Manual do Proprietario Ford Puma

7.399 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.399
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
210
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual do Proprietario Ford Puma

  1. 1. ~ MANUAL DO PROPRIETARIO Puma
  2. 2. Indice Introdu~ao Painel de instrumentos Bancos e sistemas de reten~ao As ilustra<;6es, informa<;6es tecnicas, os dados e as descri<;6es contidos nesta publica<;ao Arranque e condu~ao estavam correcLos na altura da sua impressao. 0 direito a quaisquer altera<;6es e reservado como parLc da nossa politica de melhoria e desenvolvimento continuos. Esta publica<;ao nao pode ser reproduzida, impressa, memorizada em sistemas de Arranque processamcnLo de dados ou transmitida por qualquer processo electr6nico, mecanico, fotograllco ou OllLrosmeios, nem pode ser gravada, traduzida, encurtada ou ampliada sem autoriza<;ao previa por escrito da Ford-Werke Aktiengesellschaft. 0 mesmo se aplica a partes Condu~ao do mamlal c ~I sua uLiliza<;ao outras publica<;6es. em Nao podemos assumir a responsabilidade por quaisquer inexactid6es ou omiss6es nesta publica<;ao, cilibora se Lenl1atido 0 devido cuidado para assegurar que ficasse tao completa e o que fazer numa emergencia exacta qUell1,0 possivel. 1 Este manual c1cscreve todas as op<;6es e niveis de equipamento disponiveis para a gama de modelos c1csLcvcfculo. No caso do seu veicuJo, aplicam-se as descri<;6es dos equipamentos que estivercrll insLalados. Importante: as pe<;ase os acess6rios da Ford e da Motorcraft foram especialmente Manuten~aoe conserva~ao concebidos para osveiculos Ford, sendo em quaisquer circunstancias os mais apropriados para 0 seu vefcuJo Ford. Capacidades e especifica~oes Gostarfamos rlc l"risarque pe<;as e acess6rios que nao sejam da Ford, nao foram inspeccionaclos ncm lan<;ados no mercado pela Ford e, apesar de uma inspec<;ao continua e cuidada dcsLcs pl"Odutosno mercado, nao podemos garantir a sua aptidao nem a sua seguran<;a ao SCt'cmmontados nos nossos veiculos. Por esse motivo, nao podemos assumir qualquer I'esponsabilidade POI'tais produtos. Indice remissivo © CopyrighL ] 997 Publicado POt·I?orcl-WerkeAktiengesellschaft, Organiza<;aode Servi<;osP6s-venda Ford C6digo n° CC;:1302pI, 08/97 Impresso Iia ilcllianha: R. Winters GmbH, Wissen
  3. 3. Introdu~ao PREFAclO Vma manutenr;ao regular do seu PARA A SUA SEGURANCA E A Defesa do meio ambiente Parabens por ter adquirido 0 seu veiculo ajuda a preservar tanto a DEFESA DO MEIO AMBIENTE novo Ford. Por favor, arranje um pouco de tempo para 0 conhecer sua seguranr;a no transito, como 0 seu valor de revenda. Vma rede de M Sfmbolos de aviso 0: @ A defesa do meio ambiente toea-nos a melhor, lendo em primeiro lugar mais de 10.000 Concessionarios ill contidos neste manual todos. A utiliza<;ao correcta do seu veiculo e a remor;ao este manual. Quanto melhor Ford, espalhada por toda a Europa, Como e que pode reduzir esta a sua disposir;ao para fazer autorizada de produtos de limpeza conhecer 0 seu autom6vel, maior o perigo de ferimentos e evitar e lubrificantes contribuem para sera a seguranr;a, a economia e 0 uma manutenr;ao adequada e causar danos a terceiros, no seu especializada ao seu veiculo. atenuar de forma activa a polui<;ao prazer que pod era desfrutar da sua veiculo e no equipamento do do meio ambiente. condur;ao. o seu pessoal, especialmente mesmo? Neste manual as respostas Neste manual, as informar;oes a • Este Manual do Proprietario preparado, eo mais qualificado a essas perguntas estao precedidas para executar a manutenr;ao do seu este respeito sao identificadas pelo ira familiariza-lo com 0 equipamen- por este sfmbolo de aviso. Estes veiculo. Para alem disso, dispoe de sfmbolo de uma arvore. to e os comandos do seu veiculo, e comentarios tem de ser respeitados fornecer-lhe-a tambem informar;oes ferramentas altamente especia- e lidos. uteis sobre condur;ao e cuidados lizadas e equipamentos especifi- gerais. camente desenvolvidos para executar trabalhos de manuten<;ao Sfmbolos de aviso no em veiculos Ford. seu vefculo Ele descreve todas as opr;oes e variantes de modele disponiveis. Ao encontrar este Por isso, alguns dos it ens do !f Lembre-se de entregar 0 sfmbolo, e imprescindfvel equipamento poderao nao ser LD Manual do Proprietario se ler 0 respectivo capftulo aplicaveis ao seu veiculo. E devido algum dia revender 0 veiculo. Faz do manual antes de tocar aos intervalos de impressao do parte integrante do veiculo. em algo ou tentar fazer qualquer manual pode tambem acontecer ajuste. que sejam descritas opr;oes ainda nao clisponiveis. Este sfmbolo com uma seta electrificada e um • 0 Manual Audio contem livro aberto serve de aviso instrur;oes de utilizar;ao para 0 em relar;ao a per;as de alta programa Ford Audio. tensao. Nao toque de modo algum nestas per;as • 0 Guia de manuten~iio cnquanto 0 motor ainda estiver a informa-o sobre 0 programa de Lrabalhar ou a ignir;ao estiver Garantia Ford e 0 Sistema de ligada. Manutenr;ao Ford. E tambem um meio de comprovar todas as operar;oes de manutenr;ao efectuadas no seu veiculo.
  4. 4. Introduc;ao Dispositivos de seguranr;;a para Seguranr;;a atraves da RODAGEM uma condur;;ao mais segura electronica Nao existem recomendac;oes Os riscos de acidente nao se Em prol da sua seguranc;a, 0 seu especfficas para a rodagem do seu conseguem excluir totalmente, mas veiculo esta equipado com veiculo. Deve simplesmente evitar grac;as a tecnologia moderna e controlos electr6nicos sofisticados. conduzir de forma brusca durante possivel atenua-los. os primeiros 1 500 km. Deve variar Por exemplo: Para aMm das zonas !j Ao utilizar outros frequentemente de velocidade e deformaveis a frente e atras, 0 seu LL:::, equipamentos electr6nicos evite esforc;ar 0 motor. Isto Ira fazer vefculo tambem dispoe de areas de (p.ex., telem6vel sem antena com que os componentes protee~ao laterais nas portas exterior), podem criaNie campos "acamem". laterais e de urn sistema electromagneticos, 0 que pod era influenciar 0 funcionamento dos Na medida do possivel, deve evitar suplementar de retenc;ao com grandes travagens durante os pre-tensores de einto, componentes electr6nicos do seu vefculo. Por isso, e importante primeiros 150 km em ciclo urbano e sujeitadores de cinto e os primeiros 1 500 km em airbag(s) como protecc;ao contra respeitar as indicac;oes dos fabricantes dos referidos auto-estradas. urn embate frontal. Rampas equipamentos. A partir dos primeiros 1 500 km, anti-submarinagem integradas nas pode ir gradualmente aumentando almofadas dos bane os de a velocidade de conduc;ao, ate aos seguran~a dianteiros evitam que !j Interruptor de seguranr;;a LL:::, do sistema de injecr;;ao maximos permitidos. escorregue sob 0 cinto de seguranc;a, afundando-se no Em caso de acidente, este ~ Evite altas rotac;oes do assento. interruptor de seguranc;a corta automaticamente 0 fluxo de W motor. Assim, nao s6 poupa Estes dispositivos destinam-se a o seu motor, como tambem reduz 0 reduzir 0 risco de ferimento. combustIvel ao motor. 0 consumo de combustivel, baixa 0 desligamento tambem podeiser nivel de ruidos do motor e contribui Contribua tambem voce, activado em caso de embates conduzindo com precauc;ao, para para proteger 0 meio ambiente. repentinos (p. ex., ao bater que estes dispositivos de seguranc;a enquanto se esta a estacionaro Desejamos-lhe uma conduc;ao nunc a tenham de vir a ser carro). Para rearmar 0 interrtlptor, segura e agradavel ao volante do necessarios. vide instruc;oes 83. seu novo Ford. !j Leia a secc;aoAirbag. A 'LL:::, utilizac;ao incorrecta do airbag pode resultar em ferimentos. ~ Devido ao perigo de ~ ferimentos emveiculos com airbag para 0 passageiro, nunca se deve uma cadeira de crianc;a ou naqual a crianc;a fique costas para 0 para-brisas.
