dormir Christian, amanhã você precisa estar descansado!! Sem tirar os olhos da tela do computador, ele responde meio entre os dentes: ─ Já estou indo... daqui a pouco... 22h 22h40 - Em algum, lugar dentro das instalações da empresa Columbia, onde aconteceriam os testes, um celular emite uma campainha estridente e depois de insistir até o terceiro toque é finalmente atendido. ─ Pois não grão-mestre? - Pausa de alguns segundos – Perfeitamente, está tudo devidamente preparado. Amanhã na hora programada colocaremos o plano em ação. - Mais uma vez faz silêncio para ouvir. – Sim, eu mesmo conferi todos os dados e na hora certa o software agirá por conta própria. - Pausa mais longa. ─ Fique
  9. 9. Descendo pela toca tranquilo, entendo a importância desta ação e não deixarei que nada intervenha. Acompanharei tudo de perto com livre acesso ao servidor principal durante toda a experiência. - A voz fica embargada e o tom mais solene. ─ Faço um juramento grão-mestre, amanhã o mundo inteiro perceberá o quanto está perdido e vulnerável, principalmente quando milhões, ou talvez bilhões, vierem a sucumbir diante de uma força inesperada...
  10. 10. Júlio César de Castro Ferreira 7h45 - O dia amanhece bem agitado para os participantes do evento. Depois de passarem por uma breve coletiva de imprensa, foram encaminhados para o local onde o teste efetivamente aconteceria. Tratava-se de uma das instalações de pesquisa da Columbia. O gigantesco prédio, associado a uma arquitetura deslumbrante, era realmente de impressionar. As instalações eram muito modernas, dotadas de alta tecnologia, com as suas funções totalmente controladas via software. Logo na entrada, os visitantes foram recepcionados pelo Dr. Samael, um dos principais cientistas, especialista em inteligência artificial e responsável pelo projeto. Era um homem alto e magro, olhos e cabelos negros, pele clara e constante sorriso no rosto. Demonstrava muita simpatia e rapidamente deixou todos muito à vontade. O próprio Dr. Samael os conduz pelos corredores do enorme prédio até que finalmente chegarem a um espaçoso laboratório. Quando entram, Christian sente todos os pelos do seu corpo arrepiarem devido ao frio intenso que tomava o recinto. Dentro do laboratório, mais sete pessoas responsáveis pelo projeto também recepcionaram com simpatia o grupo de participantes. Três deles se destacavam mais por serem assistentes
  11. 11. Descendo pela toca diretos do Dr. Samael. Lilian era uma mulher pequena e magra, tinha cabelos pretos bem curtos e usava óculos enormes, cujo tamanho era um pouco desproporcional ao seu rosto. Vitor também era magro e de baixa estatura. Seus cabelos eram ruivos e sua pele bem clara, repleta de pequenas manchas em sua extensão. Já Augusto, que era o mais comunicativo, destoava totalmente do grupo, pois parecia um ator de cinema. Porte atlético, olhos azuis, cabelos castanhos e pele bronzeada. Sua dicção parecia ser de um locutor profissional, e, por esse motivo, era o porta-voz oficial da equipe. Esbanjando simpatia, ele diz algumas palavras de boas-vindas e motivação. Depois chamar a atenção de todos, o Dr. Samael retoma os procedimentos. Para que pudesse explicar com mais detalhes o que seria realizado naquele dia, os participantes são direcionados para poltronas que estavam próximas a aparelhos bem esquisitos. Tomados de grande expectativa, os participantes sentam-se em suas respectivas poltronas reclináveis, atentos à explicação. Os responsáveis e parentes dos jogadores são conduzidos e confortavelmente acomodados em uma sala anexa ao laboratório, cuja parede era de vidro, possibilitando assim que eles pudessem acompanhar os testes ao vivo. Depois que todos estão acomodados e atentos, a Dra. Lilian toma a palavra e dá início a sua parte na explicação. ─ Antes de começarmos a fase prática dos testes é interessante que todos conheçam alguns detalhes sobre o jogo, o que inclui a parte literária, ou seja, qual é a história do mundo chamado Solaris, tema principal do videogame em questão.
