EDIÇÃO ESPECIAL        15 ANOS
HD mag índice                                                                                                             ...
HD mag nonono            • SE EU FOSSE UM MÓVEL, EU SERIA... •                                                            ...
HD mag trajetória                                                                                   foto arquivo          ...
HD mag trajetóriaAconteceu para a montagem da Home           entrevista                                                   ...
HD mag nonono                                                                                                             ...
HD mag moda                                                                                                               ...
HD mag nonono do mobiliário       história                                                                                ...
E                                    SHD mag nonono                                                                       ...
ESTÚDIO NADA SE LEVA                                                                              Luiz MÁrio moura        ...
JACQUELINE TERPINSNome consolidado no mercado nacional, já constantemente repercuti-do lá fora - exporta suas criações par...
REJANE CARVALHO                                                           RO SCHMITT                                      ...
VICTOR ANGUEIRA                                       ZECA REPETTEO espanhol Victor Argueira                            Ze...
Suíte Ecológica                                       Motel Decamerom                                  Projeto Cristiane P...
HD mag gastronomia    PARA DESFRUTAR    A culinária tailandesa chega à    Bahia em grande porte                        aro...
HD mag gastronomiasoa, para trazer energia positiva. As cores, elementos fortes   do país, o Sawasdee, original de Búzios,...
HD mag home design casual                                                                                                 ...
Inspire-seF      alar de design, pensar em conceito,      respirar estilo, viver vangaurda. Foi      com esse espírito que...
Chaise Su – Rafael MirandaBuffet Dior – Guilherme Torres       tecido Luciana Galeão
Sofá Trust    Poltrona Jacarta   Poltrona The EggEstúdio Nada Se Leva      Arne Jacobsen                                  ...
Buffet RelevoFernanda Brunoro                    Cadeira Senhorita                        Luís Marques
1   2                                                          3               4   5               7   8                  ...
produção                                  Nathália Velame                                  Thaís Muniz                    ...
HD mag nonono                                                                        nonono HD mag                        ...
HD mag top 10 2008                                                                                       Ao lado, o sofá R...
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
HD Total
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

HD Total

1.423 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

HD Total

  1. 1. EDIÇÃO ESPECIAL 15 ANOS
  2. 2. HD mag índice editorial HD magManuela Andrade! A estilista Luciana Seja pela culinária A Home Design Não basta a forma, Nossos arquitetos,Dizem que ela é Galeão e a HD ou decoração, também se é necessário designer dea ‘alma’ da HD. O assinam a coleção uma coisa se sabe, apresenta sob conteúdo. Os interiores eporquê só lendo o 2009 de tecidos o Zen tem o seu outro ângulo, nossos designers parceiros vocêseu perfil  {15} para móveis  {16} diferencial {32} Casual  {36} têm tudo isso  {22} encontra aqui  {82} até a entrega dos produtos pela nossa equipe de logística, passando por todas as áreas, como vendas, administrativo, financeiro e marketing. A sinergia do grupo é bastante forte e isso é trans- ferido para todos que orbitam ao nosso redor. Cada vez que recebo elogios da minha equipe, fico bastante orgulhoso, dando-me a confirmação que estamos no caminho certo. Gostaria também de reconhecer10 publicamente o esforço incansável de minha companheira. Manuela é hoje Deixe-se levar pelas imagens o coração e a alma da Home Design. A e leitura. Aqui, conheçam os Alessandra e Vanessa sua disposição ao trabalho, indo além passos dos 15 anos da Home Horto Florestal 52 de simples esforços, como se tivesse oni- presente em todas as áreas da empresa, Design em Trajetória. Reviva as mais emblemáticas Aline e Mário                 á é reconhecido e admirado por todos os 18 um tempo, quando vi as baixas estatís- nossos colaboradores internos e exter- criações dos mais célebres Horto Florestal 54 ticas das empresas que sobrevivem nos. Conto também com a compreensão designers na História do após 15 anos de existência, sabia que André e Alex não poderia deixar os 15 anos da Home de nossos filhos que, por tantas vezes, Mobiliário. Apresentamos não puderam contar com a nossa pre- Pituba 56 Design passar em branco. Tinha que sença. Eles são a nossa principal fonte de o TOP 10: os projetos mais 38 registrar o período dando uma forma inspiração em tudo que fazemos. 