Lagoas de Santo
André e de Sancha
A Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha localiza-
se no sudoeste de Portugal, no Distrito de Setúbal, regi...
Fauna
Esta Reserva Natural apresenta uma elevada riqueza
específica. Já foram registadas 54 espécies de peixes, 12 de
anfí...
Águia-sapeira (Circus aeruginosus), a Chilreta (Sterna
albifrons), a Cigarrinha-ruiva (Locustella luscinioides), a Garça-
...
Trabalho realizado por:
• Andreia Martins Nº 2 8ºA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lagoas de Santo André e de Sancha

56 visualizações

Publicada em

Localização e fauna das Lagoas...


Trabalho realizado por Andreia Martins (nº 2 da turma A, do 8º ano da Escola Secundária Afonso de Albuquerque-Guarda)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
56
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lagoas de Santo André e de Sancha

  1. 1. Lagoas de Santo André e de Sancha
  2. 2. A Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha localiza- se no sudoeste de Portugal, no Distrito de Setúbal, região do Alentejo, ocupando parte da costa dos municípios de Sines e de Santiago do Cacém. A Reserva estende-se ao longo de uma faixa litoral de 16 Km, incluindo um setor terrestre de largura variável de 2 km a 3 km, e um setor marinho com 1,5 km de largura definido a partir da linha da costa. A superfície total é ocupada é de 5.247 ha, dos quais 3.110 ha correspondem à parte terrestre e 2.137 ha correspondem à parte marinha. O símbolo da Reserva Natural é o rouxinol-pequeno-dos- caniços Acrocephalus scirpaceus, espécie que inverna em África e chega à lagoa de Santo André na primeira quinzena de março atingindo a população a sua maior expressão numérica em outubro.
  3. 3. Fauna Esta Reserva Natural apresenta uma elevada riqueza específica. Já foram registadas 54 espécies de peixes, 12 de anfíbios, 15 de répteis, 29 de mamíferos e 241 de aves. Os invertebrados são menos conhecidos, existindo contudo estudos sobre alguns habitats e grupos taxonómicos específicos. Foram já inventariados na Reserva cerca de 344 invertebrados aquáticos e 205 borboletas. Colhereiros Platalea leucorodia e patos
  4. 4. Águia-sapeira (Circus aeruginosus), a Chilreta (Sterna albifrons), a Cigarrinha-ruiva (Locustella luscinioides), a Garça- vermelha (Ardea purpurea), o Galeirão (Fulica atra), a Garça- pequena (Ixobrychus minutus), a Frisada (Anas strepera), a Marrequinha (Anas crecca), o Marreco (Anas querquedula), a Ógea (Falco subbuteo), o Pato-de-bico-vermelho (Netta rufina), o Pato-trombeteiro (Anas clypeata), o Noitibó-de-nuca- vermelha (Caprimulgus ruficollis) e o Rouxinol-pequeno-dos- caniços (Acrocephalus scirpaceus). Exemplos de seres vivos desta Reserva Natural
  5. 5. Trabalho realizado por: • Andreia Martins Nº 2 8ºA

×