  12. 12. Júlio César de Castro Ferreira Esboçando um discreto sorriso de satisfação, ela aciona o vídeo explicativo. No mesmo instante uma tela holográfica se abre exibindo imagens narradas por uma voz feminina: “Solaris... um planeta muito distante da Terra, não só em relação à sua posição no espaço sideral, mas também distante em várias particularidades, que o faz muito diferente do planeta azul. O planeta Solaris é regido pelas mesmas leis naturais da Terra. Seus habitantes desenvolveram o seu conhecimento, a sua civilização e a sociedade vigente ao longo de muitos séculos. Porém existe uma grande diferença nos caminhos que foram tomados durante esse desenvolvimento. Diferente do que aconteceu no planeta Terra, em Solaris não houve a divisão entre o espiritual e o científico. Não existe a distinção entre as leis místicas e as leis físicas, ou seja, magia e ciência foram desenvolvidas em conjunto, como as duas asas de um mesmo pássaro, misturadas na sua aplicação prática. Os solarianos sempre acreditaram que só é possível controlar todos os elementos e aspectos da natureza utilizando as duas polaridades. Apesar de atualmente dominar uma avançada tecnologia, Solaris é um mundo que no passado foi assolado por guerras entre reinos, que buscavam obter o controle sobre o conhecimento absoluto, sobre os recursos naturais de seu planeta e o estabelecimento de um reino único, comandado por apenas um soberano. Certo dia, esse objetivo foi finalmente alcançado e o grande herói Arimã, mestre do reino de Dracoma, consegue estabelecer o
  13. 13. Descendo pela toca poder unificado, sob uma única bandeira. Porém, depois de anos de conflito, o resultado foi a destruição quase completa dos recursos naturais, desencadeada pelos diversos desastres provocados artificialmente, como terremotos, vulcões e maremotos. A consequência foi uma redução drástica da população mundial e a inviabilidade de se viver na superfície do planeta, devido aos altos índices de radiação e diversos outros problemas relacionados ao desequilíbrio da natureza. No auge da crise e do sofrimento dos habitantes de Solaris, uma respeitada vidente, tida como o mais famoso oráculo do planeta, revela a profecia que definiria o destino da civilização. Suas palavras rapidamente se espalharam, tornando-se a grande esperança da população, e parte de sua cultura durante quase três mil anos. A profecia falava sobre um escolhido que reinaria em Solaris com poder jamais visto anteriormente, e que esse soberano acabaria com o sofrimento de todos, levando os seus habitantes para um novo mundo, uma terra prometida, um novo planeta onde teriam de volta todos os recursos perdidos, um novo recomeço para Solaris. A profecia era representada por um grande livro sagrado. Segundo o oráculo, sete selos seriam quebrados até que o livro fosse totalmente aberto e as previsões se concretizassem. Cada selo representa acontecimentos que evidenciam o cumprimento da profecia, e o significado de cada um foi guardado secretamente, sendo de conhecimento apenas dos altos sacerdotes e das castas que formavam a elite de Solaris. Depois de quase três mil anos vivendo nos subterrâneos, muitas foram as alterações genéticas que ocorreram para os solarianos se
  14. 14. Júlio César de Castro Ferreira adaptarem às novas condições, algumas como consequência da exposição à radiação gama, porém a maioria delas promovidas em laboratório, por meio do avançado conhecimento de engenharia genética que eles dominavam. Sua aparência atual, apesar de humanoide, lembra muito os répteis, com pele escamada e olhos em fenda. Sua reprodução não acontecia mais de forma natural, mas sim em laboratório, mediante processo totalmente controlado. É unânime entre os solarianos que o atual soberano do planeta, Leviatan, descendente direto de Arimã, é o tão esperado escolhido, e que eles estavam testemunhando o cumprimento da lendária profecia. Principalmente depois que os clérigos, com a ajuda de seu líder supremo, conseguiram estabelecer um portal dimensional entre o seu mundo e um planeta que tem as condições naturais muito similares às encontradas originalmente na atmosfera de Solaris, um planeta azul chamado Urântia. O único inconveniente era a raça inferior que se proliferava em sua extensão, uma população de humanos que precisava ser subjugada para o propósito maior. Porém este é um percalço já esperado pelos solarianos, por que, segundo a profecia, o reinício de Solaris não aconteceria sem que a guerra fosse novamente estabelecida. No planeta Terra, ou Urântia, como é registrado nos protocolos do universo local de Nébadon, o conselho guardião do equilíbrio universal elege soldados especiais, agraciados pelos seres superiores com os poderes dos elementos da natureza. Eles foram convocados para impedir que os planos dos solarianos alcancem o sucesso almejado. Sua ordem de combatentes é formada pelas mais poderosas classes do seu mundo, treinados exaustivamente para enfrentarem as
  15. 15. Descendo pela toca terríveis ameaças que as hordas invasoras possam produzir. Esses soldados à serviço do equilíbrio universal são os mais preparados guerreiros que o planeta pode contar, dotados de habilidades sobrehumanas e corações altruístas. Tratam-se de legítimos heróis que foram denominados pelos planos superiores como a Liga de Urântia” Assim que o vídeo termina, a Dra. Lilian se manifesta passando a palavra para o Dr. Samael. – Bem, esta é a base literária do jogo, porém é importante destacar que existem textos mais detalhados, contanto sobre a história da formação da Liga de Urântia, sobre a mitologia e as profecias solarianas, detalhes sobre os personagens e outros conteúdos interessantes para os fãs do jogo. Focando agora na aplicação prática, hoje o planejado é que o teste tenha basicamente duas fases. - Explica Samael. – Na primeira, vamos focar mais na capacidade de jogabilidade dos personagens, ou seja, vamos criar uma missão básica e vocês terão a oportunidade de testar movimentos e habilidades em plena ação. Na segunda fase, o foco será testar a capacidade da inteligência artificial de criar missões baseadas em informações do mundo real. O objetivo é a possibilidade de criar missões que proporcionem aos jogadores aprendizados interessantes com cunho educacional. Por exemplo, depois que a IA estiver ligada aos servidores do Google, será possível criar uma missão que se passa no espaço sideral, dentro de conceitos da astronomia, visando ensinar aspectos dessa disciplina aos participantes. Ou ainda uma missão que faça os jogadores cumprirem tarefas no passado, aprendendo mais sobre a história das civilizações.
