Prezi filo

339 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
189
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prezi filo

  1. 1. em. . n. .m. m. . n m¡ , tnhu a¡ um. mm mm , , . É premrmc¡ . cnuau¡uu. umu / 1' ; um Analíllu¡ 2- juin smmnm a' Juma Slnléxkn a nñvñ' . í . .. uma a human ¡Had! (emo Emoçãox Razão . _ Vlmenãccumo Ética Kanxlana m"" Imprdxuvm calegumn¡ juizo Apriorismo Kantiano
  2. 2. em. . n. .m. m. . n m¡ , tnhu a¡ um. mm mm , , . É premrmc¡ . cnuau¡uu. umu / 1' ; um Analíllu¡ 2- juizo smmnm a' Juma Slnléxkn a nñvñ' . a . .. uma a humanidade (emo Emoçãox Razão . _ Vlmenãccumo Ética Kanxlana m"" Imprdxuvm calegumn¡ juizo Apriorismo Kantiano
  3. 3. X ã 4 FJ O . 4 , , ü o. › Il; ; . b a r . o o. . . o w A o no , › , 7% , a o . n . o u . _ o _a o . a o , x . . O . a . o n, O. II Z b. .. a! Dm_
  4. 4. Pré-crítica Crítica /
  5. 5. - Crítica da Razão Pura (1781) - Crítica da Razão Prática J (1788) - Crítica dojuízo (1790)
  6. 6. O l. S) O: «A 9 › o 0o A O / só , x 0 o Q o o P* a' ü
  7. 7. 1°juízo Analíticog' 2° juízo Sintético' 3° juízo Sintético a priori
  8. 8. (J _ “x O RN É! vrrraríaarf> , , f x f, 1 m (. _ V! ' « I' v5 _o ' 4 , ay_ _ l , l "uk F- Í-"JAAPTÀFJ _h f-'J or u ç' ° o / 'à r* o '-3 / ' ft f, 3 ' O ( . . 'g . Í O _b Í O
  9. 9. f. ) "ãíô ; IcIí. ¡;l. 'r. 're. IÇ1;3 ; .I_'r. ¡2I_T_'I; I:= ..I. 'r' CB: CIÍf. .!'#§¡ÃrZC›;3 friiJ ? Euãcíaliâahm afrju Lua ask-gs: ;it-F 3.1; IfêKíf-lfrl' Êíízifnfrst. f”
  10. 10. Ética Kantiana
  11. 11. ímf. pe¡'a'tívos Categóricos
  12. 12. O “TU r 1 i *F1 1› LJ . iii : :w fui P. , «fil
  13. 13. 1- Juízo Analílln¡ 2- juizo ; intaum r Juizo Slnléxkn . priuri' Ética Kanaan: lmpruuvm calegulu: Apriorismo Kantiano Emoção x Razão Pré›c'rítica Critica' juízo mu. . a. um. m. . n m¡ : :inn a: um. mm mm . uma IGHHIHUTWV 'Tomar a humanidade como fim e não : uma rneln. "

×