SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Olá... Está um dia lindo!!Acordei com vontade de falar de  sacanagem.
Se dei a impressão de que o assunto será ménages-à-trois, sexo selvagem e práticas perversas, sinto muito desiludi-lo. Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente.  Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada.
Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais rápido.
Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um", duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são os confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Ninguém nos disse que chinelos velhos também têm seu valor, já que não nos machucam, e que existem mais cabeças tortas do que pés caretas, que os que transam muito.
Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que poderíamos tentar outras alternativas menos convencionais.  Sexo não é sacanagem. Sexo é uma coisa natural, simples - só é ruim quando feito sem vontade. Sacanagem é outra coisa. É nos condicionarem a um amor cheio de regras e princípios, sem ter o direito à leveza e ao prazer que nos proporcionam as coisas escolhidas por nós mesmos.  Martha Medeiros www.mensagensvirtuais.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Promessas Matrimoniais
Promessas MatrimoniaisPromessas Matrimoniais
Promessas Matrimoniais
Rita Steter
 
O sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
O sermão do padre durante o casamento - Mário QuintanaO sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
O sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
Mima Badan
 
Sermão do casamento
Sermão do casamentoSermão do casamento
Sermão do casamento
Amadeu Wolff
 
Casamento inteligente
Casamento inteligenteCasamento inteligente
Casamento inteligente
lealtran
 
Casamento inteligente
Casamento inteligenteCasamento inteligente
Casamento inteligente
cepmaio
 
79 casamento inteligente
79 casamento inteligente79 casamento inteligente
79 casamento inteligente
Isabel Teixeira
 
SermãOdocasamento
SermãOdocasamentoSermãOdocasamento
SermãOdocasamento
guesta1264d
 

Mais procurados (20)

John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
Texto de John Lennon
Texto de John LennonTexto de John Lennon
Texto de John Lennon
 
Mario quintana
Mario quintanaMario quintana
Mario quintana
 
Promessas Matrimoniais
Promessas MatrimoniaisPromessas Matrimoniais
Promessas Matrimoniais
 
Casamento 1
Casamento 1Casamento 1
Casamento 1
 
Promessas Matrimoniais
Promessas MatrimoniaisPromessas Matrimoniais
Promessas Matrimoniais
 
Casamento de meus filhos Merabe e Arsanjo
Casamento de meus filhos  Merabe e ArsanjoCasamento de meus filhos  Merabe e Arsanjo
Casamento de meus filhos Merabe e Arsanjo
 
Honestamente
HonestamenteHonestamente
Honestamente
 
O sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
O sermão do padre durante o casamento - Mário QuintanaO sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
O sermão do padre durante o casamento - Mário Quintana
 
Sermão do casamento
Sermão do casamentoSermão do casamento
Sermão do casamento
 
Casamento inteligente
Casamento inteligenteCasamento inteligente
Casamento inteligente
 
Sermao Do Casamento
Sermao Do CasamentoSermao Do Casamento
Sermao Do Casamento
 
Sermao do casamento
Sermao do casamentoSermao do casamento
Sermao do casamento
 
Casamento
CasamentoCasamento
Casamento
 
Casamento inteligente
Casamento inteligenteCasamento inteligente
Casamento inteligente
 
Casamento inteligente
Casamento inteligenteCasamento inteligente
Casamento inteligente
 
79 casamento inteligente
79 casamento inteligente79 casamento inteligente
79 casamento inteligente
 
O Sermão de Casamento
O Sermão de CasamentoO Sermão de Casamento
O Sermão de Casamento
 
SermãOdocasamento
SermãOdocasamentoSermãOdocasamento
SermãOdocasamento
 
Msg Sermão Do Casamento Mario Quintana
Msg   Sermão Do Casamento Mario QuintanaMsg   Sermão Do Casamento Mario Quintana
Msg Sermão Do Casamento Mario Quintana
 

Semelhante a Sacanagem

23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
Haziel Hurt
 
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
Elenice Santos
 

Semelhante a Sacanagem (20)