  16. 16. Júlio César de Castro Ferreira Ou seja, basta sugerir um tema para a IA, e ela vai criar uma missão dentro do cenário e objetivos determinados. A excitação era evidente, não só entre os jogadores, mas também entre os responsáveis pelo teste. Esta versão de jogo poderia revolucionar conceitos em vários setores da sociedade, dentre eles o de entretenimento e o educacional. 8h35 - Depois de repassarem algumas vezes todos os procedimentos a Dra. Lilian coloca os capacetes neurais nos cinco participantes e inicia a contagem regressiva para o acionamento do jogo. Quando a contagem chega ao seu ápice, chama à atenção de Christian o som dos processadores funcionando nas entranhas dos computadores. Repentinamente um pequeno ponto de luz surge em sua tela mental. O ponto vai aumentando gradativamente e quando chega a certo tamanho explode em um clarão. Christian tem a sensação de estar flutuando em um oceano de luz por alguns instantes. Vagarosamente a luminosidade vai diminuindo. Em poucos instantes, ele sente uma irresistível vontade de abrir os olhos, e, ao fazê-lo, percebe que sua visão estava bem turva ainda. Além disso, era tomado por uma estranha sensação de parecer ter centenas de quilos. Antes que ele pudesse se perguntar o que estava acontecendo uma voz clara e firme surge dentro da sua cabeça: – Procurem se movimentar lentamente e evitem movimentos mais bruscos neste período de adaptação” - Era o Dr.Vitor, um dos assistentes de Samael, que fazia o papel de orientador e se
  17. 17. Descendo pela toca comunicava com os participantes diretamente do laboratório onde ocorria a experiência. Depois de alguns instantes, a visão de Christian vai aos poucos se normalizando, e quando finalmente fica clara ele consegue olhar em volta e enxergar os outros participantes que também estavam se adaptando. Todos se entreolham por alguns instantes para finalmente explodirem em uma prolongada gargalhada. Christian achava incrível o fato de como parecia real que ele havia trocado de corpo. Olhando para si mesmo e se vê vestindo uma túnica azulada, cujas fibras pareciam ser feitas de metal reluzente, com cristais em algumas partes. Cobrindo a sua cabeça havia um capuz que fazia parte de uma longa capa, vestida a partir de seus ombros. Christian percebe também que seu corpo tinha quase dois metros de altura, com músculos bem desenvolvidos. Sua mão esquerda segurava um cajado que tinha em sua ponta uma imagem esculpida de um brilhante dragão em miniatura. Cada jogador recebeu um personagem com características muito particulares, de acordo com o tipo de classe que estavam acostumados a jogar. Christian iria jogar com um sacerdote, um personagem que possuía capacidades curativas, dotado de poderes espirituais e mágicos, principal responsável em prestar assistência à equipe. Curioso com a aparência dos outros jogadores Christian olha em volta até que sua visão encontra Lucky, que estava à sua esquerda. Ele vestia uma incrível armadura de metal polido, detalhadamente talhada com brasões e imagens geométricas. Ao olhar mais atentamente, ele vê uma enorme espada presa na cintura de Lucky,
  18. 18. Júlio César de Castro Ferreira Cada jogador recebeu um tipo de personagem com características muito particulares... Curioso com a aparência dos outros jogadores Christian olha em volta...
