Cassandra com NOSQL parte 2

367 visualizações

Publicada em

Matéria falando sobre o conceito de nosql e os tipos de bancos que saiu na revista espírito livre de abril de 2012

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cassandra com NOSQL parte 2

  1. 1. ����� �� ����� � ������������� ��� ��������������� �� ���� � ����� � www.sxc.hu� � � � � �� � �� � � � � � �� � � �� �� ����� � �� �� � ������ ������ ��������� �� ������� Parte 2: No artigo anterior demonstrou­se um conceito básico sobre os bancos NOSQL Classificação além de fazer comparações entre os bancos “tradicionais” versus o NOSQL. Nesse artigo de bancos NOSQL abordaremos os tipos de bancos NOSQL, além de sua classificação e, demonstrare­ mos também, alguns exemplos. Por serem novos bancos ainda não existem padrões. Por mais que dois bancos possuam exatamente as mesmas classifica­ ções não é absoluto afirmar que eles possu­ em os mesmo recursos e que fazem as mesmas coisas. Isso sem falar no grande trabalho que haverá na mudança de um ban­ co NOSQL para outro, mesmo sendo seme­ lhantes. Existem hoje diversos SGBDs que se encaixam com o NOSQL. Eles são classifi­ cados por: Arquitetura, Armazenamento, �������� ����� � � ������ � � � ��
  2. 2. ����� �� ����� � ������������� ��� ��������������� �� ���� � ����� �Modelo de Dados: ­ RedisArquitetura Disco: Na arquitetura dividem­se em dois ti­ ­ CouchDbpos: distribuídos e não distribuídos. Os distri­ ­ MongoDbbuídos tomam a responsabilidade pela ­ Riakpartição dos dados e pela sua replicação. ­ VoldemortDistribuídos :­ Amazon Dynamo Configurável ­ BigTable­ Scalaris ­ Cassandra­ Voldemort ­ Hbase­ CouchDb ­ HyperTable­ Riak­ MongoDb Modelo de Dados­ BigTable O Modelo de Dados define como a in­ formação é armazenada e estruturada dentro­ Cassandra do banco.­ HyperTable ­ Chave/Valor Possui uma estrutura muito­ HBase semelhante a do Java.util.Map, onde pode­ mos armazenar uma chave e seu valor. EsseNão distribuídos: valor pode ser qualquer informação.­ Redis ­ Amazon Dynamo­ Tokyo Tyrant ­ Amazon S3­ MemcacheDb ­ Redis­ Amazon SimpleDb ­ ScalarisArmazenamento ­ Voldemort São aqueles que armazenam dadosem disco e na memória. Esta diferenciação Documentoé importante pois no caso da gravação em Este modelo permite armazenar qual­disco você vai precisar de um cache explici­ quer documento, sem a necessidade de defi­to. Já os dados armazenados em memória nir previamente sua estrutura. O documentonão são duráveis. Um ponto interessante a é composto por inúmeros campos, com tiposser avaliado é que no disco os dados tem de dados diversos ­ inclusive um campo po­menos possibilidade de serem perdidos, no de conter um outro, com uma estrutura se­entanto, o custo de I/O é altíssimo. Em rela­ melhante a um arquivo XML.ção à memória, apesar do acesso ser mais ­ Amazon SimpleDbrápido, deve­se levar em conta o fato dos da­ ­ Apache Couchdbdos ficarem em regiões voláteis. ­ MongoDbMemória: ­ Riak­ Scalaris�������� ����� � � ������ � � � ��
  3. 3. ����� �� ����� � ������������� ��� ��������������� �� ���� � ����� �Colunas amigo de, mora em, comprado por). Esse modelo tornou­se popular através ­ Neo4jdo paper BigTable do Google, com o objetivode montar um sistema de armazenamento ­ InfoGridde dados distribuído. Projetado para ter um ­ Sonesalto grau de escalabilidade e de volume de ­ HyperGraphDBdados é composto por três componentes­ Keyspace: Semelhante a um banco de da­ Conclusão:dos relacional tem como função agrupar um Neste artigo falou­se sobre os diversosconjunto de Famílias de Colunas. tipos de bancos NOSQL, além de classificá­­ Família de Colunas: Semelhante a uma ta­ los por arquitetura, armazenamento e mode­bela no modelo relacional, organiza as colu­ lo de dados. Conclui­se que, com o grandenas. Faz uso de uma chave única, que traz número de aplicações e suas diversidade, foiflexibilidade ao modelo sem poluir as linhas necessário a criação de algumas formas decom colunas nulas. armazenamento para atender melhor um re­ quisito específico. Finalizando uma breve in­­ Coluna: É uma tupla composta por nome, trodução sobre o NOSQL.timestamp e valor, onde os dados são real­mente armazenados. No próximo artigo abordaremos o Cas­ sandra e suas características. Duas características adicionais e impor­tantes deste modelo são a forma de consul­ta, que pode ser executada apenas atravésda chave das linhas de uma família de colu­nas, e a necessidade de definir previamente Referênciaso conjunto de colunas que podem ser arma­ __ Porcelli, Alexandre: Java Magazine nº 86 Introdu­zenadas em cada família. ção ao NOSQL­ Cassandra __ Ferreira, Edmar: http://va.mu/TfSR­ Google BigTable __ Cassandra: http://va.mu/TixL­ HBase __ Reis, Valéria Quadros dos: http://va.mu/TfST­ Hyperbase Grafo (whiteboard friendly) é uma es­trutura de dados que conecta um conjunto devértices através de um conjunto de arestas.Os bancos de dados de grafo moderno su­portam estruturas de grafo multi­relacionais, ������ ��������� �� �������onde existem tipos diferentes de vértices (re­ ������� �� ����� �� ������������� ���� ��������� �� ��������� �� ������presentando pessoas, lugares, itens) e dife­ ����������� ������� ���������� �������� �� ����rentes tipos de arestas (como por exemplo �� ������� �������� �� ������ �� �����.�������� ����� � � ������ � � � ��

×