51 bem colocados no ranking da Cristina Maron de eternizá-lo. Resolvi fazer uma revista Tudo isso é recompensado quando HD em 2008. Encante-se com Loteamento Aquarius 58 que retratasse esse momento. Quando os exigentes profissionais de arquitetura o Editorial de Móveis no fiquei sabendo que a grande amiga e e decoração confiam os lares de seus ilson Cristiane e Ed deslumbre do Castelo Garcia empresária workaholic Andréa Velame D´Ávila, em Praia do Forte. Ah, 60 estava fazendo uma revista, não tive clientes aos nossos produtos e serviços. guas Encontro das Á dúvidas, convidei-a para o projeto. Ela, Melhor do que isso, ainda, é quando também fizemos uma festinha os nossos clientes retornam, trazendo de Debutantes! para os Moura 62 em nenhum momento, pestanejou em os seus filhos que acabaram de casar e Flávio restal73 nossos principais parceiros de aceitar o meu convite. Depois que viven- estão começando uma nova etapa da 2008. Horto Flo ciei o nascimento da primeira edição da vida. Sinto, como se, na verdade, os pais y 64 revista Conceito AV, veio a confirmação Wesle quisessem proporcionar aos seus filhos a lvan e Gi ille que a minha decisão foi sabiamente tomada. mesma sensação de bem-estar que eles possuem. Park V 66 eida São 15 anos de grande dedicação Os convido, então, para explora- d a Alm de toda a equipe que compõe o nosso rem esta edição especial da Home De- Iolan núcleo. Todos estimulados a dar sua sign Magazine. A todos, o meu muito Barra me 68 contribuição, tornando o nosso trabalho obrigado! lia Vela bastante prazeroso, desde o recebi- www.homedesign.com.br athrá elho N Ve m mento do cliente, pelo nosso porteiro, Maurício Lins, diretor de marketing www.homedesigncasual.com.br zes 70 Capa  Marcelo Negromonte Rio M ene ério Rogaçari Cam
  3. 3. HD mag nonono   • SE EU FOSSE UM MÓVEL, EU SERIA... • nonono HD mag ANDREA Velame Diretora TIAGO Nery O GRUPO AV PARABENIZA A HOME DESIGN PELOS SEUS 15 ANOS E SENTE-SE FELIZ DE TER FEITO PARTE DE Designer gráfico Mesa Saarinen, de 1/3 AV & HOME DESIGN: 5 ANOS DE PARCERIA DESSA HISTÓRIA Panton Chair, de Eero Saarinen Verner Panton THAÍS Muniz Produção My Beautiful GRUPO PROGRAMA TUDO AV  REVISTA CONCEITO AV Backside Principessa, da Moroso www.andreavelame.com.br LUARA Lemos Jornalista The Egg, de Arne Jacobsen MARCELO Negromonte Fotógrafo Banqueta Fetiche Estúdio Nada Se Leva Confivram! ale afinal, a pena! muito TATIANA } Dourado DOM {11h 5} Jornalista SEG {22h4 45} Amoebe, de Verner QUA {22h Panton8 home design  |  15 anos home design  |  15 anos 9
  4. 4. HD mag trajetória foto arquivo prava de lojas de São Paulo, devido à pouca oferta no nosso mercado ou aos altos preços aqui praticados. Eu recebia vários amigos baianos comprando nasTrês executivos, uma lojas da Flórida para exportar à Bahia”, recorda.história de sucesso! Para suprir esse nicho de merca- do, nasceu a primeira versão da Home Design, especializada em móveis parapor  TATIANA DOURADO área externa. Começaram, então, a pes-fotos  MARCELO NEGROMONTE quisar tendências nos mais notórios eventos internacionais como a High Point, na Carolina do Norte, onde logo fecharam duas exclusividades: a Teles- cope Casual e a Stanley Furniture. Em 1998 seguida, contando com a consultoria nome é analo- do arquiteto baiano Paulo Melo, segui- gia direta. Aos Projeto Paulo Andrade e Paulo ram também para a Feira de Milão. E visitantes, a sensação de estar em casa não mais pararam. “O baiano passou a Melo e entrar na Home Design são similares. ter acesso a lançamentos de design in- Não à toa a loja assim se chama. A sen- ternacional rapidamente, por um pre- sação atravessa o conforto da estrutu- ço mais acessível. Os móveis eram en- ra física e permanece no traquejo in- tregues no máximo em três dias, pois a comum dos gestores com os clientes, Home Design trabalhava somente com parceiros, arquitetos e funcionários. pronta entrega”, pontua Maurício. “Ser leal aos clientes e às pessoas que A casa precisou de mais espaço em te acompanham, ajudá-los nas horas julho de 1996. As peças já não mais necessárias, ser respeitoso, tudo isso cabiam na Barra, por isso, um novo agrega confiança”, define Juracy Lins, prédio foi adquirido na Pituba, na mo- um dos três executivos da HD, que con- vimentada Avenida Paulo VI, sob proje- ta ainda com Marcio Lins, responsável to do escritório da dupla de arquitetos pela área financeira, e Mauricio Lins, Paulo Andrade e Paulo Melo. Dois anos gestor da área comercial e marketing. 2004 depois, em 1998, as lojas se unificaram, Este é apenas um dos segredos da em- Projeto Alessandra e a sede migrou da Barra à Pituba, que presa consagrada como referência no passou a contar com um elevador para Carvalho e mercado baiano em peças de design. Vanessa Soares ligar os 1.200 m² dos três andares. As Durante o percurso – que, neste 2009, mudanças foram também conceituais, revive e comemora 15 anos – a van- pois, em 1999, a especialidade inaugu- guarda foi sendo moldada em tempo ral – móveis importados – foi substitu- breve de história. ída, devido à desvalorização do real, É tida como uma das primeiras lo- por produtos dos melhores designers jas de decoração de Salvador focada nacionais. “Percebemos que a qualida- para o público acostumado a consumir de dos móveis daqui era superior ou o “viver bem” através do investimento igual a dos importados”, relembra Mar- em conforto e design – teve a primeira cio. Em 2004, as arquitetas Alessandra sede concreta na Rua Miguel Bournier, Carvalho e Vanessa Soares refizeram a Barra, em 1994. Antes do ano registra- fachada da loja no intuito de moderni- do, quando sequer imaginavam ter zá-la, através da aplicação de alumínio uma loja do gênero, trabalharam com composto em sua extensão, além de importação de mobiliário como corte- intervenções internas. sia para amigos, já que Maurício Lins, à 2008 Bem, podiam até ter parado ape- época, morava em Miami, EUA. “Uma Projeto nas com a HD, não fosse a sagacidade 11 grande parcela de consumidores com-10 Wagner Paiva de aproveitar a tendência de mercado. home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  5. 