Introdução à psicologia dos nomes

2.863 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.863
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • O Nome é a primeira coisa mais importante que um ser humano recebe logo ao vir ao mundo exterior. Às vezes, dado ainda na barriga da mãe, seguirá o seu nome por toda sua vida. Portanto a escolha do nome é muito importante. Talvez, o mais interessante seja o fato de que o nome carrega uma ESCOLHA, um SIGNIFICADO e sobretudo é uma “fotografia” do momento social e político no nascimento.
  • O Nome é a primeira coisa mais importante que um ser humano recebe logo ao vir ao mundo exterior. Às vezes, dado ainda na barriga da mãe, seguirá o seu nome por toda sua vida. Portanto a escolha do nome é muito importante. Talvez, o mais interessante seja o fato de que o nome carrega uma ESCOLHA, um SIGNIFICADO e sobretudo é uma “fotografia” do momento social e político no nascimento.
  • O Nome é a primeira coisa mais importante que um ser humano recebe logo ao vir ao mundo exterior. Às vezes, dado ainda na barriga da mãe, seguirá o seu nome por toda sua vida. Portanto a escolha do nome é muito importante. Talvez, o mais interessante seja o fato de que o nome carrega uma ESCOLHA, um SIGNIFICADO e sobretudo é uma “fotografia” do momento social e político no nascimento.
  • Walter: Do alemão "comandante do exército".
    Gosto muito. Motivos: ele é bem diferente, tem sonoridade e está associado às celebridades históricas. b) Meu pai, pois o trato com a minha mãe era para homenagear o principal amigo do meu pai. Na época, meu pai tinha mais poder político na família e era uma espécie de "manda chuva".  c) Que os motivos são variados e que a psicologia da escolha pode explicar muito sobre esse tópico. Na minha filha, eu queria um nome que tivesse duas letras que também estivesse presente no nome da minha esposa, pois a gente queria que ela fosse realmente uma "mistura" da gente, tal como na genética. Minha mãe tem um nome que serve tanto para homem quanto para mulher (híbrido), pois é a caçula de uma família de seis. Conheço famílias que colocam sempre a mesma inicial nos filhos e isso é sinal, na minha humilde opinião, de que desejam uma marca registrada nos filhos.
  • Há quatro grandes momentos na história dos nomes. Em linhas gerais: Metafísico, religioso, filosófico e o momento atual: Científico. Vamos falar de cada um desses 4 momentos e apresentar alguns exemplos para sua compreensão.
  • Metafísico: Houve um tempo em que os nomes eram escolhidos para afugentar maus espíritos, doenças e o azar. Até hoje, há pais que escolhem nomes com essa meta de expulsar o ruim para atrair a sorte para seus filhos. A numerologia dos nomes é um exemplo, uma vez que há números de sorte e de azar. Há diversas personalidades que alteraram seus nomes para trazer prosperidade profissional. Exemplos: Sandra de Sá e Jorge Bem Jor.
  • Há aqui três aspectos interessantes na PN:
    Nem sempre foi possível na história MUDAR de nome;
    Na área da metafísica, muitos acreditam que as letras de um nome carrega energias positivas e negativas; e
    Talvez pela profecia autorealizadora (Rosenthal & Jacobson, 1968)
    A base teórica que tem sido proposta para explicar possíveis diferenças entre nomes atraentes e não atraentes tem sido o modelo da expectativa. Rosenthal e Jacobson (1968) levantaram questionamentos a respeito das possíveis consequências das expectativas e elucidaram o fenômeno da profecia autorealizadora (PAR), ou seja, a profecia tendia a realizar-se. O trabalho de Rosenthal e Jacobson foi de importância fundamental para motivar pesquisas sobre os estereótipos, que são expectativas que ocorrem automaticamente, sem reflexão, e podem resultar no mesmo fenômeno produzido por expectativas geradas experimentalmente.
  • Metafísico: Há diversas personalidades que alteraram seus nomes para trazer prosperidade profissional. Exemplos: Sandra de Sá e Jorge Bem Jor.
  • Em 1989, ele mudou o nome artístico de "Jorge Ben" para "Jorge Benjor", logo depois alterado para "Jorge Ben Jor". Na época, foi dito que a mudança teria sido provocada pelanumerologia, mas o mais plausível é que tenha ocorrido para evitar confusões com o músico americano George Benson, Jorge Ben estava começando a se tornar muito conhecido nos Estados Unidos na época[
  • Metafísico: falaram que o nome da pessoa é escolhido pela própria alma antes do espírito encarnar, até porque o nome pela numerologia tem uma vibração energética.
  • Metafísico: Houve um tempo em que os nomes eram escolhidos para afugentar maus espíritos, doenças e o azar. Até hoje, há pais que escolhem nomes com essa meta de expulsar o ruim para atrair a sorte para seus filhos. A numerologia e um pouco dos estudos da eufonia são explomos dessa fase histórica.
  • Religioso: Muitos nomes são escolhidos para agradecer a Deus e representam homenagens a santos e santas. Há diversas Exemplos: Maria José, José Maria.
  • Estatística dos 10 nomes brasileiros mais escolhidos: Nomes de Meninos: João, Gabriel, Pedro, Lucas, Guilherme, Mateus, Gustavo, Luiz, Rafael, Vinicius. Nomes de Meninas: Maria, Ana, Júlia, Letícia, Vitória, Giovanna, Yasmim, Beatrizs, Giovana, Mariana
  • PSICOLÓGICO: Os nomes, sobrenomes e apelidos possuem história, significados conscientes e inconscientes e influencia a vida das pessoas, animais e empresas.
  • Psicologia dos nomes: Para melhor compreender como eles influenciam nossa vida.
  • Pr. Nicolas GUEGUEN
    Chercheur en sciences du comportement
    Université de Bretagne-Sud
  • Você algum dia rejeitou seu nome?
    Já descobriu o significado dele?
    Quanto mais fácil a pronúncia, maior a chance de as pessoas lembrarem do nome. Os prenomes simples e fáceis de serem pronunciados seguem a lista dos preferidos pelos pais na hora de decidir como seus filhos vão se chamar. No ranking dos campeões estão - Maria, Ana, João, Gabriel e Pedro, que também são personagens bíblicos.
    Até que ponto seu nome tem influência na sua personalidade e estilo de vida?
  • Há uma forte corrente que acredita que se você aposta muito numa determinada direção, sem que você tenha consciência, há uma força interna que ajuda isso a se concretizar.
  • Introdução à psicologia dos nomes