  19. 19. Descendo pela toca que emitia brilho constante através das ranhuras e jóias que a enfeitavam. O personagem que ele estava jogando é um guerreiro, que tem como principal ponto forte o combate corpo a corpo e a capacidade de causar grandes danos nesta distância. Mais adiante, Christian foca a sua atenção em Miriam. Suas vestimentas eram bem diferentes e lembrava uma espécie de manto ornado de cor marrom com detalhes lilás, cobrindo algumas partes de um corpo escultural. Ela segurava em sua mão esquerda um grimório, uma espécie de livro mágico que tinha capa espessa repleta de símbolos e inscrições. Miriam jogaria como Maga, e sua principal característica era a utilização de magias diversas, principalmente as de defesa e ataque, capazes de causar grandes danos, além da aplicação de maldições que enfraquecem substancialmente seus alvos. Thomas também vestia um tipo de armadura feita de couro, com uma malha de metal por baixo. Ele portava um impressionante arco encantado, acompanhado por flechas que pareciam serem feitas de luz. O personagem de Thomas era o arqueiro, que tinha a capacidade de causar grandes danos a longa distância, além de ser o mais rápido e ágil dentre todas as classes. Quando os olhos de Christian mudam mais uma vez o foco e encontram Peter, ele não consegue disfarçar o susto que levara. Peter tinha a aparência de um Leão humanóide de quase três metros de altura, dotado com músculos assustadores. Ele vestia uma pesada armadura de metal rústico e mal acabado. Acomodado em suas costas estava um enorme machado com cabo longo que emitia uma espécie de brilho avermelhado. Peter estava no controle do Bárbaro, um personagem dotado de muita força física e altíssima resistência a
  20. 20. Júlio César de Castro Ferreira danos, capaz de suportar grandes ataques e causar enormes destruições em área. Depois que todos já estão mais controlados e adaptados, o orientador volta a se comunicar com os jogadores: – Ok pessoal, agora procurem se movimentar livremente, testando a coordenação dos personagens de acordo com os comandos emitidos. É importante deixar claro que os personagens começam com as habilidades básicas, e as habilidades avançadas devem ser conquistadas nas missões que vocês enfrentarão. Todos procuram se mover livremente. Depois de alguns testes Christian finalmente amplia mais o seu campo de visão, e, totalmente pasmo, enxerga o cenário que eles estavam inseridos. Seus pés pisavam um gramado verde de cor viva sob um céu azul que parecia ser feito de cristal. Ao fundo, uma linda cachoeira descia por uma montanha para depositar as suas águas em um belo lago de águas cristalinas. Um campo de flores se entendia no horizonte com algumas fenomenais árvores ao longo da colina. De frente ao grupo de participantes havia uma construção cuja arquitetura lembrava a egípcia. Onde parecia ser a entrada, havia um portal feito de energia azulada. Ao lado da entrada tinha um totem de pedra, com rostos talhados em toda a sua extensão. Quando todos estavam se perguntando o que era aquela construção, a voz do orientador surge novamente: “Esta é a central das missões. É por meio dela que vocês poderão adquirir ou criar missões com objetivos específicos. Ao tocar no totem uma tela e um teclado virtual surgirão, e através deles é possível
  21. 21. Descendo pela toca determinar alguns parâmetros para que a IA do jogo possa criar uma nova missão. Vocês podem sugerir um objetivo dentro dos parâmetros do jogo e a IA criará uma missão para que seja possível tentar atingi-lo. Porém, todos os jogadores têm à disposição uma interface holográfica individual, composta por um monitor e um teclado, podendo ser acionada a qualquer momento do jogo por um comando mental. Isso possibilita que sejam determinados novos parâmetros para a missão em andamento, além de pesquisas quando for o caso de missões com objetivos educacionais. Nesta primeira fase nós usaremos missões que já estão criadas e prontas para jogar. Peço que alguém escolha uma delas para iniciarmos os testes.” Miriam toma a iniciativa de se aproximar do totem tocando-o, e tudo acontece conforme havia sido explicado. Ao clicar em “opções de missões prontas” aparece o seguinte menu: - Eliminação de monstros. - Conquista de novas habilidades. - Conquista de territórios. - Conquista de construções usuais. O orientador prossegue com a sua explicação: – Escolham uma missão de conquista de novas habilidades, para que vocês possam ter acesso a poderes mais avançados.” - Miriam
  22. 22. Júlio César de Castro Ferreira obedece, e logo após ela ter escolhido esta opção um intenso clarão azulado envolve os participantes, da mesma cor da energia do portal de entrada, teletransportando-os para o local em que a missão aconteceria. Instantaneamente o grupo aparece no meio de uma enorme e escura floresta de bambus, que para a intranqüilidade dos jogadores emitia sons sinistros, além de vultos assustadores que surgiam e desapareciam constantemente. Informações aparecem no campo de visão dos participantes com detalhes sobre a missão: - Enunciado da missão: Os solarianos andaram fazendo experiências genéticas em um laboratório secreto construído em meio à floresta de bambu em Yinbin, na China. Devido ao fracasso de vários desses experimentos eles tiveram que abandonar as instalações, que assim como a área florestal ao seu redor, foi totalmente tomada por seres mutantes. O objetivo é encontrar dentro do prédio abandonado os registros do plano de invasão dos solarianos. - Missão inicial: Atravessar a floresta de bambus e encontrar a entrada para o laboratório abandonado dos solarianos. - Missão principal: Encontrar os planos sobre a invasão dentro de uma caixa que está no laboratório. (A imagem da caixa é demonstrada na tela mental dos jogadores) - Ameaças: * Duendes mutantes * Zumbis mutantes* - Localidade: Floresta de bambu em Yinbin - China.
