O slideshow foi denunciado.

Introdução ao desenvolvimento de aplicações web

6.759 visualizações

Publicada em

Introdução ao desenvolvimento de aplicações web

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Introdução ao desenvolvimento de aplicações web

  1. 1. Introdução ao desenvolvimento de aplicações web
  2. 2. “Transformar equipes de desenvolvimento de software” http://www.agilecode.com.br
  3. 3. Rodrigo Branas rodrigo.branas@agilecode.com.br http://www.agilecode.com.br • Desenvolvendo Software na Gennera • Criando treinamentos na Agile Code • Escrevendo na Java Magazine e PacktPub • Palestrando sobre desenvolvimento de software em eventos, universidades e empresas
  4. 4. Certificações Formação Acadêmica Ciências da Computação – UFSC Gerenciamento de Projetos - FGV SCJA, SCJP, SCJD, SCWCD, SCBCD, PMP, MCP e CSM Experiência Há mais de 12 anos desenvolvendo software na plataforma Java com as empresas: EDS, HP, NET, Citibank, GM, Dígitro, Softplan, OnCast, Senai, VALE, RBS, Unimed, Globalcode, V.Office, Suntech, WPlex e Gennera.
  5. 5. • Há mais de 5 anos liderando pessoas. • Mais de 2000 horas em sala de aula. • Mais de 100 apresentações em eventos. • 6 artigos escritos para revistas. • 1 livro. • Mais de 500 profissionais treinados. • Criação de 22 palestras. • Criação de 10 treinamentos. • Criação de mais de 3.000 slides.
  6. 6. Quem inventou a Web?
  7. 7. Tim Berners-Lee
  8. 8. Em 1990, no CERN, Berners-Lee construiu o primeiro servidor, o primeiro navegador e as primeiras páginas dando origem a World Wide Web (ou WWW).
  9. 9. Primeiro website da história!
  10. 10. No princípio era tudo estático
  11. 11. Como fazer para torná-la mais dinâmica?
  12. 12. Gerando código HTML no servidor
  13. 13. Nascia a tecnologia CGI em 1993 Common Gateway Interface
  14. 14. Por meio da tecnologia CGI, era possível criar uma interface de comunicação entre o servidor web e um programa, permitindo o recebimento de parâmetros e a geração de conteúdo dinâmico.
  15. 15. Geração de conteúdo HTML no servidor e pouca interação
  16. 16. NosprimórdiosaWeb1.0
  17. 17. As pessoas foram ficando viciadas
  18. 18. A necessidade de interação acabou ficando cada vez maior!
  19. 19. Como fazer para torná-la mais interativa?
  20. 20. EntrandonaWeb2.0
  21. 21. Quando pensamos em JavaScript, qual é a primeira coisa que surge?
  22. 22. O Ministério da Saúde adverte: O uso excessivo de JavaScript pode levar o projeto ao caos e os desenvolvedores à loucura!
  23. 23. Como fazer para começar a organizar esse negócio?
  24. 24. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing
  25. 25. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo
  26. 26. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo • Estruturar a aplicação em camadas com responsabilidades bem definidas
  27. 27. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo • Estruturar a aplicação em camadas com responsabilidades bem definidas • Realizar injeção de dependências
  28. 28. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo • Estruturar a aplicação em camadas com responsabilidades bem definidas • Realizar injeção de dependências • Criar componentes reusáveis
  29. 29. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo • Estruturar a aplicação em camadas com responsabilidades bem definidas • Realizar injeção de dependências • Criar componentes reusáveis • Automatizar os testes
  30. 30. O que faltava para viabilizar o desenvolvimento de aplicações front-end? • Reduzir problemas de cross-browsing • Parar de recarregar a página o tempo todo • Estruturar a aplicação em camadas com responsabilidades bem definidas • Realizar injeção de dependências • Criar componentes reusáveis • Automatizar os testes • Utilizar ferramentas para automatizar o workflow dos projetos
  31. 31. Nos separamos, e agora?
  32. 32. Quem fica com o que? Front-end (HTML, CSS e JavaScript) • Arquitetura da informação • Layout • Regras de interface • Renderização Back-end (Java, C#, PHP, Ruby, Python, ...) • Processamento • Regras de negócio • Dados

×