Educação

641 visualizações

Publicada em

Histó

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
70
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação

  1. 1. Podemos fazer a diferença…<br />
  2. 2. A professora Teresa conta que no seu primeiro dia de aulas parou em frente aos seus alunos do 5º ano e, como todos os demais professores, disse-lhes que gostava de todos por igual.<br />
  3. 3. No entanto, ela sabia que isto era quase impossível, já que na primeira fila estava sentado um rapaz chamado Ricardo<br />
  4. 4. Ela, aos poucos, notou que ele não se dava bem com os colegas da classe e muitas vezes as suas roupas estavam sujas e cheiravam mal. Houve até momentos em que ela sentia um certo prazer em dar-lhe notas baixas ao corrigir as suas provas e trabalhos.<br />
  5. 5. Ao iniciar o ano lectivo, era solicitado a cada professor que lesse com atenção a ficha escolar dos alunos, para tomar conhecimento das anotações. Ela deixou a ficha do Ricardo para último. Mas quando a leu foi grande a sua surpresa...<br />
  6. 6. Ficha do 1º ano: <br />“Ricardo é um menino brilhante e simpático. Os seus trabalhos estão sempre em ordeme muito nítidos.Tem bons modos e é muito agradável estar perto dele.” <br />
  7. 7. Ficha do 2º ano: <br />“Ricardo é um aluno excelente e muito querido dos seus colegas, mas tem estado preocupado com a sua mãe que está com uma doença grave e desenganada pelos médicos. A vida no seu lar deve estar a ser muito difícil.” <br />
  8. 8. Ficha do 3º ano: <br />“A morte da sua mãe foi um golpe muito duro para o Ricardo.Ele procura fazer o melhor, mas o seu pai não tem nenhum interesse e depressa a sua vida será prejudicada se ninguém tomar providências para ajudá-lo.”<br />
  9. 9. Ficha do 4º ano:<br />“O Ricardo anda muito distraído e não mostra interesse algum pelos estudos. Tem poucos amigos e muitas vezes dorme na sala de aulas.”<br />
  10. 10. Ela deu-se conta do problema e ficou terrivelmente envergonhada... E ficou pior quando se lembrou dos lindos presentes de Natal que ela recebera dos alunos, com papéis coloridos, excepto o do Ricardo, que estava enrolado num papel de supermercado.<br />
  11. 11. Lembrou-se que abriu o pacote com tristeza, enquanto as outras crianças se riam ao ver que era uma pulseira à qual faltavam algumas pedras e um frasco de perfume pela metade. <br />
  12. 12. Apesar das piadas ela disse que o presente era precioso e pôs a pulseira no braço e um pouco de perfume sobre a mão. <br />
  13. 13. Naquela ocasião Ricardo ficou um pouco mais de tempo na escola do que o costume. Relembrou-se, ainda, que ele lhe disse: - A senhora está perfumada como a minha mãe!<br />
  14. 14. E, naquele dia, depois de todos se irem embora, a professora chorou durante bastante tempo... De seguida, decidiu mudar a sua maneira de ensinar e passou a dar mais atenção aos seus alunos, especialmente ao Ricardo<br />
  15. 15. Com o passar do tempo ela notou que o rapaz só melhorava. E quanto mais ela lhe dava carinho e atenção, mais ele se animava. Ao finalizar o ano lectivo, o Ricardo foi o melhor da classe.<br />
  16. 16. Seis anos depois, recebeu uma carta do Ricardo contando que havia concluído o secundário e que ela continuava a ser a melhor professora que tivera.<br />
  17. 17. As notícias repetiram-se até que um dia ela recebeu uma carta assinada pelo Dr. Ricardo Stoddard, o seu antigo aluno, mais conhecido como Ricardo. Mas a história não terminou aqui... <br />
  18. 18. Tempos depois recebeu o convite de casamento e a notificação do falecimento do pai de Ricardo. Ela aceitou o convite e no dia do casamento usou a pulseira que recebeu do Ricardo anos antes, e também o perfume.<br />
  19. 19. Quando os dois se encontraram, abraçaram-se longamente e Ricardo disse-lhe ao ouvido: <br /> “Obrigado por acreditar em mim e me fazer sentir importante, demonstrando-me que posso fazer a diferença.”<br />
  20. 20. E com os olhos banhados em lágrimas sussurrou: <br /> “Engano teu! Depois que te conheci aprendi a leccionar e a ouvir os apelos silenciosos que ecoam na alma do educando.<br />
  21. 21. Mais do que avaliar as provas e dar notas, o importante é ensinar com amor mostrando que é sempre possível fazer a diferença...” <br />
  22. 22. Afinal, o que realmente faz a diferença?<br />
  23. 23. É o fazer acontecer,a solidariedade, a compreensão,a ajuda mútuae o amor entre as pessoas...O resto vem por acréscimo...É este o segredo da VIDA.Tudo depende da Pedagogia do Amor<br />
  24. 24. Texto de: autora desconhecida<br />www.scribd.com/.../historia-da-vida-professora-aluno<br />Apresentação de: Conceição<br />

×