John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John lennon help
John lennon helpJohn lennon help
John lennon help
 
John Lennon -Immagine
John Lennon -ImmagineJohn Lennon -Immagine
John Lennon -Immagine
 
John Lennon Ro
John Lennon RoJohn Lennon Ro
John Lennon Ro
 
John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
John lennon
John lennonJohn lennon
John lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
John Lennon Show
John Lennon ShowJohn Lennon Show
John Lennon Show
 
John Lennon
John LennonJohn Lennon
John Lennon
 
Guia de amor e sexo jun 2012
Guia de amor e sexo   jun 2012Guia de amor e sexo   jun 2012
Guia de amor e sexo jun 2012
 
Continuacao do-ser-modo-de-vida
Continuacao do-ser-modo-de-vidaContinuacao do-ser-modo-de-vida
Continuacao do-ser-modo-de-vida
 
Poderosa na cama.pdf
Poderosa na cama.pdfPoderosa na cama.pdf
Poderosa na cama.pdf
 
Beijar, transar e largar
Beijar, transar e largarBeijar, transar e largar
Beijar, transar e largar
 
23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
23647573 prostituicao-e-supremacia-masculina
 
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
Captulo1beijartransarelargar 120701220733-phpapp01
 
A necessidade de se fazer o bem
A necessidade de se fazer o bemA necessidade de se fazer o bem
A necessidade de se fazer o bem
 

Mais de Mensagens Virtuais (20)

Borboletas 1
Borboletas 1Borboletas 1
Borboletas 1
 
Minha arvore de amigos
Minha arvore de amigosMinha arvore de amigos
Minha arvore de amigos
 
O verbo no infinito
O verbo no infinitoO verbo no infinito
O verbo no infinito
 
A arte de Janene Grende
A arte de Janene GrendeA arte de Janene Grende
A arte de Janene Grende
 
Doce verao florido
Doce verao floridoDoce verao florido
Doce verao florido
 
Flores de verao
Flores de veraoFlores de verao
Flores de verao
 
Delicadas flores de verao
Delicadas flores de veraoDelicadas flores de verao
Delicadas flores de verao
 
Ainda que o vendaval
Ainda que o vendavalAinda que o vendaval
Ainda que o vendaval
 
Hoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolherHoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolher
 
Virtudes e defeitos
Virtudes e defeitosVirtudes e defeitos
Virtudes e defeitos
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Viver despenteada
Viver despenteadaViver despenteada
Viver despenteada
 
Animais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabecaAnimais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabeca
 
A arte de Genise Marwedel
A arte de Genise MarwedelA arte de Genise Marwedel
A arte de Genise Marwedel
 
A arte surreal
A arte surrealA arte surreal
A arte surreal
 
Desenganos
DesenganosDesenganos
Desenganos
 
Ressuscita me
Ressuscita meRessuscita me
Ressuscita me
 
Bandejas pintadas
Bandejas pintadasBandejas pintadas
Bandejas pintadas
 
Vitoria Regia
Vitoria RegiaVitoria Regia
Vitoria Regia
 
Bocas em flor
Bocas em florBocas em flor
Bocas em flor
 

Sacanagem

  • 1. Olá... Está um dia lindo!!Acordei com vontade de falar de sacanagem.
  • 2. Se dei a impressão de que o assunto será ménages-à-trois, sexo selvagem e práticas perversas, sinto muito desiludi-lo. Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente. Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada.
  • 3. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais rápido.
  • 4. Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um", duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são os confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Ninguém nos disse que chinelos velhos também têm seu valor, já que não nos machucam, e que existem mais cabeças tortas do que pés caretas, que os que transam muito.
  • 5. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que poderíamos tentar outras alternativas menos convencionais. Sexo não é sacanagem. Sexo é uma coisa natural, simples - só é ruim quando feito sem vontade. Sacanagem é outra coisa. É nos condicionarem a um amor cheio de regras e princípios, sem ter o direito à leveza e ao prazer que nos proporcionam as coisas escolhidas por nós mesmos. Martha Medeiros www.mensagensvirtuais.com.br