Jumpstart
Por Daniel da Cunha Bueno / 2014
Seja bem vindo(a)!
Somos um grupo voluntário e
independente de desenvolvedores de
software, com o intuito de disseminar
co...
Software
não é feito por
máquinas,
mas por
pessoas!
Espaço físico
Infra-estrutura dos encontros
www.mappase.com.br
Livro para sorteio no dia do evento!
30% de desconto - “DevRioClaro30”
(válido até 05/08/2014)
www.novatec.com.br
2 e-Books para sorteio no dia do evento!
15% desconto - “JUMPSTART”
(válido de 18 até 21/07/2014)
www.casadocodigo.com.br
Desconto de 40% livro impresso e 10% eBook - “V00031”
(válido até [while true])
www.lcm.com.br
{
nome: ‘Daniel da Cunha Bueno’,
idade: 31,
email: ‘danielcbueno@msn.com’,
entusiastaWebDesktopApps: true,
github: https:/...
É um framework de aplicações JavaScript puro
que funciona em qualquer Browser, desde do IE6
para até a mais recente versão...
» Originalmente criada como uma extensão da
biblioteca YUI por Jack Slocum, Ext JS incluía
interoperabilidade com jQuery e...
» Em 4 de dezembro de 2007 foi lançada a versão 2.0,
na qual não mantinha nenhuma compatibilidade
com a versão anterior, e...
» Em 6 de julho de 2009 é lançada a versão 3.0
com suporte a REST e a criação do Ext.Direct
(Simular ao SignalR da Microso...
» Em 26 de Abril de 2011 é lançado a versão 4.0
com um sistema de classe inteiramente
revisado, com uma nova estrutura de ...
» No mês de maio desse ano (2014) é lançado a
versão 5.0.
» O ponto mais marcante dessa versão é o
suporte mutuo da aplica...
» Em 15 de Junho de 2010 os mantenedores de
JQTouch, RaphaelJS anunciam a criação de uma
nova organização.
» Nome da organ...
» Atualmente o ExtJS possui dois tipos de
Licenciamento :
˃ Licenciamento com código aberto, desde que toda a aplicação se...
» Anteriormente eu tinha estudado algumas
bibliotecas como Backbone, AngularJS,
Marionette, RequireJS.
» Para que ?
» Para...
» Uma tela é uma página, seja ela em ASP.NET,
PHP,JAVA,etc que rendereiza um HTML.
» Que provavelmente irá chamar um arqui...
HTTP Request
O acesso à http://www.minhaplicacaotradicional.com.br/inicio.aspx
1º Roundtrip
2º Roundtrip
3º Roundtrip
4º R...
HTTP Request
Acesso direto no banco de dados remoto
Infelizmente não existe, pois precisamos acessar o banco de
dados pelo...
» Foi ai que surgiram as chamadas AJAX.
» Com acesso apenas aos dados.
» Sem a necessidade de carregar a página
» E começa...
» Bibliotecas javascripts que carregam sua
aplicação em poucas requests.
» Faz com que nossas aplicações rodem com uma
vel...
Acesso o link: http://todomvc.com/ para ver mais frameworks similares a esses
» API extensa com mais de diversas classes.
» Remete a uma ideia similar ao do .Net Framework ou ao
Java.
» Fácil de apren...
» Sencha CMD
» Sencha Architect
» JSDuck
» Temas nativos que são fáceis de customizar
» Esses itens serão abordados com ma...
» No próximos slides irei mostrar como criamos
uma classe da maneira convencional javascript.
» E depois veremos como seri...
(Para o exemplo foi escrito um código com a última versão do ECMA Script 5)
(Para o exemplo foi escrito um código com a última versão do ECMA Script 5)
» Comparação de criação de classes do modo
nativo VS ExtJS
» Permite que a classe possua métodos estáticos
» Permite nativamente que a classe seja singleton.
» Mixin (Como se pudéss...
» Definição » Uso
» É como se pudéssemos herdar várias classes em
uma única classe.
» Centralizar o desenvolvimento de um conjunto
de funcio...
» Possibilidade de desenvolver aplicações no
conceito Model View Controller.
» Facilita a estrutura e administração da do
...
» Demonstração de uma aplicação MVC.
» http://www.sencha.com
» http://extjs.eu/ext-examples/
Aplicação MVC com acesso de dados remoto.
Sencha CMD
Criação de Packages
Build de Packages
Criação de repositório locais
I...
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro

334 visualizações

Publicada em

O membro Daniel da Cunha Bueno irá apresentar o evento sobre ExtJS, que abordará a biblitoeca que é composta por mais de 300 classes, com uma comunidade com mais de 200.000 desenvolvedores ativos, vindo dos mais diversos ambientes de desenvolvimento WEB(ASp.NET,JAVA,PHP,NodeJs,etc...).