5. HD mag trajetóriaAconteceu para a montagem da Home entrevista veu com maestria o projeto para aDesign Casual, inaugurada em outubro HD. Nos encontramos algumas vezesde 2006, projeto assinado pela designerde interiores Nágila Andrade. A essên- Wagner Paiva conta como pensou a para que eu a inteirasse do projeto de arquitetura, daí tudo fluiu supercia no conforto para receber os clientesfoi reiterada em maio de 2008, com a repaginação do projeto da HD bem. Era importante marcar forte- mente os móveis e objetos expostosrenovação da estrutura física da Home e permitir a entrada de luz natural.Design, projeto do arquiteto Wagner Nosso objetivo era produzir umaPaiva, que priorizou a valorização na atmosfera aconchegante e linear,exposição dos produtos da loja. de baixo consumo, com luzes fluo- Nestes 15 anos, celebra não apenas rescentes. Outros tipos de lâmpadasa existência, como o espírito impalpá- também foram usadas para um efei-vel, que dá o tom por meio do estreito to cenográfico. O conjunto é um tetocontato: sinergia entre os funcionários, em movimento, uma dança de luzes,pelo retorno constante de arquitetos sombras, cheios e vazios.e decoradores – que somam 90% dasvendas – e do reconhecimento do A partir de quais referências esco-mercado, vindos com os prêmios cons- lheu os materiais para o projeto?tantes, como o ‘TOP de Marketing’, da A Home Design exibe um portifólioADVB, em 2000, ‘Empresa mais parceira super extenso de móveis e, de manei-do mercado, do Anuário de Decoração ra muito hábil, não se comprometeda Bahia, em 2007, ‘Melhor Empresa’ e verdadeiramente com nenhum esti-‘Empresa mais responsável ecologica- lo. Ela consegue ser clássica, moder-mente’, promovido pelos jurados e pú- na, contemporânea, tudo ao mesmoblico na Mostra de Aracaju, em 2008. tempo. Isso não é para qualquer um.Nas recordações, ainda vigora mais Hoje há uma tendência mundial: ouma lembrança, ocorrida em 2003. luxo. Quase todos os meus projetos“Um dos momentos mais memoráveis comerciais possuem materiais muitofoi o lançamento que fizemos no Hotel simples, sem ostentação. Desta vezOthon Palace, onde unimos a arte per- não foi diferente, porém eu não po-formática de membros do Corpo do deria me permitir excluir a loja desta Você foi o arquiteto-responsável cisa dar resultado. Uma loja destaBallet do Teatro Castro Alves, interagin- tendência. Os materiais que adota- pelo novo projeto da loja da Home proporção possui custos fixos e dedo completamente com os móveis da mos, como alumínio composto e piso Design. Como pensou na proposta manutenção altos. A iluminação na-coleção que estava por vir. Todo o pro- em porcelanato fosco (o mais branco elaborada? tural possui, neste projeto, um duplocesso foi inesquecível!”, rememora. Na do mercado) são materiais com tec- A Home Design é uma empresa sóli- papel: ampliar visualmente as di-Home Design, sofisticação e qualidade nologia de ponta e criaram uma face da e comprometida com seu tempo. mensões da loja, trazendo assim umpassam também por tudo isso. despretensiosa. O luxo mesmo está E precisava comunicar isso. Buscou, grande jardim lateral para o interior onde deveria, nos móveis. então, um escritório de arquitetu- da loja, criando uma suave sensação ra que entendesse seu momento e de bem-estar e economia de energia O que considera diferencial da Home fosse tecnicamente capaz de colocar elétrica. Design no mercado baiano? isso no papel. Retratou com fidelida- Hoje o mundo está globalizado e de e muita segurança os novos ob- A Home Design, assim como a Home acessível em um clicar de mouse. O jetivos da loja: apresentar com ele- Design Casual, inovou o mercado mercado fornecedor precisa estar gância móveis comprometidos com baiano com a contratação da Li- cada vez mais profissionalizado e design de excelência e alta qualida- ghting Designer Neide Senzi para o comprometido com a satisfação do de, atitude de vanguarda e um show desenvolvimento do projeto lumi- cliente. A Home Design é tudo isso, room lindo de doer! notécnico. Qual a importância de se por motivos muito simples: é uma adequar a esta parceria? loja criteriosamente bem equipada, Qual a importância da luz natural A Lighting Architect Neide Senzi foi está em constante busca por novos em seu projeto? responsável por este projeto. Pro- produtos, possui equipe altamente Todo projeto que faço é pensado fissional competentíssima, focada qualificada, show room completo e como empreendimento, que pre- também em resultados, desenvol-12 13 preços competitivos. home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  6. 