<ul>Farol de Santa Marta </ul>
<ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1868 </ul><ul>Automatização </ul><ul>1980-1981 </...
<ul>Farol da Guia </ul>
<ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1761 </ul><ul>Renovação </ul><ul>1982 </ul><ul>Al...
<ul>Farol do Cabo Raso </ul>
<ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1894 </ul><ul>Renovação </ul><ul>1984 </ul><ul>Al...
<ul>Curiosidades  </ul><ul>Milha Náutica Milha náutica ou milha maritima é uma unidade de medida, equivalente a 1852m, uti...
Sinalização marinha dos faróis em Portugal
 
<ul><li>Farol de Montedor
Farol de Esposende
Farol de Leça
Farol de Aveiro
Farol do Cabo Mondego
Farol do Penedo da saudade
Farol de Nazaré
Farol da Berlenga
Farol do Cabo Carvoeiro
Farol do Cabo Espichel
Farol do Forte do Cavalo </li></ul><ul><li>Farol do Outão
Farol do Cabo de Sines
Farol do Cabo de Sardão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho final

780 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
780
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho final

  1. 1. <ul>Farol de Santa Marta </ul>
  2. 2. <ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1868 </ul><ul>Automatização </ul><ul>1980-1981 </ul><ul>Altura </ul><ul>20m </ul><ul>Altitude </ul><ul>25m </ul><ul>Ótica </ul><ul>Lentes de Fresnel 5ª ordem </ul><ul>Alcanse Luminoso </ul><ul>Entre 14 e 18 milhas nauticas </ul><ul>Características </ul>
  3. 3. <ul>Farol da Guia </ul>
  4. 4. <ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1761 </ul><ul>Renovação </ul><ul>1982 </ul><ul>Altura </ul><ul>28m </ul><ul>Altitude </ul><ul>58m </ul><ul>Ótica </ul><ul>Lentes de Fresnel 3ª ordem 500mm </ul><ul>Alcanse Luminoso </ul><ul>19 milhas nauticas </ul><ul>Características </ul>
  5. 5. <ul>Farol do Cabo Raso </ul>
  6. 6. <ul>Localização </ul><ul>Cascais, Portugal </ul><ul>Construcção </ul><ul>1894 </ul><ul>Renovação </ul><ul>1984 </ul><ul>Altura </ul><ul>14m </ul><ul>Altitude </ul><ul>23m </ul><ul>Ótica </ul><ul>Lentes de Fresnel 5ª ordem </ul><ul>Alcanse Luminoso </ul><ul>20 milhas nauticas </ul><ul>Características </ul>
  7. 7. <ul>Curiosidades </ul><ul>Milha Náutica Milha náutica ou milha maritima é uma unidade de medida, equivalente a 1852m, utilizada na navegação marítima. Altura Dimensão vertical de um corpo, neste caso de um Farol, da base para cima. Altitude A altitude de um corpo é a distância medida na vertical entre o nível médio das águas do mar (nmam) e o ponto de referência. </ul>
  8. 8. Sinalização marinha dos faróis em Portugal
  9. 10. <ul><li>Farol de Montedor
  10. 11. Farol de Esposende
  11. 12. Farol de Leça
  12. 13. Farol de Aveiro
  13. 14. Farol do Cabo Mondego
  14. 15. Farol do Penedo da saudade
  15. 16. Farol de Nazaré
  16. 17. Farol da Berlenga
  17. 18. Farol do Cabo Carvoeiro
  18. 19. Farol do Cabo Espichel
  19. 20. Farol do Forte do Cavalo </li></ul><ul><li>Farol do Outão
  20. 21. Farol do Cabo de Sines
  21. 22. Farol do Cabo de Sardão
  22. 23. Farol de S. Vicente
  23. 24. Farol de Sagres
  24. 25. Farol da Ponta da Piedade
  25. 26. Farol da Ponta do Altar
  26. 27. Farol de Alfanzinha
  27. 28. Farol do Cabo de St. Maria
  28. 29. Farol de St. António </li></ul>Faróis na costa portuguesa
  29. 30. Poemas sobre Faróis
  30. 32. Eregido no meio do nada Envolto no denso nevoeiro Ergue-se arguto e imponente O facho do farol da ilusão Ai de quem sucumbir ao seu olhar E se deixar envolver pelo seu clarão Mar adentro irá por certo naufragar Quem crédulo se deixar enredar Pelo feitiço onde sucumbe o faroleiro
  31. 33. Em nuvens que tapam a visibilidade Em sons de ondas a bater Eis que surge uma luz Que ajuda a quem aparecer É uma luz que guia Que ajuda ao destino chegar E todos ficam felizes Quando em terra conseguem os pés colocar Mas no farol vive também O senhor faroleiro Que em tempos passados ligava uma fogueira E sempre era bem elogiado Como no farol é como na vida Sempre temos uma luz para nos guiar Mas se ninguém a acender Nunca ao destino vamos chegar
  32. 34. O aviso da vida Passa a noite inteira dentro do meu quarto Piscando o olho. Diz que vigia o meu sono Lá da escuridão dos mares E que me pajeia até o sol chegar. Por isso grita em cores Sobre meu corpo adormecido ou Dividindo em compassos coloridos As minhas longas insônias. Branco Vermelho Branco Vermelho O farol é como a vida Nunca me disse: Verde.
  33. 35. Informações dadas por: - Joaquim Boiça
  34. 36. <ul><li>Ajudar a navegação
  35. 37. (ex: Farol do Búgio)
  36. 38. Defender de embarcações inimigas
  37. 39. (quaisquer faróis)
  38. 40. Avisar os navios de perigo
  39. 41. (ex: Farol da Nossa Senhora da Guia) </li></ul>Funções
  40. 42. 1º- funcionaram a carvão 2º- funcionaram a azeite ou com óleo de baleia 3º- lanternas metálicas (actualidade) São usados o petróleo ou a electricidade Evolução dos Faróis
  41. 43. Até há pouco tempo, o Faroleiro era um homem de 7 ofícios, hoje, os faróis estão automatizados. Assim muitos farois tornaram-se espaços que têm outras funções como é o caso do Farol de Santa Marta. Em Portugal existem hoje cerca de 120 Faroleiros, mas já têm competências técnicas (formação na área de engenharia e informática). No século XIX, a costa portuguesa foi conhecida por Costa Negra, sujeita a muitos naufrágios. Até ao século XVI não se entrava no porto de Lisboa de noite devido aos perigos. O Faroleiro
  42. 44. <ul><li>Farol da Guia – 1537
  43. 45. Farol de São Julião – 1ª metade do séc. XVII
  44. 46. Farol do Bugio – 2ª metade do séc. XVII
  45. 47. Farol do Cabo da Roca – 1772
  46. 48. Farol do Cabo Espichel - 1790 </li></ul>Faróis importantes na Barra do Tejo
  47. 49. Farol Da Guia Farol de São Julião Farol do Bugio Farol do Cabo da Roca
  48. 50. Dúvidas?

×