  23. 23. Descendo pela toca Christian engole seco quando se dá conta do que tinham pela frente. Ele estava acostumado a vencer desafios desse tipo, mas nunca nesse nível de imersão. Tudo parecia extremamente real, e é inevitável que o medo surja com intensidade avassaladora. Mais uma vez a voz do orientador ecoa pela mente de todos: “Uma informação importante. Caso um dos participantes morra durante a missão, o mesmo ficará em estado de animação suspensa até que a missão termine, ou até que seja ressuscitado.” – E como ele pode ser ressuscitado? - Pergunta Thomas demonstrando nítida preocupação. Depois de alguns segundos o orientador responde: “Apenas o sacerdote pode ressuscitar outro personagem eliminado. Porém, trata-se de uma habilidade avançada que ainda precisa ser conquistada.” Quase que interrompendo o orientador uma contagem regressiva começa, indicando o início da missão, e quando termina, o grupo avança rapidamente na floresta. Lucky vai na frente atento a todos os movimentos pelo caminho e depois de uma breve parada ele pergunta: – Como saberemos a direção certa? A floresta é enorme, não tenho ideia para onde ir. Tomando a dianteira da equipe o enorme leão humanóide que Peter estava jogando abaixa-se e se põe a farejar o caminho.
  24. 24. Júlio César de Castro Ferreira – Sinto um cheiro forte de metal naquela direção, pode ser que sejam partes do prédio abandonado. - Exclama Peter procurando interpretar o que estava farejando. – Então vamos nessa direção! - Christian toma a iniciativa começando a caminhada. Peter que havia tomado a dianteira da equipe procura assumir a posição de batedor, por suportar mais danos no caso de um ataque surpresa. Depois de adentrados alguns metros, o grupo se assusta com sons estridentes que ecoam pela floresta. Todos empunham as suas armas e em poucos segundos identificam a origem de todo aquele barulho. – Duendes mutantes - Murmura Thomas enquanto posiciona uma flecha em seu arco e fita os pequenos seres que os cercavam. Apesar da pequena estatura, os duendes eram assustadores, tinham a pele escura, vestiam armaduras e portavam pequenas adagas em suas mãos. Surpreendendo a todos, Peter solta uma sinistra gargalhada e sacudindo o seu enorme machado grita: – É isso aí galera, viemos aqui para isso... a diversão está no ar!! Vamos acabar com eles!! O bárbaro finaliza seu grito de guerra com um sonoro rosnado e, avançando nos duendes com um golpe de machado, arremessa três deles a vários metros de distância. Christian procura se posicionar para o combate quando ouve objetos em altíssima velocidade passando sobre o seu ombro esquerdo e atingindo alguns duendes que se aproximavam. Eram as flechas de Thomas que acertaram precisamente os atacantes tirando-os totalmente de combate.
  25. 25. Descendo pela toca Lucky empunha sua espada e golpeia com extrema agilidade todos os que tentavam entrar no perímetro que ele determinou, porém surgiam cada vez mais duendes e parecia que não acabariam nunca. – Eles são muitos! - Grita Lucky. – Vamos prosseguir na direção indicada, não devemos ficar parados aqui, temos que achar o laboratório! - Diz Miriam, enquanto conjura uma rajada de magia na direção de um grupo de duendes para abrir caminho. A equipe toda corre na mesma direção, enquanto os duendes pareciam brotar de todos os lados. Ao mesmo tempo que golpeavam os que entravam em seu caminho o grupo procurava desesperadamente a entrada da caverna, quando de repente Thomas chama a atenção de todos: – Ali há uma clareira em meio às árvores! Deve ser ali! Quando eles conseguem adentrar a clareira a suspeita se confirma. Uma enorme construção surge diante dos seus olhos, iluminada por algum tipo de tecnologia desconhecida para os terráqueos. Todos avançam rapidamente em direção à entrada. Porém, inesperadamente, centenas de duendes se colocam em posição ameaçadora no caminho deles. – Não vamos conseguir passar! - Grita Miriam com o desespero estampado em sua voz. – Vamos sim! - Responde Lucky enquanto corre na direção dos duendes. - Quando eu paralisá-los, corram para dentro da construção!