6. HD mag nonono perfil HD mag “Já trabalhamos com um preço justo, o mercado está cada vez mais competiti- vo e cada cliente quer uma negociação diferente”, explica. Para surpreender o público a cada coleção, o repertório sempre atualiza- do da loja é fruto de muita pesquisa. “Nós (Eu e Maurício) viajamos muito em busca de móveis que aliem o con- ceito da loja ao perfil do nosso cliente. ãe, casada Valorizamos os designers brasileiros e com o empre- procuramos mesclar com os designers sário Maurício Lins e sócia da loja fe- internacionais. Temos parceiros de minina Galpão de Estilo, Manuela An- muitos anos que conseguem traduzir drade, 31, gerente comercial da Home em seus desenhos o estilo HD”, afirma Design, é um símbolo da mulher mo- Com a vida dividida entre viagens, derna, com muitas atribuições, tendo a administração de duas lojas, casa, que administrar os problemas diários marido e filho, Manuela afirma contar com soluções rápidas e objetivas, sem com pessoas que lhe dão suporte em perder a vaidade, a feminilidade e a tudo o que faz. “Tenho uma família ma- meiguice de quem procura o lado po- ravilhosa, que é base de tudo que eu sitivo de tudo o que faz. sou. Nas lojas, temos uma filosofia de A dedicação, a objetividade e a cumplicidade e união onde todos com- paixão pelo trabalho são reflexos do partilham o mesmo objetivo e isso faz sucesso de Manuela. “Faço tudo com com que essa relação vá além do tra- muita intensidade, sou perfeccionista balho, nos tornando grandes amigos e e exigente. Faço tudo pensando no parceiros. Com Mauricio se torna mais 100%”. mulher de fácil, por trabalharmos juntos, isso faci- Há onze anos à frente da Home lita a nossa vida familiar e social. É um Design, a presença de Manuela no ne- negócios, ela excelente marido, companheiro, pai, gócio se tornou um diferencial no mer- amigo e profissional. Amo, respeito e cado pelo atendimento personalizado admiro muito ele”. é a cara da prestado junto a cada profissional e Para Manuela, o fato de ter que cliente. “Faço questão de acompanhar administrar a relação entre esposa e tudo pessoalmente, desde o orçamen- home design chefe tem seus lados positivos. “Ape- to inicial até a finalização do pedido, sar de, em alguns momentos, pensar- pois sei que, para os nossos clientes, é mos de formas diferentes, a relação é a realização de um sonho, por isso não fácil, por termos o mesmo objetivo. Na podemos decepcioná-los”, conta. por  luara lemos nossa vida pessoal, estamos sempre Dentre os processos que gerencia foto  marcelo negromonte acrescentando elementos para o nos- na empresa, a negociação é considera- so trabalho em viagens, jantares e em da a parte mais difícil, não por questão reuniões com amigos da área. Fazemos do jogo de cintura, mas sim porque isso de uma forma natural e com muito considera que o cliente está cada vez prazer”, completa. 15 mais exigente em relação a descontos.14 home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  7. 7. HD mag moda nonono HD magLUCIANA GALEÃO & HDpor  luara lemosfotos  marcelo negromonte                    sas de bor-boletas pousam em poltronas no estiloretrô, com dimensões e proporções dosmóveis dos anos 50 e 60, resultando emuma peça intrigante e atual. LucianaGaleão, estilista baiana consagrada nomundo da moda brasileira, transportaseus desenhos para a coleção de mo-biliário e almofadas da Home Design,loja sempre na vanguarda das tendên-cias contemporâneas em decoração,com os mais cobiçados móveis, tapetese objetos de designers consagrados. “Aparceria surgiu a partir de um convite eSTILISTA ASSINA barrocos e Flores em Mosaico estampam a nova coleção 2009 de móveis da HD.da Home, e resolvemos fazer uma co-letânea de algumas estampas que eu COLEÇÃO 2009 “Para esta coleção, estou trazendo, em uma das estampas, uma continuaçãopreparei durante todo esse tempo detrabalho. Deu super certo! As pessoas DE TECIDOS COM da coleção de inverno O Voo da Andori- nha, mas em uma versão diferente, emgostaram até porque fica super dife-rente, criou-se um diferencial”, conta. EXCLUSIVIDADE cores cinza e metalizada. Os Azulejos Neobarrocos ganham uma versão mais Na Linha Home, as peças foram re-vestidas com estampas da coleção “O para home gráfica e mais moderna em relação aos tradicionais, nas cores branca e bege”,olho que responde”, baseada na Op’Arte, além de estampas de flores grá- design apresenta. Para Luciana, o convite para de-ficas baseadas na coleção “Um Jardim senvolver esse tipo de produto emde Linhas” e da famosa “Asas de Bor- Salvador é uma inovação no mercadoboleta”. “Não fujo do meu foco, que é mesa. Eu acho que é bom ter um pou- baiano. “Maurício e Manuela são supermoda, porque o diferente vem daí, de co dessa limitação, para ficar diferente, antenados, eles têm um olhar mais naimaginar uma coisa que é para uma e, ao mesmo tempo, que se adeque”, frente em relação ao mercado e, talvezroupa, mas que se encaixa no desenho explica. a isso, se deva o sucesso da Home”,de um sofá, uma poltrona ou em uma O Voo da Andorinha, Azulejos Neo- completa.16 home design  |  15 anos home design  |  15 anos 17
