Rio content Market 2015 - O Futuro do Conteúdo da Culinária

409 visualizações

Publicada em

Palestra que ministrei no Rio Content Market 2015 no painel sobre o futuro do conteúdo da culinária.

Os exemplos são de Culinária mas os conceitos podem ser aplicados a qualquer produção de conteúdo verticalizada.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Intro

    2) Acho que vocês devem estar se perguntando: mas que que esse barbudo aí tem a falar de culinária? Com esse sotaque ele só deve entender de pão de queijo e cachaça! (Único barbudo da culinária que eu conheço é o Alex Atalla!)
  • SambaAds é a maior rede independente de distribuição de vídeos do Brasil.

    Hoje levamos mais de 100 milhões de vídeos distribuídos e monetizados em mais de 500 sites na internet sobre diversos tópicos: Artes, Notícias, Automobilismo, Saúde, Viagens e Culinária.

    Bom, a mensagem que eu gostaria de passar aqui para vocês hoje vem recheada de exemplos de Culinária, em como estamos vendo as mudanças dos hábitos de consumo em diversas plataformas, mas na verdade os conceitos podem ser aplicados a qualquer vertical de conteúdo.

    E antes de trazer os exemplos, eu queria começar com uma contextualização do ambiente de conteúdo sob minhas perspectiva..
  • Velocidade absurda de transformação de como a informação é transmitida.

    O Intervalo entre as grandes invenções disruptivas para a indústria de mídia tem diminuído drasticamente, causando uma enorme mudança para todos da indústria. Produtores e Consumidores.

    Tipógrafo: século XV
    TV: década de 20 (400 anos)
    Computador: década de 70 (50 anos)
    Internet: década de 80 (15 anos)
  • As pessoas que antes consumiam o conteúdo passivamente, com poucas opções de distribuição agora precisam encontrar o conteúdo relevante para elas em meio a milhões e milhões de outras opções.

    Tudo isso ativamente!!
  • E quando você alia a facilidade de produção, acessibilidade e baixo custo para criar novas mídias? Quaisquer que sejam?

    Quais são os efeitos nos últimos 10 anos?
  • Volumes imensos de conteúdo sendo produzidos diariamente por pessoas que muitas vezes não tem o que falar. De maneira relevante.
  • As pessoas nao pagam por conteúdo, pelo contrário, elas criam conteúdo.

    É a anarquia do conteúdo. Todo mundo é de todo mundo!
  • 200 horas de vídeo por minuto
    12 milhões de domínios no Brasil
    Média de 180 vídeos assistidor por internauta por mes
  • Aí você me pergunta: e qual o futuro do conteúdo da culinária? O futuro do conteúdo da culinária é o mesmo de qualquer conteúdo verticalizado.
  • Entender e adaptar o conteúdo para cada momento do usuário.

    Se eu to no celular quero assistir ao gol. Não quero ver a mesa redonda. Isso demora de demais e meu celular não tem nem pacote de dados nem tamanho de tela pra isso!


    cada geração consome o conteúdo de maneira diferente.. E interaje com ele de forma distinta.

    Quem tem filho pequeno sabe como é diferente a relação. Quem são os novos ídolos


    Ta bom Rodrigo, na teoria o discurso é lindo, já li isso centenas de vezes.

    E na prática?? O que devo fazer?

    E eu que to aqui produzindo conteúdo de culinária todo dia e tem 23 visualizações no meu canal? Incluindo as da minha mãe!!!

    Gente, não existe fórmula de sucesso. Mas existem bom práticas para adequar seu conteúdo à audiencia e ao momento dela.
  • Não adianta achar que a maneira que as pessoas consomem conteúdo é a mesma.

    NÃO NÃO NÃO. MUDOU!!!
  • Fatores como:

    Thumbnail
    Título e descrição

    são fundamentais para diferenciar o vídeo que irá fazer sucesso daquele que irá fracassar
  • Por que não usar as audiências das rede sociais e plataformas já existentes para alavancar o conteúdo?

    Conceito do conteúdo precisa girar. Não tem por que esse conceito de quem produz para TV não leva para outras mídias e vice-versa.

    As redes sociais são uma enorme fonte de divulgação e promoção do conteúdo!!

  • Olha que forma prática de montar uma receita!
  • Rio content Market 2015 - O Futuro do Conteúdo da Culinária

    1. 1. HELLO
    2. 2. RODRIGO PAOLUCCI FUNDADOR SAMBA GROUP EMPREENDEDOR DIGITAL CEO SAMBAADS
    3. 3. ESTAMOS VIVENDO A MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA INDUSTRIA DE MÍDIA DESDE A ÉPOCA DE GUTEMBERG
    4. 4. O ATO DE CONSUMIR MÍDIA MUDOU
    5. 5. DIMINUIÇÃO DO CUSTO E DA DIFICULDADE PARA PRODUZIR INFORMAÇÃO
    6. 6. PRODUÇÃO DE CONTEÚDO CAOS NA
    7. 7. CONSUMER PRODUCER A INTERNET DEU VOZ A MILHÕES DE PESSOAS
    8. 8. 1 MINUTO 200h DE VÍDEO
    9. 9. FUTURO DO CONTEÚDO É ONDE O USUÁRIO ESTÁ
    10. 10. ENTENDER O QUE ELE CONSOME EM CADA MOMENTO E DISPOSITIVO
    11. 11. EMPRESAS DE CONTEÚDO DEVEM PENSAR COMO EMPRESAS DE TECNOLOGIA
    12. 12. TESTE A/B: PENSE EM CONVERSÃO
    13. 13. 300 milhões de usuários ativos por mês 15 segundos
    14. 14. 100 milhões de usuários 6 segundos
    15. 15. 1 bilhão de usuários (com b)
    16. 16. CRIAR UMA BASE DE FÃS NÃO VISITANTES DE PASSAGEM
    17. 17. INTERAGIR

    ×