  5. 5. Paginas 33-34 Paginas 8-15 Pagina 32 Pagina 19 Em algumas variantes, 0 aspecto e Luzes exteriores/ Instrumentos Buzina Re16gio a localiza<;ao destes itens podem indicadores de combinados nao sel' os mesmos dos aqui mudan<;a de direc<;ao/ Paginas 34-35 apl'esentados. Contudo, as paginas sinais de luz Pagina 32 Alavanca dos indicadas mantem-se. Pis cas de limpallava-vidros emergencia Pagina 23 Saidas de ventila<;ao Paginas 51-52, 55 Luz de controlo dos sistemas de alal'me anti-roubo Pagina 20 Intel'ruptor/luz de contl'olo: Farolim de nevoeiro Radio: Vel' GuiaAudio Paginas 21-28 Aquecimento, ventila<;ao,' ar condicionado Pagina 29 Cinzeiro, acendedol' Paginas 91-97 Caixa de fusiveis Paginas 16-17 Paginas 18-19 Interruptor de nive- Pagina 112 Pagina 31 Interruptores/luzes de contl'olo: lamento dos far6is Alavanca para Interruptor da Desembaciadores do para-brisas dianteiros abrir 0 capot igni<;ao e do vidro traseiro
  6. 6. Luz de controlo dos indicadores de mudanc;a de direcc;ao Pisca durante 0 funcionamento. Se comec;ar a piscar com maior rapidez (~sinal de que uma lfunpada dos i ndicadores de mudanc;a de c1irecc;aoesta fundida. Luz de controlo do sistema de controlo de tracc;ao (BTCS) Quando a ignic;ao e ligada (posic;ao INSTRUMENTOS COMBINADaS '[1'), a luz acende-se brevemente Os respectivos instrumentos, as para confirmar que 0 sistema esta luzes de aviso e de controlo serao ()peracional. descritas nas paginas seguintes. Durante a conduc;ao a luz acende (Iuando 0 sistema esta a funcionar. Se continuar permanentemente Lu:z de controlo do airbag/pre-tensor do cinto de seguranc;a Quando se liga a ignic;ao (posic;ao ®..... ~( ;I.cesa, e sinal de que ocorreu qualquer avaria. Pec;a a urn concessionario Ford que verifique 0 sistema. Ilara obter mais detalhes referentes 'II'), a luz acende-se brevemente :to funcionamento, consulte a para confirmar que 0 sistema esta sccc;ao Controlo de tracr;ao. operacional. Se acender com 0 carro em andamento, existe qualquer mau funcionamento. Pec;a a um concessionario Ford que verifique 0 Luz de controlo dos maximos sistema. Icende ao ligar os maximos ou ao Para obter mais detalhes referentes unitir sinais de luzes. ao funcionamento, consulte a secc;ao A irbag.
  7. 7. Luz de aviso do ASS (,~llandose liga a ignic,;ao(posic,;ao 'II'), a luz acende-se brevemente Ilara confirmar que 0 sistema esta olJeracional. Se acender com 0 carro em andamento, existe (liialquer mau funcionamento. Pec,;a ;I.lUllconcessionario Ford que vcrifique 0 sistema, No entanto, 0 efeito de travagem Ilormal fornecido pelo circuito de ll'avagem duplo sera mantido. I~ncontrara informac,;oes illlportantes acerca do I'll cionamento do sistema n Luz de aviso do sistema de ;l.Iltibloqueio de travagem na secc,;ao trav6es '/'ravoes, Apaga assim que 0 travao de mao for solto. Se continuar acesa depois do travao de mao estar solto, e sinal de que falta oleo no sistema de Luz de aviso do ASS e do travoes. sistema de trav6es s(~ambas as luzes acenderem ao & ~~~i~~~:J6~aJ~b~~~~ travoes ate a marcac,;aoMAX. 0 Illcsmo tempo, pare 0 veiculo 0 Illais rapida e seguramente possivel. I)irija-se directamente a urn Mande 0 seu Concessiomirio Ford (;oncessionario Ford e mande de verificar 0 sistema. Se acender ililcdiato eliminar 0 problema, com 0 carro em andamento: falha num dos circuitos de travao. 0 If Seumcircuito de travoes segundo circuito continua a LJ....::, falhar, teni de exercer maior Dirija-sedirectamente a forc,;asobre () pedal e a distancia siomirio e m2tnde Ie travii~~m e mais longa,
  8. 8. Luz de aviso da pressao do oleo S esta luz continuar acesa depois de arrancar ou se acender durante lima viagem, pare imediatamente, desligue 0 motor e verifique 0 mvel do oleo do motor. Se for necessario, reateste i mediatamente 0 oleo. !f Se 0 nivel do oleo estiver ~ correcto, nao continue a viagem. Mande verificar 0 motor por uma oficina Ford. Luz de aviso das portas Se uma das portas, a bagageira ou 0 Luz de aviso de falta de Ilquido capot do carro nao estiverem bem de lavagem dos vidros fechados, 0 respectivo simbolo de Quando se liga a igni~ao Cposi~ao aviso acende-se. 'I['), a luz acende-se brevemente Ilara confirmar que 0 sistema esta ()peracional. Luz de aviso da ignic;ao 1 luz indica que 0 reservatorio do Acende com a igni~ao ligada. Deve Ifquido para a lavagem do apagar-se assim que se liga 0 motor. I)cl,ra-brisasesta, no maximo, a urn ljllarto do seu volume total. Se nao 0 se apagar ou se acender I~.eatestelogo que lhe seja possivel. com 0 carro em andamento, desligue to do 0 equipamento electrico desnecessario e dirija-se imediatamente ao concessionario Conta-rotac;oes Ford mais proximo. Illdica a velocidade de rota~ao actual do motor em rpm. As r()ta~6es maximas permissiveis Luz de aviso de falta de , <'Ilcontram-se listadas no capitulo combustlvel (;n,pacidades volumetricas e ('specij'icar;oes. Quando esta luz de aviso se acender, reateste combustfvellogo que lhe seja possivel.