  8. 8. HD mag nonono do mobiliário história nonono HD magOs clássicos de semprepor  TATIANA DOURADOfotos  MARCELO NEGROMONTE começo do século XX, para reconfigurar a produção vigen- Bertoia (1915-1978). A Escola Bauhaus se estendeu até 1933, móveis modernista também pode ser conferido pela criação te. Há exatos 90 anos, em 1919, as mais variadas manifesta- quando combatida pelo governo nazista. Mas, como influên- de Sergio Rodrigues, Joaquim Tenreiro, Zanine Caldas ou Lina ções artísticas convergiam em unidade de criação na Escola cia, até hoje atravessa mares e aporta em inúmeros lugares, Bo Bardi. Cada traço moderno ao estilo particular, brasileiros, Bauhaus – movimento anunciado por manifesto do arquiteto como no Brasil, por meio de trabalhos célebres de Sergio Ro- não brasileiros, cada personagem à sua maneira agrega valor Walter Gropius (1883 – 1969), que proclamou o ideal moder- drigues, Joaquim Tenreio e Oscar Niemeyer. a essa vertente incansavelmente reeditada na contempora- nista na arquitetura, artes plásticas e design. Princípios defini- neidade. dos! Produtos bonitos, duradouros, funcionais, tecnológicos, Morreu Moderno com formas elementares e cores primárias. O resultado é a “A forma segue a função”, dizia o arquiteto americano Era contemporânea influência percebida ainda hoje, que nitidamente se mantém Louis Sullivan (1856-1924), em frase que se tornou a máxima Produção heterogênea, sem purismos. A ordem é compor atemporal. Ao pé da letra, Bauhaus significa ‘casa para cons- do design moderno. Os adeptos priorizam o funcionalismo, referências, misturar cores, texturas, materiais. O contempo-           design de móveis acompanhou o rit- truir’, que remete diretamente à criatividade empregada. A opondo-se aos ornamentos tipicamente clássicos. A ordem râneo não impõe limites, revive o vintage, abusa do high techmo dos movimentos artísticos e permaneceu se adaptando idéia é ter composição harmônica para poder se espalhar com estava definida: simplificar e concentrar, características que se e os une sem modéstia. A customização ganha o tom de ori-às transformações conceituais dos vanguardistas de cada es- características próprias pelo mundo. Como fizeram, mesmo adequaram aos avanços tecnológicos. A Escola Bauhaus, nas- ginal, assim como o artesanal garante a exclusividade e se-tilo. Alguns nomes tornaram-se símbolos tão fortes que, ain- em legado, nomes clássicos com seus exímos trabalhos. Den- cida na Alemanha, propiciava o aquecimento da tendência gue como costume próprio do atual. O nível de criatividadeda hoje, e, provavelmente, por anos a fio, permanecerão vivos tre eles, Le Corbusier, o grande nome da arquitetura do século que chegou ao Brasil com os próprios imigrantes americanos de longe não é pouco num mundo de tantas referências. Noe atuantes como referência neste universo que não para. XX, mentor de conceitos como o Modulor e os Cincos Pontos. e europeus na década de 30. Lúcio Costa e Oscar Niemeyer auge do terceiro milênio, ser designer é a ocupação da vez. Também figuraram mestres como Ludwig Mies van der Rohe são os primeiros nomes fortes do segmento no país, sendo No meio de tantos, alguns como Karim Rashid, Phillip Starck, Bauhaus! (1886-1969), Eero Saarinen (1910-1961), Verner Panton (1926- este último definidor de criação tão própria, que se consoli- Marcel Wanders, Patrícia Urquiola e Ron Arad fazem a expo- Eram artistas, arquitetos e designers que se reuniram no 1998), Charles (1907-1978 ) e Ray Eames (1912-1988) e Harry dou como o mais importante arquiteto do país. O design de nencial diferença.18 19 Marquesa e Chaise, de Oscar Niemeyer home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  9. 9. E SHD mag nonono aarinen e nonono HD mag ero Saarinen, Charles Eames arquiteto finlandês, desenvolveram uma se tornou nome série de móveis inconfundível do vanguardistas design de móveis e na premiados várias vezes arquitetura do século XX. Filho no MOMA. A linha Tulip é do reconhecido arquiteto Eliel uma das mais requisitadas. Saarinen, formou-se em Yale, Também desenharam móveis em 1934. Em 1937, fez uma para a Knoll Internacional, parceria com Charles Eames. como a coleção Womb e a Pedestal, com a cadeira Tulipa L C e Corbusier, suíço orbusier apresentou, reconhecido pela 1° vez, uma das pela maestria na mais repercutidas transformação criações no Salon dos conceitos d´Automne em arquitetônicos, foi teórico, Paris, 1929. Foi a chaise- artista plástico e também longue. Os materiais-padrão design. A partir de 1926, em seu trabalho são: estrutura começou a desenhar móveis em aço tubular cromado e com seu irmão, Pierre estofamento em couro como Jeanneret, e com Charlotte na Basculante, na Grand Perriant. confort, na B302, entre outras... A A rne Jacobsen, dupla Charles e Ray nascido em Eames até hoje é Copenhagen, sucesso monumental. foi arquiteto, Entre tantas criações, decorador, designer destacam-se a La de móveis, têxtil e cerâmica. Chaise, a Lounge Chair, a Eames Projetou a cadeira Ant e a Store Unit e a Lounge Chair and Série 7, considerada de maior Ottoman, e as clássicas poltronas sucesso no mundo, a cadeira Charles Eames. Atuaram em EGG, também célebre do arquitetura, design industrial, design, assim chamada pelo filmes e, é claro, nos projetos dos corte volumétrico similar a um mobiliários. Únicos. ovo, e a Swan. V V erner Panton, an der Rohe, um designer dos mentores da dinamarquês que Escola Bauhaus, deu tom lúdico além de fixar seu ao design, criando nome no hall das o conceito pop cool, com estrelas da arquitetura do desenhos não convencionais século XX, também é expoente e de muita cor, como a no design. Suas criações são Panton. O italiano Harry imortalizadas, como a cadeira Bertoia, arquiteto e design, Barcelona (1929), em que o se destacou pelas cadeiras 21 aço tubular foi substituído20 em fio metálico para Knool pelo aço plano, grande Internacional. inovação para época. home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  10. 