O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Poema do livro “DEUS” de Miguel Trigueiros Juramento
Lembras-te Amor? No alvor do casamento Baixou sobre nós dois a luz dos céus Nossos olhos beijaram-se um momento; E fizemos...
Lutei para cumprir o prometido. Meu corpo e minha alma são só teus. Quando a voz das paixões me traz vencido,  A voz do am...
À minha volta soa, noite e dia, A risada escarninha dos ateus... Cravam-me os estiletes da ironia; Eu calo, e rezo a minha...
Cerca-me a tentação, velha serpente! Escondem-me o horizonte negros véus, Que importa, meu Amor? Teimosamente, Hei-de grit...
E amanhã, quando a morte, de mansinho, Vier pedir ao mundo o nosso adeus, Hão-de os anjos cantar, devagarinho: - Terão na ...
P.e Celestino Manso Música: Bach, Magnificat
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Juramento

1.722 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Juramento

  1. 1. Poema do livro “DEUS” de Miguel Trigueiros Juramento
  2. 2. Lembras-te Amor? No alvor do casamento Baixou sobre nós dois a luz dos céus Nossos olhos beijaram-se um momento; E fizemos, então, um juramento: - Só um do outro e os dois de Deus!
  3. 3. Lutei para cumprir o prometido. Meu corpo e minha alma são só teus. Quando a voz das paixões me traz vencido, A voz do amor segreda-me ao ouvido: - Só um do outro e os dois de Deus!
  4. 4. À minha volta soa, noite e dia, A risada escarninha dos ateus... Cravam-me os estiletes da ironia; Eu calo, e rezo a minha litania - Só um do outro e os dois de Deus!
  5. 5. Cerca-me a tentação, velha serpente! Escondem-me o horizonte negros véus, Que importa, meu Amor? Teimosamente, Hei-de gritar à vida, frente a frente: - Só um do outro e os dois de Deus!
  6. 6. E amanhã, quando a morte, de mansinho, Vier pedir ao mundo o nosso adeus, Hão-de os anjos cantar, devagarinho: - Terão na eternidade um só caminho, Pois são só um do outro e os dois de Deus!
  7. 7. P.e Celestino Manso Música: Bach, Magnificat

×