SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET

365 visualizações

Publicada em

Slides do minicurso que ministrei no Software Freedom Day 2014 em Teresina-PI

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET

  1. 1. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
  2. 2. #WHOAMI ● SYSADMIM ● COORDENADOR DE PROJETOS ● MEMBRO DA APISOL ● EXPERIÊNCIAS –ADMINISTRAÇÃO DE SERVIDORES LINUX; –VIRTUALIZAÇÃO E CLOUD; –ADMINISTRAÇÃO DE BD; – TELEFONIA VOIP
  3. 3. ROTEIRO ● INFRAESTRUTURA ÁGIL ● GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÕES ● PUPPET: – SOBRE O PUPPET – ARQUITETURA; – EXEMPLOS ● ATIVIDADES PRÁTICAS ● CONSIDERAÇÕES FINAIS
  4. 4. INFRAESTRUTURA ÁGIL
  5. 5. TENDÊNCIAS
  6. 6. VIRTUALIZAÇÃO
  7. 7. CLOUD COMPUTING
  8. 8. AGILIDADE
  9. 9. ADMINISTRAÇÃO MANUAL
  10. 10. ADMINISTRAÇÃO MANUAL ● TAREFAS REPETITIVAS; ● NÃO EXISTE PADRÕES; ● CADA SYSADMIN FAZ DO SEU JEITO;
  11. 11. A MEDIDA QUE O PARQUE DE MÁQUINAS AUMENTA FICA MAIS DIFÍCIL DE ADMINISTRÁ-LO
  12. 12. MAIOR RISCOS DE FALHAS
  13. 13. CENÁRIO 1:Atualizar pacotes em 400 VMs: ssh servidor1.domínio ssh servidor2.domínio ssh servidor3.domínio ssh servidor4.domínio … ssh servidor400.domínio
  14. 14. CENÁRIO2: INSTALAR AGENTE DO ZABBIX 400 VMs
  15. 15. QUANTO TEMPO EU LEVARIA PARA CONCLUIR O CENÁRIO 1 E 2?
  16. 16. CONCLUIR O CENÁRIO 1 E 2? ● CENÁRIO1: – 1 min por servidor – Total 400 min; – 6,6 horas de trabalho; ● CENÁRIO2: – 10 min por servidor; – Total 4000 min; – 66,6 horas; – Quase 3 dias para concluir;
  17. 17. CADA SISTEMA OPERACIONAL TEM SUAS PECULIARIDADES PARA TRATAR RECURSOS;
  18. 18. O SYSADMIN VAI PERDER MUITO TEMPO FAZENDO SCRIPTS
  19. 19. MAIOR TEMPO PARA MUDANÇAS
  20. 20. FICA MAIS DIFÍCIL O PROCESSO DE DOCUMENTAÇÃO
  21. 21. PARA A EMPRESA ● AUMENTO DO CUSTO DE MANUTENÇÃO; ● MAIOR DESGASTE DA EQUIPE: ● MÁ PERCEPÇÃO DA EQUIPE DE DEV E DOS DEMAIS COLABORADORES DA EMPRESA ● QUALIDADE NO SERVIÇO DIMINUE; ● PRODUTIVIDADE DA EQUIPE DIMINUE;
  22. 22. RETRABALHO
  23. 23. DESPERDÍCIO DE TEMPO
  24. 24. COMO RESOLVER ESSE TIPO DE PROBLEMA?
  25. 25. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO
  26. 26. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÕES ● PADRONIZAÇÃO ● CONTROLE ● INTEGRIDADE ● PRODUTIVIDADE ● AGILIDADE
  27. 27. COLOCANDO SUAS CONFIGURAÇÕES NOS TRILHOS
  28. 28. PUPPET
  29. 29. PUPPET ● DOCUMENTAÇÃO EXECUTÁVEL; ● PERMITE DESENVOLVER NOSSA INFRA; ● SINTAXE SIMPLES E NATURAL PARA O SYSADMIN; ● OFERECE SUPORTE A DIVERSOS SISTEMAS OPERACIONAIS: WINDOWS, LINUX, BSD, OSX, ETC.
  30. 30. PUPPET ● OPEN SOURCE – APACHE LICENSE ● MANTIDA PELA PUPPET LABS; ● CRIADO PELO LUKE KAINES (CEO DA PUPPET LABS) ● DESENHADA PARA O USO DE DEVOPS
  31. 31. DEVOPS
  32. 32. VISÃO TÉCNICA ● ESCRITO EM RUBY ● FUNCIONA EM MODO AUTÔNOMO ● FUNCIONA EM MODO CLIENTE SERVIDOR ● OFERECE COMUNICAÇÃO COM USO DE CERTIFICADOS DIGITAIS ● USA RESTFull API
