SCIE

396 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
396
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SCIE

  1. 1. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) Dec-Lei n.º 220/2008 de 12 de Novembro Portaria n.º 1532/2008 de 29 de Dezembro
  2. 2. <ul><li>Em Portugal, os incêndios urbanos têm uma dimensão muito maior do que a maioria das pessoas imagina. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  3. 3. <ul><li>Temos, aproximadamente por ano, 8.000 incêndios urbanos e 1.500 incêndios industriais, o que equivale a cerca de 26 fogos por dia, mais do que um sinistro por hora. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  4. 4. <ul><li>Como resultado destes números contabiliza-se uma vítima mortal por semana. </li></ul><ul><li>Quem está a ler este texto poderá ser a próxima vítima. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  5. 5. <ul><li>Os caldenses têm ainda muito fresco, na sua memória, as consequências destes desastres. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  6. 6. <ul><li>Nós, portugueses, somos considerados pelos estrangeiros como bêbados e desastrados. </li></ul><ul><li>Há que transmitir uma nova imagem. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  7. 7. <ul><li>O que fazer para nos livrarmos da dor física dos incêndios e da dor psicológica do estigma nacional imposto pelos estrangeiros? </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  8. 8. <ul><li>Cada um de nós tem a sua quota parte da responsabilidade nesta matéria. </li></ul><ul><li>Logo, cada um vai dar o seu contributo dentro da sua esfera de atuação. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  9. 9. <ul><li>A resposta à pergunta “ O que fazer? ”é simples: CUMPRIR A LEI </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  10. 10. <ul><li>A legislação define dois pilares fundamentais: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Sistema de segurança contra incêndio </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Medidas de Autoproteção </li></ul></ul></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  11. 11. <ul><li>O mundo está em mudança permanente e rápida. </li></ul><ul><li>Também a segurança contra incêndio se adaptou e mudou, assumindo nova atitude. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  12. 12. <ul><li>NO PASSADO </li></ul><ul><ul><li>Atitude estática </li></ul></ul><ul><ul><li>Foco no edifício </li></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>NO PRESENTE </li></ul><ul><ul><li>Atitude dinâmica </li></ul></ul><ul><ul><li>Foco na organização </li></ul></ul>
  13. 13. <ul><li>Sistema de Segurança é um conjunto de órgãos adequados à categoria de risco do edifício e à complexidade funcional do mesmo. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  14. 14. <ul><li>Os condomínios habitacionais também estão sujeitos às diretrizes desta legislação. </li></ul><ul><li>O administrador do condomínio é o responsável pelas condições de segurança. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  15. 15. <ul><li>Medidas de Autoproteção : </li></ul><ul><li>Traduzem-se num conjunto de procedimentos e atitudes proativas que são uma importante ferramenta no despiste de um possível incêndio. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  16. 16. Coimas <ul><li>Pessoa Singular: de € 180,00 a € 3.700,00 </li></ul><ul><li>Pessoa Coletiva: de € 180,00 a € 44.000,00 </li></ul><ul><li>Há que evitar... </li></ul>
  17. 17. Entidades Fiscalizadoras <ul><li>ANPC ( Autoridade Nacional de Protecção Civil ) </li></ul><ul><li>ASAE ( Autoridade de Segurança Alimentar e Económica ) </li></ul><ul><li>Câmara Municipal </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Não arrisque o futuro da sua empresa e o da sua família. </li></ul><ul><li>Proteja: » A sua vida </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Os seus bens </li></ul></ul></ul></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  19. 19. <ul><li>O Seguro morreu velho e D. Prudência foi ao seu funeral. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  20. 20. Direto aos Bombeiros Ajude-se ajudando os Bombeiros
  21. 21. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>Art.º 116º </li></ul><ul><li>Portaria 1532/2008 </li></ul><ul><li>Os edifícios devem ser equipados com instalações que permitam detetar o incêndio e, em caso de emergência difundir o alarme para os seus ocupantes, alertar os bombeiros... </li></ul>
  22. 22. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>A fim de ajudar os empresários a cumprir a Lei, criámos o conceito </li></ul><ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS. </li></ul>
  23. 23. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS </li></ul><ul><li>Sistema Automático de Deteção de Incêndios (SADI), instalado no estabelecimento, com ligação à Central Recetora de Alarmes, instalada nos Bombeiros. </li></ul><ul><li>Esta Central está em permanente monitorização e receção de dados por forma a dar-se resposta imediata a qualquer incêndio. </li></ul>
  24. 24. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS </li></ul><ul><li>Vantagens : </li></ul><ul><li>1 – Está a cumprir a lei; </li></ul><ul><li>2 – Aumenta a eficácia em caso de sinistro; </li></ul><ul><li>3 – Tem descontos nos estabelecimentos aderentes; </li></ul><ul><li>4 – Está a contribuir para uma causa social por duas vias: </li></ul><ul><li> Ajuda diretamente os bombeiros; </li></ul><ul><li> Ajuda os mais necessitados através do fundo </li></ul><ul><li>solidário. </li></ul>
  25. 25. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>Fim da Apresentação. </li></ul><ul><li>Obrigado. </li></ul>

×