  26. 26. Júlio César de Castro Ferreira Diz Miriam enquanto conjura uma rajada de magia na direção de um grupo de duendes para abrir caminho.
  27. 27. Descendo pela toca Uma das habilidades básicas do guerreiro é a paralisação por alguns segundos de todos os adversários que estiverem em um raio de 15 metros, o que seria tempo suficiente para todos passarem. Lucky invoca o seu poder e, conforme esperado, os duendes ficam atordoados, tempo suficiente para que a equipe avance. Mas quando o grupo chega às ruínas, a paralisação termina o efeito, e os duendes partem para cima do guerreiro cercando-o de todos os lados. Aos gritos, Miriam exclama: – Mas e o Lucky? Ele não vai conseguir chegar! Com um tom quase mórbido, Thomas responde: – Não tem mais jeito, ele se sacrificou pela missão. Miriam fita Thomas e seu olhar demonstra indignação com o seu comentário, e com a voz trêmula afirma: - Não! Não vou deixar isso acontecer! Miriam sai novamente das ruínas e vai na direção de Lucky, e depois de conjurar algumas palavras mágicas surge do chão um gigantesco dragão chinês de água, medindo dez metros. A impressionante criatura sobe até uma certa altura para depois mergulhar no meio dos duendes que golpeavam Lucky, arremessando bruscamente os agressores para longe. Miriam olha atentamente e percebe que o corpo de Lucky estava inanimado ao chão. Repentinamente surge uma mensagem em sua tela mental: – O Player Lucky foi eliminado. Com muita velocidade os duendes se reorganizam e partem na direção de Miriam, que agora corre desesperadamente para dentro do
  28. 28. Júlio César de Castro Ferreira prédio. Vários duendes agarram as suas pernas derrubando-a enquanto a estocavam com suas afiadas adagas. – Eu avisei que não tinha mais jeito - Murmura Thomas ironicamente, enquanto dispara várias flechas em um ataque de área, atingindo os duendes que seguravam Miriam. Ela consegue se libertar e dá alguns passos, aparentemente sem forças. Percebendo a sua situação, Peter corre na direção da maga e tomando-a nos braços parte desesperadamente para dentro. Todos se posicionam esperando a próxima investida dos duendes, porém, inesperadamente eles param diante da entrada e em meio a grunhidos permanecem no mesmo lugar. Para o alívio de todos, aparentemente eles não entravam na construção... Só restava descobrir porque. Subitamente o sistema faz outro anúncio sobre a situação do jogo: – Missão inicial cumprida! – Ela ficou muito ferida, está praticamente sem energia vital! Afirma Thomas ao olhar com mais calma para Miriam. – Os duendes causaram muitos danos nela. - Havia vários ferimentos pelo corpo da maga, infringidos pelas afiadas adagas dos duendes. Embora não sentisse dor, o seu corpo virtual danificado não respondia mais tão bem aos seus comandos. Christian se aproxima empunhando o cajado, e depois de murmurar algumas palavras uma intensa luz sai de suas mãos em direção a Miriam, envolvendo-a completamente. Aos poucos, os ferimentos vão se regenerando e em alguns instantes ela está totalmente recuperada.
  29. 29. Descendo pela toca – Capacidade de cura, uma das habilidades básicas do sacerdote - Afirma Christian em tom de brincadeira, levando todos a rirem juntos e aliviando a tensão. Miriam se levanta e enquanto se recompunha um sonoro grunhido interrompe o momento de descontração. Todos ficam imediatamente sérios e Christian se pergunta se aquele grunhido era a razão dos duendes não entrarem lá. Por dentro a construção parecia um labirinto. Era repleta de galerias e corredores. Além disso, a iluminação era péssima, o que dificultaria muito a tarefa de encontrar a caixa solariana. Mal os jogadores começaram a avançar pelos seus corredores, acontece o que eles mais temiam. Surge um grupo de aproximadamente dez zumbis mutantes com quase dois metros de altura portando enormes porretes improvisados. O musculoso corpo masculino estava vestido o que parecia ser os restos de um uniforme. A fisionomia deformada era assustadora e, para piorar, todos grunhiam ferozmente sacudindo suas armas de sucata. Os monstros avançam com grande velocidade para cima dos personagens e o pânico toma conta de todos. Quando Thomas percebe a situação desfavorável, ele escolhe um dos corredores e corre em disparada gritando: – Agora é cada um por si! Influenciado pelo medo, o grupo se divide. Todos correm em direções diferentes, com exceção de Miriam. – Não, esperem! Não se Player: do inglês, jogador. Dentro do contexto dos jogos on-line, player é quem está por trás do personagem, aquele quem controla o ser digital. Ataque em área: Dentro do MMORPG é definição de um ataque que atinge vários alvos que estejam dentro de uma área específica.
