Nr18 111019193819-phpapp01

253 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nr18 111019193819-phpapp01

  1. 1. 1 Riscos Relacionados as Condições e Meio Ambiente da Construção NR-18
  2. 2. IAulaAcidente na construção sobe acima da média  Maior exposição de trabalhadores a risco  Aumento no número de acidentes (70%) Aumento no ritmo de atividade na construção civil Aumento da contratação de mão de obra (81%) 2004(2008-2009) 2
  3. 3. 3 IAula Principais causas de acidente na construção Queda Soterramento Choque elétrico Curiosidades
  4. 4. 4 IIAula Construção Civil –NR-18 Aconstruçãociviléumdosramosdeatividademaisantigosdomundo.Aolongodotempo,passouporumgrandeprocessodetransformação. Emdecorrênciadaevoluçãoporpartedasobras,teve-seaperdademilharesdevidas,provocadaporacidentesdetrabalhoedoençasocupacionais,causadas, principalmente,pelafaltadecontroledomeioambientedotrabalho,doprocessoprodutivoedaorientaçãodostrabalhadores. Aindústriadaconstrução,consideradaatividadeperigosadevidaaaltaincidênciadosacidentes, sobretudoosfatais.
  5. 5. 1DemoliçãoDesmancharouderrubarconstruçãopreviamenteedificada. EscavaçãoÉaretiradadesolodeumdadoterrenoafimdeseatingiraprofundidadeouacotanecessáriadeumadeterminadaconstrução. FundaçãoÉoalicerce,oqueseguraaconstruçãonolugar,podendoserrasasouprofundas. DesmontederochasÉarupturadarocha,realizadoatravésdeequipamentoscomorompedores,explosivos,materiaisexpansivos,etc. ConceitosIIAula
  6. 6. Escavação IIAula6
  7. 7. 7IIAulaFundaçãorasadeumacasaemcomparaçãoàsfundaçõesprofundasdeumedifício. Fundação
  8. 8. 8 IIAula Desmonte de Rocha
  9. 9. 9Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaEscavação Ruptura ou desprendimento de solo e rocha •Operação de máquinas •Sobrecargas nas bordas dos taludes •Execução de talude inadequado •Aumento da umidade do solo •Vibrações na obra e adjacências •Realização de escavações abaixo do lençol freático
  10. 10. 10 Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaEscavaçãoRuptura ou desprendimento de solo e rocha •Realização de trabalhos de escavações sob condições meteorológicas adversas •Interferência de redes de água potável e sistema de esgoto •Bombeamento de lençóis freáticos •Falta de espaço para operação e movimentação de máquinas
  11. 11. Riscos comuns e medidas preventivas IIAula EscavaçãoNoscasosderiscodequedadeárvores,linhasdetransmissão, deslizamentoderochaseobjetosdequalquernatureza,énecessáriooescoramento,aamarraçãoouaretiradadosmesmos,devendoserfeitademaneiraanãoacarretarobstruçõesnofluxodeaçõesemergenciais.
  12. 12. Riscos comuns e medidas preventivasIIAula Escavação Asescavaçõescommaisde1,25m(ummetroevinteecincocentímetros)deprofundidadedevemdispordeescadasdeacessoemlocaisestratégicos,quepermitamasaídarápidaeseguradostrabalhadoresemcasodeemergência.
  13. 13. 13Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaEscavação Ascargasesobrecargasocasionais,bemcomopossíveisvibrações,devemserlevadasemconsideraçãoparaadeterminaçãodasparedesdotalude,aconstruçãodoescoramentoeocálculodosseuselementosestruturais. Omaterialretiradodasescavaçõesdeveserdepositadoaumadistânciamínimaqueassegureasegurançadostaludes.
  14. 14. 14 Devemserconstruídaspassarelasdelarguramínimade0,80m(oitentacentímetros),protegidasporguarda-corposcomalturamínimade1,20m(ummetroevintecentímetros), quandohouvernecessidadedecirculaçãodepessoassobreasescavações. Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaEscavação
  15. 15. 15Riscos comuns e medidas preventivas IIAula Escavação Devemserconstruídaspassarelasfixasparaotráfegodeveículossobreasescavações,comcapacidadedecargaelarguramínimade4m(quatrometros),protegidaspormeiodeguardacorpo.
