O PAPEL POLÍTICO DOS PARLAMENTARES DA ALMG E DA CMBH Pesquisa Política
Introdução <ul><li>As visitas à Assembléia Legislativa de Minas Gerais e à Câmara Municipal de Belo Horizonte aconteceram ...
O que nos chamou atenção <ul><li>A facilidade de entrar na ALMG e na CMBH para conversar com os parlamentares. </li></ul><...
Algumas conclusões... <ul><li>Ao todo, entrevistamos 3 assessores, 1 chefe de gabinete, 1 vereador e 1 deputado. </li></ul...
Algumas conclusões... <ul><li>A religião predominante de nossos entrevistados é a católica, contando com apenas dois prote...
Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG somente um dos entrevistados relatou que além de ocupar cargo de deputado, exerce ta...
Algumas conclusões... <ul><li>Em relação ao que foi respondido no questionário, percebemos estranheza ou constrangimento p...
Algumas conclusões... <ul><li>Ao serem questionados sobre as principais atribuições dos parlamentares da ALMG, os três ent...
Algumas conclusões... <ul><li>Ao responderem sobre os trabalhos realizados pelos políticos de Minas Gerais e no município ...
Algumas conclusões... <ul><li>Quando questionados sobre qual seria a melhor maneira de despertar maior interesse e credibi...
Algumas conclusões... <ul><li>Todos avaliaram seus próprios desempenhos como satisfatórios. </li></ul><ul><li>Os principai...
Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, sobre o papel sociopolítico desempenhado pelos parlamentares nas ações públicas jun...
Questão 11 <ul><li>Voltar   </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda Na sua opinião, como o Sr(...
Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, sobre o papel sociopolítico desempenhado pelos parlamentares nas ações públicas jun...
Algumas conclusões... <ul><li>Todos entrevistados na ALMG disseram que os mecanismos que o poder público poderia implement...
Algumas conclusões... <ul><li>Sobre a representatividade/imagem que os políticos apresentam, a maioria dos entrevistados d...
Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, quando questionados sobre a proibição de candidaturas de candidatos nas eleições ao...
Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, as opiniões de diferem mais ainda. </li></ul><ul><ul><li>Um afirma que é necessário...
Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, sobre as ações que os políticos juntamente com o poder público poderiam implementar...
Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, a necessidade de se atender a pré-requisitos como “nível de escolaridade e competên...
Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, as opiniões são as seguintes: </li></ul><ul><ul><li>Um diz ser relativo e que na ve...
Para finalizar <ul><li>Com essas visitas e entrevistas concedidas, podemos perceber que existe um mito, no qual a populaçã...
Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
Sites <ul><li>Assembléia Legislativa de Minas Gerais </li></ul><ul><ul><ul><li>http://www.almg.gov.br/ </li></ul></ul></ul...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Papel Político Dos Parlamentares da ALMG e da CMBH - Ciência Política

935 visualizações

Publicada em

Conclusões sobre a pesquisa política realizada na Assembléia Legislativa de Minas Gerais e Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Grupo: Danielle Loschiavo, Dione Petterson, Gabriela Barbosa, Marcely Veiga, Markellen Bonato e Pedro Godoy.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
935
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Papel Político Dos Parlamentares da ALMG e da CMBH - Ciência Política