  30. 30. Júlio César de Castro Ferreira separem!! - Mas já era tarde, e Miriam não teve outra alternativa que não fosse escolher um caminho e seguir por ele. Curiosamente a maioria dos zumbis corre atrás dos que partiram primeiro, ficando apenas um deles em seu caminho. Invocando um ataque mágico que atinge em cheio o monstro, ela consegue avançar com velocidade pelo comprido corredor. Conforme corria desesperadamente por um caminho que ela não tinha certeza onde iria dar, mensagens iam surgindo em sua tela mental informando a situação de sua equipe: – O player Thomas foi eliminado. Miriam fica ainda mais desesperada. Subitamente, o corredor termina em um enorme abismo que separava duas margens. A maga olha com atenção e percebe que do outro lado está o objetivo principal: a caixa que guardava os planos de invasão dos solarianos. – O player Christian foi eliminado. - Informa novamente o sistema. Olhando para trás ela se dá conta que, aproximadamente, uma dúzia de zumbis estava vindo em sua direção. Sem saber se o seu plano iria dar certo ela invoca um encantamento de arremesso com o objetivo de se projetar pelo abismo até o outro lado. Ela apressa as palavras de conjuração, conforme os monstros se aproximam rapidamente. O som assustador que aumentava cada vez mais indicava que eles estavam muito próximos. Tomada pelo desespero, ela fecha os olhos para manter a concentração. “Não vai dar tempo” - Pensa ela. Porém, subitamente, outro rugido interrompe os grunhidos dos zumbis e por algum motivo eles são retardados em
  31. 31. Descendo pela toca instantes. Sem olhar para trás para ver o que acontecia, Miriam consegue concluir a conjuração que a arremessa por cima do abismo, e assim que ela toca o outro lado aparece em sua tela mental outra mensagem: – O player Peter foi eliminado. Olhando atentamente para onde ela estava, conclui que Peter havia lhe dado o tempo precioso que precisava para concluir o encantamento e atravessar o abismo. Antes que ela pudesse se lamentar pelo seu sacrifício, outros zumbis surgem de portas escuras à sua volta. Miriam corre mais uma vez na direção da caixa com os monstros na sua cola, e poucos momentos antes deles conseguirem lhe alcançar ela toca o perseguido objeto. Instantaneamente é teletransportada para frente da Central de Missões e mais uma mensagem surge: – Missão principal cumprida! Logo em seguida os outros jogadores foram aparecendo um por um. O grupo se entreolha por alguns instantes até que Lucky quebra o silêncio: – O que aconteceu? Miriam sorri orgulhosamente e aponta para a caixa que está no chão, diante dela. – A missão principal foi cumprida, consegui pegar os planos. - Responde ela exibindo um sorriso radiante de alegria.
  32. 32. Júlio César de Castro Ferreira Miriam corre mais uma vez na direção da caixa com os monstros na sua cola, e poucos momentos antes deles conseguirem lhe alcançar ela toca o perseguido objeto.
  33. 33. Descendo pela toca Todos se alegram instantaneamente e comemoram a breve vitória, até que Lucky faz outra pergunta: – Onde estávamos antes de aparecermos aqui? Era um lugar muito escuro, não víamos nem sentíamos nada. Respondendo à pergunta de Lucky, Dr. Vitor, o orientador, novamente se manifesta. – Este é o limbo, um local onde os jogadores ficam em animação suspensa quando são eliminados, até que possam voltar para o jogo, como aconteceu agora ao terminar a missão. – Que por muito pouco não conseguimos cumprir! - Exclama Thomas com tom de ironia, ainda chateado por ter sido eliminado. Ignorando o comentário ranzinza do arqueiro, o orientador prossegue: – Agora que a missão foi cumprida vocês podem abrir os livros que foram inseridos na bolsa pessoal e obter as novas habilidades conquistadas. Sem perder tempo Miriam leva a mão direita na sua bolsa e percebe que realmente havia surgido um livro lá. Tomada pela curiosidade, ela o retira para ver a sua aparência. A capa era bem enfeitada e o seu nome estava escrito nela, assim como nos de todos os outros, deixando claro que eram especialmente personalizados. Thomas foi o primeiro a abrir o seu, e quando o fez, uma intensa luz esverdeada sai do livro, envolvendo-o totalmente. Ele dá uma risada e diz: – Irado!!! Aprendi uma nova habilidade chamada “Chuva de Player: do inglês, jogador. Dentro do contexto dos jogos on-line, player é quem está por trás do personagem, aquele quem controla o ser digital.
