/z Ã

/ ,  .  7  7
c;  / / 
W/ x// ç / /// ,
, /

/ 
/ /  x

/ r// W MJ
/

,  /z/ /x/  

/  /I
/  ””/  ~/ 
/

/ %
û. 

xwr
.  r  «

7/1
@Riatâitxéfsibílm . 

r . 
3%¡

«
l
/77//45
s.  Relacionamentos ho
princípio da '
_ . tahebz/ isp/ ppg

.  Disponível em'
an/ Ihé/ 
moafetiW
zgualda
cs/ eics/ dvd/ do
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte

796 visualizações

Publicada em

4 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • @caiosad, agradeço seu comentário.
    Acredito que as coisas precisem acontecer dessa maneira. Somente com esta sutileza o conceito de normalidade poderá ser redefinido. É preciso tempo para se acomodar o novo. Aguardemos.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • @danvieiraf, muitíssimo obrigado pelo seu comentário.
    Este é apenas um pequeno feixe de luz lançado às contradições de nossa sociedade. Esperemos pelo dia que essa escuridão possa enfim dissipar-se.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Muito bom, parabéns pela pesquisa e pela iniciativa. É difícil ver as pessoas fazendo análises como essas sem buscar polêmicas ou algo do tipo. Sinceramente, ficou ótimo.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Parabéns pelo material. Simples e bem objetivo. Bom saber que as hqs tem se adaptado a um mundo que cada dia aceita e inclui a diversidade. Pode ser ainda pouco a primeira vista, mas em uma sociedade que Feliciano(s) ainda imperam, qualquer mudança a esse pensamento arcaico é válido!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
4
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O homossexual e as relações homoafetivas na nova arte

  1. 1. /z à / , . 7 7
  2. 2. c; / / W/ x// ç / /// , , / / / / x / r// W MJ
  3. 3. / , /z/ /x/ / /I / ””/ ~/ / / %
  4. 4. û. xwr . r « 7/1
  5. 5. @Riatâitxéfsibílm . r . 3%¡ « l
  6. 6. /77//45
  7. 7. s. Relacionamentos ho princípio da ' _ . tahebz/ isp/ ppg . Disponível em' an/ Ihé/ moafetiW zgualda cs/ eics/ dvd/ do

×