SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
As metáforas, conforme certa vez  definiu um poeta, são pontes poéticas  que o amor constrói...
...e que fazem ligação  entre coisas e conceitos.
As Escrituras Sagradas das diferentes tradições religiosas não raramente  lançam mão de metáforas...
...para tornar mais claro  o entendimento das verdades  do mundo espiritual.
Metáforas – pontes poéticas que  o amor constrói e que fazem ligação entre coisas e conceitos.
Metáforas – pontes poéticas que  o amor constrói e que fazem ligação entre coisas e conceitos.  E dentre as metáforas poéticas que  os versos sagrados utilizam, uma das mais belas é uma  passagem dos textos da Fé Bahá’í...
...que compara o corpo físico a uma gaiola,  e o espírito a uma ave  que nela habita.
e  o espírito  a uma ave  que nela habita. “ Imaginar que  o espírito pereça  ao morrer o corpo, é como imaginar  que o pássaro  morra ao  quebrar-se  a gaiola.”
“ Nosso corpo  é apenas a gaiola, enquanto o espírito  é o pássaro. Nada tem o  pássaro que recear, porém, com a destruição da gaiola.”
A morte física  –  um mergulho  no infinito,  a hora de voar...
A morte física  –  um mergulho  no infinito,  a hora de voar... O suave voo das aves é uma metáfora visual a nos sussurrar que a alma é livre  das limitações impostas pela matéria.
Uma metáfora visual e poética que  se revela aos que se dispõem a enxergar  além do que os olhos podem...
... Uma metáfora  visual e poética que  se revela aos que se dispõem a enxergar  além do que os olhos podem... ... E ao deslizar  pelo céu,  as aves nos recordam dos nossos entes queridos que  já partiram.
Todos os que deixaram para  trás este mundo  de provações e caminhadas, sonos e vigílias, noites e dias, esperanças...
Todos os que deixaram para  trás este mundo  de provações e caminhadas, sonos e vigílias, noites e dias, esperanças... E as aves nos recordam ainda que  em breve também chegará  a nossa hora de voar.
Da força das asas depende  a altura a que se pode chegar...
O corpo,  frágil argila,  sofre os efeitos  do tempo.
A alma,  puro sopro,  é eterna.
A alma,  puro sopro,  é eterna.
Aproveitar  os nossos breves  e incertos dias  para alimentar a nossa alma com coisas boas.
Uma dieta  espiritual farta de Amor e Bondade, Caridade, Pureza, Compaixão,  Perdão e Justiça.
Virtudes,  Gratidão, Bem- Aventuranças.
De modo que, quando a hora derradeira bater  à nossa porta, possamos voar com asas limpas e puras até as mais sublimes alturas.
Tema musical: “I love you”, de André Rieu Formatação: um_peregrino@hotmail.com
 
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Aves almas (20)

Ceu poesia
Ceu poesiaCeu poesia
Ceu poesia
 
Ceu poesia
Ceu poesiaCeu poesia
Ceu poesia
 
Pessoa ortónimo e heterónimos
Pessoa   ortónimo e heterónimosPessoa   ortónimo e heterónimos
Pessoa ortónimo e heterónimos
 
Outros ceus
Outros ceusOutros ceus
Outros ceus
 
Asas do espírito
Asas do espíritoAsas do espírito
Asas do espírito
 
Asas 2
Asas 2Asas 2
Asas 2
 
As asas
As asasAs asas
As asas
 
Asas Do EspíRito Mar
Asas Do EspíRito   MarAsas Do EspíRito   Mar
Asas Do EspíRito Mar
 
Asas
AsasAsas
Asas
 
20080402
2008040220080402
20080402
 
Asas
AsasAsas
Asas
 
Asas Do Espírito
Asas Do EspíritoAsas Do Espírito
Asas Do Espírito
 
Asas
AsasAsas
Asas
 
Asas
AsasAsas
Asas
 
Aprofundamento aula 5_interpretação_textos_poéticos
Aprofundamento aula 5_interpretação_textos_poéticosAprofundamento aula 5_interpretação_textos_poéticos
Aprofundamento aula 5_interpretação_textos_poéticos
 
Alvaro de campos
Alvaro de camposAlvaro de campos
Alvaro de campos
 
Poesia em 500 Citacoes - Antologia - Sammis Reachers.pdf
Poesia em 500 Citacoes - Antologia - Sammis Reachers.pdfPoesia em 500 Citacoes - Antologia - Sammis Reachers.pdf
Poesia em 500 Citacoes - Antologia - Sammis Reachers.pdf
 
Asas (1)
Asas (1)Asas (1)
Asas (1)
 
Asas (1)
Asas (1)Asas (1)
Asas (1)
 
