Juliano perin-portonave

835 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Juliano perin-portonave

  1. 1. A CADEIA LOGÍSTICA DO FRIO CASO DE SUCESSO DA ICEPORT TERMINAL FRIGORÍFICO DE NAVEGANTES S/A06/12/2012A CADEIA LOGÍSTICA DO FRIO
  2. 2. PORTOS DO BRASIL 34 portos públicos marítimos 129 terminais de uso privativoFonte: Secretaria de Portos
  3. 3. SANTA CATARINA O Estado de Santa Catarina está localizado na Região sul do país e fazfronteira com a Argentina, na região Oeste. Dimensão Territorial: 95.442 km² (20º do país). População: 6.1 milhões de habitantes (11º do país). 6º maior PIB do Brasil. 42 mil indústrias instaladas.Fonte: FIESC
  4. 4. PORTOS DE SANTA CATARINA
  5. 5. RANKING DOS PORTOS BRASILEIROS PORTOS TEUS1 SANTOS 1.785.2552 NAVEGANTES/COMPLEXO PORTUÁRIO DE ITAJAÍ 557.6013 PARANAGUÁ 463.2984 RIO DE JANEIRO 284.8385 RIO GRANDE 282.0996 VITÓRIA 147.8817 SUAPE 132.6788 MANAUS 120.8439 SALVADOR 117.50110 SÃO FRANCISCO DO SUL 92.33811 PORTO DE ITAGUAI 91.59112 PECEM 70.50713 ITAPOÁ 19.01014 VILA DO CONDE 18.86715 BELÉM 13.99616 FORTALEZA 9.98617 NATAL 8.96218 IMBITUBA 4.34319 SANTARÉM 2.98520 ITAQUI 997Jan – Dez/11 (Exportação+Importação)Fonte: Datamar
  6. 6. PARTICIPAÇÃO DE MERCADO SANTA CATARINA 11% 9% 37% 1% 42% ITAJAÍ IMBITUBA NAVEGANTES SÃO FCO. SUL ITAPOÁFonte: DatamarPeríodo: Jan/2012 a Set/12
  7. 7. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇU Concentração de 80% da carga do Estado.
  8. 8. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇUCapacidade de estocagem a frio: 160.000 tons estáticasNúmero de tomadas para contêineres reefer: 9.600 unidadesCapacidade de armazenagem de contêineres (cheios e vazios):140.000 Teu´sCapacidade de armazenagem coberta: 465.000 m2 – em 28 armazéns.18 Terminais retro portuários.
  9. 9. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇU6 Recintos especiais para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex)8 Terminais de contêineres vazios7 Terminais frigoríficosMais de 150 empresas de Despacho AduaneiroTransportadorasEmpresa de Navegação
  10. 10. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇUMultilog
  11. 11. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇUBrasfrigo
  12. 12. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇUEmbrareef
  13. 13. COMPLEXO PORTUÁRIO DO RIO ITAJAÍ-AÇUInterporti
  14. 14. IMPORTAÇÃO X EXPORTAÇÃO 72% 59% 55% 53% 50% 50% 47% 45% 41% 28% 2008 2009 2010 2011 2012 Jan/Out IMPORTAÇÃO EXPORTAÇÃOFonte: Portonave
  15. 15. EXPORTAÇÃO (Dry x Reefer) 46% 45% 46% 46% 48% 41% 47% 50% 45% jan/12 fev/12 mar/12 abr/12 mai/12 jun/12 jul/12 ago/12 set/12 Exportação Reefer Exportação GeralFonte: Datamar
  16. 16. MERCADORIAS MOVIMENTADAS (Participação de mercado em teus) Carne congelada Madeira 2% 2% 3% 2% 4% Tabaco 5% Carnes, Peixes, Crustáceos 5% 43% 5% Produtos Diversos Maquinários Móveis 29% Cerâmica Papel Equipamentos de SomFonte: DatamarPeríodo: Jan – Set/12
  17. 17. EXPORTADORES
  18. 18. CADEIA PRODUTIVA A cadeia produtiva é constante, mas a venda efetiva é influenciada por diversos fatores. ESTOCAGEMProdução destinada a exportaçãoVendas ao exteriorCenário ideal de vendas
  19. 19. AGRONEGÓCIO O agronegócio responde por 20% do PIB do Estadode Santa Catarina. A exportação de alimentos corresponde a42,6% das exportações catarinenses. O Estado é um dos maiores produtores eexportadores de suínos e frangos do Brasil. Abate de frangos PR 28,36% SC 17,98% RS 15,19%
  20. 20. CAPACIDADE DE ARMAZENAGEM Complexo Portuário do Rio Itajaí-Açu destaca-se por ser o maior exportador de cargas congeladas e refrigeradas do Brasil. Santa Catarina participou com 27% das exportações de frango no Brasil, em 2011. Apesar de produzir cerca de um terço a menos, SC exportou mais que o PR nos quatro dos últimos cinco anos (2007, 2009, 2010 e 2011). A capacidade de embarque de contêineres é 50% maior Dobro de espaço para armazenagem em câmaras frias Triplo da capacidade estática de estocagem reefer.Fonte: Sindiavipar e Gazeta do Povo
  21. 21. CADEIA DO FRIOTRADICIONAL 1. PORTO 2. DEPOT 3. ARMAZÉM 4. PORTO 2 1 4 3
  22. 22. CADEIA DO FRIOTRADICIONAL CUSTO DA OPERAÇÃOUS$ 300,00 por contêiner
  23. 23. CADEIA DO FRIOICEPORT 1 21. CÂMARA FRIGORÍFICA2. PORTO
  24. 24. CADEIA DO FRIOICEPORT A câmara frigorífica oferece o serviço de estocagem ao lado do porto, facilitando o escoamento para exportação . CUSTO DA OPERAÇÃO: US$ 150,00 por contêiner.
  25. 25. CADEIA DO FRIOICEPORT A prestação de diversos serviços, bem como a proximidade à PORTONAVE,representa economia a todos os envolvidos na cadeia e fideliza a carga.US$ 100,00 ExportadorUS$ 50,00 Armador
  26. 26. ICEPORT TERMINAL FRIGORÍFICO DE NAVEGANTES S/ACâmara Frigorífica 50.000 m² de área de armazenagem, anexo ao Terminal. Capacidade para 18 mil toneladas; Capacidade operacional máxima de 320 pallets/hora. 6 transelevadores; Antecâmara com 13 docas para carga e descarga; Operação automatizada.
  27. 27. ICEPORT TERMINAL FRIGORÍFICO DE NAVEGANTES S/A Trading company. Integrada a Portonave. Logística integrada nacional e internacional, comtransporte rodoviário, marítimo e liberaçãoaduaneira.
  28. 28. PRÊMIOS E CERTIFICAÇÕES ISO 9.001 ISO 14.001 ISPS CODE Finalista do prêmio internacional Lloyd’s List Award 2011 e 2012 Finalista do prêmio internacional Containerisation International Awards2011 e 2012
  29. 29. OBRIGADO!

×