Languidez  Autora: Florbela Espanca
Tardes da minha terra, doce encanto, Tardes duma pureza de açucenas,
Tardes de sonho, as tardes de novenas, Tardes de Portugal, as tardes d’Anto,
Como eu vos quero e amo! Tanto! Tanto!… Horas benditas, leves como penas,
Horas de fumo e cinza, horas serenas, Minhas horas de dor em que eu sou santo!
Fecho as pálpebras roxas, quase pretas, Que pousam sobre duas violetas,
Asas leves cansadas de voar…
E a minha boca tem uns beijos mudos… E as minhas mãos, uns pálidos veludos,
Traçam gestos de sonho pelo ar…
Formatação: Gi Manteli E-mail:  [email_address] Para receber mensagens clique aqui Respeite meu trabalho, repasse s/ retir...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Languidez

302 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Languidez

  1. 1. Languidez Autora: Florbela Espanca
  2. 2. Tardes da minha terra, doce encanto, Tardes duma pureza de açucenas,
  3. 3. Tardes de sonho, as tardes de novenas, Tardes de Portugal, as tardes d’Anto,
  4. 4. Como eu vos quero e amo! Tanto! Tanto!… Horas benditas, leves como penas,
  5. 5. Horas de fumo e cinza, horas serenas, Minhas horas de dor em que eu sou santo!
  6. 6. Fecho as pálpebras roxas, quase pretas, Que pousam sobre duas violetas,
  7. 7. Asas leves cansadas de voar…
  8. 8. E a minha boca tem uns beijos mudos… E as minhas mãos, uns pálidos veludos,
  9. 9. Traçam gestos de sonho pelo ar…
  10. 10. Formatação: Gi Manteli E-mail: [email_address] Para receber mensagens clique aqui Respeite meu trabalho, repasse s/ retirar os créditos

×