MASTERING THE HYPE CYCLE
Jackie Fenn & Mark Raskino

Mais Que Dados

http://maisquedados.com.br

quarta-feira, 11 de dezem...
ENTENDENDO O CICLO
•Algumas inovações capturam o imaginário das pessoas e se

transformam em grandes expectativas.
•Então ...
FASES DO CICLO
•O Gatilho da Inovação: O Hype Cycle começa com o lançamento da inovação
ou a demonstração pública do produ...
FASES DO CICLO

http://maisquedados.com.br
quarta-feira, 11 de dezembro de 13
FASES DO CICLO
•O Hype Cycle não é um fenômeno novo e se repete com cada inovação
que captura o imaginário das pessoas.

•...
A FORMAÇÃO DO CICLO
•O ciclo surge da interseção de dois fatores: natureza humana e natureza da inovação.
•Natureza Humana...
OS ESTÁGIOS DO S
Uma inovação deve passar por quatro estágios de desenvolvimento ao longo da
curva em S da maturidade:

•E...
LACUNA DE TEMPO DE VALOR
O tempo entre a exposição das pessoas à uma inovação embrionária e o tempo
de desenvolvimento do ...
A DECISÃO DA ADOÇÃO
Para tomar uma boa decisão sobre quando adotar uma inovação, é necessário
balancear três variáveis:

•...
LIÇÕES DO HYPE CYCLE
•Não invista em uma inovação só porque está na moda.
•Não ignore uma tecnologia só porque não gerou g...
O PROCESSO STREET
O Processo STREET indica os desafios-chave ao escolher a inovação certa no
momento certo.

•Scope (Escopo...
O FUTURO DO HYPE CYCLE
•A importância das inovações não irão diminuir.
•A aproximação e as ferramentas do campo de ciência...
GOSTOU?

Visite

http://maisquedados.com.br
Inteligência na web

quarta-feira, 11 de dezembro de 13
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mastering the hype cycle

438 visualizações

Publicada em

Resumo do livro de Jackie Fenn e Mark Raskino.

Como escolher a inovação certa, no momento certo.

