Introdução a programação em python

323 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução a programação em python

  1. 1. Kaísy Nunes Alves MoisésCardozo de Paula
  2. 2.  O que é Python?  Qual a filosofia?  Características  Desenvolvimento  Licença  Módulos e framework  Ambiente de desenvolvimento integrado  Aplicações  IDE’s
  3. 3.  O que é Python?  Quando surgiu;  De onde veio o nome;  Versões;
  4. 4.  Python é uma linguagem de programação de alto nível, interpretada, imperativa, orientada a objetos, funcional, de tipagem dinâmica e forte.  Foi desenvolvida nos fim de 1989 por Guido van Rossum, mas foi lançada apenas em 1991, nomeada “versão 0.9.0”.
  5. 5.  Apesar de ser associada ao réptil de mesmo nome, Píton, a linguagem de programação levou este nome pelo grupo humorístico britânico Monty Python, criador do programa Monty Python’s Flying Circus.  Foi criada para substituir a ABC. Um dos focos primordiais de Python era aumentar a produtividade do programador.
  6. 6.  Desde 1991 já estavam presentes classes com herança, tratamento de exceções, funções e os tipos de dado nativos list, dict, str.
  7. 7.  A versão “0.9.0.” , primeira versão da linguagem, havia incorporado um sistema de módulos emprestado do Modula-3, uma linguagem de programação.  A versão 1.0 foi lançada em janeiro de 1994.  Guido lançou a versão 1.2 no seu último ano na CWI (Instituto de Pesquisa Nacional para Matemática e Ciência da Computação).
  8. 8.  Em 1995, ele continuou o trabalho no CNRI (Corporation for National Research Initiatives) em Reston, EUA, de onde lançou diversas versões.  Na versão 1.4 a linguagem ganhou parâmetros nomeados , suporte nativo a números complexos, e uma forma de encapsulamento.  Em 2000, o time de desenvolvimento da linguagem se mudou para a BeOpen a fim de formar o time PythonLabs.
  9. 9.  A versão 1.6 foi lançada a pedido da CNRI para marcar o fim de desenvolvimento da linguagem naquele local.  O único lançamento na BeOpen foi o Python 2.0 que introduziu um sistema coletor de lixo e se destacava pela preferência da linguagem por palavras reservadas alfabéticas.
  10. 10.  A versão 1.6 incluiu uma licença CNRI que continha uma cláusula que dizia que a licença era governada pelas leis daVirgínia.  Python 1.6.1 é idêntico ao 1.6.0, exceto por pequenas correções de falhas e uma licença nova, compatível com a GPL.  Python 2.1 era parecido com as versões 1.6.1 e 2.0. Sua licença foi renomeada para Python Software Foundation License. (PSF, 2001).
  11. 11.  A versão 2.2 incluiu a mudança na especificação para suportar escopo aninhado, assim como outras linguagens com escopo estático. Teve também a unificação dos tipos Python (escritos em C) e classes (escritas em Python) em somente uma hierarquia, além da adição do generator (semelhante ao array).  A versão 2.3 inclui o pacote logging que é uma influência de Java.Também podemos encontrar essa influência no analisador sintático da versão 2.0 e a sintaxe de decoradores que usa ”@” na versão 2.4.
  12. 12.  A versão 2.6, lançada em 1 de outubro de 2008, já era uma transição para a versão 3.0. Nela estavam incluídas bibliotecas para multiprocessamento, JS ON e E/S, além de uma nova forma de formatação de cadeias de caracteres.  A terceira versão da linguagem foi lançada em dezembro de 2008, chamada Python 3.0 ou Python 3000.

×