Green e Blue label
Switching the Labels

/iuri.andreazza
@iuriandreazza
?
E
U
Q

wisky
certo?
?
E
U
Q

wisky
certo?

NO
O que seria isto?

Em Produção

Em um modelo agil de desenvolvimento temos:
plan > code > build > test > release > deploy ...
O que seria isto?
Se alinhado corretamente o que é executado:
Troca de ambientes
Switch de DNS na entrega de novos ambient...
O que fazer
Processo de homologação sempre
começa após ultimo SWITCH
Deploy do pacote implica em
Homologação do ambiente
M...
Como aplicar
Configurações devem ser padronizadas
O switch de labels não deve ocorrer como
troca de cuecas!
Temos um tempo...
Como utilizar
Com cuidado, ficar virando ambientes
seguidamente pode ser perigoso.
Ajustes imediados ou emergenciais podem...
Como esperamos
Trocas ageis de ambiente
Evolução confiável e agil de tecnologias
Produto pode iniciar processo de deploy
c...
Como o tester ve!
Ambiente que vive trocando para validar
Melhor qualidade, pois quando ocorre a
homologação de pacote é f...
Como o produto ve!
RELEASE!!!
MAIS RELEASES!!!
MUITOS FEATURES LIBERADOS!
MUITA VELOCIDADE! (VUSHHHHHH)
maior agilidade na...
Como a infra ve!
Interessante, mas complicado ...
Como assim trocar servidores?
Não to entendendo direito!
Porque ficar vi...
Algo mais!
Cara, cade o BANCO?
Switch de Schemas ou mesmo
Instancias de Banco
Area de espaço sempre dimensionada
Scripts d...
Como estamos!
Atualmente:

Fase 1: <== Estamos nessa fase!
Servidores separados
Deploy direto em um stack
Configuração do ...
Estrutura
Usando Labels Por camada

Usando Labels Por Stack (Pense Fase 3)

BL

BL

Cache

Cache

Cache

Apache Apache
Ses...
Estrutura Sob Demanda (Utópica)
Usando Labels Por camada

Cache 1 Cache 1 Cache 2

{

BL

Cache
N

Apache Apache Apache Ap...
Como?
Switch de Aplicações também é possivel
#Criar aplicação A
sh-3.2# ./configure --prefix=/path/aplicacao_node_A
sh-3.2...
Perguntas???
Green e Blue label
Switching the Labels

/iuri.andreazza
@iuriandreazza
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hotspot Green and Blue Label - Switching the labels!

346 visualizações

Publicada em

When it comes to validate and power up the dev some points must be taken into account.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hotspot Green and Blue Label - Switching the labels!