10. ESTÚDIO NADA SE LEVA Luiz MÁrio moura Graça kazan &Tecnologia e design são a constante do Estúdio Nada se Leva. Comandada pela Os dois designers reuniram seus talentos em meados dos anosdupla de designers André Bastos e Guilherme Leite. Gaúcho, ex-estudante de me- 90, quando se conheceram no curso de arquitetura no Centrodicina, durante 10 anos esteve à frente da marca Villa Due, de roupa feminina, Universitário do Triângulo, em Urbelândia. Graça Kazan e Luizaté se encontrar designer de móveis. Guilherme Leite se formou em Belas Artes e Mário adaptaram suas afinidades criativas e, desde então, con-Comunicação em Nova Iorque e, por lá, trabalhou 10 anos como designer gráfico. seguem traduzi-las em suas peças. A brasilidade presente naVoltou ao Brasil, em 2001, para montar sua agência, a 2pG, e, em 2003 produziu natureza e no cotidiano são fontes de inspiração das criaçõesuma linha própria de móveis. Da afinidade da dupla, criaram, em agosto de 2005, funcionais, realçando os valores essenciais da dupla. Aliado aoo Estúdio Nada se Leva e, logo na primeira coleção, apresentou as linhas Anti- conteúdo, adequam a tecnologia. O resultado são móveis queque, Print, Ishi e Ligero. Com desenhos exclusivos, costumam unir o lúdico ao aguçam os sentidos, traduzem leveza e modernidade.nostálgico, através da tecnologia. Com materiais como madeira, vidro e acrílicoexecutam cortes a laser, estampas na fórmica, impressão no vidro, além do muitouso de materiais inusitados. nossos designers nossos designers
  11. 11. JACQUELINE TERPINSNome consolidado no mercado nacional, já constantemente repercuti-do lá fora - exporta suas criações para Nova Iorque e Los Angeles – o tra-balho de Jacqueline Terpins impressiona pela forma em que encontra aspotencialidades através do cristal. Formada na Escola de Belas Artes daUFRJ, estudou técnica de sopro em vidro na Penland School of Art andCraft e na Pilchulk Glass School (EUA), além de desenho na Byam ShawSchool of Painting and Drawing (Inglaterra). Seu ritmo é intenso: sãocerca de mil peças produzidas por mês. Tudo design de vidros, sua espe-cialidade: copos, vasos, lamparinas estilizadas, além dos móveis, comoas poltronas Quatro e a mesa PI. Neste ano, 2009, a designer JacquelineTerpins volta a compor o vidro com a madeira. OSCAR NIEMEYER Niemeyer não é só o maior arquiteto do Brasil. Foi um dos primeiros a se mobilizar para a prática do desenho de móveis na década de 70. O arquiteto carioca, nascido em 1907, achava que a própria arquitetura poderia ser desvalorizada com o uso de ele- mentos desconexos no interior, e começou a planejar em desenhos suas invenções. Nelas, Oscar Niemeyer resolveu incorporar materiais não usados na época, como a madeira pren- sada, o couro e a palhinha, com superfícies mais largas e formas variadas. Neste ritmo, criou poltronas, mesas, cadeiras de balanço, espreguiçadeiras, marquesas... Neste tempo, mobi- liou, por exemplo, a sede do Palácio da Alvorada e do Partido Comunista Francês, em Paris. A primeira peça criou em parceria da sua filha, Anna Maria Niemeyer. Desenvolveram outras a seguir, sempre ousando em formas. Linhas curvas, suspensão de estruturas, no seu típico construtivismo simplista, Oscar Niemeyer dissipa a sua arte funcional. nossos designers nossos designers
  12. 12. REJANE CARVALHO RO SCHMITT Projetar um ambiente com a poesia do design é o critério de RoA filosofia da arquiteta e designer Rejane Carvalho a coloca no pata- Schmitt em suas criações. A vida que dá à madeira, ao vidro oumar dos diferenciados: é atenta aos efeitos de qualidade, utilidade e tecido é proporcionado pela singela mistura entre épocas. Suasrequinte no design, numa composição coordenada, sóbria e exigente. formas são harmônicas, ousadas, prezando a praticidade e oPor estas proezas, os produtos que cria integram um seleto grupo de conforto necessário para o dia a dia.empresas, entre elas a Home Design. A gaúcha, natural de Porto Alegre,tem projetos residenciais e comerciais no Rio Grande do Sul, São Paulo,Distrito Federal, Minas Gerais e Bahia, sem contar os internacionais. nossos designers nossos designers