  1. 1. O PAPEL POLÍTICO DOS PARLAMENTARES DA ALMG E DA CMBH Pesquisa Política
  2. 2. Introdução <ul><li>As visitas à Assembléia Legislativa de Minas Gerais e à Câmara Municipal de Belo Horizonte aconteceram no dia 11/11/2009, quarta-feira. </li></ul><ul><li>Objetivo: “avaliar as atribuições dos parlamentares da Assembléia Legislativa de Minas Gerais e da Câmara Municipal de Belo Horizonte”. </li></ul><ul><li>Para a Assembléia, foram Markellen Bonato, Gabriela Barbosa e Pedro Godoy. Para a Câmara, Danielle Loschiavo, Dione Petterson e Marcely Veiga. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  3. 3. O que nos chamou atenção <ul><li>A facilidade de entrar na ALMG e na CMBH para conversar com os parlamentares. </li></ul><ul><li>Entretanto, não foi fácil encontrar os parlamentares em suas salas. </li></ul><ul><li>Nenhum dos entrevistados mostrou resistência à entrevista e todos foram muito receptivos. </li></ul><ul><li>Apenas em um gabinete da Assembléia, notamos certa preocupação por parte dos assessores em saber o que seria perguntado e para qual fim. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  4. 4. Algumas conclusões... <ul><li>Ao todo, entrevistamos 3 assessores, 1 chefe de gabinete, 1 vereador e 1 deputado. </li></ul><ul><li>Apenas um entrevistado tem o nível de escolaridade é o Ensino Médio Completo, enquanto todos os outros têm Curso Superior Completo/Graduação ou Pós-Graduação. </li></ul><ul><li>Nenhum dos três entrevistados recebe menos que 4 salários mínimos (aproximadamente R$1860,00), chegando atingir até 15 salários mínimos (aproximadamente R$ 6975,00). </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  5. 5. Algumas conclusões... <ul><li>A religião predominante de nossos entrevistados é a católica, contando com apenas dois protestantes/evangélicos. </li></ul><ul><li>Dois deles ocupam o cargo pela primeira vez. </li></ul><ul><li>Todos alegam ter o hábito de atender as pessoas que comparecem em seu gabinete. E todos dizem que são com grande freqüência. </li></ul><ul><li>Todos consideram as suas condições de trabalho satisfatórias. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  6. 6. Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG somente um dos entrevistados relatou que além de ocupar cargo de deputado, exerce também a profissão de advogado. </li></ul><ul><li>Na CMBH, os três entrevistados relataram que além de ocupar cargo de vereador, exercem também a profissão de jornalistas e publicitário. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  7. 7. Algumas conclusões... <ul><li>Em relação ao que foi respondido no questionário, percebemos estranheza ou constrangimento para todos os entrevistados responderem quais eram suas rendas familiares e a questão sobre a faixa salarial dos políticos em relação a realidade socioeconômica dos brasileiros. </li></ul><ul><ul><li>Na ALMG, ambas foram respondidas com cautela e um dos entrevistados chegou a dizer que “algumas perguntas não podem ser respondidas” com um pequeno sorriso irônico no rosto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na CMBH, os três responderam que condiz e um dos entrevistados chegou a dizer “na Câmara é compatível, lá na Assembléia eu já não sei” . </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  8. 8. Algumas conclusões... <ul><li>Ao serem questionados sobre as principais atribuições dos parlamentares da ALMG, os três entrevistados tiveram a mesma opinião: legislar e fiscalizar o poder executivo . </li></ul><ul><li>Sobre as suas principais atribuições, os três entrevistados da CMBH tiveram a mesma conclusão: fiscalizar o dinheiro público . </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  9. 9. Algumas conclusões... <ul><li>Ao responderem sobre os trabalhos realizados pelos políticos de Minas Gerais e no município de BH, cinco dos entrevistados avaliaram como “bom” e alegam que “estão sendo realizados da melhor maneira possível”. </li></ul><ul><ul><li>Apenas um vereador disse que “tudo na vida existe o bom e ruim e que Minas não foge a regra, mas que isso é democracia, cabe a gente escolher” . </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  10. 10. Algumas conclusões... <ul><li>Quando questionados sobre qual seria a melhor maneira de despertar maior interesse e credibilidade por parte dos cidadãos sobre a política, as opiniões variaram. </li></ul><ul><li>Na Assembléia, disseram que a classe política precisa de mais “publicização” , pois a maioria das pessoas não acompanha os trabalhos realizados e por isso têm uma imagem negativa do parlamento. Outro alega que somente com representação mais digna e fiel. E o terceiro diz que através do trabalho e participação junto às comunidades a imagem da política brasileira, poderia melhorar. </li></ul><ul><li>Na Câmara as opiniões foram que os políticos deveriam manter a palavra e cumprirem o que prometeram antes de serem eleitos; prestação de contas com a comunidade e abertura para participação da população. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  11. 11. Algumas conclusões... <ul><li>Todos avaliaram seus próprios desempenhos como satisfatórios. </li></ul><ul><li>Os principais motivos citados que os fizeram ingressar na carreira política foram “ajudar ao próximo” , “desejo de fazer algo pela sociedade” e “gostar de política” . </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  12. 12. Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, sobre o papel sociopolítico desempenhado pelos parlamentares nas ações públicas junto às camadas populares da sociedade, mesmo falando que a questão é muito parecida com a Questão 11 do questionário, avaliaram como positiva, porém precisam de melhorias. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  13. 13. Questão 11 <ul><li>Voltar </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda Na sua opinião, como o Sr(a). Avalia os trabalhos realizados pelos políticos no estado de MG e no município de BH? Quais são as principais ações realizadas?