  34. 34. Júlio César de Castro Ferreira flechas”. É um ataque que atinge vários inimigos com flechas poderosas vindo de cima. - Conclui fazendo cara de orgulhoso. Na sequencia todos fazem a mesma coisa, cada um aprendendo a sua nova habilidade e realizando os devidos testes. Depois de alguns momentos, o orientador sugere que escolham outras missões para que pudessem melhorar as suas habilidades visando estarem mais preparados para a próxima fase de testes. Miriam mais uma vez toma a iniciativa e opera o totem de missões para escolher o próximo desafio do grupo. 12h 12h20 - Depois de passarem algumas horas desvendando as missões disponíveis e aprimorando os poderes, finalmente o Dr. Vitor informa que eles fariam uma pausa nos testes e os jogadores são desconectados retornando a consciência em seus corpos. Enquanto isso, todos trabalham àvidamente no laboratório medindo e acompanhando os dados gerados nas primeiras missõesteste que a equipe havia realizado. Passada essa primeira fase, eles trabalhavam na preparação da fase seguinte, quando a IA seria ligada aos servidores do Google e da NASA, dando-lhe a possibilidade de criar missões baseadas em informações reais, como já havia sido explicado anteriormente pelo Dr. Samael. Jaqueline, a irmã de Christian, estava muito empolgada com tudo aquilo. Ela estudava programação 3D, uma área que era verdadeiramente apaixonada, e pretendia se aprofundar no universo do videogame para realizar o seu sonho de trabalhar diretamente com desenvolvimento dos mais diferentes entretenimentos virtuais. Para
  35. 35. Descendo pela toca Jaqueline era irresistível querer ficar bem próximo da análise dos resultados e fazer muitas perguntas. Todos os pais e responsáveis dos participantes ficaram comportados em seus lugares, mas não foi o caso de Jaqueline. Ela praticamente invadiu o laboratório e agia como se fizesse parte da equipe. Tirando o Dr. Samael que dava atenção à imprensa e à diretoria da Columbia, Lilian e Vitor reagiram bem a isso, e até que foram receptivos com a presença da jovem acadêmica empolgada. Porém, Augusto não gostou nada da situação e procurou deixar isso muito claro para todos. Mas, mesmo percebendo a agressividade do pesquisador, Jaqueline preferiu ignorar e continuar com a sua participação quase forçada. Reagindo a situação, que para ele era incômoda, Augusto se dirigiu a um terminal um pouco mais afastado, virando totalmente de costas para todos, concentrado-se nas suas análises e ignorando os demais presentes. Os outros membros da equipe se entreolham um pouco desconcertados com a atitude do colega. Depois de alguns instantes, Jaqueline resolve se retirar do laboratório. Assim que ela saiu pela porta, Vitor interpela com certa dureza a forma como Augusto agiu. – Realmente era necessário tratar a moça da maneira como você fez? É difícil entender que é uma jovem empolgada com essa profissão, e que só quer aproveitar a oportunidade? Sem tirar os olhos do monitor, Augusto responde com certa frieza:
  36. 36. Júlio César de Castro Ferreira – Não sei se é percebido por todos, mas o que estamos fazendo aqui é de grande importância. Estamos lidando com uma IA sem precedentes, um projeto confidencial e único, que interage com os poderosos servidores do Google e da NASA. Isso sem falar na vida desses adolescentes que estão diretamente envolvidas. Também não sei se deram conta, mas muitos são os detalhes e riscos desse projeto, e não podemos nos dar ao luxo de errar ou abrir a guarda. Vitor respira profundamente e tentando manter o tom de voz mais ameno responde com tranquilidade: – Vamos procurar saber se o verdadeiro líder desse projeto concorda com isso. Até onde eu sei é ele quem manda. - Um mórbido silêncio se faz no laboratório e todos focam a sua concentração na análise dos dados fazendo de conta que nada estava acontecendo. Durante os preparativos para o início da próxima, etapa os jogadores e os seus responsáveis são encaminhados para outro ambiente onde estava sendo servido o almoço. Enquanto todos comiam e conversavam animadamente, Peter não parava de falar sobre o que tinham acabado de experimentar. Todos estavam muito empolgados e já procuravam imaginar o que mais teriam pela frente na segunda fase do teste. Christian percebe que Miriam estava um pouco mais afastada e falava com alguém ao celular. Ele se pega admirando a sua beleza, memorizando os detalhes de seus lábios, olhos, formato de queixo... Instantaneamente ele pensa na sua personalidade, que ele teve a oportunidade de conhecer melhor nas missões, e o quanto admirava a sua determinação e sensibilidade. Sim, ele percebia com muita clareza que se sentia atraído por ela. Depois de soltar um longo suspiro, disfarça e continua comendo o macarrão que estava em seu prato.

×