Essa lib tem como principal foco em sua arquitetura:

- Ser familiar e simples de aprender.
- Rápida para desenvolvimento, fácil para debugar, e sem sofrimento para implantar.
- Bem organizada, extensível e de manutenção simples.

JavaScript é uma linguagem orientada a protótipo sem classes. Assim, por natureza, um dos recursos mais poderosos da linguagem é a flexibilidade. Ele pode obter o mesmo trabalho feito por muitas maneiras diferentes, em muitos estilos diferentes e técnicas de codificação. Essa característica, no entanto, trata com o custo de imprevisibilidade. Sem uma estrutura unificada, o código JavaScript pode ser realmente difícil de entender, manter e re-usálo.

A Programação baseada em classe, por outro lado, ainda permanece como o modelo mais popular de OOP. Linguagens baseadas em classe geralmente requerem forte digitação, fornecer encapsulamento, e vem com a convenção de codificação padrão. Por geralmente tornando desenvolvedores aderir a um grande conjunto de princípios, o código escrito é mais provável que seja previsível, extensível e escalável ao longo do tempo. No entanto, eles não têm a mesma capacidade dinâmica encontrada em tal linguagem como JavaScript.

Cada abordagem tem suas próprias vantagens e desvantagens, mas podemos ter as partes boas de ambos ao mesmo tempo enquanto escondemos as partes ruins? A resposta é sim, através dessa fantástica biblioteca.

O evento será GRATUITO e haverá sorteio de BRINDES! Porém, as vagas são limitadas, portanto, faça sua inscrição o quanto antes!!!

Por questões de espaço físico, solicitamos que confirme sua presença através do e-mail: devrioclaro@gmail.com

Este é um evento organizado pela comunidade DevRioClaro, um grupo voluntário e aberto dos desenvolvedores de software de Rio Claro e região.
https://www.facebook.com/groups/DevRioClaro

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ExtJS - Jumpstart para o Grupo DevRioClaro