  9. 9. Indicador do nlvel de combustlvel I)cpois de tel' enchido 0 deposito , # l.oLalmente,a agulha nao se (Ieslocara da posic;ao de cheio ate que 0 veiculo tenha percorrido uma <leterminada distancia. E iJ '&' F I)ado que fica sempre urn pequeno I'csto de combustivel no deposito, a (Illantidade de combustivel Ilccessaria para encher 0 deposito I,odera ser inferior a capacidade volumetrica especificada do <lcposito. (~Llandoa agulha chegar a area 'E' Veloclmetro I'cateste logo que the seja possivel. Indica a velocidade actual do veiculo. Indicador da temperatura Illdica a temperatura do liquido de l'c1'rigerac;ao motor. A do Odometro I.emperatura de funcionamento Regista a quilometragem total do Ilormal, a agulha permanece dentro veiculo. <1<1 'NORMAL'.Assim que 0 area Ilonteiro entrar no vermelho, 0 Illotor esta prestes a sobreaquecer. I)csligue 0 motor, deixe-o arrefecer (. verifique qual e a causa. Conta-quilometros parcial o conta-quil6metros parcial regista If Nunca retire 0 tampao do o total de qui16metros percorridos LL::, deposito do liquido de pelo veiculo numa determinada arrefecimento enquanto 0 motor viagem. Para 0 recolocar a zero, cstiver quente. Nao ligue 0 motor carregue no botao. sem tel' solucionado 0 problema. Botao de recolocac;ao a zero
  10. 10. Comandose dispositivos - COMAN DOS NO PAINEL DE INSTRUMENTOS Nivelamento dos far6is osi90es recomendadas para 0 interruptor de nivelamento dos r6is o nfvel dos feixes de luz dos far6is dianteiros pode ser adaptado a t (1 Carga Posi9ao do carga transportada no vefculo. ., . ::4 interruptor Rodando 0 regulador para cima, os :: 3 • Pessoas Carga na focos de luz dos far6is sobem, .. • I ~~2 .•. Hancos Bancos bagageira do rodando-o para baixo, des cern. carro dianteiros traseiros A tabela na pagina seguinte rnostra as posi<;6es do interruptor para 1 - - 0 divers as situa<;6es de carga. 2 - - 0 2 2 - 0,5 2 2 ate 50 kg 1,0 1 - ate 220 kg 2,0
  11. 11. Comandos e dispositivos CO,~andose.~ispositivos Interrupter do desembaciador do vidro traseiro Ligue a ignir;ao primeiro. I)ara ligar ou de sligar, carregue no illterruptor. A respectiva luz de controlo no interruptor acende quando 0 interruptor e ligado. () sistema de aquecimento (Icsliga-se automaticamente ap6s aprox. 10 minutos. ( )sretrovisores exteriores <'icctricos tambem tern urn ('Iemento de aquecimento para <Icsembaciar 0 vidro. Este sistema ('nixe em funcionamento quando se Iiga 0 desembaciador do vidro I.I"<lseiro. Desembaciader de para-brisas e de vidre traseire Rel6gie digital Para a descongelar;ao ou 0 desembaciamento nipido do I'al"a mudar entre 0 modo de 12 e 0 IllOdo de 24 horas, carregue em -)l(<9r (13=36) para-brisas e do vidro traseiro. S6 : 1111 bas as teclas ao mesmo tempo e ~~~--~------ deve ser ligado quando for 1:ll"gue-as novamente. I realmente necessario. I':i.m avanr;ar a hora, carregue no Ilol.ii.o'H', e para avanr;ar os Interrupter de desembaciader IllillutOS carregue no botao 'M'. do para-brisas I Ii Il"aefectuar 0 acerto de horas o sistema s6 funciona com 0 motor I";illiclo,mantenha 0 respectivo a trabalhar. I)()I.iiopremido. Para ligar ou de sligar, carregue no interruptor. A respectiva luz de controlo no interrupt or acende quando 0 interruptor e ligado. o sistema de aquecimento desliga-se automaticamente ap6s aprox. 4 minutos.
  12. 12. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Caudal for~ado Interruptor do farolim de Quando 0 sistema esta ligado, e nevoeiro Renova~ao do ar dirigido urn fluxo de ar contmuo () HI" xterior entra no sistema e para as saidas de ar junto aos vidros Para ligar ou de sligar, carregue no interrupt or. A respectiva luz de itl.l"i1ves entradas de ar situadas a de laterais. Este fluxo de ar evita que r·n'lll.edo para-brisas. os vidros embaciem e estabelece controlo no interruptor acende quando 0 interruptor e ligado. M;I.IILenhaempre as entradas do ar s uma constante renovac;ao de ar. :1 rl"cntedo para-brisas livres de as farolins de nevoeiro s6 funcionam com os far6is dianteiros II('VC, folhas, etc., para desta forma acesos. I'('rrnitir que 0 aquecimento e a vl'lll.ilac;aofuncionem as farolins de nevoeiro s6 devem ('()ITcctamente e com a devida ser usados quando a visibilidade di c;:l ia. c esta restrita (menos de 50 m) e nao podem ser utilizados com chuva ou neve.
  13. 13. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Saidas de descongelac;ao/ Saidas de Saidas de ar Safdas de ar centrais e laterais desembaciamento descongelac;ao/ centrais !jnste-as conforme necessario. desembaciamento (regulaveis) Regulador da distribui~ao de ar 1';sLcregulador controla a disLribuic;ao do ar da seguinte ronll<l.: ~ Nfvel da face () (';IIIc1alde ar principal e dirigido II;Ir;I.0 nivel da face e uma pequena Saidas de ar laterais Zona dos 11:11"1.(' 6 dirigida para 0 para-brisas. (regulaveis) pes III Descongelador Nivel da Zona dos Distribui~ao do ar face pes 'I'od 0 0 ar e dirigido para 0 o vQlume de ar e a sua direcc;ao II: I r:I.-brisas. podem ser regulados com os comandos no painel de t,.J Zona dos pes instrumentos e com as palhetas das () ('alldal de ar principal e dirigido saidas de ar laterais e centrais. Ilara a zona dos pes e uma pequena II:11"1.(' 6 dirigida para 0 para-brisas. Posi~oes intermedias ( ) I'('giliador da distribuic;ao de ar lIodC' scr colocado em qualquer 110, 'i():'tointermedia e rodado para qll:llqucr c1irecc;ao.