  13. 13. VICTOR ANGUEIRA ZECA REPETTEO espanhol Victor Argueira Zeca começou a desenhar móveis num mercadoresolveu migrar da cidade de ainda incipiente em 1989, quando recém forma-Santiago de Compostela, de- do em arquitetura pela Universidade Estadual depois de graduado em design Londrina, Paraná. Os nomes célebres da arquite-industrial com especialização tura e design moderno e contemporâneo, como,em mobiliário e Arquitetura, por exemplo, Arne Jacobsen, Artur de Matos Ca-para vir ao Brasil. Aqui chegou sas, Isay Weinfeld, Hans Brattrud e Cini Boeri sãoem 1995, e começou a traba- as fontes de inspiração de Zeca Repette que, hálhar com arquitetura publicitá- oito anos, tem trabalhado com as maiores marcasria, criando projetos de stands do país.e displays para empresas comoa Fiat, Volkswagen, Mercedese Microsoft. A partir de 1999,decidiu se dedicar à execuçãode design de móveis e decora-ção, com trabalhos publicadosnas principais revistas especia-lizadas do país. nossos designers nossos designers
  14. 14. Suíte Ecológica Motel Decamerom Projeto Cristiane Pepe Móveis Home Design CasualA KING KOIL PARABENIZAA HOME DESIGN NESTES 15 ANOS
  15. 15. HD mag gastronomia PARA DESFRUTAR A culinária tailandesa chega à Bahia em grande porte           aroma oriental ganha a máxima con- temporânea em Salvador a mando da culinária tailandesa do por  TATIANA DOURADO fotos  MARCELO NEGROMONTE Zen Thai Restaurant - nova aquisição do bairro Rio Vermelho. Os cinco sócios idealizadores, já empresários da área gastro- nômica, desta vez, decidiram fazer o público baiano saborear este gosto localmente não típico. O clima é inspirado pela decoração sofisticada e contemporânea – todos adquiridos nas lojas Home Design e Home Design Casual – adequada aos fortes elementos da cultura tailandesa. O abre-portas aconteceu em 27 de janeiro de 2009. São três pavimentos com conceitos diferenciados, pro- jetados pelo arquiteto Flávio Moura, que comportam 214 clientes. O primeiro é o salão principal, clássico do restau- rante, direcionado ao consumo gastronômico. O arquiteto elaborou um mix de produtos Home Design e Home Design Casual: “Tenho orgulho de especificar os produtos da HD em meus projetos, pelo nível de excelência, como as duas mesas redondas, de madeira de demolição - com capacidade para dez pessoas – que, no saguão, foram compostas com outras, quadradas, de tampo perfect white e base em alumínio fun- dido”, descreve. Ao subir as escadas, no segundo andar, encontra-se o mezanino. Um ambiente projetado para oferecer conforto despojado, recomendado para reuniões ou aniversários. “To- das as peças do mezanino têm design interessante como a poltrona dourada Oxo e o sofá fixo em seda sintética doura- da (desenho do escritório)”. O terceiro andar tem o sentido de proporcionar o desfrute mais íntimo com a Tailândia, in- dicado para jantares à luz da lua, cercado de muito paisagis- mo. “Em cima ficou completamente descontraído, com sofás, mesas altas, baixas, sombreiros enormes, paisagismo, visão para a rua. Muito legal!”, conta Flávio. Flávio Moura empregou referências tailandesas em pon- tos cruciais, que chamam atenção pelo realce e delicadeza. Na entrada, por exemplo, há dois deuses, geralmente pre- sentes nas casas do país como forma de proteção. Um gon- go foi colocado abaixo da escada que dá acesso ao segundo 33 pavimento e, toda vez que o cliente chega ou sai, o gongo32 home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  16. 16. HD mag gastronomiasoa, para trazer energia positiva. As cores, elementos fortes do país, o Sawasdee, original de Búzios, Rio de Janeiro, com 2 4na Tailândia, foram pensadas na sutileza. Preferiu incorporar filiais pela capital do Estado. “Prospectamos algumas coisasas tonalidades nos tetos dos banheiros, como reza a tradição. que seriam diferentes, interessantes e que estão em ascen-“Se você pegar em livros e revistas, é só olhar para os tetos dência”, diz Gustavo Ramos, 33, um dos cinco sócios. Desco-das casas tailandesas e ver que todos são bem coloridos. Foi brir a distante cultura gastronômica, para o chefe da casa, oo que fizemos”, comenta. O arquiteto optou pela impressão baiano Gildásio Bonfim, 46, foi, e continua sendo, segundocontemporânea - mesmo com tantos toques tailandeses ele, ‘fantástico!’. “A mistura de sabores e a essência desta es-- para o projeto não se rotular ao “temático”. “A gente tinha pecialidade é totalmente diferente. São cinco os elementosque levar o cliente à Tailândia, mas não precisávamos nos básicos: doce, salgado, picante, ácido e azedo”, descreve. Avestir de tailandeses, né? Tentamos, da maneira mais limpa troca trouxe não só o conhecimento, mas também Viníciuspossível, retratar a cor, o som e o cheiro do país de forma Figueira, 22, que estava há um ano e meio como funcioná-bem leve”, define. Investiu portanto, em miudezas chamati- rio do Sawasdee. Agora, está como chefe da cozinha externavas, como arabescos, dourados, tecidos, estrutura, texturas WOK, no Zen. A cozinha WOK é característica da culinária asi-em todos os componentes – piso, revestimento e parede – ática e é assim chamada devido ao nome da panela usada.para que, no equilíbrio da harmonia, favorecesse a mistura, “O cardápio desta cozinha é composto de pratos de rápidaprópria da contemporaneidade. e fácil preparação, para que os alimentos saiam com os le- gumes ‘al dente’”, conta Vinícius. O refino de cada preparoGastronomia atrai pela aparência e pode até ser tentado pela receita (videPara a confecção do cardápio, os proprietários optaram pela boxe), mas, juntá-los ao requinte do ambiente permite umconsultoria de um dos mais famosos restaurantes tailandeses desfrute mais prazeroso. 