Só o desejo inquieto, que não passa, Faz o encanto da coisa desejada (AVANÇAR C/MOUSE)
E terminamos desdenhando a caça Pela doida aventura da caçada.  'Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os ...
Não sei porque, sorri de repente E um gosto de estrela me veio na boca
Eu penso em ti, em Deus, nas voltas inumeráveis que fazem os caminhos.
FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA ENTRE NO SITE:  http://www.corepoesia.com   TEXTO: MARIO QUINTANA IMAGENS: GOOGLE SOM: CHOPIN ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desejo Inquieto

680 visualizações

Publicada em

POEMA DE MÁRIO QUINTANA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
680
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desejo Inquieto

  1. 1. Só o desejo inquieto, que não passa, Faz o encanto da coisa desejada (AVANÇAR C/MOUSE)
  2. 2. E terminamos desdenhando a caça Pela doida aventura da caçada. 'Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os corpos se entendem, mas as almas não'
  3. 3. Não sei porque, sorri de repente E um gosto de estrela me veio na boca
  4. 4. Eu penso em ti, em Deus, nas voltas inumeráveis que fazem os caminhos.
  5. 5. FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA ENTRE NO SITE: http://www.corepoesia.com TEXTO: MARIO QUINTANA IMAGENS: GOOGLE SOM: CHOPIN - ESTUDO N° 12 OPUS 10

×