  14. 14. Comando s e dlspositivos . Comando s e dlspositivos . Regulador da t Aqueciment ,. Ajuste-o co emperatura nforme necessario. habitaculo Ii,ode 0 regul d 0 rapldo do . ~I'para a posfc;~~ge dlstribuic;ao do /01 . Escolha a zona dos pes ~@O@' I'11~vadaarauma velocidade rnais p , 0 ventil d IH'C!,uenaarte d p ~ or,.Vrna () para _ nsas pa 0 ar e dmgl'd a para b . (!(::-;congelado ra manter 0 vidro ('lllbaciament o. eVltar 0 seu e Ventilador posic;~es do interruptor o ventilador Posi~ao indo Sem a assiste . esta muito f~~~da para quando entrada de ar~~ahdo .v~ntilador, a 2 dependera d abltaculo '.'(' () rluxo de ar n . - conduz. a veloCldade a que se I()I" St il"iciente a a poslc;ao +,.; nao !II','('mbaciad~ ra Imanter os vidros Para aument 1"<' 'Ii1ador da di~co oque 0 ventilador es~~~ velocid~de do elevado. a urn numero mais 1IIIIIIa .,. 0 entre W edo • posi'-'a tnbu~o + ar /01. Para de sligar regulador par~ ~enti~a~or'0'. posl<;ao rode 0 V ntila~ao (;ol')(IIIC0 re gulador da distribui a 11,1II'em ~ ; Ilq'lill'o o.uentreqwe~ c; 0 Descongela - , . ventllador ,- . mento do pjraaOb/d~sembacia- IIII('!ll~Sjar. Abr pa~a a posic;ao - nsas ('('lll.raise latera a as smdas de ar Escolha a te wdl'rcncia pe IS consoante a sua coloque 0 rem~eratura maxima . ssoal. de ar em ~~ ador d~ distribui<;ao ? ventilador na velocidade m'aXlma D . d escongelar/de . epOlSde para +,; ou um~emb~C:lar,mude qw para obter posl<;ao~ntre ~ e agradavel. A te~ma dlstnbuic;ao velocidade do v peratura e a red,:zidas consoe~~ador podem ser prelercncia pea Gcssoal. sua
  15. 15. Comandos e dispositivos e dispositivos Ar recirculado Ilara mudar de ar vindo do exterior I);I.raar recirculado, ou vice-versa, 1';l.rregue no interruptor. Luzde ~ controlo ~ ligar/desligar Arrefecimento com ar vindo do exterior I':,'Lando 0 tempo seco com a L<' leratura exterior elevada ligue 111I II ;11' ondicionado, c desligue 0 modo III' :1.1' recirculado erode 0 regulador !Ill vClltilador para uma posi<;ao 1'llLre 1 e 4. Coloque 0 regulador da L('IIIJ)cratura em frio. Regule a AR CONDICIONADO 111~:Lriblli<;ao ar consoante a sua do 11I'1'I'I'rcnciapessoal. o sistema de ar condicionado s6 funciona desde que a temperatura seja superior a +4°C, 0 motor esteja a funcionar e 0 ventilador ligado. Irrefecimento com ar Feche completamente todos os r Irculado vidros. 11:111,/111(100 tempo muito humido o ar condicionado retira a 1'11111Lemperatura exterior elevada a humidade do ar arrefecido 111(111'at' condicionado e 0 modo Il (condensa<;ao). Por isso, e III' III' 1·1~(;irculado.Use esta posi<;ao absolutamente normal que se crie 11111'/1;IITc1'ecer 0 habitaculo uma pequena po<;a de agua por 1Illll'('i<loou para impedir a entrada debaixo do carro quando este esta III' ('111'irosdesagradaveis vindos do estacionado. 1',LI'I'inr. Ligar 0 ar condicionado Carregue no interruptor para ligar ou de sligar. A respectiva luz de controlo no interruptor acende quando este e ligado. Luzde controlo. -® A/C~ (:olo<!I1.: ) regulador do ventilador ( 1'111t1Lav 'locidade para obter um : l'I'('iLIllie arrefecimento maximo. ligar/desligar
  16. 16. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Desumidifica~ao do ar na COMAN DOS NO PAINEL DE posi~ao<4W INSTRUMENTOs o ar condicionado retira a Cinzeiro dianteiro humidade do ar e os vidros desembaciam-se mais rapidamente. I'ara esvaziar 0 cinzeiro dianteiro, Por esse motivo, ligue 0 ar :i1)ra-ocompletamente e retire-o. condicionado para desembaciar os vidros quando 0 tempo estiver humido e a temperatura for superior a +4°C. Nao use 0 modo de ar recirculado na posi<;aodescongela<;ao/ desembaciamento. Ar recirculado com 0 ar !f Para evitar estragos, nunca condicionado desligado ~ deve manter 0 acendedor premido. Como precau<;ao, deve A posi<;aode ar recirculado deve rctirar 0 acendedor, sempre que ser usada principalmente para deixar crian<;as sozinhas dentro do impedir a entrada de cheiros vdculo. desagradaveis vindos do exterior. Os vidros tendem a embaciar mais I';mpurre 0 acendedor para dentro, rapidamente quando se utiliza 0 Ilara 0 ligar; quando atingir a modo de ar recirculado. Mude para I.('mperatura necessaria, dispara ar vindo do exterior assim que for :l.lltomaticamente. 0 acendedor possivel, ou, se a temperatura I.ambem funciona com a igni<;ao estiver acima de +4°C, ligue 0 ar (I(~sligada. condicionado. 1 Lomada do acendedor tambem Ilode ser usada para ligar outros :tparelhos de 12 Volt e uma :unperagem max. de 10 Amperes. Contudo, se for usado com 0 motor (Icsligado, a bateria sera (Icscarregada. Sc ligar algum aparelho acess6rio, Iise apenas os conectores rccomendados da gama de acess6rios da Ford.
  17. 17. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Porta-Iuvas Para abrir 0 porta-luvas, puxe manfpulo para cima. 0 g tt,1 Estando aberta, a tampa pode ser usada para depositar urn copo e tambem disp6e de urn porta-lapis. Suportes traseiros para garrafas Os suportes para garrafas COMAN DOS NA COLUNA DE II Ignic;ao ligada. Todos os encontram-se nos revestimentos DIRECc;AO circuitos electricos estao laterais traseiros e sao apropriados operacionais. As luzes de controlo e para garrafas pequenas. Tranca da direc~aol de aviso acendem. Esta e a posic;ao interruptor da igni~ao em que a chave deve estar quando () interruptor combinado da o vefculo esta em andamento, i)(llic;ao/trancada direcc;ao tern as devendo ser seleccionada tambem ::i'guintes posic;6es de chave: caso 0 vefculo seja rebocado. Boisa para mapas o 19nic;aodesligada, direcc;ao III Motor de arran que activado. Nas costas do banco do passageiro Cr:ll1cada. Largue a chave logo que 0 motor encontra-se uma bolsa para guardar pegue. I Direcc;ao destrancada. A ignic;ao mapas. I' Codosos circuitos electricos Ao tirar a chave da ignic;ao, a tranca wi Ilcipais estao desactivados. da direcc;ao e activada e impede que 0 volante possa ser rodado. , ' a chave de ignic;aofor mantida 111'masiado tempo nesta posic;ao, a !f Nunca rode a chave para a ("orrente e automaticamente Ll..:::, posic;ao '0' enquanto 0 III'sLigadapara evitar a descarga veiculo estiver em andarnento. i11'sllecessaria da bateria.
  18. 18. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Alavanca multi-fun90es (:om excepc;ao das luzes laterais e 11';lseiras,as func;5es abaixo I'dcridas s6 se encontram disponfveis quando a ignic;ao esta li);ada. Indicador de mudan9a de direc9iio para a direita I)('sloque a alavanca para cima. Indicador de mudan9a de dfrec9iio para a esquerda Ih'sloque a alavanca para baixo. Desligar as luzes Interruptor dos piscas de MIlclepara a posic;ao do meio. emerg€mcia , 'I' as luzes exteriores nao Deve ser utilizado apenas numa 1·.'I.iveremdesligadas, ouve-se urn emergencia, para avisar que 0 ::iIJalsonoro ao abrir a porta do vefculo esta empanado ou que ha 'olldutor. aproximac;ao de perigo. Para ligar ou de sligar 0 sistema, carregue no Luzes laterais e traseiras interruptor. Tambem funciona com I,()cle interruptor rotativo para a 0 a ignic;ao desligada. wimeira posic;ao. Medios Buzina I~ocle0 interruptor rotativo para a Carregue na almofada do volante. ::I'gunda posic;ao, deixando a A buzina tambem funciona com a :davanca na posic;ao do meio. ignic;ao desligada. / IIirecc;ao da luz dos far6is (Iianteiros pode ser ajustada para se :Idaptar as condic;5es de condw;ao 10 lade direito ou esquerdo da ('.'I.rada. Consulte 0 seu (;ol1cessionario Ford.
