Exercício 3                       A Influência da COR na Propaganda         Universidade Federal Fluminense   |   2012.1  ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim Data: 2008 Campanha: Políticos Tipo: Jornal Título: O Mundo Precisa de Uma Fita...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim                                         PEÇAS                                  ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim                                     PEÇAS                                      ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim                                   PEÇAS                                        ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim                                     PEÇAS                                      ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim                                    PEÇAS                                       ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita AssimCONCEITO   A fita adesiva estaria “calando” as gafes de alguns políticos da mode...
TESA       – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim As CORES da Campanha                                              Por que o...
TESA       – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim As CORES da Campanha                                               Por que ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita AssimMÍDIA   Por ter sido uma campanha veiculada em jornal, a aplicação das cores se ...
TESA   – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim Bibliografia Livro: Psicodinâmica das Cores na Publicidade http://www.andreahec...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Illa branco CORES

290 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Illa branco CORES

  1. 1. Exercício 3 A Influência da COR na Propaganda Universidade Federal Fluminense | 2012.1 | Comunicação Visual I
  2. 2. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim Data: 2008 Campanha: Políticos Tipo: Jornal Título: O Mundo Precisa de Uma Fita Assim Criação: Paulo de Almeida, Gustavo Frare e Isis Ribeiro Direção de Criação: Kike Borel Produção Gráfica: Rubens Trog Agência: Heads Propaganda (PR) Anunciante: Tesa Produto: Fitas Adesivas Fotografia: Nuno Papp
  3. 3. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim PEÇAS Versão P&B “Quem chega aqui não parece que está em um país africano. Poucas cidades do mundo são tão limpas, tão bonitas e tem um povo tão extraordinário como tem essa cidade” Lula durante a sua viagem à Namíbia
  4. 4. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim PEÇAS Versão P&B “Por que você não tira os óculos escuros? Não está claro aqui dentro.” Bush se dirigindo a um repórter cego durante uma coletiva.
  5. 5. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim PEÇAS Versão P&B “Eu não sou um populista, eu sou um democrata.” Hugo Chávez rebatendo críticas da imprensa.
  6. 6. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim PEÇAS Versão P&B “Cada um vai dar o melhor de si para um país mais justo, para um país mais pobre” José Sócrates, Primeiro Ministro de Portugal, se dirigindo ao povo de Portugal.
  7. 7. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim PEÇAS Versão P&B “Eu sou o melhor líder político na Europa e no mundo.” Silvio Berlusconi, antigo Primeiro Ministro da Itália, durante uma conferência de imprensa.
  8. 8. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita AssimCONCEITO A fita adesiva estaria “calando” as gafes de alguns políticos da modernidade mundial. O slogan da campanha “O Mundo Precisa de Uma Fita Assim” reforça esta ideia sem deixar margem para duplas interpretações, garantindo seu tom revolucionário, rebelde e eficiente. Este terceiro benefício seria talvez o mais esperado a ser assemelhado à marca do anunciante, já que se trata de fitas adesivas.
  9. 9. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim As CORES da Campanha Por que o P&B ?ESPAÇO E TEMPO x COLORAÇÃO“Nesse sentido ela pode ser considerada ilusória, pois fixa apenas os aspectos de uma realidade coloria, bela e feliz e tem a intenção de sitiar asinterdições. Por todo o seu conteúdo emocional, por sua força de impacto e por sua expressividade de fácil assimilação, é a cor o elemento quemais contribui para a transmissão dessa imagem idealizada, embora, paradoxalmente, ela seja também o fator preponderante naconcretização do aspecto real da mensagem plástica.” (PSICONIDÂMICA DAS CORES NA COMUNICAÇÃO, p. 116)A partir deste fragmento, é possível analisar a utilização do Preto e Branco como coloração da foto. Ela quebra justamente com este ideal colorido efeliz que a publicidade “convencional” tentar utilizar em sua grande maioria. Neste caso o objetivo é romper com este imaginário, chocar com arebeldia e não-adoração destes símbolos políticos que, numa publicidade de suas campanhas, seriam retratadas com cores cativantes.PASSADOEm segundo lugar, também remete ao passado, assim como os tratamentos em sépia, por exemplo. Adequam-se então à proposta inicial, onde secomunica fatos reais e que “poderiam ser evitados” com o uso da fita como um “cala-a-boca”.PRETO NO BRANCOE, por último, levando ainda mais ao extremo esta utilização, pode-se remeter à expressão popular quando se refere a algo dito com clareza, semsegredos, desvios ou mentiras: o preto no branco.
  10. 10. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim As CORES da Campanha Por que o VERMELHO?A cor vermelha tem razões mais objetivas que justificam sua aplicação. Primeiramente, se tratando de um anúncio mais sofisticado commenos exposição excessiva de marca, precisou aproveitar a cor da marca para referência direta ao anunciante. No site da Tesa épossível ver muito branco, cinza para os textos e o vermelho como cor secundária predominante. Se compará-los, vê-se uma linha visualmuito bem mantida.Por se tratar de figuras políticas, o vermelho entra com o imaginário da ação, da ordem e da força, atributos centrais para a atuação política. O estudosobre as cores do livro “Direção de Arte na Propaganda” ressalta respectivamente as seguintes características para a cor: “guerra, sangue, perigo, vida,fogo, sol, mulher, conquista, masculinidade, força, energia, movimento, violência, excitação, emoção, ação, etc.”. A partir disto vê-se que o perfilpolítico e impactante pela forma revolucionária está bem representada pela cor vermelha. Hotsite Oficial
  11. 11. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita AssimMÍDIA Por ter sido uma campanha veiculada em jornal, a aplicação das cores se torna ainda mais coerente. Primeiro por que a vivacidade das cores no material do jornal se perde um pouco pela qualidade de impressão, o que não ocorreria com revistas, TV, online, etc. Num segundo momento, o relato jornalístico e a veracidade que carrega é um imaginário favorável à campanha em questão, que expõe situações fortes e reais. E, por último, se torna ainda mais justificável o perfil sofisticado da campanha, com uma marca discreta e um tema que exige cultura e informação por parte do público, e um humor sofisticado para que haja identificação direta com o conceito.
  12. 12. TESA – O Mundo Precisa de Uma Fita Assim Bibliografia Livro: Psicodinâmica das Cores na Publicidade http://www.andreahecksher.com/Cores.pdf http://www.tesatape.com.br/ http://comunicadores.info/2008/03/23/o-mundo-precisa-de-uma-fita-assim-2/

×