    1. 1. Exemplo pessoal • Escolha paterna • Motivo: Pacto com a minha mãe • Ana • Walter: Do alemão • Significado: "comandante do exército". • Quem escolheu? • Por que escolheu? • Rejeição dos nomes • Origem do nome • Significado
    2. 2. Pequeno Histórico: 4 fases METAFÍSICO RELIGIOSO FILOSÓFICO CIENTÍFICO
    3. 3. PN – Pequeno Histórico METAFÍSICO
    4. 4. 1ª Charada: Quem é? Negra Cantora e Compositora MPB Black music Colocou uma preposição no nome Quase Psicóloga em 1977 “Tim Maia de Saias” Cazuza é o padrinho de batismo do seu filho. Música: “Bye, bye tristeza”
    5. 5. Mudança • Anos 80: • Sandra Sá • Século XXI: • Sandra de Sá
    6. 6. PN – Pequeno Histórico: METAFÍSICO
    7. 7. 2ª Charada: Quem é? Infância: jogador de futebol Guitarrista, Cantor e Compositor da MPB Estilo misturado: do rock até o hip-hop Seu nome antigo: 2 palavras Nome alterado em 1989: 3 palavras  Sucesso inicial: "Mas que Nada"
    8. 8. Jorge Ben Jorge Bem Jor
    9. 9. METAFÍSICO
    10. 10. Psicologia dos nomes – Pequeno Histórico METAFÍSICO RELIGIOSO FILOSÓFICO CIENTÍFICO
    11. 11. PN – Pequeno Histórico RELIGIOSO
    12. 12. Ciência dos nomes – Áreas de Pesquisa • Estatística • Antropologia •Psicologia Social • Sociologia • Política • Semântica
    13. 13. PN – Pequeno Histórico PSICOLÓGICO
    14. 14. Psicólogo francês
    15. 15. Psicologia dos nomes – Áreas principais de Pesquisa • Aceitação • Significado • Sonoridade • Influência
    16. 16. Fenômeno da profecia autorealizadora (PAR)

    ×