  1. 1. Green e Blue label Switching the Labels /iuri.andreazza @iuriandreazza
  2. 2. ? E U Q wisky certo?
  3. 3. ? E U Q wisky certo? NO
  4. 4. O que seria isto? Em Produção Em um modelo agil de desenvolvimento temos: plan > code > build > test > release > deploy > operate Quando se homologa um novo release: o Pacote é validado! E o ambiente? GMUD na cara dura não? Lembrar de tudo que foi feito? (temos que sempre manter o histórico não?) Replicar em PRD, ok, mas sempre temos o erro humano Meio burro isso não? As aplicações geralmente são parametrizadas, porque não o ambiente? Porque não trabalhar com switchs de ambientes? Em Homologação
  5. 5. O que seria isto? Se alinhado corretamente o que é executado: Troca de ambientes Switch de DNS na entrega de novos ambientes. Switch de Properties (se a aplicação depende de algo hardcoded). Build do Jenkings pode controlar o deploy de Ambiente Build do Jenkings pode determinar se algo entra no ar ou não Automação ao nivel extremo, ou seja, build OK, deploy Controle de máquinas, servers e configurações no nivel da equipe do produto. Sem dependencia humana na demanda de
  6. 6. O que fazer Processo de homologação sempre começa após ultimo SWITCH Deploy do pacote implica em Homologação do ambiente Maior agilidade na troca de tecnologias e ajustes no ambiente final O que fazer com o banco? Como o produto deve ver isto?
  7. 7. Como aplicar Configurações devem ser padronizadas O switch de labels não deve ocorrer como troca de cuecas! Temos um tempo de cooldown de ambiente! Os labels podem ser aplicados a niveis diferentes das camadas (webcache, apache, appserver ...) Padronização em outras camadas (firewall, proxy, acessos ...)
  8. 8. Como utilizar Com cuidado, ficar virando ambientes seguidamente pode ser perigoso. Ajustes imediados ou emergenciais podem ser relativamente problemáticos em caso de descuido O “chaveamento” de ambientes deve ser automatizado. Remoção da ideia de INFRA no produto, todos os DEVs são responsáveis pelo
  9. 9. Como esperamos Trocas ageis de ambiente Evolução confiável e agil de tecnologias Produto pode iniciar processo de deploy continuo Equipe de produto que assume responsabilidade pelo ambiente com seus DEV-OPS Minimizar gargalo no release Maximizar features liberados
  10. 10. Como o tester ve! Ambiente que vive trocando para validar Melhor qualidade, pois quando ocorre a homologação de pacote é feito em cima do ambiente final. Menos stress para ao final executar a troca. Um pouco complexo. Como fica a base de dados????
  11. 11. Como o produto ve! RELEASE!!! MAIS RELEASES!!! MUITOS FEATURES LIBERADOS! MUITA VELOCIDADE! (VUSHHHHHH) maior agilidade na evolução redução de gargalos conhecidos (problema) possivelmente mais rapidamente entre bugs em produção.
  12. 12. Como a infra ve! Interessante, mas complicado ... Como assim trocar servidores? Não to entendendo direito! Porque ficar virando ambientes?? E a base de dados? Não é bem assim subir uma maquina nova. E o FS como fica? Ao menos temos alguns processos! DEV-OPS mexer em ambientes!?
  13. 13. Algo mais! Cara, cade o BANCO? Switch de Schemas ou mesmo Instancias de Banco Area de espaço sempre dimensionada Scripts de Setup de Aplicações Congelar DB para homologação. Espelhos meus amigos, ESPELHOS!
  14. 14. Como estamos! Atualmente: Fase 1: <== Estamos nessa fase! Servidores separados Deploy direto em um stack Configuração do stack versionado Fase 2: Desmanchar Homologação Subir servers ao nivel de PRD Padronizar Processos (Scripts, mais Scripts e Processos) Fase 3: Padronizar Labels para controle via: Puppet/Chef/Ventriloquist
  15. 15. Estrutura Usando Labels Por camada Usando Labels Por Stack (Pense Fase 3) BL BL Cache Cache Cache Apache Apache Sess. Man App Srv App Srv Banco 1 Banco 2 Cache Apache Apache Sess. Man Sess. Man App Srv App Srv Banco 1 Banco 2 Sess. Man
  16. 16. Estrutura Sob Demanda (Utópica) Usando Labels Por camada Cache 1 Cache 1 Cache 2 { BL Cache N Apache Apache Apache Apache 1 2 2 N OS Mirror Máquinas Novas - Automated App Srv App Srv App Srv App Srv 1 2 N 1 Applications SWITCH Banco 1 Banco 2 Banco N Será Removido Novo Node Current Node
  17. 17. Como? Switch de Aplicações também é possivel #Criar aplicação A sh-3.2# ./configure --prefix=/path/aplicacao_node_A sh-3.2# make; make install; #Criar aplicação B sh-3.2# ./configure --prefix=/path/aplicacao_node_B sh-3.2# make; make install; #### Activate A sh-3.2# ln -sfn /path/aplicacao_node_A /path/aplicacao_final sh-3.2# /path/aplicacao_final/start_script #### Activate B (Swith Modes) sh-3.2# /path/aplicacao_final/stop_script sh-3.2# ln -sfn /path/aplicacao_node_B /path/aplicacao_final sh-3.2# /path/aplicacao_final/start_script
  18. 18. Perguntas???
  19. 19. Green e Blue label Switching the Labels /iuri.andreazza @iuriandreazza

×