  33. 33. QUEM UTILIZA PUPPET
  34. 34. NO BRASIL
  35. 35. ARQUITETURA DO PUPPET
  36. 36. COMO FUNCIONA O PUPPET? ● MODO MASTERLESS: – SEM SERVIDOR MASTER; – NO PENDRIVE; ● CLIENTE SERVIDOR: – PUPPET MASTER; – PUPPET AGENT;
  37. 37. TRATAMENTO DE INFORMAÇÕES ● TUDO NO PUPPET É UM DADO; ● TODAS AS CONFIGURAÇÕES SÃO CONVERTIDAS EM CATÁLOGOS XML;
  38. 38. FUNCIONAMENTO DO MODO CLIENTE SERVIDOR
  39. 39. ABSTRAÇÃO
  40. 40. RESOURCE ABSTRACTION LAYER - RAL ● CAMADA DE ABSTRAÇÃO DE RECURSOS ● VOCÊ DIZ O QUE É FEITO ● O PUPPET SABE COMO SERÁ FEITO
  41. 41. DOCUMENTAÇÃO EXECUTÁVEL
  42. 42. IDEMPOTÊNCIA
  43. 43. RECURSOS DO PUPPET
  44. 44. RECURSOS DO PUPPET ● RESOURCES TYPE ● PARÂMETROS E META PARÂMETROS ● TEMPLATES E DEFINIÇÕES ● CLASSES MÓDULOS ● FUNÇÕES E CONDICIONAIS
  45. 45. RESOURCE TYPES ● O PUPPET OFERECE 38 TIPOS DE RECURSOS NATIVOS: – FILE – USER – PACKAGE – ALIAS – SERVICE
  46. 46. EXEMPLOS
  47. 47. INSTALA, CONFIGURA E INICIA ● INSTALAR O APACHE: – NO DEBIAN: apt-get install apache2 update-rc.d apache2 enable invoke-rc.d apache2 start – NO CENTOS: yum install httpd chkconfig httpd on service httpd start
  48. 48. COMO SERIA NO PUPPET?
  49. 49. INSTALA, CONFIGURA E INICIA ● INSTALAR O APACHE: – NO PUPPET: package {“apache2”: ensure => present, } service {“apache2”: ensure => running, enable => true, }
  50. 50. NA PRÁTICA
  51. 51. INSTALAÇÃO DO PUPPET ● DEBIAN: – /etc/apt/sources.list: ● deb http://ftp.debian.org/debian squeeze main contrib non-free ● deb http://apt.puppetlabs.com squeeze main ● deb http://security.debian.org/ squeeze/updates main contrib non-free – apt-get update – apt-get install puppet
  52. 52. INSTALAÇÃO DO PUPPET ● CENTOS: – yum install http://dl.fedoraproject.org/pub/epel/6/x86_64 /epel-release-6-8.noarch.rpm – yum install http://yum.puppetlabs.com/puppetlabs-release -el-6.noarch.rpm – yum update – yum install puppet
  53. 53. CONFIGURAÇÃO ● Mudar o hostname da máquina: – /etc/hosts/ ● <seu ip> <seunome>.sfdteresina.org ● <ipmaster> puppetmaster.sfdteresina.org
  54. 54. GERAR CERTIFICADOS puppet agent -t ou puppet agent --test
  55. 55. DASHBOARD
  56. 56. MARIONETTE COLLECTIVE ● ORQUESTRAÇÃO DE SERVIDORES ● TAREFAS PARALELAS ● INVENTÁRIO DE NODES ● INTERAÇÃO COM VÁRIOS NODES
  57. 57. PROVISIONAMENTO
  58. 58. PROVISIONAMENTO ● FOREMAN ● VAGRANT ● PUPPET ENTERPRISE
  59. 59. BENEFÍCIOS DO PUPPET ● AUMENTO DE PRODUTIVIDADE ● MAIOR CONTROLE ● DIMINUIÇÃO DE FALHAS ● DIMINUIÇÃO DO TEMPO PARA MUDANÇAS ● DIMINUIÇÃO DO CUSTO DE MANUTENÇÃO ● MAIS TEMPO COM A FAMILIA
  60. 60. LINKS IMPORTANTES ● www.puppetlabs.com ● www.puppetlabs.com/blog ● puppet-br.org ● www.github.com/puppet/labs ● forge.puppetlabs.com ● gutocarvalho.net ● instruct.com.br
  61. 61. CONTATO Adriel Lucas adriell.ads@gmail.com www.adrielltech.com slideshare.com/adriell.ads facebook.com/adriell.ads

×