  19. 19. Comandos e dispositivos Comandos e dispositiyos • Movimento de limpeza lento: ,>Csloquea alavanca uma posic;ao para cima. • Movimento de limpeza nipido: Iksloque a alavanca duas posic;6es II; Ira cima. • Movimento de limpeza i Ill.crmitente Ih'sloque a alavanca para baixo. • 'Java para-brisas / runc;aode lavagem e de limpeza ('(lI1tinuara activa ate largar 0 botao. , )('pois de largar 0 botao, os Maximos 'i III pa-vidros ainda completarao Illais dois ou tres ciclos de limpeza. Empurre a alavanca na direcc;ao do painel de instrumentos. Sinais de luz Puxe a alavanca em direcc;ao ao • Limpar volante. , )II xe a alavanca em direcc;ao ao volante. • Lavar "llxe a alavanca um pouco mais Alavanca do Iimpa para-brisas "ara activar 0 lava-vidro. A lavagem ('()Iltinua enquanto a alavanca Estando a chave de ignic;aona ('.·I.ivernessa posic;ao. posic;ao 'II', podem ser usadas as seguintes func;6es de !f Nao deixe 0 lava-vidro a lavagem/limpeza: f....L'::, funcionar durante mais de 10 segundos de cada vez, e nunca ()utilize se 0 deposito de agua ('sLivervazio.
  20. 20. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Retrovisor interior Luzes interiores Ligado """ I Desligado /' I'ara reduzir 0 encandeamento, ao ('ollduzir a noite incline 0 o interruptor das luzes interiores 1·('l.rovisor, uxando a alavanca para p tern tres posic;5es: contacto da 11';ls. /~ /~/~ porta, desligado, ligado. .-/ t ~ Depois de fechar as portas, as luzes interiores ainda continuarao acesas durante algum tempo. Apagam-se ~~ imediatamente ao ligar a ignic;ao. Palas de sol Ao estacionar 0 seu vefculo numa /.' palas contra 0 sol podem ser garagem deixando as portas abertas rl'i,jradas das suas fixac;5es e durante muito tempo, desligue as 1'( ladas para 0 lado dos vidros I( J luzes interiores mudando 0 1;i1.('l'ais. t interruptor para a posic;ao ¥' DESLIGADO. Apesar de as luzes nao estarem acesas, a rele temporizadora consome electricidade e po de descarregar a bateria. Ganchos para vestuario /1.1'<:1S, pOl'cima dos vidros Luzes de leitura I.l';lseiros,encontram-se ganchos As luzes de leitura SaDcontroladas I);Ira pendurar vestuario. par interruptores separados de ligar/desligar.
  21. 21. Comandos e dispositivos Retrovisores exteriores de regula~ao elE~ctricae aquecidos Retrovisores exteriores Ajuste os retrovisores conforme convexos Retrovisor necessario usando a unidade de Em ambos os retrovisores, 0 campo comando na porta do condutor. direito visual atras do condutor e muito Depois de os ajustar, rode 0 maior, reduzindo significativamente interruptor de volta para a posic;ao o chamado angulo morto na zona do meio. traseira do autom6vel. Estando 0 desembaciador do vidro traseiro ligado, os retrovisores Direcc;oes de basculamento do If Os objectos vistos com este exteriores tambem sao aquecidos. LD tipo de espelhos parecem retrovisor mais pequenos e mais distantes do que na realidade estao. Tenha atenc;ao para nao sobrestimar a distancia dos objectos reflectidos nos retrovisores. Retrovisores exteriores rebatfveis Sempre que seja necessario, por exemplo por falta de espac;o, os retrovisores exteriores podem ser Vidros dianteiros elE~ctricos rebatidos manualmente. Para Os vidros s6 podem ser abertos ou recolocar 0 retrovisor exterior na fechados com a ignic;ao ligada. sua posic;ao original, empurre-o para dentro do respectivo suporte If Sempre que deixar crianc;as ate engatar. LD sozinhas no carro, retire a chave da ignic;ao de modo a evitar o rsico de ferimento pelo Retrovisores exteriores de accionamento inadvertido do regula~ao ma~lUal comando electrico dos vidros. Ambos os retrovisores exteriores Os vidros sao comandados por podem ser ajustados pelo interior interruptores localizados nos do vefculo. paineis de comando nas portas. Os vidros abremlfecham enquanto se mantiver 0 interruptor premido. Premir <:>: abrir. Premir •. : fechar.
  22. 22. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Travao de mao Antes de abandonar 0 veiculo, puxe o travao de mao ate ao limite. !f A marcha atras s6 deve ser Para activar 0 travao de mao, puxe ~ metida com 0 veiculo a alavanca para cima. Para 0 soltar, imobilizado. puxe a alavanca ligeiramente para cima, carregue no botao de Para meter a marcha atras, coloque bloqueio e empurre a alavanca para a alavanca na posic;ao neutra, baixo. 0 travao de mao actua sobre empurre a alavanca totalmente para as rodas traseiras. a direita, contra a forc;a da mola, e Para nao ter que exercer tanta puxe-a para tras. forc;a ao puxar a alavanca do travao de mao, convem carregar ao mesmo tempo no pedal do travao. !f Ao reduzir da 5a para a 4a, ~ nao exerc;a demasiada forc;a para a esquerda na alavanca das mudanc;as, para evitar meter acidentalmente a 2a. Tabuleiros de deposito Para evitar ruidos ao meter a A frente da alavanca das mudanc;as marcha atras, espere cerca de e por detras da alavanca do travao 3 segundos com 0 veiculo de mao encontram-se cavidades imobilizado e 0 pedal da para depositar pequenos objectos. embraiagem carregado.
  23. 23. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos CHAVES A chave serve para todas as Cobertura da bagageira fechaduras do seu veiculo. Se perder a chave, podera obter uma !f Nao coloque objectos sobre chave de substitui<;ao no seu ~ 0 tabuleiro traseiro. concessionario Ford indicando 0 nillnero da chave original (estampado numa plaqueta Desmontar fornecida com as chaves originais). Em primeiro lugar, desengate as E recomendavel trazer sempre uma duas correias de fixa<;aoda porta segunda chave consigo, num lugar traseira. A seguir, puxe 0 tabuleiro seguro, para que a possa utilizar em na horiziontal para fora sem 0 casos de emergencia. inclinar. Chave com lampada integrada Voltar a colocar a tabuleiro A W.mpadaacende enquanto 0 botao redondo for prerriido. A pilha Insira 0 tabuleiro na horizontal, e a lampada incandescente podem endireite-o e empurre-o ate ao ser substitufdas separadamente. limite. Prenda as duas correias de Para obter pe<;asde reposi<;3.o fixa<;aoa porta traseira. consulte 0 seu Concessionario Ford. Para extrair a unidade carregue a fundo no botao oval e puxe a unidade para fora. Abra a unidade, utilizando uma moeda, e substitua a pilha e/ou a lampada. Encaixe Caixa de primeiros socorros novamente as metades, exercendo Do lado direito da bagageira um pouco de pressao, e volte a encontra-se uma correia de introduzir a pe<;ana chave. reten<;3.oque pode ser usada para fixar a caixa de primeiros socorros. 1I' forma alguma,nao podem, de W Pilhas usadas ser misturadas com 0 lixo domestico normal. Prove ter consciencia ecologica, depositando-as nos respectivos lugares previstos para tal fim.