  14. 14. Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, sobre o papel sociopolítico desempenhado pelos parlamentares nas ações públicas junto às camadas populares da sociedade, dois entrevistados avaliaram como fundamental observar e reivindicar as sugestões da comunidade. Outro deixou claro que existem dois lados a serem observados, o que desempenha o papel sociopolítico errado e vergonhoso e aquele que desempenha para cumprir aquilo que se propôs a fazer, que é defender os interesses da população. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  15. 15. Algumas conclusões... <ul><li>Todos entrevistados na ALMG disseram que os mecanismos que o poder público poderia implementar para que os direitos e deveres dos cidadãos fossem mais respeitados, são baseados na participação da população da elaboração de leis. </li></ul><ul><li>Na CMBH, é destacado o ministério público como principal mecanismo, mas alega que a sociedade tem que desempenhar o seu papel de cobrador. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  16. 16. Algumas conclusões... <ul><li>Sobre a representatividade/imagem que os políticos apresentam, a maioria dos entrevistados da Assembléia disse que depende de político para político, porém um alega que é negativa e relacionada à corrupção. </li></ul><ul><li>Na CMBH, compartilham a mesma opinião já citada, porém um dos entrevistados disse que a visão geral, é ruim mas se a individualizarmos é boa, pois há políticos que são corretos em suas atitudes. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  17. 17. Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, quando questionados sobre a proibição de candidaturas de candidatos nas eleições aos cargos políticos que estão respondendo processo na justiça, as opiniões de diferem. </li></ul><ul><ul><li>Dois são indecisos se são contra ou a favor da proibição e disseram que a primeira coisa é saber se são reais esse processos ou se realmente vão afetar a vida política e o desenvolvimento do parlamentar. </li></ul></ul><ul><ul><li>O terceiro é a favor a proibição e diz que é realmente “inviável” a candidatura dessas pessoas. </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  18. 18. Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, as opiniões de diferem mais ainda. </li></ul><ul><ul><li>Um afirma que é necessário apurar a veracidade dos processos aos quais estão sendo julgados, por isso não é suficiente para o impedimento da candidatura. </li></ul></ul><ul><ul><li>O segundo diz ser a favor da proibição, mas afirma que isso infelizmente não adianta. </li></ul></ul><ul><ul><li>O terceiro aponta que temos que ter consciência na hora de votar e ainda diz “se o político tem algum problema, o cidadão tem o direito de não votar nele” . </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  19. 19. Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, sobre as ações que os políticos juntamente com o poder público poderiam implementar para que possamos ser um país mais justo e igualitário, as opiniões foram as seguintes: </li></ul><ul><ul><li>Um entrevistado diz que o rigor ao cumprimento no que tange a legislação e constituição, é suficiente. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os outros dois concordam em dizer que são necessárias visitas às comunidades e trabalhos socioeconômicos. </li></ul></ul><ul><li>Na CMBH, todos dizem que é necessário educar e programar políticas públicas. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  20. 20. Algumas conclusões... <ul><li>Na ALMG, a necessidade de se atender a pré-requisitos como “nível de escolaridade e competência técnica” : </li></ul><ul><ul><li>Dois compartilham a idéia de que não seria justa, já que assim, seria a elite que ficaria no governo. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Um diz que seria interessante que essas pessoas fossem preparadas por cursos depois de eleitas. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>O terceiro, que é contra a candidatura de pessoas não preparadas, justifica sua escolha dizendo que como o cargo é de alto escalão, tais competências são extremamente necessárias. </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  21. 21. Algumas conclusões... <ul><li>Na CMBH, as opiniões são as seguintes: </li></ul><ul><ul><li>Um diz ser relativo e que na verdade tem que saber ser líder, comandar, administrar e construir política pública. </li></ul></ul><ul><ul><li>Outro diz que deveria ser letrado, mas quanto a nível técnico não faz sentido. </li></ul></ul><ul><ul><li>O terceiro diz ser uma demagogia muito grande e culpa os governantes por falta de educação para os brasileiros honestos sem oportunidade de estudo e que os cidadãos sem nível de escolaridade não pode pagar por isso, acrescenta também que a relação de força vai muito além dessa pergunta. </li></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  22. 22. Para finalizar <ul><li>Com essas visitas e entrevistas concedidas, podemos perceber que existe um mito, no qual a população acredita ser difícil entrar em contato com as pessoas em que votaram. Ou até mesmo de entrar na Assembléia Legislativa e na Câmara Municipal. Todos os entrevistados foram muito receptivos e disseram que além deste medo, as pessoas também se confundem com as funções dos deputados e vereadores, fazendo pedidos que não cabem às suas reais limitações. Notamos também, que os entrevistados ficaram incomodados, em algumas questões, com a falta de alternativas que lhe dispusessem opções de escolha para respostas. </li></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  23. 23. Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  24. 24. Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  25. 25. Fotos Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda
  26. 26. Sites <ul><li>Assembléia Legislativa de Minas Gerais </li></ul><ul><ul><ul><li>http://www.almg.gov.br/ </li></ul></ul></ul><ul><li>Câmara Municipal de Belo Horizonte </li></ul><ul><ul><ul><li>http://www.cmbh.mg.gov.br/ </li></ul></ul></ul>Ciência Política | 2º Período de Publicidade e Propaganda

×