MaisQueDados.com.br

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mastering the hype cycle

  1. 1. MASTERING THE HYPE CYCLE Jackie Fenn & Mark Raskino Mais Que Dados http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  2. 2. ENTENDENDO O CICLO •Algumas inovações capturam o imaginário das pessoas e se transformam em grandes expectativas. •Então elas caem em um abismo e desapontam todos os que apostaram nelas. •Esse fenômeno acontece sempre, transformando-se em um ciclo. •E a esse ciclo se dá o nome de Hype Cycle http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  3. 3. FASES DO CICLO •O Gatilho da Inovação: O Hype Cycle começa com o lançamento da inovação ou a demonstração pública do produto. Os early adopters começaram a experimentálo. •O Topo das Expectativas Infladas: Algumas empresas encabeçam a inovação e avançam antes dos competidores, causando um lift nas expectativas. Normalmente é nesse período que a mídia começa a dar atenção ao produto. •A Vala da Desilusão: Com o passar do tempo, a impaciência por resultados toma o lugar das expectativas não alcançadas. Começam as opiniões de contra-ponto ao sucesso da inovação. •A Encosta da Iluminação: Quando ocorre o amadurecimento da inovação, os fornecedores melhoram os produtos com base nos feedbacks das primeiras fases. •O Platô da Produtividade: Com os benefícios da inovação demonstrados e aprovados, mais empresas se interessam pela inovação, diminuindo seus riscos. A penetração de consumo se acelera e a inovação atinge o mainstream. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  4. 4. FASES DO CICLO http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  5. 5. FASES DO CICLO •O Hype Cycle não é um fenômeno novo e se repete com cada inovação que captura o imaginário das pessoas. • O ciclo ajuda a explicar por que as pessoas adotam, abandonam ou ignoram inovações erroneamente. •Muitas organizações abraçam as inovações prematuramente, no pico das expectativas. •Outras esperam muito até tentarem alcançar uma área onde acreditam poder atuar de forma mais agressiva. •Adotar uma inovação sem entender o ciclo pode levar a uma adoção inoportuna que gera perdas de tempo, dinheiro e oportunidade. •O Hype Cycle chama a atenção para a necessidade de alerta contínuo nas tomadas de decisões quando se encara uma curva de inovação. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  6. 6. A FORMAÇÃO DO CICLO •O ciclo surge da interseção de dois fatores: natureza humana e natureza da inovação. •Natureza Humana: pessoas aumentam suas expectativas em relação a algo novo. •Natureza da Inovação: indica o quão rápido algo novo desenvolve um valor real. •Porém, esses dois fatores se movem em tempos diferentes e, quase sempre, estão fora de sincronia. •Expectativas crescem rápido, enquanto inovações se desenvolvem devagar. •O primeiro fator forma a curva em forma de sino, enquanto o segundo desenvolve uma curva em S. •A combinação das duas curvas dá forma ao Hype Cycle. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  7. 7. OS ESTÁGIOS DO S Uma inovação deve passar por quatro estágios de desenvolvimento ao longo da curva em S da maturidade: •Estágio embrionário: ainda no laboratório e sem uso comercial. •Estágio emergente: comercialização inicial, projetos pilotos e desenvolvimento por líderes da indústria. •Estágio adolescente: a inovação desenvolve capacidades mais maduras, uma infraestrutura associada já se desenvolve em volta. •Estágio mainstream: a inovação é considerada comprovada e suas capacidades podem continuar sento desenvolvidas. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  8. 8. LACUNA DE TEMPO DE VALOR O tempo entre a exposição das pessoas à uma inovação embrionária e o tempo de desenvolvimento do valor da inovação pode ser chamado de time-to-value gap(lacuna de tempo para gerar valor). Existem 4 principais lacunas: •Perfomance: a inovação deve funcionar bem. •Integração: devem funcionar bem dentro do ambiente dos usuários. •Penetração: os usuários devem aceitá-la e integrá-la à sua rotina. •Retorno: precisam gerar benefícios financeiros. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  9. 9. A DECISÃO DA ADOÇÃO Para tomar uma boa decisão sobre quando adotar uma inovação, é necessário balancear três variáveis: •Valor potencial da inovação para a empresa. •Maturidade da inovação. •Capacidade da organização em tolerar e gerenciar riscos. Neste contexto, existem 3 tipos de empresas: •A: adotam inovações rapidamente e aceitam os riscos. •B: entram no meio do ciclo, quando as As já geraram alguma aprendizagem. •C: adotam a inovação já no platô, para não correr riscos. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  10. 10. LIÇÕES DO HYPE CYCLE •Não invista em uma inovação só porque está na moda. •Não ignore uma tecnologia só porque não gerou grandes expectativas. •Seja seletivamente agressivo e mova-se rápido em inovações com benefícios potenciais aos seus negócios. •Para inovações com impacto menor, espere que os demais aprendam as lições mais duras e as adopte em uma fase mais madura. Como tomar a decisão: •1- Decida o que é valioso para a sua empresa e os riscos que isso gera. •2- Monitore as inovações ao longo do ciclo. •3- Considere candidatos alternativos •4- Construa uma avaliação regular •5- Inspire, eduque e envolva outras pessoas http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  11. 11. O PROCESSO STREET O Processo STREET indica os desafios-chave ao escolher a inovação certa no momento certo. •Scope (Escopo): quando se decide o valor e o tamanho do risco em acolher a inovação. •Track (Rastreio): monitoramento do progresso da inovação ao longo do ciclo. •Rank (Prioridade): consideração das alternativas, “ranqueando” as inovações potenciais e selecionando as que merecem atenção imediata. •Evaluate (Avaliação): investigação das inovações posicionadas no topo do ranking de prioridades. •Evangelize (Evangelização): para cada inovação que se decide captar é necessário inspirar, educar e envolver as outras pessoas. •Transfer (Transferência): deve-se saber transferir as responsabilidades para aqueles que irão implementar a inovação. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  12. 12. O FUTURO DO HYPE CYCLE •A importância das inovações não irão diminuir. •A aproximação e as ferramentas do campo de ciência de gerenciamento irão ajudar abraçadores de inovações. •Ferramentas de análises de redes sociais mostrarão mais claramente quem são os visionários, quem são os influenciadores, os construtores e as pessoas que trazem novas ideias. •O campo do behavioral economics oferecerá claros insights para o hype cycle. http://maisquedados.com.br quarta-feira, 11 de dezembro de 13
  13. 13. GOSTOU? Visite http://maisquedados.com.br Inteligência na web quarta-feira, 11 de dezembro de 13

×