1 3 Khao Tom Risoto de frutos do mar e legumes ao estilo Tailandês, salpicado de alho torrado e coentro Ingredientes: 50g de camarão 50g de lula em aneis 50g de mexilhões 100g de arroz branco cozido 100ml de molho de ostras 1/4 de pimentão verde picado 1/4 de cenoura picada 3 vagens picadas 1/4 cebola picada Hondashi a gosto (tempero à base de peixes) Alho Torrado e coentro a gosto Modo de preparo: Refogue rapidamente, na panela 1 – No piso 2 – Mesa Bistrô 3 – Mesas de 4 – Na foto, WOK, o mexilhão, a lula e o superior do Zen, da Home Design centro da Home o chefe da camarão. Acrescente os legumes, a área externa é Casual e cadeiras Design Casual e cozinha WOK, refogue e junte o molho de ostras. composta pelo do designer poltronas Tarja, Vinícius Figueira, Tempere com hondashi a gosto e sofá em madeira Aristeu Pires da revestidas em apresenta o com futton, da Home Design tecido estampado, prato tailandês finalize com arroz, mexendo até o Home Design da Home Design que preparou ponto de risoto. Salpique com alho Casual torrado e coentro a gosto.34 home design  |  15 anos home design  |  15 anos 35
  17. 17. HD mag home design casual Marcelo Negromonte UM ESTILO DE VIDA Home Design Casual por  TATIANA DOURADO idéia da loja n° 600 do Caminho das Ár- vores oferece peças de design com um conceito diferenciado, mais despojado, que pode ir do simples ao chique, en- tretanto, mantendo a essência do design requintado e dos materiais como ma- deira de demolição e as fibras naturais e sintéticas. “São móveis sofisticados produzidos a partir de fibras das flo- restas brasileiras, como o junco, rottin,   ol escaldante, o imbé, tucum e tupari, extraídas através crescimento urbano e os investimen- do manejo sustentável, sem agredir a Foto divulgação tos internacionais estimulam a ex- natureza”, confirma Maurício. pansão da área antes destinada para Um trabalho que requer garimpo lazeres esporádicos. As casas de praias, constante e dos mais detalhados, principalmente dos condomínios que trazendo resultados elementares, vêm sendo construídos na Linha Verde prospectados por Maurício Lins e Man- – Litoral Norte da Bahia – “estão cada uela Andrade – gerente e consultora de Poltrona Hera, do vez mais sendo valorizadas pelos pro- produtos – em nomes de exclusivos de- Designer Kay Thoss prietários”, comenta Mauricio Lins. “A signers-parceiros como Pedro Mendes, gente quis criar mesmo um clima que Manoel Queiroz, Carlos Motta, Mônica é a casa de praia, o nosso foco”, define. Sintra, Rejane Carvalho, Zanini de Za- Como o próprio nome sugere, a nine, dentre outros.36 home design  |  15 anos home design  |  15 anos 37
  18. 18. Inspire-seF alar de design, pensar em conceito, respirar estilo, viver vangaurda. Foi com esse espírito que pensei neste editorial de móveis para os 15 anos da Home Design. Andrea VelameFOTOS  MARCELO NEGROMONTE Mesa jantar Fifities – Guilherme TorresASSISTENTE  DANIEL CRUZ
  19. 19. Chaise Su – Rafael MirandaBuffet Dior – Guilherme Torres tecido Luciana Galeão
  20. 20. Sofá Trust Poltrona Jacarta Poltrona The EggEstúdio Nada Se Leva Arne Jacobsen Bancos Torre Rejane Carvalho
  21. 21. Buffet RelevoFernanda Brunoro Cadeira Senhorita Luís Marques
  22. 22. 1 2 3 4 5 7 8 6 1  Cômoda Beta, Ro Schmitt  2  Mesa de apoio Ligero, Estúdio Nada Se Leva  3  Banco Laurama, Ro Schmitt  4  Mesa Oblio Puff, Von Robinson  5  Poltrona Smock, Patrícia Urquiola  6  Bergère Glass, Estúdio Nada Se Leva  7  Poltrona Antibodi, Patrícia Urquiola  8  Mesa Lateral Fruit, Guilherme Torres  9  Banco Boni, Ro Schmitt – estampa Luciana Galeão  10  Mesa lateral, Fernanda AkasakaCômoda Beta Ro Schmitt 9 10
  23. 23. produção Nathália Velame Thaís Muniz Tiago Nery Agradecimento Fundação Garcia D’ÁvilaMesa de Jantar Dora, poltronaTalus e banco Boni, Ro Schmitt
  24. 24. HD mag nonono nonono HD mag 10 profissionais, 10 projetos. Nas próximas páginas, 51 a Home Design apresenta os arquitetos e designers50 de interiores que mais se destacaram em 2008 home design  |  15 anos home design  |  15 anos
  25. 25. HD mag top 10 2008 Ao lado, o sofá Ritz Home, em camurça, traduz o conforto de uma sala de cinema Abaixo, as cadeiras da sala de jantar, de Ro Schmitt, e mesa de jantar PI, de Jacqueline Terpins, recebem pendentes de acrílico negro de Wagner Archela Alessandra Carvalho e Vanessa Soares por  andrea velame fotos  marcelo negromonteU m projeto no Vale do Loire apresenta toda a maturidade e o crescimento profissional des- ta dupla de arquitetas, Alessandra Carvalho e Vanessa Soares, que optou por muita simetria neste apartamento. Em poucos elementos, jáse define a personalidade da família. No living, elas esco-lheram o sofá Lola, em seda, dos designers André Bastos eGuilherme Leite, do Estúdio Nada se Leva. A mesa de centroZeus, as cadeiras da sala de jantar, a mesa lateral Dalas e apoltrona Sher levam a assinatura de Ro Schmitt e demons-tram a afinidade da dupla pelo traço da designer. Um bancodo mineiro Porfírio Valadares equilibra o espaço conceitual,com fotos fornecidas pela consultora de arte Rita Câmara.Ponto forte, a sala de jantar, com a escolha da mesa PI de Ja-cqueline Terpins, e pendentes em acrílico negro, de WagnerArchela. O sofá Ritz Home, em camurça, traduz o conforto 53de uma sala de cinema.52 home design  |  15 anos home design  |  15 anos

×