  24. 24. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Chave com sistema de fecho Compartimento bagageiro das portas por controlo remoto Para destrancar a porta traseira, o transmissor encontra-se rode a chave no sentido dos integrado na chave. 0 receptor esta ponteiros do relogio. localizado junto a luz interior. Com a igni<;aodesligada e as portas Para mais informa<;5es, consulte a destrancadas, 0 compartimento sec<;ao Controlo remoto. bagageiro tambem pode ser aberto carregando no cilindro do fecho. A luz da bagageira acende-se automaticamente. Fechos das portas As portas podem ser trancadas e destrancadas pelo exterior com a chave e por dentro usando 0 puxador interior. Uma cavidade dentro do revestimento da porta traseira Para activar 0 sistema de alarme facilita 0 fechar da porta. anti-roubo ou de trancagem dupla, consulte a respectiva sec<;aonas paginas seguintes. Fecho do tampao do deposito de combustlvel Abra totalmente a tampa do deposito. Para abrir 0 tampao, destranque-o com a chave, rode 0 tampao para a esquerda e tire-o. Se a tampa do deposito nao estiver totalmente aberta, a pistola de enchimento pode bater na tampa.
  25. 25. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos SISTEMA DE FECHO Activar CENTRALIZADO DAS PORTAS Para activar a trancagem dupla o sistema de fecho centralizado das rode a chave na porta do condutor, portas pode ser activado a partir da ou na porta do passageiro, dentro porta do condutor ou da porta do de 3 segundos para a posic;ao '1' e a passageiro. S6 funciona se todas as seguir para a posic;ao '2'. portas estiverem fechadas. Pelo lado de fora, e activado com a chave. Pelo lado de dentro, e activado carregando no puxador da porta. o compartimento bagageiro pode ser aberto com a chave ou carregando no cilindro do fecho, desde que 0 vefculo esteja destrancado e a ignic;ao desligada. Se a ignic;ao estiver ligada, 0 compartirnento bagageiro s6 pode ser aberto com a chave. Os indicadores de mudanc;a de Par irnpedir 0 acesso ao vefculo direcc;ao piscam duas vezes para durante uma viagem (p. ex. ao confirmar que 0 sistema esta a parar nos semMoros) convem funcionar. conduzir com as portas trancadas. Ao trancar com a chave, 0 alarme anti-roubo e activado. o sistema de alarme anti-roubo Fecho centralizado com sistema tambem pode ser activado de trancagem dupla independentemente do sistema de A trancagem dupla e um dispositivo trancagem dupla rodando a chave de protecc;ao anti-roubo da porta para a posic;ao '2'. suplementar que impede que as Para obter mais informac;6es, portas sejam abertas pelo interior consulte a secc;ao Sistema de do vefculo. alarme anti-roubo. fe A trancagem dupla nao deve ~ ser activada quando se Ja nao e possivel abrir 0 porta encontram pessoas dentro do pelo lado de dentro vefculo. A trancagem dupla s6 funciona com ambas as portas dianteiras fechadas.
  26. 26. ! Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Desactivar Destrancar Ao destrancar uma das portas Aponte 0 controlo remoto para 0 dianteiras com a chave, 0 sistema receptor e carregue no botao ~ de trancamento duplo e para desactivar 0 sistema de fecho desactivado. centralizado e de trancagem dupla, bem como 0 sistema de alarme !f Se ocorrer uma falha no anti-roubo. ~ sistema electrico do veiculo, as portas dianteiras continuam a poder ser destrancadas individualmente com a chave. Trancar Aponte 0 controlo remoto para 0 receptor e carregue no botao ..•• . ~ Os sistemas de fecho centralizado e Controlo remoto de alarme anti-roubo (se estiver o sistema fica operacional se a instalado) SaGactivados. chave tiver sido tirada da igni<;aoe [ Be 0 botao ~~ for premido dentro todas asportas estiverem fechadas. de urn espa<;ode tempo de A distancia maxima entre 0 emissor 3 segundos, 0 sistema de e 0 receptor (luz interior) e de trancamento duplo e activado. 5 metros. o compartimento bagageiro pode ser aberto manualmente com a chave ou carregando no cilindro do fecho, desde que 0 sistema de fecho centralizado das portas nao esteja activado e a igni<;aoesteja desligada.
  27. 27. Comandos e dispositivos Substituir a pilha !f Se 0 tempo de substituir;ao L.L:::, das pilhas exceder 15 segundos, sera necessario reprogramar todos os controlos remotos pertencentes ao vefcu10. No caso de isto acontecer, 0 seu concessionario Ford podera reprogramar para si todos os controlos remotos. Se a luz de controlo na chave nao Chaves pis car brevemente 2 segundos o seu vefculo e fornecido com duas depois de carregar urn botao, as chaves codificadas identificadas por pilhas deverao ser substitufdas (n° urn ponto vermelho e outra chave de encomenda 5030185). de emergencia que nao pode ser Tire com cuidado a tampa das codificada. pilhas, usando urn objecto de ponta Apenas estas chaves podem ser chata, e retire as pilhas gastas. usadas para 0 seu vefculo. Coloque as pilhas novas de lftio entre os contactos, com 0 sfmbolo Sao necessarias duas chaves ( +) virado para cima, e meta a codificadas para codificar uma placa de contacto entremeio. chave nova. Por isso, e conveniente Recoloque a tampa das pilhas. ter sempre uma terceira chave codificada guardada num local ~ Pilhas de lftio usadas nao seguro. W podem de forma algurna ser Com a chave de emergencia apenas misturadas com 0 lixo domestico -='=C::: >---~ se pode trancar e destrancar as normal. Prove ter consciencia portas. eco16gica, depositando-as nos respectivos lugares previstos para tal fim. Activac;ao automatica I o sistema e activado 5 segundos depois de desligar a ignir;ao e a luz ( ,:;:, ) 'l1!!- ,-, ),"" .-,,- '='0. ~----7 de controlo no re16gio digital piscara em intervalos de 2 segundos. Agora, 0 vefculo esta protegido electronicamente.
  28. 28. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Desactivac;ao automatica Codificac;ao das chaves Se for detectado 0 c6digo correcto, o ligar da igni<;aodesactiva 0 -,--,.-,-,- ~fJ)y, ,~ ) j~ '~II~'. Com quaisquer duas chaves codificadas podem codificar-se, no sistema. A luz de controlo acende ------- maximo, 8 chaves. por aproximadamente 3 segundos. • Meta a primeira chave no interruptor da igni<;aoe rode-a para a posi<;ao'II'. • Rode a chave de volta para a posi<;ao'0' e retire-a dentro de um espa<;o de tempo de 5 segundos do Se a luz de controlo ficar a pis car interruptor da ignic;ao. durante aproximadamente ~---- ---------,~ : ---- " 1-' .-,'-) ( c,·~'o . "j,,':l::,'," • Meta a segunda chave no 1 minuto em ritmo rapido, 1._ interruptor da igni<;aoe rode-a passando depois a piscar varias ""---------;'.. .'. dentro de um espac;o de tempo de vezes em ritmo irregular, e sinal de 5 segundos para a posi<;ao'II'. que 0 sistema nao reconheceu correctamente a codifica<;aoda • Rode a chave de volta para a chave. Tire a chave e tente de novo. posi<;ao'0' e retire-a dentro de um espa<;ode tempo de 5 segundos do Se 0 motor nao pegar e sinal de que interruptor da ignic;ao- 0 modo de ocorreu qualquer falha no sistema. codifica<;aode chaves esta agora Mande reparar 0 sistema 0 mais activado. rapidamente possivel por um • Se agora for metida uma terceira concessionaro Ford. chave no interruptor da igni<;aoe rodada para a posic;ao 'II' dentro de !j Para assegurar um um espa<;ode tempo de ~ intercambio de dad os 10 segundos, esta chave e perfeito entre 0 veiculo e a chave, codificada para 0 sistema. nao cubra as chaves com qualquer Depois de esperar 20 segundos, objecto metalico. . ) este processo po de ser repetido. Se a codifica<;aonao for completada correctamente, a luz de controlo piscara depois de se ligar a igni<;ao com a nova chave codificada. Repita 0 processo de codifica<;ao. !j Se perder uma chave, e ~ imprescindivel recodificar 0 veiculo. Se agora apenas tiver uma chave valida, consulte 0 seu concessionario Ford.
