Almoço com Deus...

Music By: Bárbara Streisand, Memories.
Parábola humana
•

Um menino
queria conhecer
Deus.
Sabia que teria
que fazer uma
grande viagem
para chegar
aonde Ele vive;
por isso,
guard...
•

•

Quando tinha
caminhado durante
umas horas,
encontrou-se com
uma velhinha.
Estava sentada
num banco do
parque, sozinh...
•
•

•

O menino sentou-se junto
dela e abriu a sua maleta.
Começou a beber um dos
seus refrescos, quando
notou que a velh...
•

•

Quando
escureceu, o
menino levantouse para ir
embora.
Deu alguns
passos, mas
logo se parou;
voltou atrás,
correu par...
•

Quando o menino
chegou a casa, a
sua mãe ficou
surpreendida com o
rosto de felicidade
que ele manifestava.
Então, pergu...
• Entretanto, a velhinha,
também radiante de
felicidade, regressou a sua
casa.
O seu filho, ao vê-la, ficou
surpreendido c...
• CONCLUSÃO:
•
•

Com frequência, não
damos valor à importância
de um abraço,
de uma palmadinha nas
costas, de um sorriso
...
Todas as pessoas chegam às nossas vidas por uma qualquer razão,
seja apenas durante um certo tempo ou seja para toda uma v...
E, se o desejares,
envia esta
mensagem às
pessoas que
marcaram a tua vida
de um modo
especial, qualquer
que ele tenha sido...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Almoço com deus

380 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
380
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • Almoço com deus

    1. 1. Almoço com Deus... Music By: Bárbara Streisand, Memories.
    2. 2. Parábola humana
    3. 3. • Um menino queria conhecer Deus. Sabia que teria que fazer uma grande viagem para chegar aonde Ele vive; por isso, guardou na sua maleta pastéis de chocolate e refrescos de fruta… E começou a sua viagem.
    4. 4. • • Quando tinha caminhado durante umas horas, encontrou-se com uma velhinha. Estava sentada num banco do parque, sozinha, a contemplar silenciosamente umas pombas que bicavam migalhas de pão que ela lhes atirava.
    5. 5. • • • O menino sentou-se junto dela e abriu a sua maleta. Começou a beber um dos seus refrescos, quando notou que a velhinha o olhava; então, ofereceu-lhe um refresco. Ela, agradecendo, aceitou-o e sorriu. O seu sorriso era muito belo, tanto que o menino quiz vê-lo de novo; para isso, ofereceu-lhe um dos seus pastéis. De novo, ela sorriu. O menino estava encantado; e ficou, durante toda a tarde, junto dela, comendo e sorrindo, mesmo sem dizer qualquer palavra.
    6. 6. • • Quando escureceu, o menino levantouse para ir embora. Deu alguns passos, mas logo se parou; voltou atrás, correu para a velhinha e abraçou-a. Ela, depois de o abraçar, dedicou-lhe o maior sorriso da sua vida.
    7. 7. • Quando o menino chegou a casa, a sua mãe ficou surpreendida com o rosto de felicidade que ele manifestava. Então, perguntoulhe: -“Filho, que fizeste hoje para vires tão feliz?". O menino respondeu-lhe: -"Hoje almocei com Deus!"... E, antes que sua mãe reagisse, acrescentou: -“E - sabes? - Tem o sorriso mais belo como nunca vi!"
    8. 8. • Entretanto, a velhinha, também radiante de felicidade, regressou a sua casa. O seu filho, ao vê-la, ficou surpreendido com a expressão de paz que se reflectia no seu rosto, e perguntou-lhe: - "Mamã, que fizeste hoje que vens tão feliz?” A velhinha respondeu-lhe: - "Comi pastéis de chocolate com Deus, no parque!” E, antes que o filho lhe respondesse, acrescentou: -“E - sabes? - é mais jovem do que eu pensava!"
    9. 9. • CONCLUSÃO: • • Com frequência, não damos valor à importância de um abraço, de uma palmadinha nas costas, de um sorriso sincero, de uma palavra de alento, de um ouvido que escuta, de un cumprimento sincero, ou do acto mais insignificante de preocupação amiga... Porém, todos esses pormenores têm o mágico poder de mudar a tua vida ou a dos outros, de lhe causar uma grande reviravolta e de lhe transmitir a felicidade.
    10. 10. Todas as pessoas chegam às nossas vidas por uma qualquer razão, seja apenas durante um certo tempo ou seja para toda uma vida. Recebe-as a todas por igual! AH! NÃO TE ESQUEÇAS DE ALMOÇAR SEMPRE COM DEUS!...
    11. 11. E, se o desejares, envia esta mensagem às pessoas que marcaram a tua vida de um modo especial, qualquer que ele tenha sido… numa situação fogaz da tua existência ou com efeitos em toda a tua vida… assim como tu o fizeste comigo.

    ×