Asas (1)
Asas (1)Asas (1)
Asas (1)
 

Mais de Marcia 1810

Os visitantes de alcione
Os visitantes de alcioneOs visitantes de alcione
Os visitantes de alcioneMarcia 1810
 
O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)Marcia 1810
 
Nossos Irmãos Animais
Nossos Irmãos AnimaisNossos Irmãos Animais
Nossos Irmãos AnimaisMarcia 1810
 
Janelas Da Vida...
Janelas Da Vida...Janelas Da Vida...
Janelas Da Vida...Marcia 1810
 
Materia e Espirito
Materia e EspiritoMateria e Espirito
Materia e EspiritoMarcia 1810
 
Alegria e Triunfo - Mantras
Alegria e Triunfo - MantrasAlegria e Triunfo - Mantras
Alegria e Triunfo - MantrasMarcia 1810
 

Mais de Marcia 1810 (9)

Os visitantes de alcione
Os visitantes de alcioneOs visitantes de alcione
Os visitantes de alcione
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)O Segredo (Resumido)
O Segredo (Resumido)
 
Nossos Irmãos Animais
Nossos Irmãos AnimaisNossos Irmãos Animais
Nossos Irmãos Animais
 
Janelas Da Vida...
Janelas Da Vida...Janelas Da Vida...
Janelas Da Vida...
 
Materia e Espirito
Materia e EspiritoMateria e Espirito
Materia e Espirito
 
Dimensão
DimensãoDimensão
Dimensão
 
Alegria e Triunfo - Mantras
Alegria e Triunfo - MantrasAlegria e Triunfo - Mantras
Alegria e Triunfo - Mantras
 
Espíritas..
Espíritas..Espíritas..
Espíritas..
 

Aves almas

  • 1. As metáforas, conforme certa vez definiu um poeta, são pontes poéticas que o amor constrói...
  • 2. ...e que fazem ligação entre coisas e conceitos.
  • 3. As Escrituras Sagradas das diferentes tradições religiosas não raramente lançam mão de metáforas...
  • 4. ...para tornar mais claro o entendimento das verdades do mundo espiritual.
  • 5. Metáforas – pontes poéticas que o amor constrói e que fazem ligação entre coisas e conceitos.
  • 6. Metáforas – pontes poéticas que o amor constrói e que fazem ligação entre coisas e conceitos. E dentre as metáforas poéticas que os versos sagrados utilizam, uma das mais belas é uma passagem dos textos da Fé Bahá’í...
  • 7. ...que compara o corpo físico a uma gaiola, e o espírito a uma ave que nela habita.
  • 8. e o espírito a uma ave que nela habita. “ Imaginar que o espírito pereça ao morrer o corpo, é como imaginar que o pássaro morra ao quebrar-se a gaiola.”
  • 9. “ Nosso corpo é apenas a gaiola, enquanto o espírito é o pássaro. Nada tem o pássaro que recear, porém, com a destruição da gaiola.”
  • 10. A morte física – um mergulho no infinito, a hora de voar...
  • 11. A morte física – um mergulho no infinito, a hora de voar... O suave voo das aves é uma metáfora visual a nos sussurrar que a alma é livre das limitações impostas pela matéria.
  • 12. Uma metáfora visual e poética que se revela aos que se dispõem a enxergar além do que os olhos podem...
  • 13. ... Uma metáfora visual e poética que se revela aos que se dispõem a enxergar além do que os olhos podem... ... E ao deslizar pelo céu, as aves nos recordam dos nossos entes queridos que já partiram.
  • 14. Todos os que deixaram para trás este mundo de provações e caminhadas, sonos e vigílias, noites e dias, esperanças...
  • 15. Todos os que deixaram para trás este mundo de provações e caminhadas, sonos e vigílias, noites e dias, esperanças... E as aves nos recordam ainda que em breve também chegará a nossa hora de voar.
  • 16. Da força das asas depende a altura a que se pode chegar...
  • 17. O corpo, frágil argila, sofre os efeitos do tempo.
  • 18. A alma, puro sopro, é eterna.
  • 19. A alma, puro sopro, é eterna.
  • 20. Aproveitar os nossos breves e incertos dias para alimentar a nossa alma com coisas boas.
  • 21. Uma dieta espiritual farta de Amor e Bondade, Caridade, Pureza, Compaixão, Perdão e Justiça.
  • 22. Virtudes, Gratidão, Bem- Aventuranças.
  • 23. De modo que, quando a hora derradeira bater à nossa porta, possamos voar com asas limpas e puras até as mais sublimes alturas.
  • 24. Tema musical: “I love you”, de André Rieu Formatação: um_peregrino@hotmail.com
  • 25.  
  • 26.