  16. 16. 16 Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaEscavaçãoAestabilidadedostaludesdevesergarantidapormeiodemedidasdesegurança,oresponsáveltécnicodeverábuscaraadoçãodetécnicasdeestabilizaçãoquegarantamacompletaestabilidadedostaludes.
  17. 17. 17 Riscos comuns e medidas preventivas IIAula EscavaçãoSinalizaçãoNasescavaçõesemviaspúblicasouemcanteiros,éobrigatóriaautilizaçãodesinalizaçõesdeadvertênciaebarreirasdeisolamento. Outrostiposdesinalizaçãousados,fitas,placasdeadvertência, bandeirolas,gradesdeproteção,etapumes.
  18. 18. Riscos comuns e medidas preventivas IIAula Fundação •Quedademateriaisedepessoas •Fechamentodasparedesdopoço •Interferênciacomredeshidráulicas,elétricas, telefônicasedeabastecimentodegás •Inundação •Eletrocussão •Asfixia •Ruído
  19. 19. Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaFundação •Ruptura de cabos de aço •Ruptura de mangueiras e conexões sob pressão •Ruptura de tubulações de cabos elétricos e de telefonia •Vibrações afetando obras vizinhas ou serviços de utilidade pública •Tombamento do bate-estacas •Queda do pilão •Queda do trabalhador da torre do bate-estacas
  20. 20. Riscos comuns e medidas preventivas IIAula Fundação Aexecuçãodoserviçodeveráserfeitaportrabalhadoresqualificados. Tubulões,túneis,galeriasouescavaçõesprofundasdepequenasdimensões,cujafrentedetrabalhonãopossibiliteperfeitocontatovisualdaatividadeeemqueexistatrabalhoindividual,otrabalhadordeveestarpresoaumcabo-guiaquepermita,emcasodeemergência,asolicitaçãoaoprofissionaldesuperfícieparaoseurápidosocorro.
  21. 21. Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaFundaçãoNasescavaçõesmanuaisdepoçosetubulõesacéuabertoodiâmetromínimodeveráserde0,60m(sessentacentímetros).
  22. 22. 22 Naoperaçãodebate-estacas,asoperaçõesdeinstalação,defuncionamentoededeslocamentodevemserexecutadassegundoprocedimentosdesegurançaestabelecidospelosresponsáveisdasreferidasatividades. Riscos comuns e medidas preventivasIIAula Fundação Emsituaçãoespecífica,naqualobate-estacastenhaderealizarsuaoperaçãopróximoàrededeenergiaelétrica,oresponsávelpelasegurançanaoperaçãodevesolicitarorientaçãotécnicadaconcessionárialocalquantoaosprocedimentosoperacionaisedesegurançaaseremseguidos.
  23. 23. 23Quandootopodatorredobate-estacasestivernumnívelsuperioràsedificaçõesvizinhas,oequipamentodeveserdevidamenteprotegidocontradescargaselétricasatmosféricas. Riscos comuns e medidas preventivas IIAula Fundação
  24. 24. 24 Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaFundaçãoParaexecutarserviçosnatorredobate-estacas,otrabalhadordeverá,obrigatoriamente,utilizarocintodesegurançadotipo“pára-quedista”,comtrava-quedas.
  25. 25. 25 Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaFundação Osburacosescavadospróximoaoslocaisdecravaçãoouconcretagemdeestacasdevemserimediatamenteprotegidosesinalizados,paraevitarriscosdequedadetrabalhadores. Sinalização
  26. 26. 26Riscos comuns e medidas preventivasIIAula Desmonte de rochas com explosivos Nasatividadesdedesmontederochaséobrigatóriaaadoçãode“Planodefogo”elaboradoporprofissionalhabilitado(Blaster),responsávelpeloarmazenamento, preparaçãodascargas,carregamentodasminas,ordemdefogo,detonaçãoeretiradadeexplosivosnãodetonadoseprovidênciasquantoaodestinoadequadodassobrasdeexplosivos. Aquantidadedeexplosivoseacessóriosnecessáriosaodeveserrestritaaomomentodedetonação,evitando-seaestocagempróximoàfrentedetrabalho.
  27. 27. 27 Riscos comuns e medidas preventivasIIAulaAsáreasondeseutilizemexplosivosdeverãoserisoladasesinalizadas,comsinaisvisuaisesonorosquenãoseconfundamcomossistemaspadronizadosdeemergência,taiscomoambulância,polícia,bombeiro,etc. SinalizaçãoDesmonte de rochas com explosivos

×