TRÊS CASOS DE MÁ GESTÃO Lições para a Vida
CASO 1 <ul><li>Uma jovem ia a passear com o namorado, quando ouvem uns homens das obras a gritar: </li></ul><ul><li>Ó cabr...
CONCLUSÃO Nº 1 <ul><li>ESCUTA E PÕE EM PRÁTICA OS CONSELHOS DOS CONSULTORES EXTERNOS POIS SÃO GENTE COM EXPERIÊNCIAS; SE N...
CASO 2 <ul><li>Um réu, condenado a prisão perpétua por assassínio em primeiro grau, consegue fugir ao fim de 25 anos na pr...
CONCLUSÃO Nº 2 <ul><li>NÃO ESTAR VERDADEIRAMENTE INFORMADO PODE TRAZER SÉRIOS INCONVENIENTES. A INFORMAÇÃO ACTUALIZADA E E...
CASO 3 <ul><li>Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico: </li></ul><ul><li>- Senhor, dê-me um preservativo. A min...
CASO 3 (cont.) <ul><li>Chega a hora da comida e o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada ao lado, a mãe e a irmã à f...
CONCLUSÃO Nº 3 <ul><li>NÃO COMENTE OS PLANOS ESTRATÉGICOS DA EMPRESA COM DESCONHECIDOS, PORQUE ESSA INCONFIDÊNCIA PODE DES...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TrêS Casos De Má GestãO

2.969 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.969
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
138
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TrêS Casos De Má GestãO

  1. 1. TRÊS CASOS DE MÁ GESTÃO Lições para a Vida
  2. 2. CASO 1 <ul><li>Uma jovem ia a passear com o namorado, quando ouvem uns homens das obras a gritar: </li></ul><ul><li>Ó cabrão, não a leves a passear! Leva-a mas é para um lugar escuro e come a gaja! </li></ul><ul><li>O rapaz, muito envergonhado, segue o seu caminho com a namorada e passam por um parque onde estão vários reformados que, ao vê-los, começam às bocas ao noivo: </li></ul><ul><li>- De mãozinha dada com a miúda, devias é levá-la para um motel, ó paneleiro!!!! </li></ul><ul><li>O rapaz, cada vez mais envergonhado, decidiu-se levar a namorada a </li></ul><ul><li>casa e despede-se: </li></ul><ul><li>- Então até amanhã, meu amor! </li></ul><ul><li>A noiva responde-lhe: </li></ul><ul><li>- Até amanhã, surdo de merda!!! </li></ul>
  3. 3. CONCLUSÃO Nº 1 <ul><li>ESCUTA E PÕE EM PRÁTICA OS CONSELHOS DOS CONSULTORES EXTERNOS POIS SÃO GENTE COM EXPERIÊNCIAS; SE NÃO O FIZERES, A TUA IMAGEM E A TUA GESTÃO EMPRESARIAL VER-SE-ÃO SERIAMENTE DETERIORADAS. </li></ul>
  4. 4. CASO 2 <ul><li>Um réu, condenado a prisão perpétua por assassínio em primeiro grau, consegue fugir ao fim de 25 anos na prisão. Ao fugir, entra numa casa onde dorme um jovem casal. O assassino ata o homem a uma cadeira e a mulher à cama. </li></ul><ul><li>A seguir, encosta o seu rosto ao peito da mulher, levantando-se de seguida e saindo a seguir do quarto. </li></ul><ul><li>Imediatamente, arrastando a cadeira, o marido aproxima-se da esposa e diz-lhe: </li></ul><ul><li>- Meu amor, este homem não vê uma mulher há anos. Eu vi-o beijando-te o peito e aproveitando que ele se afastou um pouco, quero pedir-te que cooperes com ele e faças tudo o que ele te pedir. Se ele quiser fazer sexo contigo não o evites e finge que gostas. </li></ul><ul><li>Por favor, não o afastes. As nossas vidas dependem disso!!! Sê forte, minha linda, eu amo-te. </li></ul><ul><li>A jovem esposa diz ao marido: </li></ul><ul><li>- Querido, estou reconhecida que penses assim! Efectivamente este homem não vê uma mulher há anos, no entanto não estava a beijar-me o peito. </li></ul><ul><li>Estava a dizer-me ao ouvido que gostou muito de ti e perguntou-me se guardamos a vaselina na casa de banho. </li></ul><ul><li>Sê forte, meu lindo; eu também te amo muito. </li></ul>
  5. 5. CONCLUSÃO Nº 2 <ul><li>NÃO ESTAR VERDADEIRAMENTE INFORMADO PODE TRAZER SÉRIOS INCONVENIENTES. A INFORMAÇÃO ACTUALIZADA E EXACTA É FUNDAMENTAL PARA SAIR COM ÊXITO DO ATAQUE DE COMPETÊNCIA DESLEAL E ASSIM EVITAR SURPRESAS DESAGRADÁVEIS. </li></ul>
  6. 6. CASO 3 <ul><li>Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico: </li></ul><ul><li>- Senhor, dê-me um preservativo. A minha namorada convidou-me para ir jantar esta noite lá a casa, já saímos há três meses, a pobre começa a estar muito quente e parece-me que me vai pedir para lhe pôr o 'termómetro'. </li></ul><ul><li>O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De imediato, volta a entrar, dizendo: </li></ul><ul><li>- Senhor, é melhor dar-me outro, porque a irmã da minha namorada, é uma boazona de primeira, passa a vida a cruzar as pernas à minha frente que ás vezes até lhe vejo as entranhas. Acho que também quer algo, e como vou jantar hoje lá a casa... </li></ul><ul><li>O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De novo, volta a entrar, dizendo: </li></ul><ul><li>Senhor, é melhor dar-me outro, porque a mãe da minha namorada também é boa como o milho. A velha, quando a filha não está ao pé, passa a vida a insinuar-se dum modo que me deixa atrapalhado, e como eu hoje vou jantar lá a casa... </li></ul>
  7. 7. CASO 3 (cont.) <ul><li>Chega a hora da comida e o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada ao lado, a mãe e a irmã à frente. </li></ul><ul><li>Nesse instante entra o pai da namorada e senta-se também à mesa. O rapaz, baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar: </li></ul><ul><li>- Senhor, abençoa estes alimentos, bzzzz, bzzzz, bzzzz,... damos-te graças por estes alimentos. </li></ul><ul><li>Passa um minuto e o rapaz continua de cabeça baixa rezando: </li></ul><ul><li>- Obrigado Senhor por estes dons, bzzz, bzzz, bzzz.... </li></ul><ul><li>Passam cinco minutos e prossegue: </li></ul><ul><li>- Abençoa Senhor este pão, bzzz, bzzz, bzzz... </li></ul><ul><li>Passam mais de dez minutos e o rapaz continua de cabeça baixa rezando. </li></ul><ul><li>Todos se entreolham surpreendidos e a namorada diz-lhe ao ouvido: </li></ul><ul><li>- Meu amor, não sabia que eras tão crente!!! </li></ul><ul><li>- E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico !!! </li></ul>
  8. 8. CONCLUSÃO Nº 3 <ul><li>NÃO COMENTE OS PLANOS ESTRATÉGICOS DA EMPRESA COM DESCONHECIDOS, PORQUE ESSA INCONFIDÊNCIA PODE DESTRUIR A SUA PRÓPRIA ORGANIZAÇÃO. </li></ul>

×