  29. 29. Comandos e dispositivos Comandos e dispositivos Anula~ao da codifica~ao SISTEMA DE ALARME Com quaisquer duas chaves ANTI-ROUBO codificadas pode invalidar-se todas o sistema funciona como as outras chaves codificadas do seu dispositivo dissuasor para evitar veiculo, p.ex. depois de ter perdido que pessoas nao autorizadas abram alguma. Proceda conforme abaixo as portas, a mala ou 0 capot do descrito. veiculo. • Execute os primeiros quatro Activa~ao passos descritos em Codijicar;ao de chaves, e depois continue, num o sistema e activado assim que espac;o de tempo de 10 segundos, uma das portas dianteiras e da seguinte forma: trancada. Rode a chave ao maximo para a posic;ao de trancar e • Meta a segunda chave no mantenha-a durante 1 segundo interruptor da ignic;ao e rode-a para a posic;ao 'II'. nesta posic;ao. Consulte as secc;6es Fecho • Tire a chave dentro de um espac;o centralizado com sistema de de tempo de 5 segundos do trancagem dupla e Controlo interruptor da ignic;ao. remoto. • Meta a primeira chave no interruptor da ignic;ao e rode-a para o a posic;ao 'II'. A luz de controlo piscara durante 5 segundos. I • Se a ignic;ao for desligada durante Confirma~ao da activa~ao /-, ) -l1 ,l:>'-- .-,,- CI·~O. )" estes 5 segundos, 0 processo de Se 0 alarme tiver sido activado, a v anulac;ao e terminado e nenhuma luz de controlo acendera primeiro 7 chave e anulada. por 5 segundos e depois passara a • Se 0 processo de anulac;ao nao for pis car em ritmo lento. terminado, todas as restantes chaves, excepto as duas usadas para a anulac;ao, deixam de poder ser usadas ate terem sido recodificadas.
  30. 30. Comandos e dispositivos Bancos e sistemas de reten~ao Alarme Se uma pessoa nao autorizada abrir ~o~~~~i~::~~o~l~~~;~~:~f;~ira, @~~ ~~ ;~~~.o;-.;: ~I __ 11 Sentar-se na posiyao correcta o sistema de protecc;ao do ocupante e composto por bancos, Todos os indicadores de mudanc;a ~ ~ encostos de cabec;a, cintos de de direcc;ao piscarao durante 5 seguranc;a e airbag(s). A utilizac;ao minutos. A luz de controlo correcta destes componentes acender-se-a durante 5 minutos. protege-lo-a melhor. Para tal, siga Qualquer tentativa de colocar 0 as seguintes indicac;6es: motor em funcionamento ou de • Sente-se na posic;ao mais vertical retirar 0 radio fara soar de novo 0 possivel e com 0 encosto do banco alarme. inclinado em nao mais de 30 graus. • Ajuste os encostos de cabec;a de modo a que a parte superior da cabec;a e 0 respectivo encosto fiquem a mesma altura. Desligar • Nao coloque 0 banco dianteiro o sistema de alarme anti-roubo demasiado perto do painel de pode ser desactivado em qualquer instrumentos. 0 condutor deve altura - mesmo enquanto 0 alarme segurar no volante com os brac;os estiver a soar - destrancando uma ligeiramente dobrados. As pernas das portas dianteiras. tambem devem ficar ligeiramente o sistema de alarme anti-roubo e dobradas para que os pedais interrompido quando 0 possam ser pressionados ate ao compartimento bagageiro e piso. destrancado com uma chave. • A parte superior do cinto deve Depois de 0 voltar a fechar, 0 passar pelo meio do ombro e a alarme volta a ficar activo. parte inferior do cinto tern de assentar sobre as ancas e nunca sobre 0 est6mago.
  31. 31. Bancos e sistemas de reten~ao Bancos e sistemas de reten~ao !f Nunca ajuste os bancos com Rebater as costas do banco ~ 0 veiculo em andamento. para a frente Puxe a alavanca de bloqueio para ~ Puxar os bancos para a frente cima e rebata as costas do banco totalmente para a frente. Para I ! ou para tras facilitar a entrada dos passageiros Para ajustar a posiyao dos bancos, traseiros, 0 banco pode ser ~ puxe a alavanca situada junto ao deslocado para a frente. rebordo exterior do assento para Recoloque as costas do banco na cima. Depois de largar a alavanca, posiyao vertical ate engatar com desloque 0 banco um pouco para a um 'clique' audivel e desloque 0 frente e para tras para se certificar banco para tras ate 0 prender na de que encaixou na posiyao sua posiyao normal. Assegure-se de desejada. que 0 banco esta correctamente engatado nos retentores. Ajuste eh~ctrico da altura do !f Nao deposite objectos atras banco do condutor ~ do banco que possam impedir 0 banco de engatar nos Ajuste a altura do banco por meio retentores. do interruptor situado na parte da frente do banco. Para levantar: carregue na parte superior do interruptor. Para baixar: carregue na parte !f Ajuste os encostos de inferior do interruptor. ~ cabeya de modo a que a parte superior da cabeya e 0 respectivo encosto fiquem a me sma altura. Para os ajustar a altura desejada, Ajuste da inclina.;ao das costas puxe os encostos de cabeya para do banco fora ou empurre-os para dentro das Gire a roda de mao lateral. Se os costas do banco. Depois de os bancos estiverem puxados ajustar, assegure-se de que os totalmente para a frente, as costas encostos de cabeya estao dos bancos podem ser colocadas na correctamente bloqueados. Todos posiyao horizontal. , os encostos de cabeya podem ser retirados carregando no botao de bloqueio.
  32. 32. Bancos e sistemas de reten~ao Bancos e sistemas de reten~ao Rebater as costas do banco CINTOS DE SEGURAN9A traseiro para a frente Os cintos de seguran<;a e os As linguetas dos cintos devem estar sistemas de reten<;ao para crian<;as engatadas nos respectivos rasgos tem de ser sempre usados. Nunca das fivelas. utilize um cinto para mais de urna pessoa. Assegure-se de que os As fivelas dos cintos de seguran<;a cintos nao estao torcidos ou soltos, tem de estar a frente das costas do nem obstrufdos. banco, sobre 0 assento. Puxe os dois boti5es de desbloqueio no compartimento bagageiro e rebata as costas do banco traseiro para a frente. !f Bagagem e outras cal"gas Colocar os cintos de seguran~a ~ devem ser colocadas 0 mais Puxe 0 cinto com urn movimento deitadas possivel, tanto quanta continuo para fora do CalTeto. Se 0 possivel na parte da frente da puxar com um movimento brusco, superffcie de carga e, sempre que ou se 0 autom6vel estiver inclinado, realizavel, junto a parede da o cinto pode bloquear. frente. E perigoso conduzir com a porta da bagageira aberta. AMm !f Meta a lingueta do fecho na disso, com a porta da bagageira ~ fechadura do cinto ate ouvir aberta, existe 0 perigo de os gases um "clique". S6 entao e que esta de escape entrarem para 0 interior bem fechado. do veiculo. Para soltar 0 cinto, carregue no botao vermelho e deixe 0 cinto Recolocar as costas do banco enrolar-se completa e lentamente. na sua posi~ao vertical A parte superior do cinto deve As costas dos bancos devem passar pelo meio do ombro e a engatar em ambos os lados nos parte inferior do cinto tem de retentores. assentar sobre as ancas e nunca As fivelas do cinto de seguran<;a sobre 0 est6mago. devem encontrar-se a frente das costas do banco. !f Objectos depositados no ~ banco traseiro devem ser presos para evitar que tombem.