  1. 1. Jumpstart Por Daniel da Cunha Bueno / 2014
  2. 2. Seja bem vindo(a)! Somos um grupo voluntário e independente de desenvolvedores de software, com o intuito de disseminar conhecimento e fortalecer a comunidade local DevRioClaro devrioclaro@gmail.com
  3. 3. Software não é feito por máquinas, mas por pessoas!
  4. 4. Espaço físico Infra-estrutura dos encontros www.mappase.com.br
  5. 5. Livro para sorteio no dia do evento! 30% de desconto - “DevRioClaro30” (válido até 05/08/2014) www.novatec.com.br
  6. 6. 2 e-Books para sorteio no dia do evento! 15% desconto - “JUMPSTART” (válido de 18 até 21/07/2014) www.casadocodigo.com.br
  7. 7. Desconto de 40% livro impresso e 10% eBook - “V00031” (válido até [while true]) www.lcm.com.br
  8. 8. { nome: ‘Daniel da Cunha Bueno’, idade: 31, email: ‘danielcbueno@msn.com’, entusiastaWebDesktopApps: true, github: https://github.com/danielcbueno }
  9. 9. É um framework de aplicações JavaScript puro que funciona em qualquer Browser, desde do IE6 para até a mais recente versão do Chrome. Ele permite que você criar as melhores aplicações multi-plataformas usando nada além de um Browser, e tem uma API fenomenal.
  10. 10. » Originalmente criada como uma extensão da biblioteca YUI por Jack Slocum, Ext JS incluía interoperabilidade com jQuery e Prototype. Começando com a versão 1.1.
  11. 11. » Em 4 de dezembro de 2007 foi lançada a versão 2.0, na qual não mantinha nenhuma compatibilidade com a versão anterior, e vinha com a primeira documentação API (Também deixa de depender do YUI,Prototype e jquery). » Ainda no lançamento dessa versão, é disponibilizado um guia de migração para a versão atual. » Ponto marcante da versão é a disponibilidade de interfaces gráficas muito próximas as de aplicações desktop.
  12. 12. » Em 6 de julho de 2009 é lançada a versão 3.0 com suporte a REST e a criação do Ext.Direct (Simular ao SignalR da Microsoft). » Essa já é a primeira versão que o framework é compatível com a versão anterior. » Foram disponibilizados os componentes de gráficos em Flash e o componente ListView.
  13. 13. » Em 26 de Abril de 2011 é lançado a versão 4.0 com um sistema de classe inteiramente revisado, com uma nova estrutura de pacote de acesso a dados. » Os gráficos em Flash são trocados por gráficos em SVG. » Criada a opção de desenvolver aplicações na arquitetura MVC (Muito obrigado Sencha!)
  14. 14. » No mês de maio desse ano (2014) é lançado a versão 5.0. » O ponto mais marcante dessa versão é o suporte mutuo da aplicação para rodar em Browsers tanto de Desktop, quanto e browsers de tablets e smartphones.
  15. 15. » Em 15 de Junho de 2010 os mantenedores de JQTouch, RaphaelJS anunciam a criação de uma nova organização. » Nome da organização é Sencha Inc. » Conseguem um fundo de investimento inicial para criação da empresa de aproximadamente seis milhões de dólares. » O salto de qualidade da versão 3.0 para a versão 4.0 é muito elevado.
  16. 16. » Atualmente o ExtJS possui dois tipos de Licenciamento : ˃ Licenciamento com código aberto, desde que toda a aplicação seja disponibilizada na internet com o código aberto também. ˃ Licenciamento com código fechado, que tabulado pela imagem abaixo:
  17. 17. » Anteriormente eu tinha estudado algumas bibliotecas como Backbone, AngularJS, Marionette, RequireJS. » Para que ? » Para criar as aplicações web mais leves para o meu cliente final. » Por que ? » Porque ele vai reconhecer uma aplicação desenvolvida de um panorama diferente.
  18. 18. » Uma tela é uma página, seja ela em ASP.NET, PHP,JAVA,etc que rendereiza um HTML. » Que provavelmente irá chamar um arquivo CSS. » Que provavelmente irá chamar um arquivo JavaScript. » Que provavelmente irá chamar uma ou mais imagens.
  19. 19. HTTP Request O acesso à http://www.minhaplicacaotradicional.com.br/inicio.aspx 1º Roundtrip 2º Roundtrip 3º Roundtrip 4º Roundtrip Acesso ao Banco de dados
  20. 20. HTTP Request Acesso direto no banco de dados remoto Infelizmente não existe, pois precisamos acessar o banco de dados pelo protocolo HTTP.
  21. 21. » Foi ai que surgiram as chamadas AJAX. » Com acesso apenas aos dados. » Sem a necessidade de carregar a página » E começamos a ter um dinamismo maior no funcionamento de nossas das páginas. HTTP Request
  22. 22. » Bibliotecas javascripts que carregam sua aplicação em poucas requests. » Faz com que nossas aplicações rodem com uma velocidade maior. » Template no lado do Client e não mais no servidor. » Apenas os JSON são carregados
  23. 23. Acesso o link: http://todomvc.com/ para ver mais frameworks similares a esses
  24. 24. » API extensa com mais de diversas classes. » Remete a uma ideia similar ao do .Net Framework ou ao Java. » Fácil de aprender. » Rápido para desenvolver. » Possibilidade de criar aplicações robustas. » Disponibilização de estrutura MVC (Model View Controller) » Encoraja a adoção de padrões de codificação e documentação. » Ferramentas auxiliares de bônus que fazem muita diferença para os demais frameworks.
  25. 25. » Sencha CMD » Sencha Architect » JSDuck » Temas nativos que são fáceis de customizar » Esses itens serão abordados com maior clareza na próxima apresentação do dia 02/08/2014.
  26. 26. » No próximos slides irei mostrar como criamos uma classe da maneira convencional javascript. » E depois veremos como seria a mesma classe se fosse com ExtJS.
  27. 27. (Para o exemplo foi escrito um código com a última versão do ECMA Script 5)
  28. 28. (Para o exemplo foi escrito um código com a última versão do ECMA Script 5)
  29. 29. » Comparação de criação de classes do modo nativo VS ExtJS
  30. 30. » Permite que a classe possua métodos estáticos » Permite nativamente que a classe seja singleton. » Mixin (Como se pudéssemos dar uma habilidade a uma classe permanentemente, atua na definição da classe.) » Override (Útil para sobreposição de classes já em funcionamento e aplicação de paths de correção) » Plugins (Similar ao mixins, mas atua na instância do objeto) » Feature (Similar ao plugins, mas só funciona para um tipo específico de classe)
  31. 31. » Definição » Uso
  32. 32. » É como se pudéssemos herdar várias classes em uma única classe. » Centralizar o desenvolvimento de um conjunto de funcionalidades específicas, assim como facilitar a manutenção da mesma.
  33. 33. » Possibilidade de desenvolver aplicações no conceito Model View Controller. » Facilita a estrutura e administração da do crescimento da aplicação. » Economia de memória através do uso de controllers
  34. 34. » Demonstração de uma aplicação MVC.
  35. 35. » http://www.sencha.com » http://extjs.eu/ext-examples/
  36. 36. Aplicação MVC com acesso de dados remoto. Sencha CMD Criação de Packages Build de Packages Criação de repositório locais Instalação de Pacotes JSDuck

×