Music By: Bárbara Streisand, Memories.Almoço com Deus...
Parábola humana
• Um meninoqueria conhecerDeus.Sabia que teriaque fazer umagrande viagempara chegaraonde Ele vive;por isso,guardou na suam...
• Quando tinhacaminhado duranteumas horas,encontrou-se comuma velhinha.• Estava sentadanum banco doparque, sozinha, aconte...
• O menino sentou-se juntodela e abriu a sua maleta.• Começou a beber um dosseus refrescos, quandonotou que a velhinha ool...
• Quandoescureceu, omenino levantou-se para irembora.• Deu algunspassos, maslogo se parou;voltou atrás,correu para avelhin...
• Quando o meninochegou a casa, asua mãe ficousurpreendida com orosto de felicidadeque ele manifestava.Então, perguntou-lh...
• Entretanto, a velhinha,também radiante defelicidade, regressou a suacasa.O seu filho, ao vê-la, ficousurpreendido com ae...
• CONCLUSÃO:• Com frequência, nãodamos valor à importânciade um abraço,• de uma palmadinha nascostas, de um sorrisosincero...
• Todas as pessoas chegam às nossas vidas por uma qualquer razão,seja apenas durante um certo tempo ou seja para toda uma ...
E, se o desejares,envia estamensagem àspessoas quemarcaram a tua vidade um modoespecial, qualquerque ele tenha sido…numa s...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Almoco com Deus

735 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
735
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
382
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Almoco com Deus

  1. 1. Music By: Bárbara Streisand, Memories.Almoço com Deus...
  2. 2. Parábola humana
  3. 3. • Um meninoqueria conhecerDeus.Sabia que teriaque fazer umagrande viagempara chegaraonde Ele vive;por isso,guardou na suamaleta pastéisde chocolate erefrescos defruta…E começou asua viagem.
  4. 4. • Quando tinhacaminhado duranteumas horas,encontrou-se comuma velhinha.• Estava sentadanum banco doparque, sozinha, acontemplarsilenciosamenteumas pombas quebicavam migalhasde pão que ela lhesatirava.
  5. 5. • O menino sentou-se juntodela e abriu a sua maleta.• Começou a beber um dosseus refrescos, quandonotou que a velhinha oolhava; então, ofereceu-lheum refresco. Ela,agradecendo, aceitou-o esorriu. O seu sorriso eramuito belo, tanto que omenino quiz vê-lo de novo;para isso, ofereceu-lhe umdos seus pastéis.• De novo, ela sorriu. Omenino estava encantado;e ficou, durante toda atarde, junto dela, comendoe sorrindo, mesmo semdizer qualquer palavra.
  6. 6. • Quandoescureceu, omenino levantou-se para irembora.• Deu algunspassos, maslogo se parou;voltou atrás,correu para avelhinha eabraçou-a.Ela, depois de oabraçar,dedicou-lhe omaior sorriso dasua vida.
  7. 7. • Quando o meninochegou a casa, asua mãe ficousurpreendida com orosto de felicidadeque ele manifestava.Então, perguntou-lhe:-“Filho, que fizestehoje para vires tãofeliz?".O meninorespondeu-lhe:-"Hoje almocei comDeus!"...E, antes que suamãe reagisse,acrescentou:-“E - sabes? - Tem osorriso mais belocomo nunca vi!"
  8. 8. • Entretanto, a velhinha,também radiante defelicidade, regressou a suacasa.O seu filho, ao vê-la, ficousurpreendido com aexpressão de paz que sereflectia no seu rosto, eperguntou-lhe:- "Mamã, que fizeste hojeque vens tão feliz?”A velhinha respondeu-lhe:- "Comi pastéis dechocolate com Deus, noparque!”E, antes que o filho lherespondesse, acrescentou:-“E - sabes? - é mais jovemdo que eu pensava!"
  9. 9. • CONCLUSÃO:• Com frequência, nãodamos valor à importânciade um abraço,• de uma palmadinha nascostas, de um sorrisosincero, de uma palavra dealento, de um ouvido queescuta, de un cumprimentosincero, ou do acto maisinsignificante depreocupação amiga...Porém, todos essespormenores têm o mágicopoder de mudar a tua vidaou a dos outros, de lhecausar uma grandereviravolta e de lhetransmitir a felicidade.
  10. 10. • Todas as pessoas chegam às nossas vidas por uma qualquer razão,seja apenas durante um certo tempo ou seja para toda uma vida.Recebe-as a todas por igual!AH! NÃO TE ESQUEÇAS DE ALMOÇAR SEMPRE COM DEUS!...
  11. 11. E, se o desejares,envia estamensagem àspessoas quemarcaram a tua vidade um modoespecial, qualquerque ele tenha sido…numa situaçãofogaz da tuaexistênciaou com efeitos emtoda a tua vida…assim como tuo fizeste comigo.

×