  33. 33. Bancos e sistemas de retenc;ao Bancos e sistemas de retenc;ao Wio recline os bancos dianteiros Conserva~ao dos cintos de excessivamente, dado que os cintos seguran~a Prop~)[cionam a melhor protec<;ao Contro/ar os cintos de possIvel quando se esta sentado seguranfa numa posi<;aoquase vertical. Controle periodicamente os cintos a fim de verificar se estao danificados ou gastos. Para controlar a estabilidade dos pontos de fixa<;ao,assim como 0 efeito de bloqueio dos carretos de inercia, basta puxar com um movimento brusco e energico pelos cintos. !f Nunca tente reparar ou ~ lubrificar 0 mecanismo de enrolamento ou os retentores, Pre-tensor do cinto de nem modificar os cintos de outra seguran~a forma. o sistema de reten<;ao com Cintos de seguranl;a excessivamente pre-tensor de cinto no banco .for<;adosdevido a urn acidente, tern dianteiro ajuda a reduzir 0 risco de de ser substituidos e os pontos de graves ferimentos ao ocorrer urn fixa<;aocontrolados par urn embate frontal. No caso de ocorrer concessionario Ford. uma colisao, os cintos de seguran<;a o reposicionamento ou a altera<;ao sao tensionados para manter 0 dos altifalantes do radio podem cinto aconchegado ao corpo. causar interferencias no funciona- o pre-tensor de cinto de seguran<;a mento dos cintos de seguran<;a. nao e activado ao ocorrerem Para mais detalhes, consulte 0 seu embates na parte lateral ou concessionario Ford. traseira ou embates frontais menos Limpar os cintos de seguranfa fortes. Para obter mais Lave os cintos de seguran<;a com 0 informa<;6es, consulte a sec<;ao Produto de Lavagem de Forros A~rbag. Ford ou agua moma limpa. Depois & nao podem ser retirados. O~pre-tensores de cinto de os lavar, seque-os naturalmente, nunca os exponha a calor artificial. Qualquer repara<;ao nos De forma alguma devera utilizar pre-tens ores de cinto, bem como a solventes qufmicos, agua a ferver, sua elimina<;ao, devem ser solu<;6esalcalinas ou branquea- realizadas unicamente por pessoal dores. Nao permita a entrada de devidamente instrufdo humidade no mecanismo de , (Concessionario Ford). enrolamento do cinto de seguran<;a.
  34. 34. Bancos e sistemas de retenc;ao Bancos e sistemas de retenc;ao No caso de embates menos fortes on capotagens, e embates na parte de tras on lateral do veiculo, 0 sistema de airbag nao e activado. A eficacia maxima do airbag e obtida com a regula<;ao correcta do banco e das costas do banco. Ajuste o banco de maneira a que 0 volante possa ser agarrado com os bra<;os ligeiramente dobrados e que as costas do banco fiquem quase na vertical. Para todos os efeitos, esta tambem e a posi<;aoideal para a condu<;ao e reduz 0 perigo de ferimento por ficar demasiado perto do airbag quando este e insuflado. SISTEMA SUPLEMENTAR DE o passageiro da frente tambem s6 tera a protec<;ao maxima se estiver RETEN<;Ao sentado 0 mais direito possivel. Airbag Em combina<;ao com um cinto de seguran<;a, 0 airbag pode ajudar a If Ponha sempre 0 cinto e reduzir 0 risco de graves ferimentos ~ mantenha urna distancia ao ocorrer urn embate significativo. suficiente entre peito e volante. Funcionamento S6 se 0 cinto estiver realmente posta e que 0 pre-tensor de cinto o sistema de airbag e activado se po de manter 0 corpo na posi<;ao ocorrer um forte embate frontal correcta para 0 airbag poder ou embates com um angulo de im- actuar de forma mais eficaz. pacta ate 30° do lade direito ou esquerdo. Entao, 0 airbag e insu- flado em milesimos de segundo. If Se estiver instalado um Assim que a cabe<;ae a parte ~ airbag do lado do passageiro superior do corpo do ocupante do dianteiro, nunca se deve utilizar banco tem contacto com 0 airbag, 0 uma cadeira de crian<;aou de propelente escapa, amortecendo bebe, na qual a crian<;a fique assim 0 movimento para a frente da virada de costas para 0 cabe<;ae da parte superior do corpo para-brisas. do ocupante do banco.
  35. 35. Bancos e sistemas de reten~ao .Bancos e sistemas de ~eten9~o o sistema Luz de aviso do airbag o sistema airbag e composto de: Ao rodar a chave de ignic;ao para a • Um saco de nylon insuflavel posic;ao 'II', a luz de aviso no painel (Airbag) com gerador de gas, de instrurnentos acende-se pOI' situado POl'tras da almofada central aproximadamente 5 segundos para do volante e POI'tras do painel de indicar que 0 sistema esta instrumentos do lado do passageiro operacional. da frente. Se a luz de aviso nao acender, se • Pre-tens ores de cinto com permanecer acesa ou se acender cartucho de gas. intermitente ou permanentemente com 0 veiculo em andamento, e • Uma luz de aviso no painel de sinal de que existe qual que I' instrumen tos. Supplementary Restraint System anomalia. Em prol da sua pr6pria • Uma unidade de controlo e de (sistema suplementar de seguranc;a, mande inspeccionar 0 diagn6stico POI'detras do painel de retenc;ao) sistema 0 mais depressa possivel instrumentos. pOI'um Concessionario Ford. A insuflac;ao do airbag libera o fabricante does) airbag(s) propelente que, no essencial, e instalado(s) neste veiculo composto de di6xido de carbono, recomenda que 0 airbag seja nao t6xico e nao inflamavel. substituido ap6s 15 anos. Depois Ii" Mantenha as zonas a frente desse periodo, a eficacia do propelente e do airbag pode ficar LL::, dos airbags sempre desobstruidas; nunca coloque comprometida. nada sobre ou em cima destas Se tiver quaisquer duvidas no que areas. respeita a data de substituic;ao does) seu(s) airbag(s), consulte 0 Para limpar estas areas, utilize seu Concessionario Ford, ele unicamente urn pano hllinido, e nao verificara a data de instalac;ao ou de molhado. construc;ao. Ii" Trabalhos de reparac;ao no o sistema de airbag apenas deve LL::, volante, na coluna da ser substituido e eliminado pOI'um direcc;ao e no sistema airbag s6 concessionario Ford. podem ser executados POI' mecanicos devidamente treinados. Caso contrario, existe 0 perigo de sofrer ferimentos pela activac;ao inadvertida do airbag. 0 seu concessionario Ford dispoe de mecanicos que foram treinados especificamente para efectuar a manutenc;ao do seu veiculo.

×