organização:“Changing Places”a cidade inclusiva começa no rés-do-chãoJorge Oliveira
Comopodemosdignificarasmemóriasvivas dacidade?grande aldeiacomunidadeinter-geracionalmulti-cultiespaço deencontropertençavi...
em 2012, só noconcelho deLisboa, viviame desses,viviam sozinhosem 2011 osbombeirosresponderam ainfelizmenteencontraram132 ...
?
Realojar os idososisolados em casas derés-do-chão.Criação de uma rede de casas recuperadas econvertidas em alojamento adeq...
Casas maispequenas, dignas,adequadas a umnovo estilo de vida,acessíveis e seguras,fáceis de manterRecuperação do edificado
Casas no mesmobairro onde sempreviveram, mantendo-se as ligações àcomunidade eatenuando o traumada mudançaManutenção do te...
Casas para partilharcom outra pessoa,para quebrar oisolamento, comjanela aberta para omundoRecuperação da vida activa
A vida num prédiocom outroshabitantes despertaa vida de quem viveuisolado: acompanhae é acompanhadoRecuperação do sentimen...
Integradas em redede serviços de apoiodomiciliário,assistência médica esocialSinergias e rentabilidade dosserviços
A vida à janela dávida à rua e aumentasentimento desegurançaRecupera atractividade dobairro junto de novas famílias
Retardar ao máximoa entrada em lares esimilaresManutenção das capacidadesfísicas e psicológicas do idoso
Como é que seconcretiza?Das ideias à acção passando pelo modelo denegócio
Numa plataforma dedinamização e deponte entre asmuitas instituiçõesConvergir informaçãoGerar novos dadosParcerias estratég...
Vamos fazer de Lisboa a cidademais inclusiva do mundo!
Obrigado!Se a ideia vos interessou podemos continuar afalar.jorge@cabraloliveira.ptwww.about.me/jorgeoliveirap.s gamei as ...
As fotos pertencem aos seusautores, obrigado pela partilha:http://www.flickr.com/photos/guilhermekramer/459465567/sizes/o/i...
Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão
Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão
Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão
Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão
Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão

382 visualizações

Publicada em

Dinamizar a recuperação de habitações ao nível do rés-do-chão para re-alojamento de idosos em situação de isolamento, com baixa mobilidade e problemas de vida activa. Pretende-se criar uma solução que permita a estas pessoas recuperarem a sua vida activa, com apoios domiciliários, evitando a sua entrada em lares e instituições até ao limite possivel. Com isto queremos uma cidade mais inclusiva, em que estes idosos podem fazer parte do tecido social e enriquecê-lo com as suas memórias, vivências e partilhas.

Proposta apresentada no Orçamento Participativo Lisboa 2013/2014

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
243
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Changing Places, a cidade inclusiva começa no rés do chão

  1. 1. organização:“Changing Places”a cidade inclusiva começa no rés-do-chãoJorge Oliveira
  2. 2. Comopodemosdignificarasmemóriasvivas dacidade?grande aldeiacomunidadeinter-geracionalmulti-cultiespaço deencontropertençavidasegurança
  3. 3. em 2012, só noconcelho deLisboa, viviame desses,viviam sozinhosem 2011 osbombeirosresponderam ainfelizmenteencontraram132 mil idosos85 mil1511 pedidosde socorro303 cadáveres
  4. 4. ?
  5. 5. Realojar os idososisolados em casas derés-do-chão.Criação de uma rede de casas recuperadas econvertidas em alojamento adequado ao estilode vida dum idoso.
  6. 6. Casas maispequenas, dignas,adequadas a umnovo estilo de vida,acessíveis e seguras,fáceis de manterRecuperação do edificado
  7. 7. Casas no mesmobairro onde sempreviveram, mantendo-se as ligações àcomunidade eatenuando o traumada mudançaManutenção do tecido social
  8. 8. Casas para partilharcom outra pessoa,para quebrar oisolamento, comjanela aberta para omundoRecuperação da vida activa
  9. 9. A vida num prédiocom outroshabitantes despertaa vida de quem viveuisolado: acompanhae é acompanhadoRecuperação do sentimento depertençaAvós emprestadas
  10. 10. Integradas em redede serviços de apoiodomiciliário,assistência médica esocialSinergias e rentabilidade dosserviços
  11. 11. A vida à janela dávida à rua e aumentasentimento desegurançaRecupera atractividade dobairro junto de novas famílias
  12. 12. Retardar ao máximoa entrada em lares esimilaresManutenção das capacidadesfísicas e psicológicas do idoso
  13. 13. Como é que seconcretiza?Das ideias à acção passando pelo modelo denegócio
  14. 14. Numa plataforma dedinamização e deponte entre asmuitas instituiçõesConvergir informaçãoGerar novos dadosParcerias estratégicasApoios institucionaisDesenvolver projecto pilotoDesenvolver modelo de negócio
  15. 15. Vamos fazer de Lisboa a cidademais inclusiva do mundo!
  16. 16. Obrigado!Se a ideia vos interessou podemos continuar afalar.jorge@cabraloliveira.ptwww.about.me/jorgeoliveirap.s gamei as fotos todas no flickr, desculpem lá não meter os créditos mas não tive tempo :)
  17. 17. As fotos pertencem aos seusautores, obrigado pela partilha:http://www.flickr.com/photos/guilhermekramer/459465567/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/mraposo/2587550185/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/cristinamtofan/4878928969/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/lvcs/6281433898/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/33560609@N05/8415344196/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/33560609@N05/8415325822/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/giorap/2973534307/in/set-72157622788339557http://www.flickr.com/photos/olsen78/2523009693/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/peix/1087646569/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/janeladeimagens/130994251/sizes/o/in/photostream/http://www.flickr.com/photos/pedromourapinheiro/sets/aos que faltam aqui, as minhas sinceras desculpas, mas perdi os links :(mandem um mail que eu incluo e actualizo a apresentação

×